Política Nacional

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ajuste directo. Autor da lei já recebeu 7,5 milhões de euros por 157 contratos


ainda sobre os cozinhados desta sociedade.
Tudo o que entra na Parque Escolar EPE, desaparece


Resumindo a sociedade de advogados de Sérvulo Correia, que elaborou o Código de Contratação Pública, anda a explorar todas as brechas que deixou na legislação desastrosa que produziu. É o Portugal dos amigos no seu melhor. mas as "gorduras" e o mal do país são os direitos laborais e os malandros dos sindicatos :hand:

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
Andamos nós a pagar a crise por causa de individuos e "grupinhos" como esses, e ninguém lhes mete atrás das grades ou lhes dá um tiro :inde:
Viva o Sporting
@ Dunadan

essa é das conferências que não passam na nossa "democrata e plural" comunicação social  :whistle:

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
@ Dunadan

essa é das conferências que não passam na nossa "democrata e plural" comunicação social  :whistle:

Boa reflexão, nem me tinha lembrado desse pormenor. Rasguei um sorriso a ler esse vídeo.
três nomes próprios :lol:

Maria, isso não dá para as despesas!
“no small number of these whaling seamen belong to the Azores, where the outward bound Nantucket whalers frequently touch to augment their crews from the hardy peasants of those rocky shores.”
Herman Melville - Moby Dick
três nomes próprios :lol:


Experimenta ter como vizinho um moço com quatro nomes próprios, dos quais dois são apelidos, Pedro de mãe, e Inês de pai! :mrgreen: :victory:



 :offtopic: :beer:


"O ser humano será o único animal que procura voluntariamente a servidão para se furtar ao dom que o distingue da restante criação: a inteligência." (Miguel Castelo Branco)


 :think: Desde quando é o Kuwait uma república?
“no small number of these whaling seamen belong to the Azores, where the outward bound Nantucket whalers frequently touch to augment their crews from the hardy peasants of those rocky shores.”
Herman Melville - Moby Dick
Desde quando é que isso interessa?



quanto é que não custará esse cargo + as pessoas contratadas para trabalhar com esse indivíduo?

Sugiro que se dê uma olhada:

Citar

Causou alguma estranheza o facto do MNE anunciar já em Fevereiro de 2009 que só abriria a Embaixada de Portugal em Singapura no mês de Outubro, a qual foi criada em 14 de Maio deste ano pelo despacho 12342/2009.

As decisões mais sensíveis a este respeito viriam a ser tomadas, não na calada da noite, mas no período de silêncio do Parlamento, o mês de Agosto, para serem postas em prática num período polarizado pela formação do novo governo, qualquer que fossem os resultados das eleições.

Calculismo frio que põe de sobreaviso qualquer cidadão informado.

Ora, pelo despacho nº 19725/2009, de 24 de Agosto de 2009, o Ministro Luís Amado determinou que o Conselheiro de Embaixada Jaime van Zeller Leitão fosse nomeado Encarregado de Negócios para abrir a Embaixada de Portugal em Singapura.

Quem é, porém, o diplomata Jaime van Zeller Leitão? Nasceu a 18.12.1956, filho de Jaime Jorge van Zeller Castro Leitão e de Maria Amélia Silva de Sousa Costa. Por coincidência, Jaime Van Zeller Leitão é primo direito de Jorge von Bedbur van Zeller Leitão casado com Filomena Espírito Santo Silva Ricciardi, filha de António Luis Roquette Ricciardi e de Vera Maria Cohen do Espírito Santo Silva.

Perante o enquadramento familiar e social do diplomata e tendo assistido ao relevo desmesurado e posição privilegiada concedida ao BES pelo Governo Sócrates, nomeadamente no que toca às iniciativas governamentais de internacionalização, de que poderá ter resultado prejuízo para o interesse nacional e um poder excessivo na selecção, canalização e concessão dos apoios através deste banco, fruto ainda da escassíssima oferta bancária nacional (que contrasta flagrantemente com os duzentos bancos em actividade em Singapura), afigura-se merecer esta nomeação uma reflexão atenta, mesmo um questionamento ao Governo e ao seu líder, ainda em funções, quanto ao processo e às garantias de isenção que a diplomacia económica deve assegurar de modo a colocar todos os bancos e todas as empresas, com particular destaque para as PMEs, em igualdade de oportunidades perante o apoio do Estado.

João Santos Lucas
Singapura

Retirado do blog notasverbais

mas há mais,

Citar

A viverem um romance discreto há quase dois anos, Eduarda Monteiro Grilo, de 60 anos, e Jaime van Zeller Leitão, de 54, fazem questão de aproveitar as férias para vir a Portugal matar saudades da família.

O casal, que viveu o último ano em Singapura, onde o diplomata esteve a exercer funções na Embaixada de Portugal,
desfrutou de uns dias bem passados no nosso país, numa altura em que se encontra numa nova fase de mudança.

Na verdade, e tal como consta publicado em Diário da República, Jaime van Zeller Leitão foi agora nomeado para o cargo de embaixador de Portugal em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

Por amor, Eduarda Monteiro Grilo vai novamente mudar de país para continuar ao lado do seu companheiro, com quem está desde fevereiro de 2009.

Embora prefiram não falar sobre a relação, a verdade é que a decoradora e o diplomata re-encontraram a felicidade e a estabilidade ao lado um do outro e parecem estar mais apaixonados do que nunca.

retirado do site da lux
« Última modificação: Fevereiro 04, 2012, 03:54 am por Urso Chang »
três nomes próprios :lol:


Experimenta ter como vizinho um moço com quatro nomes próprios, dos quais dois são apelidos, Pedro de mãe, e Inês de pai! :mrgreen: :victory:



 :offtopic: :beer:


 :twisted: :twisted:

O Diogo é apelido hahahahah
Desde quando é que isso interessa?


Interessa porque mostra o grau de incompetência e amadorismo com que trabalha o nosso governo.
“no small number of these whaling seamen belong to the Azores, where the outward bound Nantucket whalers frequently touch to augment their crews from the hardy peasants of those rocky shores.”
Herman Melville - Moby Dick

Pelo emprego com direitos, contra o desemprego e a precariedade.
Pelo aumento dos salários e das pensões.
Pelo aumento do Salário Mínimo Nacional.
Por mais e melhores serviços públicos.
Pela defesa e melhoria das funções sociais do Estado.
Pela defesa da democracia, das liberdades. Por um Portugal desenvolvido e soberano.

http://www.cgtp.pt/images/stories/imagens/2012/01/Restauradores.pdf

vamos todos mostrar que piegas é o caraças!

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
Desde quando é que isso interessa?


Interessa porque mostra o grau de incompetência e amadorismo com que trabalha o nosso governo.

Não entendeste o que eu quis dizer então  :great:
Entretanto abri tópico próprio para a manif, são todos bem-vindos  :great:

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Citar
Em carta aberta ao ministro da Defesa, a Associação dos Oficiais das Forças Armadas avisa: "Nada nos obriga a ser submissos, acomodados, ignorantes e apolíticos".

A Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) escreveu uma carta aberta ao ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, com uma mensagem bem clara: "Nada nos obriga a ser submissos, acomodados (pelos vistos daria jeito ao poder político que assim fosse), ignorantes e apolíticos".

O documento revelado hoje pelo Diário de Notícias é uma resposta às recentes declarações de Aguiar-Branco que acusou "as associações profissionais de militares de fazerem política, até partidária".

"Utilizar o protesto militar como forma de intervenção pública, política e partidária é grave", ou "se não sentem vocação, estão no sítio errado. Antes de protestar precisam de mudar de carreira", afirmou o ministro recentemente.

A resposta não se fez esperar. Hoje na referida carta aberta os militares acusam José Pedro Aguiar-Branco de falta de "clarividência" e dizem que as medidas do Governo "estão carregadas de falta de respeito".

"As Forças Armadas são insustentáveis, senhor ministro? Não são! Estão!", argumenta a AOFA, que contesta também os cortes orçamentais e a equiparação dos militares aos funcionários públicos. Outras queixas têm a ver directamente com a carreira, como o congelamento das promoções.

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
O Lisbon1906 adiantou-se...Vinha cá deixar a mesma imagem, mas assim poupas-me o trabalho!  :great:

« Última modificação: Fevereiro 09, 2012, 12:13 pm por Yazalde70 »
Nem todos são CARNEIROS