Música Electrónica - House, Electro, Trance, DnB, Dubstep

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Estive a ver os posts de abetura do tópico e fiquei com muita vergonha do quão só ouvia house manhoso (big room/EDM) há 7 anos atrás e consegui excluir o género que interessa (TECHNO) do nome do tópico  ::)
Nu Jazz. Não sei se pertence aqui mas w/e, qualidade nunca é demais

I'll tell you this:in any fight, it is the guy who is willing to die who is going to win that inch. And I know if I am going to have any life anymore it is because, I am still willing to fight, and die for that inch, because that is what living is. The six inches in front of your face.
Para quem não conhece, vou aqui apresentar a Tash Sultana, uma artista Australiana de um nível que considero colossal, pelo simples facto que actua e compõe sozinha, demonstra conhecimentos técnicos de produção e de estúdio absolutamente incríveis para quem já por si é tem um talento enorme para compor e cantar...

Enfim, o melhor é mesmo verem a actuação, para quem gostar de blues e reggae, com umas influências de rock psicadélico, não irá ficar desiludido, dois micros, um deles processado por pedais, looper sequencers para criar as faixas em tempo real...(sem palavras... épico!)



#Um talento destes costumava tocar na rua por moedas...
Solomun, ontem. Incrível.


Para quem não conhece, vou aqui apresentar a Tash Sultana, uma artista Australiana de um nível que considero colossal, pelo simples facto que actua e compõe sozinha, demonstra conhecimentos técnicos de produção e de estúdio absolutamente incríveis para quem já por si é tem um talento enorme para compor e cantar...

Enfim, o melhor é mesmo verem a actuação, para quem gostar de blues e reggae, com umas influências de rock psicadélico, não irá ficar desiludido, dois micros, um deles processado por pedais, looper sequencers para criar as faixas em tempo real...(sem palavras... épico!)



#Um talento destes costumava tocar na rua por moedas...
 :o fenomenal, nunca tinha ouvido, tenho ouvido Notion desde ontem em loop. Obrigado pela partilha!
I'll tell you this:in any fight, it is the guy who is willing to die who is going to win that inch. And I know if I am going to have any life anymore it is because, I am still willing to fight, and die for that inch, because that is what living is. The six inches in front of your face.
Atitude e Compromisso
Sporting Clube de Portugal
1906
Na minha opinião as três melhores actuações do Lisboa Electrónica juntamente com Fumiya Tanaka







PS: O último som da Sonja é qualquer coisa  :boohoo:
I'll tell you this:in any fight, it is the guy who is willing to die who is going to win that inch. And I know if I am going to have any life anymore it is because, I am still willing to fight, and die for that inch, because that is what living is. The six inches in front of your face.
Fico satisfeito que este tópico tenha dado um turn around desde o início desde tópico até as últimas 20 páginas a diferença é notória, começou-se no Mcdonalds e no KFC e já estamos a chegar a cozinha de autor estrela Michelin.




Fico satisfeito que este tópico tenha dado um turn around desde o início desde tópico até as últimas 20 páginas a diferença é notória, começou-se no Mcdonalds e no KFC e já estamos a chegar a cozinha de autor estrela Michelin.




Ahahaah, tu vives num mundo à parte. Então tu achas que os batuques que tu ouves são a cozinha michelin? Lamento informar mas os batuques repetidos ad eternum que tu ouves são a mais clara representação de um big mac.

Não que um big mac não cai bem de vez em quando, mas os teus auto elogios a esses batuques para cerebros com qi de 2 digitos não deixa de ter graça.
Para quem não conhece, vou aqui apresentar a Tash Sultana, uma artista Australiana de um nível que considero colossal, pelo simples facto que actua e compõe sozinha, demonstra conhecimentos técnicos de produção e de estúdio absolutamente incríveis para quem já por si é tem um talento enorme para compor e cantar...

Enfim, o melhor é mesmo verem a actuação, para quem gostar de blues e reggae, com umas influências de rock psicadélico, não irá ficar desiludido, dois micros, um deles processado por pedais, looper sequencers para criar as faixas em tempo real...(sem palavras... épico!)



#Um talento destes costumava tocar na rua por moedas...

Sim, admito que fiquei apaixonado.
Com 19 anos apenas chegou a Lisboa a 26 de Junho de 1937 e não assinou logo contrato. Deu apenas a sua palavra de honra em como jogaria no Sporting sem ter sequer discutido questões monetárias. Apesar de abordado por um clube do norte, pensa-se serem os corruptos, e também pelos lampiões, oferecendo-lhe melhores condições, Peyroteo não aceitou pois estava verbalmente comprometido com o Sporting.