Votação

Por onde têm de passar as mudanças no Sporting?

por lado nenhum, este é apenas um mau período e vamos ultrapassá-lo
3 (1.8%)
pela demissão do presidente e convocação de eleições
60 (36.6%)
pela estrutura em geral, mas mantendo a SAD
18 (11%)
por toda a estrutura, incluindo a dissolução da SAD
73 (44.5%)
pela refundação do clube
10 (6.1%)

Votos totais: 156

Sporting Clube de Portugal: fim à vista ou alarmismo de mau gosto?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O Sporting clube e a SAD estão em falência técnica. O primeiro ponto que eu antevejo é a necessidade de modificar os regulamentos de forma que a falência de uma SAD não tenha consequências desportivas e o clube possa substituir uma SAD nas competições nacionais. Isto não será difícil porque 90% das SADs em Portugal vão ficar insolventes nos próximos 3 anos e quase todos os clubes vão estar interessados nisso.
Não será difícil? Caso não saibas, não são os clubes, a Liga ou a Federação que poderão tomar tal decisão. É o Parlamento! Achas que o facto de todas as SADs viverem acima das suas possibilidades é argumento para mudar a lei?

Para já uma nova direcção do clube precisa de:
- Descapitalizar a SAD passando os activos (Academia, passes de jogadores) para o Sporting Clube de Portugal, de forma a penalizar os credores ao máximo numa inevitável futura falência. Numa falência os accionistas perdem tudo, os credores ficam com os activos.
Penalizar os credores . . . deixa-me ver se entendi: penalizar os credores significa premiar os devedores! É um belo modo de vida, que na minha opinião se chama roubo!

O FLL, da forma clara e brilhante que o caracteriza, já explicou porque é que essa tese de falir a SAD e deixar os credores a arder não resulta. As cláusulas de cross default significam que quando os bancos emprestam dinheiro a uma das empresas do grupo, todas as outras empresas se tornam automaticamente solidárias pelo cumprimento do pagamento.

- Reestruturação da dívida do clube com os credores (banca), forçando um "haircut" (corte de cabelo) na dívida do clube de pelo menos 20 a 30% e alargando o prazo de pagamento por mais anos da dívida remanescente.
Brilhante! Primeiro deixas os credores a arder com a falência da SAD, depois vais ter com eles para renegociar a dívida do clube!
Com corte de cabelo pelo meio e tudo!

Claro que estas medidas vão mexer com os interesses de muita gente, mas a alternativa é a falência de um clube centenário com uma grande História. Credores e accionistas terão também de pagar pelos seus erros de investimento.
Tens que me explicar melhor porque é que eu tenho que pagar pelo meu erro de ter 122 acções do Sporting. 

1º Exactamente porque Sporting e benfica estão em falência técnica e "are too big too fail" é que vai ser muito fácil mudar a lei no Parlamento. A falência não é opção, por isso a lei será mudada pelos políticos. Os custos eleitorais seriam demasiado elevados e para eles o futebol é um vespeiro que não querem provocar.  No final quem se vai lixar obviamente é o mexilhão (accionistas e credores).

2º A falência da SAD deixará sempre os accionistas a arder. E ela está falida. Quanto aos credores, desconheço se existem essas cláusulas de cross default, mas se existem os credores terão de levar o haircut na mesma quando o clube assumir a dívida da SAD. A banca não tem alternativa, ou aceita o haircut, ou tem a falência. O que é preferível? A dívida do Sporting é de tal forma gigantesca, tal como o pagamento dos juros, que não há outra alternativa à falência senão reestruturar. Além disso as receitas estão a diminuir a olhos vistos (poucos sócios pagantes, estádio vazio, ausência da liga dos campeões). Acho melhor certas pessoas em vez de vir para aqui com falsos moralismos, bravatas, éticas de pacotilha, acordarem para a realidade e perceberem a actual situação do clube e formas realistas de como sair dela. Os bancos quando tiverem de encarar a realidade, serão os primeiros a deixar a ética e o moralismo em casa e a negociar o possível, que é para não perderem tudo.

3º Tens de pagar o teu erro, porque confiaste o teu dinheiro a quem não devias. Levaste com uma "Operação Coração" sabendo o histórico dos dirigentes desportivos em Portugal. Posso-te garantir que quando a SAD declarar falência ou for extinta, de meu apenas ficará lá o dinheiro de sócio e das diversas gameboxes compradas ao longo destes anos. Acções de clubes de futebol? Prefiro doar directamente a fundo perdido. Evito o trabalho de me estarem a enganar.
Mourinho worked with Malcolm Allison and I at Vitoria Setubal and I can see Malcolm’s influence on Jose. He is the best coach in the world and I can see Malcolm in 90 per cent of the things that he does. - Roger Spry
Miguel, além de suposições que passam por uma linha de opinião no mínimo especulativa quanto a eventuais alterações à legislação vigente, deixa-me dizer-te que conceitos de  moral, ética e de cumprimento de responsabilidades, não são conceitos de levar por casa e que se esqueçam quando nos interessa. Prefiro que o clube que amo não os esqueça.

Por outro lado, o conceito " too big too fail " tem ruído por esse mundo fora, eis uma das causas da crise mundial actual.

De acordo que tanto estamos nas mãos da banca, como eles nas nossas, assim se saiba negociar, sempre em posição de força.
1º Exactamente porque Sporting e benfica estão em falência técnica e "are too big too fail" é que vai ser muito fácil mudar a lei no Parlamento. A falência não é opção, por isso a lei será mudada pelos políticos. Os custos eleitorais seriam demasiado elevados e para eles o futebol é um vespeiro que não querem provocar.  No final quem se vai lixar obviamente é o mexilhão (accionistas e credores).
OK. É a tua opinião. Eu lembro-me do sarilho que foi passar o totonegócio. Muito mais forte que agradar a sportinguistas e lampiões é a lógica eleitoralista, e passar leis de impunidade aos clubes não é de forma nenhuma popular.

2º A falência da SAD deixará sempre os accionistas a arder. E ela está falida. Quanto aos credores, desconheço se existem essas cláusulas de cross default, mas se existem os credores terão de levar o haircut na mesma quando o clube assumir a dívida da SAD. A banca não tem alternativa, ou aceita o haircut, ou tem a falência. O que é preferível? A dívida do Sporting é de tal forma gigantesca, tal como o pagamento dos juros, que não há outra alternativa à falência senão reestruturar. Além disso as receitas estão a diminuir a olhos vistos (poucos sócios pagantes, estádio vazio, ausência da liga dos campeões).
Que a falência deixa os accionistas a arder, é lapalissiano.

Quanto aos credores, o grosso da dívida é aos bancos, existindo ainda uma parte relevante de passes de jogadores que faltam pagar. Estes últimos credores protegem-se com garantias bancárias, o que remete novamente para os bancos. Este não andam a dormir, e já tiveram a sua dose de calotes para emprestar a empresas sobreendividadas sem garantias, pelo que só emprestam dinheiro à SAD desde que exista o aval do resto do grupo SCP. Ou seja, se a SAD falir, a dívida bancária passa para as outras empresas.

Acho melhor certas pessoas em vez de vir para aqui com falsos moralismos, bravatas, éticas de pacotilha, acordarem para a realidade e perceberem a actual situação do clube e formas realistas de como sair dela. Os bancos quando tiverem de encarar a realidade, serão os primeiros a deixar a ética e o moralismo em casa e a negociar o possível, que é para não perderem tudo.
Concordo. Principalmente com a parte de procurar formas realistas de sair da actual situação do clube. Propor falências de SADs e deixar os credores a arder não se enquadra nesse realismo. E não é só a questão ética (mesmo que de pacotilha), é que é mesmo impossível!
Eu este Sabado almocei com um grupo de amigos (algo que fazemos sempre pela altura do Natal) e entre eles estáva um que está nos quadros principais de um Banco (familiar de E. Catroga) e como a conversa a dada altura versa sempre sobre futebol, dizia-me ele, que estava muito preocupado com a situação do seu clube (é lampião), pq tinha 9M€ de juros para pagar até ao final de Janeiro e que os bancos já não lhe emprestam mais dinheiro, estando ele a ver que a venda de D. Luiz  ou Coentrão é inevitavel para equilibrar as contas, mas depois, falou da minha/nossa preocupação, o Sporting tem de momento também 17/18 M€ de juros e outros emprestimos para pagar até Janeiro/Fevereiro e JEB já correu todos os bancos onde estava bem relacionado e a resposta foi negativa em todos eles, a minha preocupação é que só vejo um jogador que possa valer esse valor (D. Carriço) e se se vier a saber da situação do Sporting, quem o quizer comprar vai negociar ao maximo. No mesmo dia, tomei conhecimento das declarações de JEB e foi só necessario juntar 1+1 e a conta que deu foi muitissimo preocupante.


Edit: Não sei qual é a veracidade disto, mas que fiquei preocupado, fiquei...  :o
« Última modificação: Dezembro 20, 2010, 11:08 am por Zé da Europa »
O Sporting clube e a SAD estão em falência técnica. O primeiro ponto que eu antevejo é a necessidade de modificar os regulamentos de forma que a falência de uma SAD não tenha consequências desportivas e o clube possa substituir uma SAD nas competições nacionais. Isto não será difícil porque 90% das SADs em Portugal vão ficar insolventes nos próximos 3 anos e quase todos os clubes vão estar interessados nisso.

Para já uma nova direcção do clube precisa de:
- Descapitalizar a SAD passando os activos (Academia, passes de jogadores) para o Sporting Clube de Portugal, de forma a penalizar os credores ao máximo numa inevitável futura falência. Numa falência os accionistas perdem tudo, os credores ficam com os activos.
- Reestruturação da dívida do clube com os credores (banca), forçando um "haircut" (corte de cabelo) na dívida do clube de pelo menos 20 a 30% e alargando o prazo de pagamento por mais anos da dívida remanescente.

Claro que estas medidas vão mexer com os interesses de muita gente, mas a alternativa é a falência de um clube centenário com uma grande História. Credores e accionistas terão também de pagar pelos seus erros de investimento.

Exactamente o que tenho defendido, haja coragem então para o fazer, porque o momento conturbado que as instituiçõe financeiras vivem torna este o momento certo parea os apertar.
Saudações Leoninas
Eu este Sabado almocei com um grupo de amigos (algo que fazemos sempre pela altura do Natal) e entre eles estáva um que está nos quadros principais de um Banco (familiar de E. Catroga) e como a conversa a dada altura versa sempre sobre futebol, dizia-me ele, que estava muito preocupado com a situação do seu clube (é lampião), pq tinha 9M€ de juros para pagar até ao final de Janeiro e que os bancos já não lhe emprestam mais dinheiro, estando ele a ver que a venda de D. Luiz  ou Coentrão é inevitavel para equilibrar as contas, mas depois, falou da minha/nossa preocupação, o Sporting tem de momento também 17/18 M€ de juros e outros emprestimos para pagar até Janeiro/Fevereiro e JEB já correu todos os bancos onde estava bem relacionado e a resposta foi negativa em todos eles, a minha preocupação é que só vejo um jogador que possa valer esse valor (D. Carriço) e se se vier a saber da situação do Sporting, quem o quizer comprar vai negociar ao maximo. No mesmo dia, tomei conhecimento das declarações de JEB e foi só necessario juntar 1+1 e a conta que deu foi muitissimo preocupante.


Edit: Não sei qual é a veracidade disto, mas que fiquei preocupado, fiquei...  :o


Então mas não sabes que os outros que tinham um projecto com cabeça, tronco e membros e propostas definidas para gerir melhor a dívida é que não percebiam nada do assunto, o JEB é que tem a carta de pesados. ;D

O Sporting tem aumentado as suas dívidas ano após ano, Bettencourt tem feito contenção de custos mas mal, porque tem poupado nas coisas erradas com reflexos muito profundos na competitividade da equipa. E sem competitividade não há aumento de receitas, e sem mais receitas vamos continuar a acumular défices por muito controlo que seja feito sobre as contas... défices esses que irão ter de ser pagos mais tarde ou mais cedo.
Eu este Sabado almocei com um grupo de amigos (algo que fazemos sempre pela altura do Natal) e entre eles estáva um que está nos quadros principais de um Banco (familiar de E. Catroga) e como a conversa a dada altura versa sempre sobre futebol, dizia-me ele, que estava muito preocupado com a situação do seu clube (é lampião), pq tinha 9M€ de juros para pagar até ao final de Janeiro e que os bancos já não lhe emprestam mais dinheiro, estando ele a ver que a venda de D. Luiz  ou Coentrão é inevitavel para equilibrar as contas, mas depois, falou da minha/nossa preocupação, o Sporting tem de momento também 17/18 M€ de juros e outros emprestimos para pagar até Janeiro/Fevereiro e JEB já correu todos os bancos onde estava bem relacionado e a resposta foi negativa em todos eles, a minha preocupação é que só vejo um jogador que possa valer esse valor (D. Carriço) e se se vier a saber da situação do Sporting, quem o quizer comprar vai negociar ao maximo. No mesmo dia, tomei conhecimento das declarações de JEB e foi só necessario juntar 1+1 e a conta que deu foi muitissimo preocupante.


Edit: Não sei qual é a veracidade disto, mas que fiquei preocupado, fiquei...  :o


Então mas não sabes que os outros que tinham um projecto com cabeça, tronco e membros e propostas definidas para gerir melhor a dívida é que não percebiam nada do assunto, o JEB é que tem a carta de pesados. ;D

O Sporting tem aumentado as suas dívidas ano após ano, Bettencourt tem feito contenção de custos mas mal, porque tem poupado nas coisas erradas com reflexos muito profundos na competitividade da equipa. E sem competitividade não há aumento de receitas, e sem mais receitas vamos continuar a acumular défices por muito controlo que seja feito sobre as contas... défices esses que irão ter de ser pagos mais tarde ou mais cedo.

O meu grande problema, é que se o que me disseram for verdade ou até se metade for verdade, os defices terão de ser pagos já e os valores a ser pagos em curtissímo prazo são algo que eu não imaginava que estivesse tão algo. Simplesmente nós não temos 18M€ até finais de Janeiro e a não se que se delapide o resto desta equipa que por sí só já está fraquissima, eu não vejo muitas outras soluções. Por isso, estou mesmo muito preocupado do que pelo que parece os bancos recusaram "ajudar-nos" nesta fase...
O Sporting clube e a SAD estão em falência técnica. O primeiro ponto que eu antevejo é a necessidade de modificar os regulamentos de forma que a falência de uma SAD não tenha consequências desportivas e o clube possa substituir uma SAD nas competições nacionais. Isto não será difícil porque 90% das SADs em Portugal vão ficar insolventes nos próximos 3 anos e quase todos os clubes vão estar interessados nisso.

Para já uma nova direcção do clube precisa de:
- Descapitalizar a SAD passando os activos (Academia, passes de jogadores) para o Sporting Clube de Portugal, de forma a penalizar os credores ao máximo numa inevitável futura falência. Numa falência os accionistas perdem tudo, os credores ficam com os activos.
- Reestruturação da dívida do clube com os credores (banca), forçando um "haircut" (corte de cabelo) na dívida do clube de pelo menos 20 a 30% e alargando o prazo de pagamento por mais anos da dívida remanescente.

Claro que estas medidas vão mexer com os interesses de muita gente, mas a alternativa é a falência de um clube centenário com uma grande História. Credores e accionistas terão também de pagar pelos seus erros de investimento.

Exactamente o que tenho defendido, haja coragem então para o fazer, porque o momento conturbado que as instituiçõe financeiras vivem torna este o momento certo parea os apertar.

O serviço de dívida do grupo SCP, face às responsabilidades totais contraídas será por volta dos 17, 18M , sim. É isto todos os anos, o choque tive-o há uns anos atrás, agora é mais desespero. Nada de novo quanto a novos financiamentos, o crédito está escasso para toda a ecomomia.

No âmbito da reestruturação financeira em curso, outros mais habilitados que se pronunciem, mas entre aumento de capital e emissão de VMOC e em particular desta última e face à responsabilização de 2 Bancos pela colocação total das VMOCS, o que me parece que vem aí é um perdão de dívida encapotado.
O serviço de dívida do grupo SCP, face às responsabilidades totais contraídas será por volta dos 17, 18M , sim. É isto todos os anos, o choque tive-o há uns anos atrás, agora é mais desespero. Nada de novo quanto a novos financiamentos, o crédito está escasso para toda a ecomomia.

No âmbito da reestruturação financeira em curso, outros mais habilitados que se pronunciem, mas entre aumento de capital e emissão de VMOC e em particular desta última e face à responsabilização de 2 Bancos pela colocação total das VMOCS, o que me parece que vem aí é um perdão de dívida encapotado.

E a questão é: e até quando...

É que já desbaratámos o património não-desportivo, já começámos a despojarmo-nos do património mais "desportivo" (nomeadamente a Academia), já inclusivamente passámos a vender os activos desportivos directos (jogadores) na "low-season" por falta de alternativas (por muito que JEB venha dizer que foi por causa das maçãs-podres e bla bla bla) e a continuar a gestão criminosa roquettista - só no ano que passou foram mais 26 M€ de prejuízos - não tarda e não haverá literalmente nada para oferecer como garantia ou compensar no balanço.

O Sporting terá então de efectuar um emagrecimento ainda maior que o actual, diminuir ainda mais o seu potencial competitivo... podemos especular e concluir que os outros 2 também terão de efectuar o mesmo processo, mas até lá vão ganhando mais títulos que o Sporting e esses títulos mantêm a mobilização dos adeptos e agregam novos e permitem mais almofadas financeiras do que os clubes que não os conquistam... ou seja, os rivais terão provavelmente de descer um patamar caso comecem a ficar demasiado estrangulados pelas dívidas, mas conseguirão conservar mais potencial que o Sporting para os anos vindouros.
A SAD não trouxe ao clube aquilo que prometeu....
A SAD não trouxe ao clube aquilo que prometeu....

O problema tem a ver com gestão e não com a SAD em si, que não é a razão de todos os males.
Como já frisei as SAD´S, são como eram o "BINGO", o "POSTO de COMBÚSTIVEL", os "MECENAS"... Soluções de curto prazo para enganar a malta enquanto alguns se aproveitam!!! O pior é que tudo passa incólume se os resultados desportivos aparecem!!!!
"Pior do que não ver é NÃO QUERER VER!!!"

"Se o RIDICULO MATASSE...NÃO HAVIAM LAMPIÕES... NEM CROQUETTES!!!
Como já frisei as SAD´S, são como eram o "BINGO", o "POSTO de COMBÚSTIVEL", os "MECENAS"... Soluções de curto prazo para enganar a malta enquanto alguns se aproveitam!!! O pior é que tudo passa incólume se os resultados desportivos aparecem!!!!

 :arrow: :arrow:
A glória que o esforço, a dedicação, e a devoção trataram de repor.
Como já frisei as SAD´S, são como eram o "BINGO", o "POSTO de COMBÚSTIVEL", os "MECENAS"... Soluções de curto prazo para enganar a malta enquanto alguns se aproveitam!!! O pior é que tudo passa incólume se os resultados desportivos aparecem!!!!

Acabou por ser isso, sim, face à gestão global de todo o grupo. Em termos abstractos não vejo porque não teria sido um instrumento de gestão mais transparente, rigoroso e profissional. Nada disto aconteceu.



Acabou por ser isso, sim, face à gestão global de todo o grupo. Em termos abstractos não vejo porque não teria sido um instrumento de gestão mais transparente, rigoroso e profissional. Nada disto aconteceu.


[/quote]

Pois, estamos é a falar de FUTEBOL, que tal como a POLITICA...
Para mais em PORTUGAL que tudo é BRANQUEADO/ARQUIVADO!!!!  :wall: :wall: :wall:
"Pior do que não ver é NÃO QUERER VER!!!"

"Se o RIDICULO MATASSE...NÃO HAVIAM LAMPIÕES... NEM CROQUETTES!!!
Claramente alarmismo! Até contratamos novos directores e criamos posições de poder onde elas não existem. É porque o dinheiro deve abundar!  :wall:
Cebola provoca tabaco!
Claramente alarmismo! Até contratamos novos directores e criamos posições de poder onde elas não existem. É porque o dinheiro deve abundar!  :wall:

Não estarão a preparar o substituto para o Paulo Sérgio? Se calhar numa visão de médio prazo significa "poupar" dinheiro com uma "habitual" solução interna!!!! TENHO MEDO.... MUITO MEDO da entrada deste SEGUNDO QUEIROZ!!!!!!! :pray: :pray: :pray:
"Pior do que não ver é NÃO QUERER VER!!!"

"Se o RIDICULO MATASSE...NÃO HAVIAM LAMPIÕES... NEM CROQUETTES!!!