Futebol Francês

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

O que eu sei é que desde 2017 para cá os resultados do Monaco são cada vez mais ridiculos, alguma responsabilidade também pertence ao Jardim, o que é certo é cada semana que passa aquilo vai-se afundando mais e ele não parece encontrar soluções.

E nem sei quando ele sair dali se vai ter muita procura, pelo menos nas melhores ligas. Não quer dizer que me importasse de o ter por aqui, ele é que não deve querer voltar.
Achas que alguém que está há 11 anos no futebol, que tem curso de treinador, que está diariamente no balneário, com dirigentes, treinadores, jogadores, staff, dos seniores aos iniciados, não tem toda uma experiência e conhecimento que, sei lá, um gestor, um advogado, um trolha, ainda têm que ir aprendendo ao longo de anos quando chegam à presidência de um clube?
O Jardim tem de ganhar o prémio de pior gestão de carreira de sempre.

Ficou lá mais tempo do que devia e depois quando estava tudo na m**** voltou a meter-se lá. Perdeu os timings todos.

Não concordo. Jardim sempre teve uma grande gestão de carreira basta dizer que ainda hoje no Sporting se suspira por ele pese embora o facto de a equipa, no ano dele, não jogar nada e caso tivesse ficado mais tempo com certeza que o Sporting nunca teria sido campeão nesses anos (aqui não há forma de o comprovar mas é a ideia que tenho com base no futebol do Leo Garden)

O único erro foi mesmo não ter abandonado o barco no Mónaco. Agora está a ser exposto, não é treinador de equipa grande.

O Klopp também teve aquele ano horrível no Dortmund e mesmo assim o Liverpool foi atrás dele pois sabia o que ele tinha construído na Alemanha e que tinha futebol de equipa grande. Veremos o que o Jardim vai conseguir arranjar quando sair do Mónaco novamente  :mrgreen: Para mim ele e os outros 2 tugas da Ligue 1 são candidatos óbvios a treinar o Sporting num futuro próximo.

Aquela época do Jardim cá não é grande indicador, aquela equipa era uma pobreza, muito fez ele, mesmo sendo verdade que se jogava mal, principalmente na segunda volta.

Mas quem faz aquela época fabulosa que ele fez no Monaco não pode ser desvalorizado. Se ele aparecer noutro clube e voltar a fazer algo ao nível de que tem feito no Monaco depois disso, aí dou-te razão. Agora o trabalho neste Monaco já "nem conta", o homem não devia estar ali. Ninguém ganha seja o que for com este regresso.

Lá está, o Klopp também ficou tempo a mais depois de ter chegado ao topo, era preciso mudar. O Jardim precisa dar esse passo, pode é já não ir a tempo nesta altura. Se calhar tem de começar novamente do zero.

Mas essa época do Jardim, desde resultados até ao futebol jogado, é um acaso e pode ser atribuida ao plantel que ele tinha. O Mónaco jogava com Fabinho, Bakayoko, Bernardo, Lemar, Mbappé e Falcão. Claro que na altura o Fabinho era o gajo do Mendes, o Bernardo o dispensado do JJ, o Mbappé ninguém o conhecia, mesmo com o Lemar, e o Falcão o aleijado de serviço. Ele teve mérito de gerir e aproveitar todo esse talento mas a qualidade dos jogadores agora é clara para todos, era preciso ser-se muito mau para estragar uma coisa destas.

A diferença com o Klopp é mesmo essa. O Klopp construiu o Dortmund, ele fez do Sahin o melhor jogador da Bundesliga, ele fez do Lewandowski o jogador que nós conhecemos hoje depois de o ter ido buscar à Polónia. Ele ganhou com Lucas Barrios a titular que na altura parecia grande pdl.

Klopp construiu. Jardim era, até mostra do contrário, o gajo que estava lá quando aquela malta toda resolveu aparecer.

Epá acho que estás a exagerar. :mrgreen:

Não pode ser só o gajo que estava ali. Aquela equipa do Monaco, individualmente não era metade do que depois aquela gente toda se veio a tornar.

E mesmo que já fossem tipos com uma carreira consolidada, continuava a não ter equipa para ganhar o campeonato a um PSG tetra-campeão e completamente dominador e ainda ir a uma meia-final da Champions.

Mas de resto é um facto, vai ter de voltar a provar que é capaz de o fazer noutro lado, não pode ficar a vida toda dependente do sucesso de 2016/2017 e também parece mais do que evidente que não vai ser no Monaco que o vai voltar a mostrar isso.

Talvez esteja. Para mim o ponto é este: Jardim não é treinador de equipa grande e não é o tipo de treinador que idealizo no Sporting. Essa época no Mónaco catapultou-o para um mediatismo que ele não merecia.

E tu sabes que o que ele fez não se compara ao que o Montpellier conseguiu e será que hoje em dia as pessoas ainda se lembram de quem era o treinador do Montpellier? Será que ele anda a treinar grandes equipas por essa Europa fora? Não podemos tirar conclusões demasiado exageradas em relação ao título do Jardim. Ok ganhou, teve mérito, parabéns, a equipa jogava muito, mas até ver é excepção que confirma a regra

Não vou dizer que qualquer um ganhava esse campeonato, estilo Boloni no Sporting em 2002, mas há muito treinador bonzinho que o faria
Dream Team Summer 19: Renan, Rosier, Coates, Mathieu, Acuña, Battaglia, Wendel, Robertone, Raphinha, Camacho, Bas Bost
Vamos ser campeões manos
Varandas é panasca
Aquele título com o Montpellier foi quase um milagre, mas aquele PSG não era nada, aquilo foi possível apenas no início do projeto megalómano dos gajos. Aquilo ainda estava a começar a carburar, depois de terem atirado uns valentes milhões lá para cima.

Claro que em termos de dificuldade pelo clube que é, tanto esse como o que o Ranieri fez no Leicester, estão noutro patamar, mas o Monaco acabou (ou fez um intervalo) com a hegemonia absoluta do PSG em França. Eles andavam há quatro anos a limpar TUDO, campeonatos e taças (que aliás ganharam também nesse ano...), e continuaram a limpar tudo depois disso.

O futebol francês desde 2013 está reduzido à competição para ver quem fica em 2º em tudo. E aquele Monaco conseguiu anular isso numa prova de regularidade, isso foi um feito extraordinário.

Mas mais uma vez concordo que terá de o voltar a mostrar isso noutra equipa, sob pena de daqui por uns anos não ser mais do que uma espécie de René Girard (tive de ir ver quem era o treinador do Montpellier :mrgreen:).


PS. Já agora, o senhor Girard treinou o Nantes em 2016, o Wydad AC (Marrocos) em 2018, e desde então parece que está sossegadinho a gozar a reforma.  :twisted:


Estão a queimar etapas....mais um jogador que se vai perder :naughty:. É muito cedo para apostar nele......arrumam com a carreira do miúdo  :wall: :wall:

Pelo menos é o que se diz por aqui em Portugal..... :boohoo: ::)
Sempre Sporting


Estão a queimar etapas....mais um jogador que se vai perder :naughty:. É muito cedo para apostar nele......arrumam com a carreira do miúdo  :wall: :wall:

Pelo menos é o que se diz por aqui em Portugal..... :boohoo: ::)
A qualidade nao tem idade. Só aqui no burgo se pensa assim.
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi


Boa opção para o Renato Sanches.

O campeonato francês pode ser uma boa rampa de lançamento para ele.

Nem todos os jogadores têm potencial para ser craques mundiais e o Renato poderá fazer uma carreira razoável ao nível do Gonçalo Guedes, por exemplo. Não num colosso mas em clubes de segunda linha.
O Lille está-se a posicionar bem como mais um clube do sistema Mendes, daí terem recuperado espaço já na época passada. :clap:

Rafael Leão, Tiago Djaló, Renato Sanches, mais uns tipos via Rio Ave e Braga. Nada é por acaso. Trabalha Luís Campos!


Boa opção para o Renato Sanches.

O campeonato francês pode ser uma boa rampa de lançamento para ele.

Nem todos os jogadores têm potencial para ser craques mundiais e o Renato poderá fazer uma carreira razoável ao nível do Gonçalo Guedes, por exemplo. Não num colosso mas em clubes de segunda linha.

O Renato tem muitos defeitos que o impedem de ser um craque e por isso de jogar nos clubes de topo. Não tem qualidade para tal, nem tem a ver com mais ou menos trabalho, mais ou menos sorte. Por outro lado não deixa de ter características interessantes para clubes de 2ª linha. Desde que "desça" à terra e perceba que não pode ser craque mas pode ser bom jogador a coisa tem tudo para correr bem, se continuar a pensar que é mesmo um craque e não perceber que o slb e imprensa portuguesa de forma concertada venderam ilusões sobre ele..., então nunca dará nada de jeito em algo algum.
GUIMARÃES 2012 - A cultura do mundo numa só cidade...
www.sportingateamorte.blogspot.com
O Lille está-se a posicionar bem como mais um clube do sistema Mendes, daí terem recuperado espaço já na época passada. :clap:

Rafael Leão, Tiago Djaló, Renato Sanches, mais uns tipos via Rio Ave e Braga. Nada é por acaso. Trabalha Luís Campos!

Enquanto tudo correr bem para o seu lado o Jorge Mendes é um ídolo cá no burgo, quando as coisas lhe começarem a correr mal (um dia vai cair) vai ser espezinhado em praça publica "tipo" Joe Berardo.
GUIMARÃES 2012 - A cultura do mundo numa só cidade...
www.sportingateamorte.blogspot.com
O Lille gastou 20 milhoes dos 35 do Rafael Leao no Renato...deviam ter guardado esse dinheiro
Bora Sporting!!!
Pode ser bem interessante para o Raphael essa mudança.

O Tuchel conhece-o bem e adora-o, e este ano no Dortmund dificilmente seria titularíssimo (não que o fosse ser no PSG!).