Perante esta fraude, este Sporting não é o meu clube.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Acompanhei este evento à distância, de velho cachecol posto, de ouvidos na rádio, com o coração num cesto, como se fosse uma final europeia. A notícia dos 600 votos de vantagem fez-me acreditar, quando de repente me apercebo que algo obscuro se passava. Temi o pior e o pior aconteceu. Senti nojo.

Notas laterais:

A palavra "nojo" descende do latim "in odium": «em ódio». Ainda hoje se utiliza a expressão "dias de nojo" aquando da morte de um familiar por oposição a "dias de gala" aquando da celebração de um evento jubiloso como o matrimónio.

    DIAS REGULAMENTARES POR NOJO
    Dias a que cada pessoa tem direito por falecimento de familiar.

    Lei nº 99/2003 de 27 de Agosto - Código do trabalho


Contudo a palavra "nojo" tem no vernáculo alguns significados mais extremos. Nojo é também uma profunda aversão, repulsa, asco emético. Há, no entanto, situações onde os significados algo divergentes se manifestam em simultâneo, apelando à união de ambas as semânticas no mesmo signo. Hoje senti profundo nojo em ambos os sentidos: Luto e Asco. Estou de luto e estou repugnado.

O processo

Durante toda a campanha, diversas candidaturas actuaram como "stool pigeons", "decoys", agentes ao serviço de um mesmo objectivo. Perante a queda eminente, perante o seu fim em cuecas e o possível destapar da verdade, uma dinastia de gente sombria montou uma estratégia de guerra própria dos livros de Machiavel. Batedores, Flanqueadores, Espiões, Infiltrados, Contra-Informadores, actuaram em 4 candidaturas, usando as suas perniciosas influências na vida social e unindo-se num único objectivo: impedir que o Sporting Clube de Portugal saísse do controlo de uma hermética rede de famílias de barões, banqueiros, maçons, diplomatas, mecenas, corruptos, oportunistas e, claro, vendidos. Gente sinistra que se blindou no Sporting e que o usa como plataforma sócio-económica para seu consumo interno. Gente sinistra e até consaguínea.

Nature of the beast

Instalados como ténias, estes parasitas tomaram o clube. Exploram-no e tiram proveito de uma herança construída por milhares de atletas e milhões de adeptos, por gerações inteiras que elevaram o Sporting com sangue, suor e lágrimas, em campo, aos mais altos estratos da vitória apaixonante e do amor incondicional. Somos agora reféns desta rede. Cativos de um grande amor, temos alimentado a coutada destes sinistros personagens de nomes esquisitos que vivem numa realidade paralela à nossa. Temos continuado a pagar quotas, bilhetes de época, deslocações, transmissões. Gritamos, sofremos, choramos, somos humilhados. Para quê? para alimentar uma máquina de lavar dinheiro, onde se vampiriza o clube e onde gente sem escrúpulos se passeia e exibe, impune.

A derradeira batalha contra um inimigo sem escrúpulos

Ontem o Sportinguismo combateu com honra e dignidade até ao fim. As notícias que chegavam de fonte segura davam ao alvo comum desta gente uma vantagem de 600 votos sobre todos os outros. Chegaram a ser feitas declarações de assunção da derrota por parte da oligarquia, quando de repente se anuncia um volte-face cujo diferencial se aproxima dos 1000 votos. Não estamos a falar de 1 milhar de votos num universo de milhões, estamos a falar de 1000 votos em 88000, uma reviravolta significativa. Não é um erro de contagem de alguns votos. Até bem de madrugada, a vitória da candidatura da ruptura era confirmada como vitoriosa, por tal, o discurso tardio por parte Lino de Castro —de que o CCC (candidato da continuidade da corrupção) esteve sempre à frente soa pouco credível—. Os locais onde decorreram as contagens não estavam selados e a informação sempre foi de que excepto nas mesas mais antigas, Bruno de Carvalho esteve sempre na frente.

Retrospectiva

Indo mais atrás, é sabido que a votação esteve envolta num clima de provocação por parte dos cães de guarda da Continuidade, que procuraram desestabilizar todo o processo eleitoral, com uma postura passivo-agressiva em relação a Bruno de Carvalho. Todos sabemos que a haver recrutamento e impingimento de voto, estes foram apanágio e trunfo exclusivos da Lista A.

Não só o direito à indignação, mas o direito à intuição...

Todavia, e sendo eu humano, ninguém me tira da cabeça que, para além de todo o processo insidioso que envolveu estas eleições, durante a contagem inicial houve ainda mais fraude eleitoral que se veio a reflectir nas recontagens. Um processo eleitoral que nos remonta para a fraude de Américo Thomaz, George Walker Bush ou Viktor Yanukovich.

...ou pior ainda

Caso eu esteja enganado quanto à minha suspeita de fraude eleitoral, o caso afigura-se ainda pior.

Estamos pois perante um clube fechado dentro de um círculo de ignorância onde reina um desequilíbrio eleitoral premeditado que premeia a cegueira mental e a absoluta inoperância intelectual. É premiada pois a memória de peixe e a incapacidade de interpretar as imagens projectadas pela retina no cérebro, desde que se prolongue no tempo. Se cada sócio tivesse valido por um voto, Bruno de Carvalho e o seu projecto teriam ganho com 1500 sócios de vantagem: num universo de 14000 votantes, é uma diferença esmagadora. Mas perante uma votação viciada à partida, não chegou adicionar-se-lhe uma campanha negra, como foi preciso assegurar o resultado final de uma forma própria das grandes falcatruas.

O triunfo de Pirro

Se se confirmar a eleição deste sócio de 1994, obscuro personagem retornado da sombra, responsável directo pelo desastroso processo do novo Estádio de Alvalade e inquirido num grave caso de corrupção que lesou o Estado Português e do qual não saiu ilibado mas, sim, absolvido por insuficiência de provas, não poderei continuar a compactuar com esta instituição chamada Sporting Clube de Portugal.

Acta est fabula. Plaudite!

Perante este derradeiro episódio, afasto-me deste clube e desejo que perca, especialmente no seu futebol, em toda a linha. Só depois de morto, os agentes microbianos que o poluem, abandonarão o corpo moribundo. Até morrer nunca o deixarão em paz, é assim com as doenças infecto-contagiosas em pacientes fragilizados, por isso que morra de vez com todas as ténias lá dentro. Qualquer clube liderado por esta gente não é a minha casa. Não me revejo nesta gente. Finalmente e após 6 anos de reflexão, este episódio é a gota de água que põe termo ao meu gosto por este clube. O Sporting que me emociona já não existe. Agora só resta um clube que usurpou o Sportinguismo. Tranquilos fiquem que não sou vira-casacas nem tenho nenhuma necessidade de estar "in", por isso jamais apoiarei outro "grande" ou até um Braga desta vida. Há bom futebol amador por esse país fora.

Simplesmente não tenho mais nada a ver com este clube a não ser numa perspectiva histórica e cronista. Perante isto, o Sporting já não é o meu clube.

PS: para os que alinharam com Godinho Lopes e seus convictos militantes, desde Pedro Cunha Ferreira a Mário Moniz Pereira, faço destas as minhas palavras:

"Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos. Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma. Um inimigo exterior não é tão perigoso, porque é conhecido e carrega as suas bandeiras abertamente. Mas o traidor move-se livremente dentro do governo, os seus melíferos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado. E esse traidor não parece ser um traidor; ele fala com familiaridade às suas vítimas, usa a sua face e as suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas. Ele arruína as raízes da sociedade; ele trabalha em segredo e oculto na noite para demolir as fundações da nação; ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe. Deve-se temê-lo mais que a um assassino."

(Marco Túlio Cícero)



« Penúltima modificação: Março 27, 2011, 11:30 por Viridis »
« Última modificação: Maio 10, 2011, 11:13 am por Viridis »
Não desistas!!!! O Sporting é nosso até morrer!!!!
Estarei, agora de forma activa, na Resistência. Estando e vivendo longe e não tendo grande benefícios, a minha passividade tornou-me culpado neste dia triste. Tão culpado como quem votou em GL e nem os votos que angariei compensam isso.

Acabou. Fica o sentimento de impotência e da minha traição ao clube que não se vai repetir.

Sinto como se o meu SCP tivesse morrido, mas podendo ser apenas um acto de desespero, vou tornar-me sócio, entregar o meu dinheiro a estes chulos e sonhar pelo dia em que estes criminosos saiam do clube e eu estarei lá.

Que nessa altura, esteja Bruno ou alguém como ele na frente da batalha, o rosto do verdadeiro Sporting.
26-03-2011 - Para mim, o Sporting que eu conheci e amava definitivamente morreu. Acabou. Ontem foi o golpe final. :'( :'( :'(
"Nunca discutas com um idiota. Primeiro, ele arrasta-te até ao nível dele... ... e depois ganha-te em experiência".
Vai ser quase impossivel reerguer o nosso Clube, pois os nossos piores inimigos não são nem os lampiões nem os tripeiros, mas sim uma máfia que está instalada dentro do nosso clube há anos e anos.
Eles encombrem-se uns aos outros, porque sabem que TODOS têm culpa (nem que seja a culpa de serem cúmplices), e que se um é apanhado, todos os outros também serão e vai tudo de cana.

Eu nunca deixarei de ser Sportinguista, mas este actual sporting não apoiarei de certeza, e até desejarei o contrário do que sempre desejei - espero que percam sempre, todos os jogos!

Nem quotas, nem gameboxes, nem 1 simples bilhete para um jogo...NADA, DE MIM NÃO LEVAM NADA!!!

Se um dia o Sporting regressar, lá estarei a apoiá-lo até à morte. E eu acredito que isso possa acontecer, apesar de ser quase impossivel.  :'(
As palavras do @ Viridis tocaram cá bem dentro do meu coração, que neste momento sangra com uma ferida aberta, porque acho que mais tarde ou mais cedo o Sporting vai acabar. E temo que hoje de madrugada se tenha dado o passo decisivo para o desaparecimento do Clube.
Viridis és grande, sempre te admirei pelos teus grandes posts...subscrevo na totalidade tudo o que dizes!
O problema é que como nós dizemos, O SPORTING SOMOS NÓS, mas aqueles c****** é que vão acabar com ele.
Sinto-me demasiado desolado e só não tomo medidas definitivas porque não o quero fazer com a cabeça quente.

O que digo é que isto dói, dói imenso. Sangro por dentro neste momento.

E pondero um afastamento definitivo, do Fórum e do Sporting, porque neste momento sinto-me demasiado cansado para continuar a lutar...
Campo Grande paga a traidores.
Pessoalmente fiquei bastante desiludido com o resultado de ontem. Desiludido com os adeptos do Sporting que optam pelo situacionismo, que têm medo de arriscar, que deixam-se alimentar pelo "diz que disse", que são comodistas e entregaram o seu voto à escumalha que tem destruído do Clube nos últimos 15 anos.

Estamos mal amigos, estamos muito mal. A geração Roquette desaculturou o Sporting, vulgarizando-o. :(
 
Podendo parecer uma expressão muito "radical", a verdade é que neste momento foi conferido todos os mecanismos para que a linha de continuidade, de uma vez por todas, acabe com o nosso clube.

Na iminência de-lhes ser retirado o tacho, aplicaram um golpe à vista de todos, retirando aos verdadeiros adeptos a liberdade, que pensavam deter, de escolher o rumo do seu clube.

Em parte, também fiquei bastante desiludido com os adeptos do nosso clube (felizmente não são todos). Os idosos era certo que iam apostar na continuidade, mas os jovens também? Será que não tão fartos de ver o nosso clube a ser destruído por mercenários? Como é possível, foram levados não sei bem pelo quê, é que esse senhor pralém de não ter um projecto, já enterrou o Sporting anteriormente..

Ainda que de cabeça quente, o sentimento de revolta é tão grande que sinceramente penso que vou desligar me deste clube, porque aquele que era o meu clube, com o qual me identificava e amava, simplesmente acabou..

ps: o quanto eu gostava de estar enganado..

Esforço, dedicação, devoção e glória!
...
   Grande texto Viridis, pleno de conteúdo, sentimento e reflexão. Só te posso dizer para não desistires, é nestas horas que juntos somos mais fortes, e não podemos ser derrotistas, para honrarmos o nosso Verdadeiro Sporting Clube de Portugal e não este clube amorfo e derrotista que nos querem impingir em seu lugar.

    Saudações Leoninas, Viva o Sporting!!!
É a primeira vez que escrevo aqui no fórum depois disto que se passou.

Fui dormir por volta das 4h00, descansado com uma vitória que começava a parecer segura.

Acordei hoje de manhã, confuso com as mensagens de revolta que me apareciam no telemóvel, liguei-me à net e vi o que se tinha passado.

Passei pela surpresa horrorizada. Pela incompreensão. Pela raiva. Pelo desejo de vingança. Pelo sentimento de impotência. Pela indiferença fingida. E finalmente detive-me no ódio profundo. Um ódio que tenho pelos dirigentes e adeptos que os elegeram e que, para meu horror, se estende aos nossos símbolos e cores.

Não vou baixar os braços. Far-me-ei sócio à mesma.

Mas pondero seriamente desligar-me completamente do Sporting de todas as outras formas. Não irei ao estádio, não comprarei  merchandising, não verei sequer os jogos. É a minha intenção, e desejo fazê-lo, estou apenas a ponderar se o conseguirei fazer.
Excelente texto, Viridis.

Faço minhas as tuas palavras, que eu não conseguia expressar sem o recurso frequente ao vernáculo.

Ainda não estou preparado para abandonar a minha condição de sócio, mas a minha ausência do estádio é agora um dado adquirido.

Conseguimos descer sempre mais fundo, quando tal se afigura impossível.

Estou pessimista. A recuperação do clube tal como o conhecíamos será praticamente impossível.

Adivinho uma caça às bruxas protagonizada pelos cães-de-fila do regime . . .
Em todas as mais variades vertentes sociais, as opções que tomamos são feitas essencialmente por empatia e por nos revermos em determinados projectos, associações e mesmo o nosso núcleo de amigos espelham o que nós somos, salvo raras excepções.

Não me revejo neste clube, com estes dirigentes, mas essencialmente com associados que votam para matar o SCP. Certamente ainda verei algum jogo do meu clube (porque nada se esquece de um dia para o outro), mas o sentismento entusiástico acabou.~

Pondero igualmente deixar de escrever no Fórum , acerca do Futebol do clube. Para além da gestão danosa que de á 15 anos para cá temos vindo a observar e a verificar por parte de uma gama dirigista vergonhosa e incompetente, que nada mais querem do SCP que esvrentá-lo e comer os ossos do cadáver, caso seja necessário.

Muito triste, termos sócios IGNÓBEIS, ATRASADOS E ANALFABETOS que votam numa figura incapaz, sem carisma e sem espírito de liderança algum.

Chego a uma conclusão geral, após fazer uma analogia entre nós e os nosso rivais :

Eles são bimbos, mas querem o bem do clube. Nós somos atrasados e masoquistas.

Como é notório, os sócios com mais votos deram a vitória a GL. Para esses só tenham uma palvra: Morram, que já vão tarde! :great:


(Não consigo utilizar outra terminlogia, peço desculpa pela irritação e frustração, mas quando está em causa o clube da minha vida, umas das paixões a que me dedico, não consigo ficar lúcido nem calmo) :great:
Sinceramente eu tambem nao queria que este fosse o desfecho destas eleicoes, mas eu acho que temos de ter calma, somos todos sportinguistas e acho que todos querem o melhor para o clube!!

Temos de lhe dar este oportunidade, o homem disse que nao era da continuidade!!

O Pedro Cunha ferreira e o Paulo Cristovao eram contra este estado de situacao e juntaram-se a eles, ja alguem imaginou que lhe foram prometidas  coisas  diferentes da de hoje , ou so poem a hipotese de  estes serem uns vendidos?

Porque razao estarao a por o seu Sportinguismo em causa?


Sera que eles nao gostam tanto do Sporting como nos?

A mesma coisa se aplica a Luis Duque que antes de ser convidado deu uma entrevista que nao queria a continuidade, se ele tambem se juntou a eles foi porque obviamente lhes foi prometido que nada iria ser como dantes , nao acham?

Tenham calma e vamos ver o que o futuro nos trara!!
« Última modificação: Março 28, 2011, 00:58 am por lcustodio »
Não podemos baixar a cabeça, é preciso apoiar o Sporting sempre e não apenas quando o presidente eleito nos agrada. Todos merecem uma oportunidade.

Viva o Sporting!  :victory:
Surgiu uma luz ao fundo do túnel.


Vamos ver se é uma luz, ou uma miragem.


Para mim está decidido.

Com Godinho Lopes, o Sporting para mim morreu. Ficará apenas a doce lembrança
« Última modificação: Março 27, 2011, 18:30 pm por mixpooll »
A actualidade do Sporting num refrão.
"Just like the Pied Piper
Led rats through the streets
We dance like marionettes
Swaying to the symphony Of destruction"
hoje de manha quando vim há net fiquei  :xock:  :xock:  :xock:
não queria acreditar, estou triste, desolado, com uma raiva...
vão ser mais 3 anos a penar, doi muito,  :'(
nasci SPORTING serei SPORTING até morrer, e quando morrer continuarei a ser SPORTING

SL
Esforço, Dedicação, Devoção e Glória eis o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL
Sinceramente eu tambem nao queria que este fosse o desfecho destas eleicoes, mas eu acho que temos de ter calma, somos todos sportinguistas e acho que todos querem o melhor para o clube!!

Temos de lhe dar este oportunidade, o homem disse que nao era da continuidade!!

O Pedro Cunha ferreira e o Paulo Cristovao eram contra este estado de situacao e juntaram-se a eles, ja alguem imaginou que lhe foram pormetidas  que a partir de hoje tudo seria diferente, ou so poe a hipotese de serem uns vendidos?

Porque razao estarao a por o seu Sportinguismo em causa?


Sera que nao gostam tanto do Sporting como nos?
A mesma coisa se aplica a Luis Duque que antes de ser convidado deu uma entrevista que nao queria a continuidade, se ele tambem se juntou a eles foi porque obviamente lhes foi prometido que nada iria ser como dantes , nao acham!!
Tenham calma e vamos ver o que o futuro nos trara!!

Uma coisa te digo, o Sporting (clube), nao tem realmente culpa dos socios que tem, nem da escumalha que gravita a volta dele e dele se serve para os seus intentos.

Queres saber o que o futuro te vai trazer? basta olhar para o passado recente.
No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Se se vier a confirmar definitivamente este porco como presidente, peço aos sócios que não deixem de o ser, deixem de ir ao estádio, não comprem gameboxes, mas mantenham-se na luta contra a morte do Sporting. Assembleias gerais comparecer em massa e votar sempre contra!

Esta corja não vai aguentar muito tempo, não têm o apoio dos sócios!!