Votação

Quem foi o melhor Leão em campo neste Heerenveen 2-3 Sporting?

Rui Patrício
4 (1.5%)
Abel
1 (0.4%)
Daniel Carriço
0 (0%)
Polga
2 (0.7%)
Caneira
0 (0%)
Miguel Veloso
1 (0.4%)
Vukcevic
1 (0.4%)
João Moutinho
2 (0.7%)
Matias Fernandez
5 (1.9%)
Yannick Djaló
2 (0.7%)
Liedson
244 (90.7%)
Hélder Postiga
0 (0%)
Angulo
1 (0.4%)
Tonel
1 (0.4%)
Voto em Branco
5 (1.9%)

Votos totais: 247

Votação encerrada: Setembro 24, 2009, 19:59 pm

[LIGA EUROPA] Heerenveen 2-3 SPORTING

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Excelente!  :clap:
:o fosgasse isto e so futebol
Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Podem não saber ler, nem fazer a tabuada do cinco. Mas os lampiões nunca elegeram Sousa Cintra, Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco, Bettencourt, Godinho e Varandas.
Sim e com isso ele quer dizer o quê? Que os jogadores estão proibidos de ter algum sucesso, é...?! Não brinquemos.

Tu falaste de ter "santa paciência e um mínimo de tolerância", para respeitar as opiniões, quando Bettencourt não o teve. Apenas isso.

Não teve quando?

No aeroporto com o "cala-te!"?

Nesse caso foi de facto intolerante, mas é a única intolerância que lhe conheço, pelo menos pública, aqui a intolerância é recorrente e é isso que se critica, sobretudo a intolerância com as opiniões contrárias! :idea:
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Realmente essa revolução do Materazzi pelo Inacio, deu certo embora não foi por causa de vocês que ele saiu, mas e quantas revoluções não deram certo? Então antes de entrar o Roquete era quase uma (ou às vezes mais) por ano. Essa de revolta inconformismo e vontade mudar para ganhar nos 17 anos que não ganhamos nada, dá para rir. Eu vivi esses anos todos e sei de muita parvoice que se fez nessa altura.
Também quero que o Paulo Bento se vá embora, no entanto ele diz coisas acertadas, como quando disse que quem quisesse ver espectáculos, fosse ao teatro. Certíssimo, visto que o futebol apresentado pela equipa dele é normalmente mau, no entanto devido a crise que vivemos quem goste de teatro, pode ficar-se aqui pelo fórum que poupa uns cobres... Realmente teatro e daquele a antiga com uns grandes dramas e enredos super complicados é o que não falta por aqui.

Entao só porque quero uma mudança de treinador nao devo felicitar o Liedson quando marca um hat trick ? Desculpem lá mas esse tipo de atitude fica bem a quem goste de se sentar no canto a fazer beicinho. Eu não ando sempre a bater no peito, lembrando a todos o tão old school que sou mas tenho esta mania de que a equipa de futebol do Sporting é para ser apoiada e defendida, independentemente de quem quer que seja o treinador, presidente ou roupeiro (tambem já ouvi dizer que o Paulinho é uma forca destabilizadora dentro do balneário, mais um que leva já uma vassourada).
Agora a serio, tenham lá calma, porque se não se cultiva o amor ao clube com vitorias (como esta, entre outras), então é que se instala mesmo a apatia. Se continuam assim, ainda comecam a exigir que as mulheres vao a bola de veu e vestidas modestamente ao mesmo tempo que cortam com as roulottes , bebidas alcoólicas e pessoal com cara de bem dispostos. Só lá querem quem for mesmo com cara de enterro, vindo do velório e já com bilhete para a missa do sétimo dia.

Quo Vadis Sportinguistas, como diziam os Gregos das tragédias...Ou era os Romanos dos Asterix?!?  :boohoo:
----------------
Now playing: Pentagram - Walk In The Blue Light
via FoxyTunes
« Última modificação: Setembro 19, 2009, 21:55 pm por Yazalde70 »
GANHOU?  OH! OH! QUE CHATICE....
GANHOU?  OH! OH! QUE CHATICE....


E tu quem és, o justiçeiro das franjas e riscos ao meio?
What do you wanna hear first: bad news, or the worst?
GANHOU?  OH! OH! QUE CHATICE....

Tu és daqueles que só canta de galo nas vitórias... Nas derrotas escondes-te na toca... Se calhar é por isso que quase nunca te vejo por cá...

Quanto ao comentário... Qual chatice? Acho que todos queremos vitórias... Eu então já me contento de as ter só por ver pessoal como tu a afundar-se na m****!!! O único problema é que contigo vamos nós que não pactuamos com este pseudo futebol de fim da tabela e este pseudo treinador quem em 4 anos para além de não aprender ainda regride! Mas siga... Vai tudo ao fundo... Como naquele filme... O Titanic  ;)
« Última modificação: Setembro 20, 2009, 03:18 am por joker76 »
Por um Sporting com cabeça, membros e pernas!
Citação de: Presidente
A questão para mim nunca foi essa.
Citação de: Presidente
Pode ser difícil de acreditar mas o mundo não gira em volta de BdC.
"Por cada leão que cair, outro se levantará." - António Oliveira
Pictures + movie from Heerenveen - Sporting on www.footballpictures.eu !

History in the making!! The first ever recorded case of beneficial spam has occurred right here in front of our very eyes.
Thank you FootballPictures  ;D

----------------
Now playing: ALTAR OF OBLIVION - Behind The Veil Of Nights
via FoxyTunes
Pictures + movie from Heerenveen - Sporting on www.footballpictures.eu !

History in the making!! The first ever recorded case of beneficial spam has occurred right here in front of our very eyes.
Thank you FootballPictures  ;D

----------------
Now playing: ALTAR OF OBLIVION - Behind The Veil Of Nights
via FoxyTunes

 :rotfl: :rotfl: :rotfl:

Muito bom, Yazalde!
SPORTING SEMPRE!

Uma paixão para além da verde e branca:

Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Excelente!  :clap:
:o fosgasse isto e so futebol

Como uma prosa tão extensa e palavrosa serve apenas para, encapotadamente, agredir outros sportinguistas que pensam de maneira diferente (ver o que está a bold).
Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Excelente!  :clap:
:o fosgasse isto e so futebol

Como uma prosa tão extensa e palavrosa serve apenas para, encapotadamente, agredir outros sportinguistas que pensam de maneira diferente (ver o que está a bold).

Como se gasta o teclado para dizer absolutamente nada.
"Onde não há vontade de poder, há decadência." 
Friedrich Nietzsche
Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Realmente essa revolução do Materazzi pelo Inacio, deu certo embora não foi por causa de vocês que ele saiu, mas e quantas revoluções não deram certo? Então antes de entrar o Roquete era quase uma (ou às vezes mais) por ano. Essa de revolta inconformismo e vontade mudar para ganhar nos 17 anos que não ganhamos nada, dá para rir. Eu vivi esses anos todos e sei de muita parvoice que se fez nessa altura.

Enquanto não perceberes a diferença entre estabilidade com qualidade e estabilidade sem qualidade  esta conversa é um autêntico saco roto.
"Onde não há vontade de poder, há decadência." 
Friedrich Nietzsche
E é agora que tu nos vais explicar essa diferença certo?

A qualidade onde? Plantel (chegamos a ter a melhor equipa dos ultimos 20 anos)?
Ou direcção? Sousa Cintra, Santana Flopes?
Ou Treinadores? (estes então ui ui)
Citação de: Presidente
A questão para mim nunca foi essa.
Citação de: Presidente
Pode ser difícil de acreditar mas o mundo não gira em volta de BdC.
Qualquer dia vão fazer uma espera ao Liedson. Os golos do Liedson têm sido um desespero para alguns que por aqui andam.

ai sim? e quem sao esses?

Conhece-os melhor que eu.

São aqueles que cometem essa heresia de achar que é possível fazer melhor. São aqueles que não se contentam com esta m**** que lhes dão. São aqueles que se identificam com um Sporting maior. São aqueles que vivem o seu Sportinguismo com paixão e não como uns patetas alegres. São aqueles que acreditam que o trabalho sério, determinado e comprometido dá frutos. São aqueles que não descansam enquanto o Sporting não se encontrar à imagem que sempre personificou: Uma equipa séria, com uma ambição real de ganhar o titulo nacional, com um futebol convincente, marcado pela qualidade do seu treinador e com uma gestão desportiva altamente exigente, trabalhadora e profissional!

São esses, eles não ficam tristes com as derrotas do Sporting. como muitos de forma intelectualmente desonesta, ridícula e absurda querem fazer parecer. Um pensamento desses só ganha raízes em mentes pequenas toldadas pela mesquinhez. Eles ficam tristes por saber que cada vitória do Sporting representa o adiar de uma decisão urgente: A demissão de um treinador que conseguiu pôr esta equipa a praticar o pior futebol de que há memória. Um treinador que se esconde semanalmente  atrás de desculpas e que inventa a cada conferência uma teoria da conspiração com aquele ar sério de vitima indignada.

Não há Sportinguista algum que não fique satisfeito por ganhar, há é sportinguistas que vêm um bocado mais alêm. De que serve a vitória numa batalha se estás nitidamente a perder a guerra ? De que serve glorificar um comandante que vence uma batalha se ele há anos tem vindo a perder a guerra?

Quando o futebol praticado não promete uma verdadeira luta pelo titulo nacional, quando achamos que é possível um outro treinador fazer melhor, quando vemos a equipa a arrastar-se semanalmente pelos relvados com um futebol deprimente, quando não há promessa de progresso, esperânça de evolução e grande vitória num futuro próximo,  porque haveremos de exaltar com vitórias a custo contra equipas de qualidade irrisória ?

Julgo que, o que divide hoje a nação Sportinguista é nada mais do que  uma questão de identificação. Uns identificam-se com um Sporting pequeno, estes, apesar de a equipa dar provas continuas de incompetência e significativa INvolução nos ultimos anos, contentam-se imenso com pequenas vitórias e perguntam em tom jocoso e limitado: E quanto é que ficou aah, quanto é que ficou ? Estes sim, dão imagem à tragédia.
Outros porem, identificam-se com um Sporting grande, um Sporting sem limite, um Sporting que tudo pode, um Sporting que tudo quer. Esses, não exigem menos do que um futebol altamente capaz, que monte uma luta séria pelo titulo, que tenha a capacidade de agregar a nação Sportinguista, que nos faça acreditar, que nos devolva a fé, a crença inabalável, a devoção que sempre nos uniu. Até podemos não ganhar como não ganhamos durante 17 anos. Mas sentia-se a revolta, o inconformismo, a vontade de mudar para ganhar, característica inata dos vencedores.

Até que um dia conseguimos, não porque mantivemos Materrazi, nos refugiamos em 1001 desculpas e defendemos a estabilidade. Mas antes porque exortamos, revolucionamos e vencemos!

Excelente!  :clap:
:o fosgasse isto e so futebol

Melhor comentário do ano, acerts te em tudo  ;)
E é agora que tu nos vais explicar essa diferença certo?

A qualidade onde? Plantel (chegamos a ter a melhor equipa dos ultimos 20 anos)?
Ou direcção? Sousa Cintra, Santana Flopes?
Ou Treinadores? (estes então ui ui)

Eu ia te explicar, mas acho que não vale a pena.  :great:

"Onde não há vontade de poder, há decadência." 
Friedrich Nietzsche