Votação

Qual foi o MVP na sua opinião?

Ricardo
0 (0%)
Rogério
0 (0%)
Polga
1 (1.6%)
Enakarhire
3 (4.8%)
Rui Jorge
0 (0%)
Hugo Viana
0 (0%)
Rochemback
9 (14.3%)
Custódio
15 (23.8%)
Carlos Martins
3 (4.8%)
Douala
0 (0%)
Liedson
31 (49.2%)
Pedro Barbosa
1 (1.6%)
Miguel Garcia
0 (0%)
Pinilla
0 (0%)

Votos totais: 58

Votação encerrada: Outubro 30, 2004, 21:22 pm

Penafiel 0 - Sporting 3

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citação de: "Angel Lion"
A situação de Clayton e dos outros vem explicada n'"O Jogo" de hoje.

Não li o Jogo, poeds explicar o que aconteceu?
Votei Liedson! :!:

Mais um jogo a mostrar a clara subida de forma desta equipa, vai ter um teste muito importante no dragão e acho que vai lá com claras hipóteses de fazer um bom resultado!
Gostei do Liedson, Roca, Rogério na direita, Zé Ena ao centro e Carlos Martins na 1ª parte!
Não gostei do Rui Jorge, Barbosa e arbitragem!

Quanto à questão dos emprestados, o Clayton é jogador do Sporting e jogou, o Nuno Santos já se sabia que não ia ser titular e o Marcelino pouco tem jogado, se havia dúvidas quanto aos "acordos de cavalheiros" imagino que a esta hora já estejam dissipadas, sem haver acordo os jogadores emprestados jogam!
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Votei Custódio porque foi realmente o melhor em campo, importantissimo na movimentação da equipa, nas dobras, e na saída para o ataque, claro que com "Roca" ao lado o seu futebol ganha outra dimensão, até porque já estão rotinados.

Gostei de R.Jorge, e acho que tem lugar na equipa de caras, se o substituo for Paito. R.Jorge deu 2 casas? Paíto dá umas 4 ou 5 por jogo, o velho Rui ainda leva a minha preferencia.

Liedson é claro... Resolve, está a revelar-se letal, e ainda para mais é incrivelmente dificil de marcar.

Ricardo a negar mais duas vezes o golo no 1x1, são 3 em 2 jogos...

Dois foras de jogo roubados, sendo que o do Penafiel é mais flagrante, mas a dualidade de criterios disciplinares foi simplesmente atroz.

Bem Peseiro, nas substituições, e nas análises que fazia ao jogo, quando ouviamos a instruções que dava para dentro de campo, a equipa parece crescer e Pesito cresce com eles, só têm que manter a concentração e continuar a ganhar, existe um défice de qualidade, é inegável, mas esta equipa pode dar mais, muito mais, é uma questão de confiança e estado animico, vão ter que despachar os gregos (la estarei), e a seguir tentar aproveitar a tremideira tripeira nas Antas, uma vitória nas Antas pode catapultar esta equipa com mais um ou dois reforços na reabertura.

Hoje gostei, a rever...
"Recordo o que disse numa AG no mandato anterior. Estou disposto a dar o meu tempo, vida e alma ao Sporting, mas têm de estar comigo. Nos últimos dois anos tive duas hipóteses: ou me juntava aos interesses ou a vocês. Escolhi juntar-me a vocês."
Bruno de Carvalho, 17 de Fevereiro de 2018
Muito bom.

Gostei da equipa, jogou compacta, muito segura e com grande confiança.

Vou votar no Custódio como MVP, pois o jovem (às vezes esquecemo-nos de que ele é muito novo) encheu o meio campo defensivo, foi o grande responsável pelo bloqueio do adversário.

O Liedson resolve, mas não pode cair tantas vezes, nem no chão nem no fora-de-jogo.

Boas substituições, hoje há que dar o mérito ao Peseiro.

E vamos lá continuar esta boa série de vitórias.
Votei Carlos Martins, porque para titular pela primeira vez esta época se portou bem!

Mas porque raio é que no record o liedson tem 6 golos como McCarthy e hoje marcou dois!

Já tão a tentar dar cabo do score do rapaz!
Bem, hoje o dia foi excelente! :) Em primeiro lugar, fui ver os Cats (espectáculo maravilhoso  :D ), depois o Sporting ganha por 3 a 0 (e de me ter dado 3 pontos na PL com este resultado - eh eh), e por fim, o Nacional consegue empatar frente ao Porto.

Belo Sábado que eu tive.

MVP:Apesar de só ter visto a segunda parte do jogo, votei no Rochembach. 8)

PS:Quantos foras de jogo inexistentes o bandeirolas marcou? :evil:
Citação de: "Incitatus"
Votei Custódio porque foi realmente o melhor em campo, importantissimo na movimentação da equipa, nas dobras, e na saída para o ataque, claro que com "Roca" ao lado o seu futebol ganha outra dimensão, até porque já estão rotinados.

Gostei de R.Jorge, e acho que tem lugar na equipa de caras, se o substituo for Paito. R.Jorge deu 2 casas? Paíto dá umas 4 ou 5 por jogo, o velho Rui ainda leva a minha preferencia.

Liedson é claro... Resolve, está a revelar-se letal, e ainda para mais é incrivelmente dificil de marcar.

Ricardo a negar mais duas vezes o golo no 1x1, são 3 em 2 jogos...

Dois foras de jogo roubados, sendo que o do Penafiel é mais flagrante, mas a dualidade de criterios disciplinares foi simplesmente atroz.

Bem Peseiro, nas substituições, e nas análises que fazia ao jogo, quando ouviamos a instruções que dava para dentro de campo, a equipa parece crescer e Pesito cresce com eles, só têm que manter a concentração e continuar a ganhar, existe um défice de qualidade, é inegável, mas esta equipa pode dar mais, muito mais, é uma questão de confiança e estado animico, vão ter que despachar os gregos (la estarei), e a seguir tentar aproveitar a tremideira tripeira nas Antas, uma vitória nas Antas pode catapultar esta equipa com mais um ou dois reforços na reabertura.

Hoje gostei, a rever...

Tal e qual, Inci....Disseste tudo . Completamente de acordo...Sem tirar nem pôr.

Um abraço. [-(  :mrgreen:
๑۩۞۩๑¥kâr§âñ¥๑۩۞۩๑


http://a.imageshack.us/img691/5996/contra10.jpg
Faz-te sócio do Sporting Clube de Portugal: http://www.sporting.pt/Socios/Inscricao/socios_packsocioinscricao.asp
É incrível como o Record não atribui a autoria do primeiro golo ao Liedson. :roll:
Boa 1ª parte onde só falhou a finalização (afinal de contas o mais importante). Uma 2ª parte onde o melhor foi a finalização. Vitória indiscutivel numa exibição agradável, sobre um terreno que mais parecia um batatal. Roca trouxe o "equilibrio" à equipa. As limitações da equipa são evidentes, mas já existe uma equipa e começa-se a ver futebol. Os próximos 2 jogos vão ser bons testes, principalmente no Dragão. Individualmente:

Ricardo (4)

  Bem nos cruzamentos e muito bem no 1*1. Parece-me que este ano está mais tranquilo.

Rogerio (3)

  O terreno pareceu-me que o incomodou, mas cumpriu a sua missão.

Rui Jorge (3)

  Embora com pouco dinamismo, foi eficiente. Infelizmente parece-me óbvio que a titularidade do Rui Jorge é o melhor para o Sporting neste momento.

Polga (4)

  Imperial na defesa, importante a sua acção no 1º golo, só o passe longo é que continua longe do desejável.

Ena (4)

  Não é artista, mas a central dá bem conta do recado. Mc Carthy será um bom teste.

Custódio (4)

  Muito bem fisicamente e assim sendo é um jogador utilissimo. Correu kms e marcou um golo fundamental. O meu MVP.

Roca (4)

 Ainda não está "au point" fisicamente, mas com ele o futebol do Sporting é outro e as bolas paradas passaram a ser "uma arma" a favor da nossa equipa.

Viana (3)

 Discreto, acabou por cumprir os "minimos".

Martins (3)
   
  Uma boa 1ªparte, uma 2ªparte fraquinha (problema fisicos?). No entanto a jogar assim será útil à nossa equipa.

Douala (2)

  Não esteve feliz. Falhou na concretização e pareceu-me um "peixe foara de água" naquele "pantano".

Liedson (4)

  Foram foras de jogos a mais (um ou outro mal assinalado) ... mas 2 golos é muito bom. Infelizmente é o unico avançado com marca com regularidade.

Garcia (2)

  "Patinou" algumas vezes, mas não comprometeu.

Barbosa (2)

  Se estivesse bem, teria aproveitado muito melhor alguns lances em que esteve envolvido.

Pinilla (1)

  Um ou outro pormenor, mas foi  uito pouco tempo em campo.

Peseiro (3)

  Demorou bastante tempo a "recuperar" o nosso meio campo. Aconteceu o mesmo com o Naval ... é um sinal de preocupação ... há que rever a perda de controlo no jogo após adquirirmos vantagem. Parece-me óbvio que está a se impor na equipa ... volto a acreditar que ele possa levar a equipa a bom porto.

Arbitragem (2)

  Aquele lance em que o jogador do Penafiel quase marcava com a mão (era 1-1) podia ter sido muito prejudicial para a nossa equipa. Nos fora de jogo tambem houve equivocos. Infelizmente a esmagadora maioria dos arbitros assistentes, em caso de duvida, marcam fora de jogo, quando devia ser precisamente o contrário.
A pedido do Alemid e para criar algumas dúvidas (assim o espero, provavelmente em vão) na cabeça do Rui Sampaio, aqui vai o excerto relevante da edição de ontem de "O Jogo":

Em Penafiel surgiu uma complicação de última hora, porque até anteontem os jogadores oriundos de Alvalade - o guardião Nuno Santos e os alas Clayton e Edgar Marcelino, este jogador do Sporting B - faziam parte das cogitações dos penafidelenses para a recepção ao Sporting. O problema agudizou-se ontem, ao final da tarde, com os ecos que chegaram de Lisboa: os jogadores emprestados ao Penafiel não podem ser utilizados. Mais um problema, e grave, convenhamos, para o técnico Luís Castro, de partida para a concentração da equipa. É bom lembrar aqui Nuno Santos e Clayton são peças-chave da equipa, com o jovem (20 anos) Edgar Marcelino a figurar sistematicamente no lote dos eleitos, ainda que com menos minutos de utilização.

De Alvalade terão recordado a existência de um documento - em termos legais não existe qualquer impedimento à utilização dos atletas em questão - no qual os penafidelenses se teriam comprometido a não utilizar nos embates com o Sporting os três jogadores em causa. Uma questão puramente ética e de boas relações entre as partes.

Ainda que oficiosamente, já que o Penafiel não veiculou qualquer opinião oficial, os responsáveis do clube tinham - e têm? - a intenção de utilizar o "ala" Clayton, com a argumentação de que o jogador "será já um activo do clube", que continuará em Penafiel na próxima época (dando a sensação de que o esquerdino já se despediu de Alvalade) e que o assunto foi escalpelizado e ficou claro na hora de o brasileiro trocar Alvalade pelo "25 de Abril". No tocante aos portugueses Nuno Santos e Edgar Marcelino, e segundo julgamos saber, o Penafiel terá solicitado autorização para os fazer alinhar no embate de logo. Em que ficamos? Pela previsão de um forte revés para o técnico Luís Castro, longe de imaginar tamanha "bronca" na véspera do desafio e já obrigado a colocar em estágio 20 jogadores - três deles guarda-redes -, para precaver todas as hipóteses.
Saudades do futuro.
Já agora, da edição de hoje do mesmo diário desportivo:

Ao abrigo de um acordo firmado entre Penafiel e Sporting, Nuno Santos e Edgar Marcelino, emprestados pelos "leões" à turma duriense, não puderam alinhar no jogo de ontem. Segundo os responsáveis "leoninos", o acordo entre os dois clubes foi feito à margem do contrato de cedência e, nesse sentido, não viola o Regulamento de Competições da Liga de Clubes, mais concretamente a alínea a) do artigo 32.º, que regula este tipo de situações.

Diferente é a situação de Clayton, também emprestado pelos "leões", mas que ontem acabou por jogar, na medida em que o seu nome não consta do referido acordo, celebrado no início da temporada. No fim do jogo, o treinador do Penafiel, Luís Castro, lamentou só ontem ter sabido que não poderia recorrer nem a Nuno Santos nem a Edgar Marcelino.


Esta do acordo feito "à margem do contrato de cedência" enche-me de facto as medidas, o chico-espertismo tuga no seu esplendor, para poder cagar no espírito da Lei. E querem que eu me reveja ou que sinta orgulho nestes dirigentes... :roll:
Saudades do futuro.
Ja esta!!!!

 Mais uma vitoria e com ela mais tres pontos.

       Continuo acreditar!
Sporting,es a minha paixao.
Estarei sempre contigo ate morrer.
 Forca Sporting!
O Sporting esta' a subir de rendimento e penso que temos equipa para fazer estragos no Dragão.Votei no Liedson e os *** do Pasquim II não lhe atribuiram o 1º golo...palhacitos.Ele tem 7 golos(mais um que Benni)e não o contabilizam.Enfim...
O que mais me da' orgulho e' ver que ja' tudo previa um Sporting no fim da tabela e eis-nos ja' no topo.
O Porto este ano não vale nada.A luta vai ser com a lampionada.
UM DIA VOU MORRER MAS TU SPORTING ÉS ETERNO[/b]
Um bom jogo de campeonato e três pontos merecidos.

Na defesa, o Ricardo parece mais seguro e o Rogério cumpriu (e que bom seria se continuasse). O Rui Jorge não esteve mal, mas jogando em casa com obrigação de atacar voltará ao costume. Enak voltou a provar que é muito melhor central que lateral, mas não consigo entender que se prefira dar-lhe a titularidade e deixar o Beto de fora: este tem mais classe numa unha do que Enak no corpo inteiro, e isso vê-se nos mais pequenos pormenores.

No meio campo, não há dúvida que há uma grande diferença entre ter Carlos Martins e Rochemback e ter Rogério e Tinga. Custódio, no seu estilo passa-para-trás-passa-para-o-lado, esteve bem; é o trinco em melhor forma e merece o lugar.

No ataque, Douala apagou-se um pouco em relação aos últimos jogos, mas creio que foi prejudicado pelo terreno. Liedson (por muito que custe ao pasquim 2) segue com a média jardeliana de 7 golos em 7 jogos e é o meu MVP.

O Sporting melhora bastante, e vai ao Dragão enfrentar um Porto que não pode falhar mais. Será um jogo para separar os meninos dos homens: embalamos para algo importante ou, como no ano passado, vamos lá "pagar a factura"? Para o bem ou para o mal, penso que será um jogo-chave desta época.


PS- Talvez seja má vontade minha, mas transmissão em que participe o Vítor Manuel tem garantia de mediocridade no comentário. Ontem, para além da miséria costumeira na análise ao jogo, os tipos da SportTV precisaram de N repetições para terem a certeza de que o 3º golo tinha sido marcado pelo Liedson.
Ainda quanto aos emprestados, se há um acordo, seja ele extra-lei ou não, o acordo foi cumprido, não percebo o porquê de tanta celeuma, ou melhor, até percebo mas não estou para aí virado!!! :wink:
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Citação de: "Rui Sampaio"
Ainda quanto aos emprestados, se há um acordo, seja ele extra-lei ou não, o acordo foi cumprido, não percebo o porquê de tanta celeuma, ou melhor, até percebo mas não estou para aí virado!!! :wink:

O facto de o acordo ir frontalmente contra o espírito da Lei (e não me lembro de ver nenhum dirigente do Sporting expressar desacordo quanto à sua aprovação) não te preocupa minimamente - talvez se fossem os lamps ou os tripas a fazer este género de acordos viesses com tiradas moralizadoras.

Já agora, não reconheces que quando indiciaste que sem acordo o Avelino seria o titular e o Marcelino nem no banco se sentaria estavas a falar sem o mínimo conhecimento de causa?
Saudades do futuro.
Citação de: "Angel Lion"
Citação de: "Rui Sampaio"
Ainda quanto aos emprestados, se há um acordo, seja ele extra-lei ou não, o acordo foi cumprido, não percebo o porquê de tanta celeuma, ou melhor, até percebo mas não estou para aí virado!!! :wink:

O facto de o acordo ir frontalmente contra o espírito da Lei (e não me lembro de ver nenhum dirigente do Sporting expressar desacordo quanto à sua aprovação) não te preocupa minimamente - talvez se fossem os lamps ou os tripas a fazer este género de acordos viesses com tiradas moralizadoras.

Já agora, não reconheces que quando indiciaste que sem acordo o Avelino seria o titular e o Marcelino nem no banco se sentaria estavas a falar sem o mínimo conhecimento de causa?

O problema aqui é que não há meio termo, ou somos uns bandidos por fazer acordos que violam a lei ou então somos uns anjinhos por não os fazer e vermos os nossos adversários tirarem partido deste estratagema.
Citação de: "Zed"
Citação de: "Angel Lion"
Citação de: "Rui Sampaio"
Ainda quanto aos emprestados, se há um acordo, seja ele extra-lei ou não, o acordo foi cumprido, não percebo o porquê de tanta celeuma, ou melhor, até percebo mas não estou para aí virado!!! :wink:

O facto de o acordo ir frontalmente contra o espírito da Lei (e não me lembro de ver nenhum dirigente do Sporting expressar desacordo quanto à sua aprovação) não te preocupa minimamente - talvez se fossem os lamps ou os tripas a fazer este género de acordos viesses com tiradas moralizadoras.

Já agora, não reconheces que quando indiciaste que sem acordo o Avelino seria o titular e o Marcelino nem no banco se sentaria estavas a falar sem o mínimo conhecimento de causa?

O problema aqui é que não há meio termo, ou somos uns bandidos por fazer acordos que violam a lei ou então somos uns anjinhos por não os fazer e vermos os nossos adversários tirarem partido deste estratagema.
Segundo julgo saber, os nossos adversários limitaram-se a incluir cláusulas de proibição enquanto estas foram permitidas (até à época passada). Agora que já não podem fazê-lo, acatam a lei, e o "estratagema do acordo de cavalheiros" é uma originalidade exclusiva da Sporting, SAD.

Já agora, Rui, existe uma norma no Código Civil que diz que os negócios celebrados em violação de uma disposição legal imperativa são nulos. E não é preciso que estejam escritos.

Significa isto que o Penafiel podia perfeitamente ter usado os jogadores, e se o Sporting se queixasse ninguém lhe daria razão. O problema é que este acordo, celebrado por pessoas a quem chamas cavalheiros, tem os seus alicerces na fragilidade económica do clube mais fraco, que depende das sobras dos grandes para formar o plantel e não fará nada que possa pôr em risco os empréstimos do ano que vem.

A minha posição sobre isto é a mesma que já exprimi no tópico sobre o assunto: acordos baseados na exploração do mais fraco não são "de cavalheiros" e são legal e moralmente indefensáveis. Sê-lo-iam no caso dos lamps ou dos tripas, e são-no ainda mais no Sporting "da diferença".
Citação de: "FLL"
A minha posição sobre isto é a mesma que já exprimi no tópico sobre o assunto: acordos baseados na exploração do mais fraco não são "de cavalheiros" e são legal e moralmente indefensáveis. Sê-lo-iam no caso dos lamps ou dos tripas, e são-no ainda mais no Sporting "da diferença".

Só tu me compreendes, Francisco. :wink:
Saudades do futuro.
Citação de: "FLL"
Citação de: "Zed"
Citação de: "Angel Lion"
Citação de: "Rui Sampaio"
Ainda quanto aos emprestados, se há um acordo, seja ele extra-lei ou não, o acordo foi cumprido, não percebo o porquê de tanta celeuma, ou melhor, até percebo mas não estou para aí virado!!! :wink:

O facto de o acordo ir frontalmente contra o espírito da Lei (e não me lembro de ver nenhum dirigente do Sporting expressar desacordo quanto à sua aprovação) não te preocupa minimamente - talvez se fossem os lamps ou os tripas a fazer este género de acordos viesses com tiradas moralizadoras.

Já agora, não reconheces que quando indiciaste que sem acordo o Avelino seria o titular e o Marcelino nem no banco se sentaria estavas a falar sem o mínimo conhecimento de causa?

O problema aqui é que não há meio termo, ou somos uns bandidos por fazer acordos que violam a lei ou então somos uns anjinhos por não os fazer e vermos os nossos adversários tirarem partido deste estratagema.
Segundo julgo saber, os nossos adversários limitaram-se a incluir cláusulas de proibição enquanto estas foram permitidas (até à época passada). Agora que já não podem fazê-lo, acatam a lei, e o "estratagema do acordo de cavalheiros" é uma originalidade exclusiva da Sporting, SAD.

Já agora, Rui, existe uma norma no Código Civil que diz que os negócios celebrados em violação de uma disposição legal imperativa são nulos. E não é preciso que estejam escritos.

Significa isto que o Penafiel podia perfeitamente ter usado os jogadores, e se o Sporting se queixasse ninguém lhe daria razão. O problema é que este acordo, celebrado por pessoas a quem chamas cavalheiros, tem os seus alicerces na fragilidade económica do clube mais fraco, que depende das sobras dos grandes para formar o plantel e não fará nada que possa pôr em risco os empréstimos do ano que vem.

A minha posição sobre isto é a mesma que já exprimi no tópico sobre o assunto: acordos baseados na exploração do mais fraco não são "de cavalheiros" e são legal e moralmente indefensáveis. Sê-lo-iam no caso dos lamps ou dos tripas, e são-no ainda mais no Sporting "da diferença".


como diria o outro: somos todos diferentes. mas alguns são mais diferentes do que outros...
no tempo feliz sonhei o poema
escrito no sol