VMOC´s aprovados? Nem pensar!

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Mas estara o Sporting mais nas mãos da banca que os nossos rivais?

O Presidente do Conselho Fiscal do Sporting é o CEO do BES Investimentos (e só por acaso é o dito cujo que encetou as diligências necessárias para JEB ser candidato à presidência do SCP)... se isto não é estar na mão da banca, então não sei o que é.

Que eu saiba, este tipo de influência não existe em nenhum dos nossos rivais.

Existe um livro que gosto muito intitulado "o nosso homem em Havana", no qual em altura pré-revolucionaria em Cuba os Serviços Secretos Britanicos contratam Jim Wormold, para seu agente e colocam-no junto da esfera de poder, na tentativa de influenciar decisões, que não fossem contra os seus interesses.
O que quero dizer com isto é o seguinte os bancos teram os seus Jims Wormolds em todas as sad de todos os clubes, dai ver isso como uma teoria da conspiração parece me um pouco forçado, se o nosso Jim Wormold tem mais poder que os outros, enfim isso não sei dizer. Mas este tipo de jogos de poder são negocio nada mais que isso.
E quem colocou JEB no "poder" foram 90% dos socios não foi nenhum banco.

Eu também não disse que não tinham sido os sócios a colocar JEB no poder... o que disse foi que o homem que convenceu JEB a candidatar-se foi esta pessoa, e isso deve dizer algo em relação às verdadeiras intenções de JEB para ser presidente do clube.

Se existem Jims Wormolds em todos os clubes isso já não sei nem me interessa saber, o que me preocupa é que exista um no Sporting e ainda por cima com tanto poder. Trata-se de conflito de interesses e potencialmente muito prejudicial ao Sporting e como tal não deveria acontecer, seja isso prática normal ou não dos bancos (não faço ideia).
Mas estara o Sporting mais nas mãos da banca que os nossos rivais?

O Presidente do Conselho Fiscal do Sporting é o CEO do BES Investimentos (e só por acaso é o dito cujo que encetou as diligências necessárias para JEB ser candidato à presidência do SCP)... se isto não é estar na mão da banca, então não sei o que é.

Que eu saiba, este tipo de influência não existe em nenhum dos nossos rivais.

Existe um livro que gosto muito intitulado "o nosso homem em Havana", no qual em altura pré-revolucionaria em Cuba os Serviços Secretos Britanicos contratam Jim Wormold, para seu agente e colocam-no junto da esfera de poder, na tentativa de influenciar decisões, que não fossem contra os seus interesses.
O que quero dizer com isto é o seguinte os bancos teram os seus Jims Wormolds em todas as sad de todos os clubes, dai ver isso como uma teoria da conspiração parece me um pouco forçado, se o nosso Jim Wormold tem mais poder que os outros, enfim isso não sei dizer. Mas este tipo de jogos de poder são negocio nada mais que isso.
E quem colocou JEB no "poder" foram 90% dos socios não foi nenhum banco.

Eu também não disse que não tinham sido os sócios a colocar JEB no poder... o que disse foi que o homem que convenceu JEB a candidatar-se foi esta pessoa, e isso deve dizer algo em relação às verdadeiras intenções de JEB para ser presidente do clube.

Se existem Jims Wormolds em todos os clubes isso já não sei nem me interessa saber, o que me preocupa é que exista um no Sporting e ainda por cima com tanto poder. Trata-se de conflito de interesses e potencialmente muito prejudicial ao Sporting e como tal não deveria acontecer, seja isso prática normal ou não dos bancos (não faço ideia).

Sim, concordo, apesar de não saber o nome do verdadeiro mandatário dele.

JEB no Congresso: Não posso abandonar 4000 pessoas.
JEB Depois: Sou candidato.

Suspeito, no mínimo.

«Não tenho capacidade nesta altura para corresponder a esse desafio. Se achasse que tinha capacidade e possibilidade de o fazer, a comunicação social teria sabido directamente por mim. Nunca daria recado numa matéria tão certa como essa»
[...]
Quanto a quem teme pelo futuro do Sporting, não temam, pois haverá Sporting enquanto houver gente cobarde, ingrata e dúplice (os três eixos do Sportinguismo contemporâneo).
[...]
Mas estara o Sporting mais nas mãos da banca que os nossos rivais?

O Presidente do Conselho Fiscal do Sporting é o CEO do BES Investimentos (e só por acaso é o dito cujo que encetou as diligências necessárias para JEB ser candidato à presidência do SCP)... se isto não é estar na mão da banca, então não sei o que é.

Que eu saiba, este tipo de influência não existe em nenhum dos nossos rivais.

Existe um livro que gosto muito intitulado "o nosso homem em Havana", no qual em altura pré-revolucionaria em Cuba os Serviços Secretos Britanicos contratam Jim Wormold, para seu agente e colocam-no junto da esfera de poder, na tentativa de influenciar decisões, que não fossem contra os seus interesses.
O que quero dizer com isto é o seguinte os bancos teram os seus Jims Wormolds em todas as sad de todos os clubes, dai ver isso como uma teoria da conspiração parece me um pouco forçado, se o nosso Jim Wormold tem mais poder que os outros, enfim isso não sei dizer. Mas este tipo de jogos de poder são negocio nada mais que isso.
E quem colocou JEB no "poder" foram 90% dos socios não foi nenhum banco.

Eu também não disse que não tinham sido os sócios a colocar JEB no poder... o que disse foi que o homem que convenceu JEB a candidatar-se foi esta pessoa, e isso deve dizer algo em relação às verdadeiras intenções de JEB para ser presidente do clube.

Se existem Jims Wormolds em todos os clubes isso já não sei nem me interessa saber, o que me preocupa é que exista um no Sporting e ainda por cima com tanto poder. Trata-se de conflito de interesses e potencialmente muito prejudicial ao Sporting e como tal não deveria acontecer, seja isso prática normal ou não dos bancos (não faço ideia).

Sim, concordo, apesar de não saber o nome do verdadeiro mandatário dele.

JEB no Congresso: Não posso abandonar 4000 pessoas.
JEB Depois: Sou candidato.

Suspeito, no mínimo.

«Não tenho capacidade nesta altura para corresponder a esse desafio. Se achasse que tinha capacidade e possibilidade de o fazer, a comunicação social teria sabido directamente por mim. Nunca daria recado numa matéria tão certa como essa»

A relação banca, clubes via sads é complicada, eles devem ter tido medo que fosse para la algum vale e azevedo a rasgar contratos e precionaram outro candidato.
No entanto por muito que não goste de JEB, ou amiguinhos que la tem andado, tambem não acredito que façam alguma coisa
para prejudicar o clube de proposito. Com as ligações que ele tem na banca acho que ele ate se vai movimentar bem nesse sector, o que não quer obrigatoriamente dizer que tenhamos resultados despostivos.
O Sporting tem de abater passivo isso parece me obvio.
As VMOC`s no valor de 55M, daram uma boa ajuda, porque de outra maneira onde vai o clube buscar esse valor, se daqui a 5 anos isso significar a perda de maioria na sad, tal tambem não quer dizer a perda de controlo da mesma, devido à questão de acções de categoria A e B.
A passagem de receitas de direitos televisivos para a sad, não tinha lógica ser de outra maneira, é a sad que tem os custos da equipa senior de futebol, portanto como estava é que não me parecia correcto.
A passagem do estádio para a sad, que tambem se tem falado muito, é preciso não esquecer com com a futura fonte de receitas dos clubes que vai ser o naming dos estádios, esta receita para ser usada na equipa, tem de ir para os cofres da sad.

Se alguma coisa no meio disto tudo me esta a escapar agradeço que me esclareçam.
Portanto das 2 uma ou se arranja maneira, o que me parece muito dificil de voltar ao associativismo, ou este é o caminho natural.
Meter "o passivo tem de descer" e "VMOC's" na mesma frase é um paradoxo.

Os VMOCs foram uma das soluções arranjadas para retirar a SAD do artigo 35, não para diminuir o passivo do clube.

O Soldevi é que te consegue explicar por A + B que os VMOCs ate conseguem criar mais endividamento ao clube.

A relação banca, clubes via sads é complicada, eles devem ter tido medo que fosse para la algum vale e azevedo a rasgar contratos e precionaram outro candidato.
No entanto por muito que não goste de JEB, ou amiguinhos que la tem andado, tambem não acredito que façam alguma coisa
para prejudicar o clube de proposito. Com as ligações que ele tem na banca acho que ele ate se vai movimentar bem nesse sector, o que não quer obrigatoriamente dizer que tenhamos resultados despostivos.
O Sporting tem de abater passivo isso parece me obvio.
As VMOC`s no valor de 55M, daram uma boa ajuda, porque de outra maneira onde vai o clube buscar esse valor, se daqui a 5 anos isso significar a perda de maioria na sad, tal tambem não quer dizer a perda de controlo da mesma, devido à questão de acções de categoria A e B.
A passagem de receitas de direitos televisivos para a sad, não tinha lógica ser de outra maneira, é a sad que tem os custos da equipa senior de futebol, portanto como estava é que não me parecia correcto.
A passagem do estádio para a sad, que tambem se tem falado muito, é preciso não esquecer com com a futura fonte de receitas dos clubes que vai ser o naming dos estádios, esta receita para ser usada na equipa, tem de ir para os cofres da sad.

Se alguma coisa no meio disto tudo me esta a escapar agradeço que me esclareçam.Portanto das 2 uma ou se arranja maneira, o que me parece muito dificil de voltar ao associativismo, ou este é o caminho natural.

Vou tentar esclarecer.

Mas primeiro importa clarificar que não disse que achava que quem gere o Sporting queira que o Sporting perca e queira afundar o Sporting. Simplesmente ao terem que defender outros interesses os do Sporting ficam em segundo plano, saindo como tal prejudicados.

1. Alguém ainda acreditar que o passivo global do Grupo Sporting irá descer depois de mais uma operação financeira, só pode ser falta de memória, ingenuidade ou então para rir. O Sporting já vendeu todo o património não desportivo, Alvaláxia, clínica CUF, Holmes place, Edifício Visconde de Alvalade, já vendeu os terrenos do antigo estádio, e mais algumas coisas, e - adivinha - o passivo não parou de subir...

2. Se tem lógica que a propriedade dos direitos televisivos devem estar na SAD, porque razão a SAD vendeu a empresa que os detinha à SCS por € 65.000.000 há poucos anos? E porque é que foi proposto em 13 de Outubro de 2009 que a SAD ficasse com a SCS, por um valor não divulgado?

Este só é o caminho "natural" na cabeça de alguns, não na minha concerteza.
Tudo farei para o inverter.

SL
Mas estara o Sporting mais nas mãos da banca que os nossos rivais?

O Presidente do Conselho Fiscal do Sporting é o CEO do BES Investimentos (e só por acaso é o dito cujo que encetou as diligências necessárias para JEB ser candidato à presidência do SCP)... se isto não é estar na mão da banca, então não sei o que é.

Que eu saiba, este tipo de influência não existe em nenhum dos nossos rivais.

Existe um livro que gosto muito intitulado "o nosso homem em Havana", no qual em altura pré-revolucionaria em Cuba os Serviços Secretos Britanicos contratam Jim Wormold, para seu agente e colocam-no junto da esfera de poder, na tentativa de influenciar decisões, que não fossem contra os seus interesses.
O que quero dizer com isto é o seguinte os bancos teram os seus Jims Wormolds em todas as sad de todos os clubes, dai ver isso como uma teoria da conspiração parece me um pouco forçado, se o nosso Jim Wormold tem mais poder que os outros, enfim isso não sei dizer. Mas este tipo de jogos de poder são negocio nada mais que isso.
E quem colocou JEB no "poder" foram 90% dos socios não foi nenhum banco.

Eu também não disse que não tinham sido os sócios a colocar JEB no poder... o que disse foi que o homem que convenceu JEB a candidatar-se foi esta pessoa, e isso deve dizer algo em relação às verdadeiras intenções de JEB para ser presidente do clube.

Se existem Jims Wormolds em todos os clubes isso já não sei nem me interessa saber, o que me preocupa é que exista um no Sporting e ainda por cima com tanto poder. Trata-se de conflito de interesses e potencialmente muito prejudicial ao Sporting e como tal não deveria acontecer, seja isso prática normal ou não dos bancos (não faço ideia).

Sim, concordo, apesar de não saber o nome do verdadeiro mandatário dele.

JEB no Congresso: Não posso abandonar 4000 pessoas.
JEB Depois: Sou candidato.

Suspeito, no mínimo.

«Não tenho capacidade nesta altura para corresponder a esse desafio. Se achasse que tinha capacidade e possibilidade de o fazer, a comunicação social teria sabido directamente por mim. Nunca daria recado numa matéria tão certa como essa»

A relação banca, clubes via sads é complicada, eles devem ter tido medo que fosse para la algum vale e azevedo a rasgar contratos e precionaram outro candidato.
No entanto por muito que não goste de JEB, ou amiguinhos que la tem andado, tambem não acredito que façam alguma coisa
para prejudicar o clube de proposito. Com as ligações que ele tem na banca acho que ele ate se vai movimentar bem nesse sector
, o que não quer obrigatoriamente dizer que tenhamos resultados despostivos.
O Sporting tem de abater passivo isso parece me obvio.
As VMOC`s no valor de 55M, daram uma boa ajuda, porque de outra maneira onde vai o clube buscar esse valor, se daqui a 5 anos isso significar a perda de maioria na sad, tal tambem não quer dizer a perda de controlo da mesma, devido à questão de acções de categoria A e B.
A passagem de receitas de direitos televisivos para a sad, não tinha lógica ser de outra maneira, é a sad que tem os custos da equipa senior de futebol, portanto como estava é que não me parecia correcto.
A passagem do estádio para a sad, que tambem se tem falado muito, é preciso não esquecer com com a futura fonte de receitas dos clubes que vai ser o naming dos estádios, esta receita para ser usada na equipa, tem de ir para os cofres da sad.

Se alguma coisa no meio disto tudo me esta a escapar agradeço que me esclareçam.
Portanto das 2 uma ou se arranja maneira, o que me parece muito dificil de voltar ao associativismo, ou este é o caminho natural.

As ligações à banca têm feito aumentar o passivo bancário... Mais empréstimos, Mais incumprimento, Mais Passivo.

Sobre a seriedade dos amigos que lá andaram.

Faz um google aos seguintes nomes, Horta e Costa, Godinho Lopes, Amadeu Lima Carvalho e Diogo Gaspar Ferreira...

Não vale juntar as letras PJ, facilita demasiado a busca...
"Reforçamos ainda a solução que temos vindo a defender para a sustentabilidade do Clube:
a)   O afastamento do Clube de todos os dirigentes envolvidos no “Projecto Roquette” e com responsabilidades na gravíssima situação actual, apuradas após a realização de uma verdadeira auditoria de gestão. Pedido de indemnização cível pelos danos causados ao Sporting Clube de Portugal;
b)    A renegociação firme, corajosa e realista da dívida bancária, de forma a reduzir drasticamente os encargos financeiros anuais; 
c)    A redução drástica dos custos com pessoal, como ponto de partida para que se alcance o equilíbrio da exploração operacional. Se analisarmos as últimas épocas, bem como o descalabro no balanço entre contratações e vendas de jogadores, facilmente verificamos duas realidades: (i) maior investimento não tem sido sinónimo de maior rendimento desportivo, (ii) os maiores encaixes financeiros com venda de jogadores foram com jogadores formados no Clube, e não com jogadores adquiridos pelas administrações e gestores de activos profissionais da SAD."
 - Candidatura Independente ao Conselho Fiscal e Disciplinar
Mas estara o Sporting mais nas mãos da banca que os nossos rivais?

O Presidente do Conselho Fiscal do Sporting é o CEO do BES Investimentos (e só por acaso é o dito cujo que encetou as diligências necessárias para JEB ser candidato à presidência do SCP)... se isto não é estar na mão da banca, então não sei o que é.

Que eu saiba, este tipo de influência não existe em nenhum dos nossos rivais.

Existe um livro que gosto muito intitulado "o nosso homem em Havana", no qual em altura pré-revolucionaria em Cuba os Serviços Secretos Britanicos contratam Jim Wormold, para seu agente e colocam-no junto da esfera de poder, na tentativa de influenciar decisões, que não fossem contra os seus interesses.
O que quero dizer com isto é o seguinte os bancos teram os seus Jims Wormolds em todas as sad de todos os clubes, dai ver isso como uma teoria da conspiração parece me um pouco forçado, se o nosso Jim Wormold tem mais poder que os outros, enfim isso não sei dizer. Mas este tipo de jogos de poder são negocio nada mais que isso.
E quem colocou JEB no "poder" foram 90% dos socios não foi nenhum banco.

Estás enganado Dorian.

Quem colocou JEB no "poder" foi o Banco Espírito Santo,por aliciamento e imposição do seu Vice-Presidente José Maria Espírito Santo Silva Ricciardi,também conhecido na Banca como Rinoceronte Adormecido e que está no Sporting pela mão do seu primo José Roquette e desempenha as funções de Vice-Presidente da SAD.

E quem consentiu essa nomeação,é que foram 90% dos sócios.
Uns porque talvez não soubessem da extensão da Golpada e foram enganados,outros porque sabiam,não se importam e até gostam.
« Última modificação: Fevereiro 08, 2010, 02:08 am por chirola »
 O Sporting queixa-se muito dos juros e serviços de divida, enfim esses termos tecnicos todos. A minha questão é pq o Sporting ainda não tentou vender a divida a outra instituição financeira que lhe ofereça melhores condições? É possivel isto?
Bom se alguem poder agradecia que me podessem esclarecer  :great:


Perfeitamente possivel, mas mais dificil quando o presidente é um alto quadro do próprio banco em que temos os empréstimos. Em vez de utilizar essa posição para gerar influência positiva para o Sporting, faz o papel de defensor do banco dentro do Sporting, obrigando o Sporting a fazer negócios do interesse do banco. Em qualquer lugar do mundo isto é um conflito do interesses, que infelizmente nos prejudica porque o presidente defende quem lhe paga...mais.





só leio bla bla bla

e no final resume-se a isto: nao vamos a lado nenhum com esta direcção ou com alguem que a apoie ou que seja apoiada por ela

chega de analises, o resultado está á vista nao é preciso mais nada para resolver o problema. :cartao:
In SportingApoio:

hxxp://www.sportingapoio.com/noticias/vmocs-por-leao09/
(penso que este seja o tópico certo)

Alguém me sabe explicar como está esta situação das VMOC's? O Sporting tem dinheiro para voltar a "comprar" isto? Se não o fizer, como fica a situação da SAD? Passam os bancos a ser os acionistas maioritários?

Muitas perguntas se têm feito sobre isso, mas ainda não vi ninguém a responder  :inde:


Citar
Há coisas na vida que nunca mudam, a nobreza de carácter é uma delas, ou se tem, ou não. Por mais “riqueza” que ostentem, os pobres de espírito sempre o serão. O complexo de inferioridade demonstrado por todas estas atitudes é totalmente incompatível com um clube que para além de títulos quer ser grande, pois a grandeza é muito mais do que o vencer. A grandeza é vencer, é saber vencer, é saber perder, é saber estar, algo que não está ao alcance de todos.

O Sporting Clube de Portugal,
Lisboa, 28 de Outubro de 2013


Entre 2013 e 2016, o Consorcio Mortuario BES/BCP pode apropriar-se livremente de parte do capital da SAD. Se o Sporting não reembolsar 55 Milhões de Euros até 2016, BES/BCP apropriam-se de 77% do capital da SAD.


Contas por baixo, o Sporting necessita de pagar cerca de 15 Milhões, para manter 50,01% do capital da SAD.
Para manter a maioria de 2/3 o valor sobe para 28 Milhões de €uros.

Valores esses "calculados" na auditoria fantasma orquestrada pela escumalha Roqueteira, e que servem apenas para lançar areia para os olhos dos crentes. Na realidade o Clube já está há muito vendido. A partir de 2013, será apenas uma formalidade chamar-mos BESPORTING SAD


A partir do proximo ano, Tanto BCP, BES e investidores Privados podem transformar o seu emprestimo em capital da SAD.

Estaremos perante os episodios finais da privatização do Sporting orquestrada e realizada por José Alfredo Parreira Holterman Roquette, ladrão, pulha, criminoso de colarinho branco e assassino moral de um clube centenario.


Estadio, Academia, restante patrimonio?, equipa de futebol, ABSOLUTAMENTE TUDO TIRADO do Sporting Clube de Portugal, e nas mãos de privados que não vão mais que desmantelar o especular o resto do patrimonio do Sporting.

Do clube restarão as modalidades, a massa social e as lembranças de um clube que outrora foi um dos grandes da Europa.




ACORDA SPORTING! ACORDA!!

DIA 28 18:00


Entre 2013 e 2016, o Consorcio Mortuario BES/BCP pode apropriar-se livremente de parte do capital da SAD. Se o Sporting não reembolsar 55 Milhões de Euros até 2016, BES/BCP apropriam-se de 77% do capital da SAD.


Contas por baixo, o Sporting necessita de pagar cerca de 15 Milhões, para manter 50,01% do capital da SAD.
Para manter a maioria de 2/3 o valor sobe para 28 Milhões de €uros.

Valores esses "calculados" na auditoria fantasma orquestrada pela escumalha Roqueteira, e que servem apenas para lançar areia para os olhos dos crentes. Na realidade o Clube já está há muito vendido. A partir de 2013, será apenas uma formalidade chamar-mos BESPORTING SAD


A partir do proximo ano, Tanto BCP, BES e investidores Privados podem transformar o seu emprestimo em capital da SAD.

Estaremos perante os episodios finais da privatização do Sporting orquestrada e realizada por José Alfredo Parreira Holterman Roquette, ladrão, pulha, criminoso de colarinho branco e assassino moral de um clube centenario.


Estadio, Academia, restante patrimonio?, equipa de futebol, ABSOLUTAMENTE TUDO TIRADO do Sporting Clube de Portugal, e nas mãos de privados que não vão mais que desmantelar o especular o resto do patrimonio do Sporting.

Do clube restarão as modalidades, a massa social e as lembranças de um clube que outrora foi um dos grandes da Europa.




ACORDA SPORTING! ACORDA!!

DIA 28 18:00

Tudo o que seja abaixo de passarem o resto dos seus dias a verem o sol aos quadradinhos é pouco para esta corja de pulhas roquetteira.


Entre 2013 e 2016, o Consorcio Mortuario BES/BCP pode apropriar-se livremente de parte do capital da SAD. Se o Sporting não reembolsar 55 Milhões de Euros até 2016, BES/BCP apropriam-se de 77% do capital da SAD.


Contas por baixo, o Sporting necessita de pagar cerca de 15 Milhões, para manter 50,01% do capital da SAD.
Para manter a maioria de 2/3 o valor sobe para 28 Milhões de €uros.

Valores esses "calculados" na auditoria fantasma orquestrada pela escumalha Roqueteira, e que servem apenas para lançar areia para os olhos dos crentes. Na realidade o Clube já está há muito vendido. A partir de 2013, será apenas uma formalidade chamar-mos BESPORTING SAD


A partir do proximo ano, Tanto BCP, BES e investidores Privados podem transformar o seu emprestimo em capital da SAD.

Estaremos perante os episodios finais da privatização do Sporting orquestrada e realizada por José Alfredo Parreira Holterman Roquette, ladrão, pulha, criminoso de colarinho branco e assassino moral de um clube centenario.


Estadio, Academia, restante patrimonio?, equipa de futebol, ABSOLUTAMENTE TUDO TIRADO do Sporting Clube de Portugal, e nas mãos de privados que não vão mais que desmantelar o especular o resto do patrimonio do Sporting.

Do clube restarão as modalidades, a massa social e as lembranças de um clube que outrora foi um dos grandes da Europa.




ACORDA SPORTING! ACORDA!!

DIA 28 18:00

Tudo o que seja abaixo de passarem o resto dos seus dias a verem o sol aos quadradinhos é pouco para esta corja de pulhas roquetteira.

GOLPADA!
"Brace Yourselves, Winter is Coming. "
Its a feeling we cant explain but we spend our lives explaining it, Its our religion.. we do not apologise for it we do not deny it, their our team our family OUR LIFE!!
E a história da fusão e da passagem do estádio para a SAD não era para minorar isto?
Entre tantas as tangas que nos dão nem percebi se isso tinha fundo de verdade!
Movimento PSN "Por um Sporting sem notáveis"

MyAnimeList
"Um em cada três lampiões é tão burro com os outros dois" Carlos Dolbeth
Citar
Neo-Fox:

E a história da fusão e da passagem do estádio para a SAD não era para minorar isto?

Com a fusão ficará salvaguardada a maioria. Até ver.
Citar
Neo-Fox:

E a história da fusão e da passagem do estádio para a SAD não era para minorar isto?

Com a fusão ficará salvaguardada a maioria. Até ver.

Dizem eles...  :whistle:
Comentário do Administrador Tópico bloqueado. Se pretendem prosseguir a discussão sobre o presente e futuro dos VMOCs deverão abrir novo tópico.