[Eleições SCP 2011] Impugnação das eleições?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?
Demasiado fiel para desistir ! Só todos unidos podemos VENCER!
Sim foi ele na sua página do fb!

Até final da semana dá entrada a providência cautelar! Segundo me contaram, estes processos de providência cautelar até são rápidos a deliberar uma suspensão de funções caso sejam verificadas dúvidas durante o processo eleitoral. O que depois deve demorar mais tempo é o apurar se de facto houve ou não irregularidades que possam ter influência nos resultados eleitorais.

Ou seja, podemos ficar sem presidente durante algum tempo. No entanto e como disse o BdC, a SAD continuará a funcionar normalmente.

Foi o que percebi e corrijam-me se estiver errado.

O importante era impedir que o actual senhor que se diz presidente não consiga fazer estragos a nivel de contratações e dispensas, não sei se a providência permitirá isso.

É que se as coisas demoram muito, ainda assinamos com o Rui Vitória, Hugo Almeida e "trocamos" o Patricio pelo Ricardo e depois para os mandar embora temos que pagar uma nota preta.

Ele já foi cooptado para a SAD (e também o Duque), logo os estragos que tiver que fazer já está habilitado a faze-los.

Por isso a pressa...
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
O Bruno respondeu a mais algumas perguntas à cerca de 10 minutos:

Citar
1º Nunca desistirei do Sporting CP!
2º Não fui à reunião porque não reconheço a actual direcção e ainda mais grave não é preciso circo para se fazer uma auditoria, tem é de ser feita por pessoas independentes e externas.
3º A providencia irá entrar esta semana o processo principal de impugnação será colocada de seguida. Este é o processo a seguir.
4º Se os sócios quiserem o processo será muito mais rápido. Eu apenas faço o que está ao meu alcance, que é através dos tribunais.
5º A SAD não tem essa capacidade.
6º As inconformidades são muito graves e se forem vendo os blogues e as proprias explicações baralhadas de Lino de castro já todos perceberam que são mais do que motivos para a nulidade das eleições.
7º A próxima época nunca estará em causa porque a impugnação é sobre as eleições do SCP e não da SAD.
8º As ameaças no nosso clube tornaram-se quase comuns o que é gravissimo e sintomático do que se tornou o nosso SCP.
9º Eu não vou impugnar as eleições porque perdi mas sim porque a verdade não esteve presente nas mesmas. Para mim pessoalmente era muito mais confortável não fazer nada e aproveitar cada deslize: afinal o fundo deles já estava caducado, afinal os jogadores não são aqueles, afinal Baltasar vai para a SAD, etc... Mas ensinaram-me a respeitar o que amo (neste caso o SCP) e a verdade e por isso estou a desgastar-me num processo em que apenas pretendo defender o nosso Clube e os seus sócios e adeptos. Eu faço isso por todos vocês e não a pensar no futuro ou em desgastes. Se aceitar uma situação destas como terei cara para um dia me voltar a candidatar a um clube onde aceitei que alguem ganhasse da forma que aconteceu e depois em vez de lutar fiquei descansado a "viver dos meus 36,15%". Para mim pessoalmente era facil nada fazer mas não consigo. Perder ou ganhar é legitimo mas não em processos assim.

Vou tentar localizar as perguntas mas algumas estão subentendidas nas respostas.



O BdC respondeu HÁ cerca de 10 minutos?

Onde foi isso? Está publicado, existe texto ou imagem? É que tudo isto é mesmo muito importante.
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

e isso pode ser suficiente para impugnar?

tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.
Demasiado fiel para desistir ! Só todos unidos podemos VENCER!
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

e isso pode ser suficiente para impugnar?

tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.

Bom trabalho! Conclusão imediata: a discrepância de votos da Lista C para a Lista A entre CD e AG é inexplicável.

Se o Bruno ganhou as três primeiras, nessas o número de votos a mais entre CD para o AG é 271. Nas que perdeu, o número de votos totais a mais vai para a AG, com 88. Ou seja, o Bruno ganha, em teoria, a eleição que deveria perder e perde a que ganharia, pois a sua vantagem estava nas mesas onde houve mais votos para o CD.

Se ninguém lhe cheira isto a esturro, é porque não é honesto.
« Última modificação: Março 31, 2011, 16:18 pm por Madaherios »
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

 :great:


Aliás, nas eleições do país (Presidenciais, Autárquicas, Legislativas, Europeias e até Referendos), tem tudo de bater certinho no fim, porque senão está armada uma bronca de todo o tamanho.
O número de boletins que entrarem de manhã na Assembleia de Voto tem de ser igual ao número de boletins que saem de lá ao final da tarde. Mesmo se um eleitor se tiver enganado, ele tem de nos devolver o boletim, este tem de ser anulado e colocado em envelope próprio (sendo que naturalmente o eleitor que se enganou não é identificado). Mas tudo terá de ser devolvido. Só assim, conseguimos garantir a fiabilidade de um acto eleitoral.
Não estou a falar de cor, pois tal como já disse (num outro post), já participei em diversas eleições nacionais,  em todos os cargos que uma Assembleia de Voto tem.
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

e isso pode ser suficiente para impugnar?

tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.

Bom trabalho! Conclusão imediata: a discrepância de votos da Lista C para a Lista A entre CD e AG é inexplicável.

Achei especialmente estranho na urna dos 13 votos bater certo os números para o CD, CF e AG mas para o CL existem menos 50 votos.
Demasiado fiel para desistir ! Só todos unidos podemos VENCER!
Boa Tarde,

Penso que não pode devolver o boletim á mesa caso se queira abster de votar, tem sim, de o colocar na urna, em branco ou nulo.
Já estive na mesa em eleições para o estado, e o que aconteceu nunca deveria ter acontecido, devido a diversos factores;
- ninguem poderia devolver boletins, como é que seriam contabilizados á posterior?, teriam que entrar sempre os quatro na urna
- a descrepancia que dizem que existe entre o numero de votantes e de votos não bate certo segundo dizem, se for seguir a lei da republica, não é necessário pedir recontagem, por uma questão de ombridade, nem que se conte 500 vezes, o numero nos cadernos eleitorais e o numero total tem que bater sempre certo, é imperial
- se os numeros não batiam certo, quem tomou a liberdade de anunciar o vencedor, deveria ser expulso do Clube
 :victory:
Paulo Fontes
O Bruno respondeu a mais algumas perguntas à cerca de 10 minutos:

Citar
1º Nunca desistirei do Sporting CP!
2º Não fui à reunião porque não reconheço a actual direcção e ainda mais grave não é preciso circo para se fazer uma auditoria, tem é de ser feita por pessoas independentes e externas.
3º A providencia irá entrar esta semana o processo principal de impugnação será colocada de seguida. Este é o processo a seguir.
4º Se os sócios quiserem o processo será muito mais rápido. Eu apenas faço o que está ao meu alcance, que é através dos tribunais.
5º A SAD não tem essa capacidade.
6º As inconformidades são muito graves e se forem vendo os blogues e as proprias explicações baralhadas de Lino de castro já todos perceberam que são mais do que motivos para a nulidade das eleições.
7º A próxima época nunca estará em causa porque a impugnação é sobre as eleições do SCP e não da SAD.
8º As ameaças no nosso clube tornaram-se quase comuns o que é gravissimo e sintomático do que se tornou o nosso SCP.
9º Eu não vou impugnar as eleições porque perdi mas sim porque a verdade não esteve presente nas mesmas. Para mim pessoalmente era muito mais confortável não fazer nada e aproveitar cada deslize: afinal o fundo deles já estava caducado, afinal os jogadores não são aqueles, afinal Baltasar vai para a SAD, etc... Mas ensinaram-me a respeitar o que amo (neste caso o SCP) e a verdade e por isso estou a desgastar-me num processo em que apenas pretendo defender o nosso Clube e os seus sócios e adeptos. Eu faço isso por todos vocês e não a pensar no futuro ou em desgastes. Se aceitar uma situação destas como terei cara para um dia me voltar a candidatar a um clube onde aceitei que alguem ganhasse da forma que aconteceu e depois em vez de lutar fiquei descansado a "viver dos meus 36,15%". Para mim pessoalmente era facil nada fazer mas não consigo. Perder ou ganhar é legitimo mas não em processos assim.

Vou tentar localizar as perguntas mas algumas estão subentendidas nas respostas.



O BdC respondeu HÁ cerca de 10 minutos?

Onde foi isso? Está publicado, existe texto ou imagem? É que tudo isto é mesmo muito importante.

http://www.facebook.com/topic.php?uid=191983237493245&topic=478
"O Sporting Clube de Portugal é uma reserva moral no plano desportivo e social. E para tanto temos de trabalhar ainda mais, ser ainda mais competentes do que aqueles que não foram. Haja Sporting. E haja desporto, paz, justiça, honra, trabalho e dignidade, com dedicação rigor e competencia. Porque o Sporting é mais que um Clube, é uma forma de estar na vida. Com elevação e respeito, é essa a nossa marca. É isso que nos faz diferentes. É isso que nos faz ganhar. O desejo de ser melhor, de fazer melhor, ir mais longe."
Boa Tarde,

Penso que não pode devolver o boletim á mesa caso se queira abster de votar, tem sim, de o colocar na urna, em branco ou nulo.
Já estive na mesa em eleições para o estado, e o que aconteceu nunca deveria ter acontecido, devido a diversos factores;
- ninguem poderia devolver boletins, como é que seriam contabilizados á posterior?, teriam que entrar sempre os quatro na urna
- a descrepancia que dizem que existe entre o numero de votantes e de votos não bate certo segundo dizem, se for seguir a lei da republica, não é necessário pedir recontagem, por uma questão de ombridade, nem que se conte 500 vezes, o numero nos cadernos eleitorais e o numero total tem que bater sempre certo, é imperial
- se os numeros não batiam certo, quem tomou a liberdade de anunciar o vencedor, deveria ser expulso do Clube
 :victory:
Paulo Fontes
Estás enganado, Paulo. O eleitor pode devolver um (ou dois) dos boletins à mesa no caso de se querer abster. Não é voto nul nem branco. É abstenção. As eleições (autárquicas) apesar de ocorrerem no mesmo dia, não são solidárias e por isso não têm de ter o mesmo número de votantes. É um caso raríssimo, mas acontece. A maior parte das pessoas opta por depositar o voto em branco. Mas tem a opção de se abster numa das votações. (Mas reafirmo que nesse caso tem de devolver o boletim à mesa).
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

e isso pode ser suficiente para impugnar?

tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.
.
Bom trabalho Guizeppe: :great: manda para a candidatura do Bruno!
QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

e isso pode ser suficiente para impugnar?

tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.
.
Bom trabalho Guizeppe: :great: manda para a candidatura do Bruno!

Vou mandar sim  :great:
Demasiado fiel para desistir ! Só todos unidos podemos VENCER!
Boas,

Mencionei que não podia devolver, porque, visto que as leições eram de extrema importancia e pelos vistos terem de recontar tudo, como é que a mesa vai anotar a devolução do boletim e fazer a correspondencia entre antiguidade de sócio com o numero de votos e entrada de boletins e saida das urnas?
 :victory:
Paulo Fontes
Boas,

Mencionei que não podia devolver, porque, visto que as leições eram de extrema importancia e pelos vistos terem de recontar tudo, como é que a mesa vai anotar a devolução do boletim e fazer a correspondencia entre antiguidade de sócio com o numero de votos e entrada de boletins e saida das urnas?
 :victory:
Paulo Fontes

Porque os boletins teriam que ser devolvidos na mesa onde foram levantados. O processo é assegurado porque a passagem de mão dos boletins é feita contra a retenção do cartão de sócio: Recebe 4 boletins e deixa o cartão >>>>> entrega os boletins (na urna ou à mesa) e recebe o cartão.
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?
Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.
Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.
Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.
I stand corrected!  :great:
e isso pode ser suficiente para impugnar?
tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.
Já tinha falado com o psilva sobre o assunto, e concordo com ele que algo de esquisito se passou na minha mesa (a de 10 votos).
Se esses números estão exactos (só consegui conferir os para o Conselho Directivo), houve muita gente que ficou com boletins para recordação, ou não...
É que segundo esses números houve pelo menos 14801 votantes no total... dos quais pelo menos 4 da minha mesa se abotoaram com os boletins para o Conselho Directivo, provavelmente para recordação...
Não disponho do número de boletins com votos em branco e nulos senão para o Conselho Directivo, mas mesmo assim, na mesa do 10 votos houve mais 4 boletins entregues para o Conselho Fiscal e Disciplinar que para o Conselho Directivo. Só aí desapareceram 40 votos. Também na mesa dos 19 votos desapareceram pelo menos 3 boletins para o Conselho Directivo, valendo 57 votos. Dá um total de 97 votos que desapareceram.
Com os números de brancos e nulos para todos os órgãos concluir-se-ia quase de certeza que desapareceram mais boletins.

« Última modificação: Março 31, 2011, 17:49 pm por one_o_six »
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Alguém me sabe dizer se, segundo os estatutos, sou obrigado a entregar os 4 papelinhos?

Não. Não há nada nos estatutos que o obrigue.

Aliás nem regulamento eleitoral existe!
Pedro, uma vez que não existe regulamento eleitoral, sobrepõe-se a lei do estado.
Os boletins de voto não podem sair da Assembleia Eleitoral. Todos os boletins entregues ao votante têm de ser devolvidos à mesa, quer depositados na urna, ou no caso de o eleitor se quiser abster numa das votações, devolvidos à mesa.

Portanto, sim! O eleitor teria de entregar os 4 papelinhos.

I stand corrected!  :great:

e isso pode ser suficiente para impugnar?

tive a fazer os totais por tipo de votação , ver em http://tinyurl.com/eleicoes-scp . analisando os dados não existe nenhum padrão de trafulhice, mas existem coisas incoerentes.
.
Bom trabalho Guizeppe: :great: manda para a candidatura do Bruno!


Vigarice espelhada nas mesas dos 7 e 13 votos:

Mesa dos 7: tem 30 e tal sócios que votaram no CD e não votaram em mais nada!!!

Mesa dos 13: Menos 50 votos no CL e nas restantes tudo direitinho???

Que grande trapaça!