"Gamebox Duo" motiva queixa na ASAE

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Pseudo polémica completamente cretina, e a fazer-me pensar que o Júdice deve estar a ficar senil - que venham activistas gay dizer bacoradas para os jornais ainda se compreende.

Que eu saiba o Sporting não está a impedir duas quaisquer pessoas de se tornar um casal, nem de exercer qualquer direito inalieável de um casal. Para além do mais, não há qualquer referência na descrição do produto a casais - podem perfeitamente ser irmãos ou primos, ou simples amigos, desde que tenham ambos mais de 18 anos e sejam do sexo oposto. Dizer que os casais de gays ou lésbicas estão a ser discriminados nesta campanha faz tanto sentido como dizer que numa Gamebox criança se estão a discriminar os adultos. Não cumprem as condições legitimamente impostas por uma empresa privada para o produto, não têm direito a ele, simples.

A sugestão do Paracelsus é aceitável, mas eu propunha algo mais elaborado para uma Gamebox Fufas e Bichas: 1 euro de desconto em relação ao preço conjunto, mas só poderá ser desfrutada se aquando da vinda ao Estádio ambos os elementos do Casal vierem apenas de tanga cor-de-rosa (no caso masculino) ou apenas tangas e soutiens de cabedal preto (no caso feminino). Havia de ser um sucesso de marketing.

Acho que um moderador devia dar o exemplo. É incrível como uma simples queixa na ASAE (idiota por sinal) se transformou num exercício de homofobia.

Em relação ao conteúdo do tópico, concordo com o Paracelsus. Facilmente se resolvia esta situação e os puristas deixavam de reclamar.
"The one thing that doesn't abide by majority rule is a person's conscience." - Harper Lee
Por enquanto o sporting nao esta a ir contra lei nenhuma...por isso nao tem de mudar nada!! era o q mais faltava...
Se for algo que vai contra as leis têm que mudar sejam elas as da concorrência, as de discriminação, etc.

Julgo que é isso que se trata e não o facto de alguém estar ofendido com seja o que for.

Existem por aqui uns comentários muito pouco elegantes, no mínimo.

Não, não é isso.

O que se passou foi que simplesmente alguém homossexual sentiu necessidade de se mostrar como sendo diferente, mas ao mesmo tempo aproveitar para publicitar a causa do "temos de ser iguais". Infelizmente não há coragem na opinião pública para fugir ao politicamente correcto e condenar estes actos de publicidade barata de alguém que pelos vistos ainda não "aceitou" a opção de vida que tomou e que sente necessidade de impingir/publicitar a sua escolha aos outros para que se sinta melhor.

Querem ser homossexuais, sejam-no. Agora não andem constantemente a criar casos só para tentar mudar as mentes dos outros porque na maioria dos casos a primeira mentalidade que tem de mudar é a dos próprios. Se assim não fosse, não perderiam tempo a pegar em casos como estes que de verdadeiros casos nada têm.
"Mariquice", "paneleirice", " bichonas", "fufas", "bichas", "mariquinhas"... Alguém se sentiu ofendido com isto? Eu não! É que pelos vistos "paneleiros" e "panisgas" não são sinónimos...

Mais um post apagado sem critério a registar.
"Uma das minhas primeiras medidas foi mandar retirar os símbolos do Sporting que estavam pintados no relvado, junto à linha!
Porquê? O símbolo do Sporting Clube de Portugal não se pisa!"
Manolo Vidal

Por enquanto o sporting nao esta a ir contra lei nenhuma...por isso nao tem de mudar nada!! era o q mais faltava...

As pessoas não devem mudar as coisas apenas porque está na lei, existe também a vontade em fazer bem feito e de respeitar as sensibilidades e se o Sporting achar que o procedimento associado à venda de algum dos seus produtos é suficientemente ambíguo para dar azo a interpretações discriminatórias, então acho muito bem que altere o que tiver de alterar para corrigir a situação sem que se tenha de entrar no que a lei diz ou não diz.

Se o Sporting achar que está tudo bem como actualmente, então é passar à frente até que seja obrigado a fazer em contrário. :inde:
A sugestão do Paracelsus é aceitável, mas eu propunha algo mais elaborado para uma Gamebox Fufas e Bichas: 1 euro de desconto em relação ao preço conjunto, mas só poderá ser desfrutada se aquando da vinda ao Estádio ambos os elementos do Casal vierem apenas de tanga cor-de-rosa (no caso masculino) ou apenas tangas e soutiens de cabedal preto (no caso feminino). Havia de ser um sucesso de marketing.

Acho que um moderador devia dar o exemplo. É incrível como uma simples queixa na ASAE (idiota por sinal) se transformou num exercício de homofobia.

Em relação ao conteúdo do tópico, concordo com o Paracelsus. Facilmente se resolvia esta situação e os puristas deixavam de reclamar.

Que não faltasse cá alguém armado em Diácono Remédios...

A segunda parte do que pões a negrito da citação tem como objectivo ridicularizar a situação e não atacar nenhum grupo, minoritário ou outro.

Quanto à referência a Fufas e Bichas, tens algum amigo ou amiga que seja uma coisa ou outra? Sabes como eles se designam entre si? Então informa-te, antes de fazeres acusações de homofobia sem qualquer sentido.
Saudades do futuro.
Por enquanto o sporting nao esta a ir contra lei nenhuma...por isso nao tem de mudar nada!! era o q mais faltava...

As pessoas não devem mudar as coisas apenas porque está na lei, existe também a vontade em fazer bem feito e de respeitar as sensibilidades e se o Sporting achar que o procedimento associado à venda de algum dos seus produtos é suficientemente ambíguo para dar azo a interpretações discriminatórias, então acho muito bem que altere o que tiver de alterar para corrigir a situação sem que se tenha de entrar no que a lei diz ou não diz.

Se o Sporting achar que está tudo bem como actualmente, então é passar à frente até que seja obrigado a fazer em contrário. :inde:

percebo perfeitamente...mas acho q o Sporting não esta a discriminar ninguem!


Não, não é isso.

O que se passou foi que simplesmente alguém homossexual sentiu necessidade de se mostrar como sendo diferente, mas ao mesmo tempo aproveitar para publicitar a causa do "temos de ser iguais". Infelizmente não há coragem na opinião pública para fugir ao politicamente correcto e condenar estes actos de publicidade barata de alguém que pelos vistos ainda não "aceitou" a opção de vida que tomou e que sente necessidade de impingir/publicitar a sua escolha aos outros para que se sinta melhor.

Querem ser homossexuais, sejam-no. Agora não andem constantemente a criar casos só para tentar mudar as mentes dos outros porque na maioria dos casos a primeira mentalidade que tem de mudar é a dos próprios. Se assim não fosse, não perderiam tempo a pegar em casos como estes que de verdadeiros casos nada têm.


Eu concordo contigo. Mas quem vai decidir sobre isto não vai ligar às intenções, imagino eu, vai ver se a pessoa tem razão ou não. EU nem sei se quem fez a queixa é homossexual pode ser alguém que não ache justo o desconto às mulheres no mesmo produto, pelo simples facto de serem mulheres.

Não percebendo muito destes assuntos, vejo dois possíveis problemas nesta discriminação de preços. A primeira de género porque se possibilita que as mulheres paguem menos que os homens e talvez também de opção sexual (?). A segunda tem que ver com a primeira e que pode conferir um aproveitamento da empresa ao criar dois grupos de clientes pagando os homens mais porque estão dispostos a pagar mais pelo produto e as mulheres menos pelo motivo inverso.

No fundo acho tudo isto um irrelevante (EDIT:irrelevante para quem vai ao estádio e não usa esta promoção, para quem a usa claro que o fim desta seria má), e acho que o Sporting pode fazê-lo por razões sociais e culturais, mas vejo uma certa lógica na queixa apresentada.
Por isso é que eu acho que este caso é uma paneleirice pegada, para "os do costume" fazerem o barulho do "costume". Desta vez, à custa do Sporting!

Se há coisa que deve melindrar os gays é não poderem comprar a GameBox Duo. Vão para o raio que os parta! Esses e o sócio que não tem nada que fazer!

Então e os "Amigos da Poligamia"? Não há nenhuma notícia sobre a indignação desses? Se eu tivesse um harém de brutas, iam estar a discriminar todas menos a que eu escolhesse para ir comigo à bola!

Vou fazer queixa do Sporting às altas instâncias! Eu e um casal de gémeos siameses! Querem obigá-los a pagar duas cadeiras, quando só têm um cu.

Haja pachorra!
« Última modificação: Novembro 30, 2009, 22:23 pm por Paracelsus »
"Uma das minhas primeiras medidas foi mandar retirar os símbolos do Sporting que estavam pintados no relvado, junto à linha!
Porquê? O símbolo do Sporting Clube de Portugal não se pisa!"
Manolo Vidal

Por isso é que eu acho que este caso é uma paneleirice pegada, para "os do costume" fazerem o barulho do "costume". Desta vez, à custa do Sporting!

Se há coisa que deve melindrar os gays é não poderem comprar a GameBox Duo. Vão para o raio que os parta! Esses e o sócio que não tem nada que fazer!

Então e os "Amigos da Poligamia"? Não há nenhuma notícia sobre a indignação desses? Se eu tivesse um harém de brutas, iam estar a discriminar todas menos a que eu escolhesse para ir comigo à bola!

Vou fazer queixa do Sporting às altas instâncias! Eu e um casal de gémeos siameses! Querem obigá-los a pagar duas cadeiras, quando só têm um cu.

Haja pachorra!

nem mais...    :arrow:
Então e os "Amigos da Poligamia"? Não há nenhuma notícia sobre a indignação desses? Se eu tivesse um harém de brutas, iam estar a discriminar todas menos a que eu escolhesse para ir comigo à bola!

É um bom exemplo. Esses ainda não têm uma Associação que os represente. :mrgreen:
Saudades do futuro.
A sugestão do Paracelsus é aceitável, mas eu propunha algo mais elaborado para uma Gamebox Fufas e Bichas: 1 euro de desconto em relação ao preço conjunto, mas só poderá ser desfrutada se aquando da vinda ao Estádio ambos os elementos do Casal vierem apenas de tanga cor-de-rosa (no caso masculino) ou apenas tangas e soutiens de cabedal preto (no caso feminino). Havia de ser um sucesso de marketing.

Acho que um moderador devia dar o exemplo. É incrível como uma simples queixa na ASAE (idiota por sinal) se transformou num exercício de homofobia.

Em relação ao conteúdo do tópico, concordo com o Paracelsus. Facilmente se resolvia esta situação e os puristas deixavam de reclamar.

Que não faltasse cá alguém armado em Diácono Remédios...

A segunda parte do que pões a negrito da citação tem como objectivo ridicularizar a situação e não atacar nenhum grupo, minoritário ou outro.

Quanto à referência a Fufas e Bichas, tens algum amigo ou amiga que seja uma coisa ou outra? Sabes como eles se designam entre si? Então informa-te, antes de fazeres acusações de homofobia sem qualquer sentido.

As minhas amizades pessoais são um assunto que não te diz respeito, apenas fiz referência um comentário que não me parece apropriado. Se achas que é correcto denominar os homossexuais por Fufas e Bichas ainda bem para ti. A única coisa que te posso dizer é que o primeiro termo é absolutamente ofensivo para o grupo em questão.

E volto a dizer o que afirmei: numa situação onde a linguagem excessiva e a homofobia estavam claramente a aumentar roçando o inaceitável, não me parece que seja correcto um moderador fazer este tipo de comentários.

Mas pronto é somente a minha opinião. Se estás satisfeito com o teu comentário é o que importa.  :arrow:
"The one thing that doesn't abide by majority rule is a person's conscience." - Harper Lee
Se estás satisfeito com o teu comentário é o que importa.  :arrow:

Não estou nem deixo de estar. A moderação desta zona que o avalie.
Saudades do futuro.
Sou assexual, eish k *** de discriminação, não há promoções para quem queira ir sozinho aos jogos?

 :lol:

Os gajos estariam a ser descriminados se os obrigassem a pagar mais que aos outros. Há uma promoção, não se enquadram nos requisitos, siga. Também há relativamente à idade e quem não cabe no critério, paga preço inteiro :arrow:
"Se as coisas correrem mal, essa despesa ficará por minha conta!"- a respeito da contratação de José Peseiro- Sousa Cintra 01/07/2018
Enfim, nunca há-de chover uma quantidade que convenha a todos os agricultores ao mesmo tempo, por isso vão sempre haver interpretações diferentes em relação a este assunto, embora esta seja claramente exagerada e até certo ponto algo injustificada. Para mim é apenas uma maneira de atrair o público ao estádio.

No entanto, não posso deixar passar este tema da sexualidade sem referir que está dominado pela hipocrisia. Neste caso, temos algumas pessoas homossexuais, que se sentem terrivelmente ofendidas quando vêem mensagens a favor da heterosexualidade, pois consideram-nas intolerantes e desrespeituosas, mas em outras ocasiões, essas mesmas pessoas não hesitam em organizar marchas e festivais para festejar o "orgulho em ser gay", onde promovem a sua sexualidade. Ficamos pois, sem perceber o que pretendem. Gostam de sair do armário, mas ficam chateados com a claridade (leia-se, o resto do mundo).
What do you wanna hear first: bad news, or the worst?
Enfim, nunca há-de chover uma quantidade que convenha a todos os agricultores ao mesmo tempo, por isso vão sempre haver interpretações diferentes em relação a este assunto, embora esta seja claramente exagerada e até certo ponto algo injustificada. Para mim é apenas uma maneira de atrair o público ao estádio.

No entanto, não posso deixar passar este tema da sexualidade sem referir que está dominado pela hipocrisia. Neste caso, temos algumas pessoas homossexuais, que se sentem terrivelmente ofendidas quando vêem mensagens a favor da heterosexualidade, pois consideram-nas intolerantes e desrespeituosas, mas em outras ocasiões, essas mesmas pessoas não hesitam em organizar marchas e festivais para festejar o "orgulho em ser gay", onde promovem a sua sexualidade. Ficamos pois, sem perceber o que pretendem. Gostam de sair do armário, mas ficam chateados com a claridade (leia-se, o resto do mundo).

O mais engraçado disto tudo é que, se formos ao início do tópico, não vemos nenhuma referência à suposta homossexualidade das pessoas que fizeram a queixa. Não percebo como é que isto resvalou para uma discussão sobre homossexuais, lésbicas e afins, quando a notícia diz apenas que houve uma queixa por discriminação sexual. O mais provável é ser um homem heterossexual que achou estar a ser discriminado a favor do sexo oposto.

Mas enfim, quando é para destilar ódios tudo serve.
« Última modificação: Novembro 30, 2009, 23:40 pm por Winston Smith »
"The one thing that doesn't abide by majority rule is a person's conscience." - Harper Lee
Enfim, nunca há-de chover uma quantidade que convenha a todos os agricultores ao mesmo tempo, por isso vão sempre haver interpretações diferentes em relação a este assunto, embora esta seja claramente exagerada e até certo ponto algo injustificada. Para mim é apenas uma maneira de atrair o público ao estádio.

No entanto, não posso deixar passar este tema da sexualidade sem referir que está dominado pela hipocrisia. Neste caso, temos algumas pessoas homossexuais, que se sentem terrivelmente ofendidas quando vêem mensagens a favor da heterosexualidade, pois consideram-nas intolerantes e desrespeituosas, mas em outras ocasiões, essas mesmas pessoas não hesitam em organizar marchas e festivais para festejar o "orgulho em ser gay", onde promovem a sua sexualidade. Ficamos pois, sem perceber o que pretendem. Gostam de sair do armário, mas ficam chateados com a claridade (leia-se, o resto do mundo).

O mais engraçado disto tudo é que, se formos ao início do tópico, não vemos nenhuma referência à suposta homossexualidade das pessoas que fizeram a queixa. Não percebo como é que isto resvalou para uma discussão sobre homossexuais, lésbicas e afins, quando a notícia diz apenas que houve uma queixa por discriminação sexual. O mais provável é ser um homem heterossexual que achou estar a ser discriminado a favor do sexo oposto.

Mas enfim, quando é para destilar ódios tudo serve.

Nesse caso, o tema está ligado com a sexualidade, pois podemos chegar à conclusão que o homem é machista, e dessa forma a abordagem desse tema torna-se muito fácil.
What do you wanna hear first: bad news, or the worst?
O mais engraçado disto tudo é que, se formos ao início do tópico, não vemos nenhuma referência à suposta homossexualidade das pessoas que fizeram a queixa.

Indo ao início do tópico constato que é verdade. No meu caso estava a discutir baseado na transcrição da notícia directamente do jornal I, que tinha lido noutro fórum, e onde se pode ler:

Citar
A descrição do produto no site oficial do Sporting não deixa dúvidas: o conceito de casal associado à "Gamebox Duo" contempla apenas "dois sócios do sexo oposto" e a "obrigatoriedade de serem Homem e Mulher". Situação que motivou mesmo a apresentação de uma queixa formal por parte de um sócio do Sporting, Rahul Kumar, no dia 12 de Outubro. "Não sou homossexual, mas o conceito de gamebox só para heterossexuais fez--me confusão. Decidi ir à secretaria e dizer que queria comprar uma para mim e para um companheiro: não me deixaram", conta ao i.

E depois vêem declarações da ILGA e do Serzedelo, e antes do Júdice. Sem esse enquadramento torna-se difícil a apreensão da minha mensagem inicial neste tópico, ainda bem que tenho hipótese de juntar informação.

Quanto ao Rahul Kumar, de facto não tem mais nada que fazer.
Saudades do futuro.
Que absurdo, afinal também os há entre nós...  :lol: :twisted:

Quanto à notícia só me ocorrem mais 2 comentários que até nem estão directamente ligados à notícia:

 - Enaltecer este tipo de oferta, é pena é só ser para sócios porque há por aí muita gente que opta pelo bilhete de época adepto em vez de pagar as quotas.

 - Inovar ainda mais a oferta de Gamebox´s e sobretudo, diminuir o preço! Desde 2003 que o preço é cada vez maior e até a Liga já ficou com menos 2 jornadas. Se querem ganhar dinheiro metam preços aceitáveis.
« Última modificação: Dezembro 01, 2009, 01:23 am por FranciscoBarão »
Sporting Clube de Portugal, somos diferentes, somos melhores.
Este tipo de gente tira-me do sério. Palavra de honra. Ai catariiiino.

CARREGA SPORTING!  :arrow: