Afastamento de Izmailov por Costinha

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Não sei até que ponto consigo engolir esta versão do GP ... continuo a dizer: para uma situação perfeitamente normal como esta explicada por GP, não se justifica dar como 1ª justificação a protecção do grupo.


Mas por mim, a menos que existam desenvolvimentos ... morre aqui !
Isto é muito estranho.
Um jogador que contra o Everton combateu todas e mais algumas adversidades para poder jogar, agora do nada é tirado da convocatória pelo director de futebol e vem alegar-se que o jogador fisicamente não se sentia bem?
Ou seja, trocado por miúdos, o Izmailov não quis jogar **********, o que para os colegas, que muitas vezes passam pelo mesmo porque o futebol é assim, significou que ele, ainda por cima um dos melhores elementos da equipa, não se quis "sacrificar pelo grupo. Devia estar um "belo" ambiente naquele balneário.  :sick:
FORÇA LEÕES!!
Estranho e bastante revoltante!
A mim não me enganam, eu quero a verdade!
Então 1º ele é afastado pelo Costinha, agora isto ? apenas um "não me sinto confiante?".
Isto era jogo para jogar de canadianas se fosse preciso, neste tipo de situações o Grimi é um craque.

Sinceramente não acredito nas declarações do Gomes Pereira  :naughty:
Não se sentido em condições físicas e (aparentemente) psicológicas de alinhar no jogo de hoje, Carvalhal decide deixa-lo de fora. Ok, mas onde entra o caso "disciplinar"? A mão de ferro do Costinha? É que as noticias antes e depois do jogo nada têm uma a ver com a outra :eh:
Gomes Pereira explica situação em torno de Izmailov

O médico do Sporting, Gomes Pereira, esclareceu, em conferência de imprensa a situação em torno da ausência de Izmailov do jogo, desta quinta-feira, frente ao Atlético Madrid, para a Liga Europa.

«Por motivos clínicos e para que a situação fique muito clara decidi estar aqui. Marat Izmailov tem uma situação clínica que é conhecida e tem sido integrado em competição de forma progressiva com êxito. Isso tem sido verificado nos últimos jogos e no plano clínico considero que não existiu agravamento na situação clínica de Izmailov», começou por dizer Gomes Pereira.

O médico do Sporting explicou depois o que aconteceu: «No entanto, na relação entre um médico e um atleta existe a vertente técnica e cientifica e existe também a sensibilidade do atleta. Ontem, durante o estágio, ele disse que não se sentia confiante. Após uma análise clínica minuciosa entendi que não tinha existido agravamento relativamente à situação verificada nos últimos jogos. Transmiti isso mesmo a Marat Izmailov e fi-lo ver que, do meu ponto vista, não corria risco de participar em competição.»

Ainda assim, Gomes Pereira relembra que a opinião do jogador também tem de ser levada em conta: «Só que nesta relação existem duas partes e entre um médico e um atleta a relação não pode ser quebrada. Tive que levar em consideração que o jogador não sentia confiança para este jogo, apesar de na minha opinião não ter existido agravamento na lesão.»


In: Abola

Sinceramente não acredito... parece-me que ha algo mais por explicar, a meu ver não faz sentido isso e não se poder comunicar aos jogadores para se proteger a equipa, vai na volta essa lesão no joelho é contagiosa ::) sinceramente essa explicação custa a engolir mas siga...

Espero esta situação bem explicadinha.
Depois dou a minha opiniao.

SL
Areia para os nossos olhos, mas não areia para os nossos neurónios...

Provavelmente não quis jogar e o Costinha como achou uma falta de respeito perante o grupo, deixou-o de fora. Não sei, de facto aquele balneário é um caos.

Espero esta situação bem explicadinha.
Depois dou a minha opiniao.

SL

Não, não vais ver isto explicado, nem é desejável. Só é desejável é que não haja números destes no futuro.
FORÇA LEÕES!!
Quanto aos que dizem: "Por mim este assunto morre aqui" - eu pergunto, PORQUE?
Vai atrapalhar o resto desta brilhante temporada? É que se tivéssemos passado a eliminatória até compreenderia, mas nós fomos eliminados ! Já perdemos tudo esta época !

O minimo que peço agora são as verdades, os porquês de estar o Sporting como está!
Retirado do MaisFutebol:

Surgindo na sala de imprensa ao lado do dr. Gomes Pereira, Costinha, director de futebol do Sporting, assumiu ter tomado a decisão de excluir Izmailov do estágio, face às queixas do médio russo:
«Recordo-me de ter afirmado que como director de futebol ia assumir as minhas responsabilidades. Depois de ouvir o doutor e o Marat, entendi que não havia condições para ele estar no estágio, visto que ele, quando confrontado com a possibilidade de ajudar a equipa, num quadro de muitas limitações, manifestou vontade de sair. Como responsável, assumi essa decisão, foi minha. Obviamente ouvi ambas todas as partes, incluindo médico e treinador antes de tomá-la.»

Questionado sobre se se sentia desapontado com a atitude do jogador, Costinha deixou uma resposta de sentido claro:
«Vou responder a essa pergunta com três casos concretos. O Caneira, a meio do jogo, tinha a tíbiotársica inflamada e suportou a situação. O Pedro Silva tinha uma entorse e aguentou. O Pedro Mendes jogou com uma fractura do nariz e sem protecção Se tenho três jogadores que com dores vão lá para dentro e dão tudo, é isso que espero do grupo. O «nós» está acima do «eu», e é isso que torna a equipa mais forte», frisou.

Ainda assim Costinha frisou que Izmailov não está sob alçada disciplinar: «O jogador
não está castigado e a partir do momento em que estiver disponível mentalmente e fisicamente será integrado no grupo à disposição do treinador. Izmailov tem contrato até 2013, e como grande jogador obviamente que cabe no nosso projecto. Mas nesta altura prefiro valorizar a coragem dos que estiveram. Da nossa parte, foi feito o possível e o impossível para que Izmailov pudesse ajudar o clube.»

Espero esta situação bem explicadinha.
Depois dou a minha opiniao.

SL

Não, não vais ver isto explicado, nem é desejável. Só é desejável é que não haja números destes no futuro.

Pois , vamos levar com mais um filme tipo Stoi.
Enfim é o Sporting no seu melhor.

SL
Surgindo na sala de imprensa ao lado do dr. Gomes Pereira, Costinha, director de futebol do Sporting, assumiu ter tomado a decisão de excluir Izmailov do estágio, face às queixas do médio russo:
«Recordo-me de ter afirmado que como director de futebol ia assumir as minhas responsabilidades. Depois de ouvir o doutor e o Marat, entendi que não havia condições para ele estar no estágio, visto que ele, quando confrontado com a possibilidade de ajudar a equipa, num quadro de muitas limitações, manifestou vontade de sair. Como responsável, assumi essa decisão, foi minha. Obviamente ouvi ambas todas as partes, incluindo médico e treinador antes de tomá-la.»
Questionado sobre se se sentia desapontado com a atitude do jogador, Costinha deixou uma resposta de sentido claro:
«Vou responder a essa pergunta com três casos concretos. O Caneira, a meio do jogo, tinha a tíbiotársica inflamada e suportou a situação. O Pedro Silva tinha uma entorse e aguentou. O Pedro Mendes jogou com uma fractura do nariz e sem protecção Se tenho três jogadores que com dores vão lá para dentro e dão tudo, é isso que espero do grupo. O «nós» está acima do «eu», e é isso que torna a equipa mais forte», frisou.

Ainda assim Costinha frisou que Izmailov não está sob alçada disciplinar: «O jogador
não está castigado e a partir do momento em que estiver disponível mentalmente e fisicamente será integrado no grupo à disposição do treinador. Izmailov tem contrato até 2013, e como grande jogador obviamente que cabe no nosso projecto. Mas nesta altura prefiro valorizar a coragem dos que estiveram. Da nossa parte, foi feito o possível e o impossível para que Izmailov pudesse ajudar o clube.»
Retirado do MaisFutebol:

Surgindo na sala de imprensa ao lado do dr. Gomes Pereira, Costinha, director de futebol do Sporting, assumiu ter tomado a decisão de excluir Izmailov do estágio, face às queixas do médio russo:
«Recordo-me de ter afirmado que como director de futebol ia assumir as minhas responsabilidades. Depois de ouvir o doutor e o Marat, entendi que não havia condições para ele estar no estágio, visto que ele, quando confrontado com a possibilidade de ajudar a equipa, num quadro de muitas limitações, manifestou vontade de sair. Como responsável, assumi essa decisão, foi minha. Obviamente ouvi ambas todas as partes, incluindo médico e treinador antes de tomá-la.»

Questionado sobre se se sentia desapontado com a atitude do jogador, Costinha deixou uma resposta de sentido claro:
«Vou responder a essa pergunta com três casos concretos. O Caneira, a meio do jogo, tinha a tíbiotársica inflamada e suportou a situação. O Pedro Silva tinha uma entorse e aguentou. O Pedro Mendes jogou com uma fractura do nariz e sem protecção Se tenho três jogadores que com dores vão lá para dentro e dão tudo, é isso que espero do grupo. O «nós» está acima do «eu», e é isso que torna a equipa mais forte», frisou.

Ainda assim Costinha frisou que Izmailov não está sob alçada disciplinar: «O jogador
não está castigado e a partir do momento em que estiver disponível mentalmente e fisicamente será integrado no grupo à disposição do treinador. Izmailov tem contrato até 2013, e como grande jogador obviamente que cabe no nosso projecto. Mas nesta altura prefiro valorizar a coragem dos que estiveram. Da nossa parte, foi feito o possível e o impossível para que Izmailov pudesse ajudar o clube.»


Depois de ler isto, dou razão ao Costinha. 
Estes acontecimentos ou pseudo-acontecimentos surgem sempre nas boas fases do Sporting.

Antevejo mais uma série de maus jogos e mau futebol, tal como aconteceu depois do caso Liedson/Sá Pinto.
Podem não saber ler, nem fazer a tabuada do cinco. Mas os lampiões nunca elegeram Sousa Cintra, Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco, Bettencourt, Godinho e Varandas.
Muito bem Costinha  :clap: :clap: :clap:
Costinha foi claro e foi um líder.  :clap:

No fundo, era isto que pedíamos de um director para o futebol.

PS - Se fosse Pedro Silva a recusar-se a jogar na lateral esquerda, haveria hordas de posts a dizer que Costinha era o maior. Como se trata do Izmailov...

SL

Estranho esta atitudo do Izma.
Sempre me pareceu alguem que se sacrificava em prol da equipa e do grupo.

Nao critico o Izma,se nao se sentia em condições fez bem em dizer , é melhor que ter ido lá para dentro sem o minimo de condições.

Esteve bem o Costinha ao se impor como lider.

SL
Retirado do MaisFutebol:

Surgindo na sala de imprensa ao lado do dr. Gomes Pereira, Costinha, director de futebol do Sporting, assumiu ter tomado a decisão de excluir Izmailov do estágio, face às queixas do médio russo:
«Recordo-me de ter afirmado que como director de futebol ia assumir as minhas responsabilidades. Depois de ouvir o doutor e o Marat, entendi que não havia condições para ele estar no estágio, visto que ele, quando confrontado com a possibilidade de ajudar a equipa, num quadro de muitas limitações, manifestou vontade de sair. Como responsável, assumi essa decisão, foi minha. Obviamente ouvi ambas todas as partes, incluindo médico e treinador antes de tomá-la.»

Questionado sobre se se sentia desapontado com a atitude do jogador, Costinha deixou uma resposta de sentido claro:
«Vou responder a essa pergunta com três casos concretos. O Caneira, a meio do jogo, tinha a tíbiotársica inflamada e suportou a situação. O Pedro Silva tinha uma entorse e aguentou. O Pedro Mendes jogou com uma fractura do nariz e sem protecção Se tenho três jogadores que com dores vão lá para dentro e dão tudo, é isso que espero do grupo. O «nós» está acima do «eu», e é isso que torna a equipa mais forte», frisou.

Ainda assim Costinha frisou que Izmailov não está sob alçada disciplinar: «O jogador
não está castigado e a partir do momento em que estiver disponível mentalmente e fisicamente será integrado no grupo à disposição do treinador. Izmailov tem contrato até 2013, e como grande jogador obviamente que cabe no nosso projecto. Mas nesta altura prefiro valorizar a coragem dos que estiveram. Da nossa parte, foi feito o possível e o impossível para que Izmailov pudesse ajudar o clube.»


Ok isso assim ja faz mais sentido e nesse caso Costinha tem razão, no entanto acho estranho o Izmailov ter tido esse problema de confiança :think: