Política Nacional

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Essas contas de merceeiro de sindicatos e outras entidades a mim dizem-me bola, cada um ajusta os numeros conforme lhe parece melhor.

Em Portugal temos sim um nível de impostos elevadissimo para o nível de vida do país, e o problema é essencialmente a falta de progressividade. Quem analisa o peso dos impostos sobre o PIB até poderá pensar que não pagamos muito impostos, mas isso deve-se essencialmente ao facto de 50% da população que trabalha não pagar IRS. De resto, uma pessoa da "classe média" que ganhe 2000€ brutos por mês (que parece muito, mas em termos liquidos acaba por ser bastante menos), larga uns 600-700€ entre IRS e SS, se tiver casa própria ainda paga IMI todos os anos, se tiver um veiculo paga IUC além do IVA que paga em todos os produtos e serviços. Depois se precisa de utilizar serviços de saúde tem co-pagamentos para tudo, se quer andar nas Autoestradas paga portagens, qualquer serviço que precise do estado tem de pagar, paga impostos absurdos na conta da luz, gás e água...

E a partir dos 2000€ por mês, como passas a ser oficialmente "rico" para o estado, cada aumento que recebes fica quase 60% no estado e 40% para ti com esta percentagem a diminuir a favor do estado quanto mais vais recebendo.

Não vou discordar de ti, mas acho que estás numa bolha que não te permite ver a realidade fora de Portugal. Felizmente, eu tenho alguma experiência, por isso deixo-te um comparativo. Em Portugal:

Salário: €2000 brutos + €5 alimentação a 22 dias
SS: €220,56
IRS: €453,14
Total: €673,70

Salário: €3000 brutos + €5 alimentação a 22 dias
SS: €330,56
IRS: €838,41
Total: €1.168,97

Primeiro, á que considerar que o estado absorve menos de 50%, não mais. Não deixa de ser muito, mas convém clarificar os números. Segundo, e dando o meu exemplo aqui, o salário médio Irlandês é de 2.5x o Português (e o mínimo ainda é superior). Aplicando esses números, os teus 2000 passam a 5000 e os 3000 passam a 7500. Desses valores pagarias o seguinte:

Salário: €5000 brutos
Tax: €1.136,67
USC: €168,58
PRSI: €200,00
Total: €1.505,25

Salário: €7500 brutos
Tax: €2.136,67
USC: €339,29
PRSI: €300,00
Total: 2775.95

Fazendo o breakdown, parece um desconto inferior, mas depois tens que considerar o seguinte que aqui pagas €5000 por um seguro automóvel (ano) no mínimo pelo teu primeiro ano (desce para 3k se fores para um 1.0), €2400 por seguro de saúde (com péssimas coberturas) necessário para teres cuidados decentes (o nosso sistema de saúde é o melhor do mundo comparado com este)... O que pagas mais em impostos ganhas em serviços mais baratos. Se prefiro o nosso sistema? Depende. Já ganhei 4k em Portugal e 4k na Irlanda, e preferia os 4k em Portugal (valores brutos) sem qualquer sombra de dúvida. A diferença é que aqui tiro mais de 45k numa área que, em Portugal, me pagava 12k.

Edit: EU não estou a discordar de ti, estou a dar contexto ao que disseste.
« Última modificação: Fevereiro 18, 2019, 12:44 pm por Mayhem »
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
É um governo muito familiar.

Faltam certamente candidatos , por isso são obrigados a sacrificar a família.

A culpa certamente é de quem vota nisto.
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
Curioso , o partido herdeiro da tradição republicana e laica , agora virou um partido monárquico.



Curioso tambem , a única coisa que se destaca no currículo foi ter sido nadadora do Sporting , certamente para disfarçar este governo de lampiões.
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Curioso , o partido herdeiro da tradição republicana e laica , agora virou um partido monárquico.



Curioso tambem , a única coisa que se destaca no currículo foi ter sido nadadora do Sporting , certamente para disfarçar este governo de lampiões.

.
« Última modificação: Fevereiro 18, 2019, 13:27 pm por jcsc »
#SPORTINGsempre
#OSportingÉoNossoGrandeAmor
Em Alvalade todos de verde!
Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Ser funcionário público.
Chat shit get banged.
Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Ideologias à parte, cada vez menos entendo o que leva alguém a votar em Portugal (a não ser branco / nulo). São todos farinha do mesmo saco.
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Ideologias à parte, cada vez menos entendo o que leva alguém a votar em Portugal (a não ser branco / nulo). São todos farinha do mesmo saco.
Não discordo, eu pessoalmente não tenho grande admiração por nenhum dos 6 que lá andam. Falo do PS porque foi sem dúvida o que mais m**** fez, também por ter sido o que mais tempo governou.

Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Ser funcionário público.
Também, bem visto.
Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Ideologias à parte, cada vez menos entendo o que leva alguém a votar em Portugal (a não ser branco / nulo). São todos farinha do mesmo saco.
Não discordo, eu pessoalmente não tenho grande admiração por nenhum dos 6 que lá andam. Falo do PS porque foi sem dúvida o que mais m**** fez, também por ter sido o que mais tempo governou.

Ideologias à parte, nunca consegui entender o que leva alguém a votar PS. Especialmente se esse alguém for Sportinguista, aí já é pedir para ser enrabado a dobrar.
Ser funcionário público.
Também, bem visto.
Escolher entre PS e PSD é escolher entre caganeira e prisão de ventre.
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
O Vieira da Silva já tinha sido ministro do Sócrates.
Deve saber de muita trafulhice daquela altura.
Algumas devem mesmo meter o Antonio Costa directamente.
Deve ser para o manter calado que o Costa não tem qualquer pudor nem vergonha para lhe dar o máximo de tacho possível.
Escolher entre PS e PSD é escolher entre caganeira e prisão de ventre.

Ou entre Godinho Lopes e Frederico Varandas  :lol:
De resto, uma pessoa da "classe média" que ganhe 2000€ brutos por mês (que parece muito, mas em termos liquidos acaba por ser bastante menos), larga uns 600-700€ entre IRS e SS, se tiver casa própria ainda paga IMI todos os anos, se tiver um veiculo paga IUC além do IVA que paga em todos os produtos e serviços. Depois se precisa de utilizar serviços de saúde tem co-pagamentos para tudo, se quer andar nas Autoestradas paga portagens, qualquer serviço que precise do estado tem de pagar, paga impostos absurdos na conta da luz, gás e água...

Isso é diferente nos outros sítios? Em que país é que é radicalmente diferente para eu ver se vale a pena ir pra lá viver... ;D

Sim, porque tu até ficaste em Portugal e tudo :D

Não vou discordar de ti, mas acho que estás numa bolha que não te permite ver a realidade fora de Portugal. Felizmente, eu tenho alguma experiência, por isso deixo-te um comparativo. Em Portugal:

Salário: €2000 brutos + €5 alimentação a 22 dias
SS: €220,56
IRS: €453,14
Total: €673,70

Salário: €3000 brutos + €5 alimentação a 22 dias
SS: €330,56
IRS: €838,41
Total: €1.168,97

Primeiro, á que considerar que o estado absorve menos de 50%, não mais. Não deixa de ser muito, mas convém clarificar os números. Segundo, e dando o meu exemplo aqui, o salário médio Irlandês é de 2.5x o Português (e o mínimo ainda é superior). Aplicando esses números, os teus 2000 passam a 5000 e os 3000 passam a 7500. Desses valores pagarias o seguinte:

Salário: €5000 brutos
Tax: €1.136,67
USC: €168,58
PRSI: €200,00
Total: €1.505,25

Salário: €7500 brutos
Tax: €2.136,67
USC: €339,29
PRSI: €300,00
Total: 2775.95

Fazendo o breakdown, parece um desconto inferior, mas depois tens que considerar o seguinte que aqui pagas €5000 por um seguro automóvel (ano) no mínimo pelo teu primeiro ano (desce para 3k se fores para um 1.0), €2400 por seguro de saúde (com péssimas coberturas) necessário para teres cuidados decentes (o nosso sistema de saúde é o melhor do mundo comparado com este)... O que pagas mais em impostos ganhas em serviços mais baratos. Se prefiro o nosso sistema? Depende. Já ganhei 4k em Portugal e 4k na Irlanda, e preferia os 4k em Portugal (valores brutos) sem qualquer sombra de dúvida. A diferença é que aqui tiro mais de 45k numa área que, em Portugal, me pagava 12k.

Edit: EU não estou a discordar de ti, estou a dar contexto ao que disseste.

Mayhem, se há algo em que eu não estou é numa bolha, uma vez que não trabalho "virtualmente" em Portugal e tenho sempre a oportunidade de discutir com colegas de fora este tipo de assuntos, e cada vez mais me convenço das minhas próprias convicções. Portugal é um excelente país para se viver fora dos grandes centros urbanos (infelizmente a minha pessoal ainda não o permite), porque quem vive na Grande Lisboa/Grande Porto (mais de 50% da população) sabe perfeitamente o que é o custo de vida aqui comparado com muitas cidades grandes de outros países. E repara - um carro custa tanto em Portugal como na Irlanda, com diferenças marginais. Outros bens de consumo andam pela mesma "regra". Portanto ganhar 5000€ na Irlanda em termos de qualidade de vida não me parece que equivalha o mesmo que ganhar 2000€ em Portugal. Por exemplo, creio que o ordenado médio francês também é o dobro do nosso e tenho a certeza absoluta que os 4000€ de lá não são os 2000€ daqui.

Relativamente a esses calculos que fizeste com base apenas no salário minimo, não dá para tirar grandes ilações pois não tenho dados que me permitam dizer que esses salários são ou não comparáveis (porque mais do que salário médio ou minimo, é importante olhar para as piramidas salariais e fazer comparações a partir daí). O que eu disse foi que a partir de um certo momento, os aumentos que recebes são mais para o estado que para ti.

Por exemplo, uma pessoa ganha 2000€ brutos por mês e é aumentado em 15%. O seu ordenado liquido era:
2000-(2000*0.11)-(2000*0.226)=1328€
Com o aumento passa a auferir 2300-(2300-0.11)-(2000*0.246)=1485

Ou seja, de um aumento (bruto) de 300€ chegam ao teu bolso 157 e 143 vão para o estado. E vai agravando conforme vais recebendo mais (e nem estou aqui a considerar o que o estado recebe a mais da contribuição da SS que

Assumindo que entretanto és aumentado em mais 15% e passas a 2645€ brutos por mês
2645-(2645*0.11)-(2645*0.266)=1651

De um aumento de 345€ recebes liquido 166, ou seja, já menos de 50% é para ti. Era nesse sentido que falava que a partir de um certo rendimento, o estado é mais "aumentado" que tu num nível de rendimento que para o custo de vida do nosso país não é assim tão alto.

Mas eu aqui não culpo só o estado recoletor de impostos, culpo também o estado fiscalizador. Recentemente saiu uma noticia com a piramide salarial do estado onde apenas 4% da população empregada recebe mais de 1800€ brutos e menos de 1% recebe acima de 2500€ brutos. Quem vive cá no burgo tem perfeita noção do ridiculo que são estes numeros, pois muitas pessoas têm os ordenados base baixos e recebem "ajudas de custo", gratificações e outros tipos de rendimento não tributado o que acentua a desigualdade no pagamento de impostos que existe hoje em dia, com uma pequena parte da população a suportar o grosso dos impostos sobre o rendimento.
Citação de: Reavstone
E repara - um carro custa tanto em Portugal como na Irlanda, com diferenças marginais. Outros bens de consumo andam pela mesma "regra". Portanto ganhar 5000€ na Irlanda em termos de qualidade de vida não me parece que equivalha o mesmo que ganhar 2000€ em Portugal. Por exemplo, creio que o ordenado médio francês também é o dobro do nosso e tenho a certeza absoluta que os 4000€ de lá não são os 2000€ daqui.

Depende do teu estilo de vida. Se formos comparar percentagens, acabas por poupar mais ou menos o mesmo do teu salário. A diferença é que sendo os salários maiores poupas mais em valor absoluto. Os carros custam o mesmo, é certo, mas depois levas uma martelada de 5k por ano + motor tax (superior à nossa taxa). Eu não comprei carro por isso mesmo, teria que pagar um seguro abusivo (fruto da falta de controlo do governo, que concorrência há ao biqueiro), motor tax em barda e parque.

Citação de: Reavstone
(Cálculos)

Fizeste os cálculos bem menos à merceeiro que eu. Obrigado. Não tenho como discordar de números. Essa situação acaba por quase não acontecer aqui porque os impostos, menos o PRSI, são escalonados e progressivos, ou seja, se passar de X para X+1 não passo de 20 para 40% de Tax, mas sim de 20% sobre X e 40% sobre X+1.

Citação de: Reavstone
Mas eu aqui não culpo só o estado recoletor de impostos, culpo também o estado fiscalizador. Recentemente saiu uma noticia com a piramide salarial do estado onde apenas 4% da população empregada recebe mais de 1800€ brutos e menos de 1% recebe acima de 2500€ brutos. Quem vive cá no burgo tem perfeita noção do ridiculo que são estes numeros, pois muitas pessoas têm os ordenados base baixos e recebem "ajudas de custo", gratificações e outros tipos de rendimento não tributado o que acentua a desigualdade no pagamento de impostos que existe hoje em dia, com uma pequena parte da população a suportar o grosso dos impostos sobre o rendimento.

Eu sempre disse que mais que aumentar impostos seria mais fácil tanto simplificar a máquina fiscal como aumentar a eficácia de colecta dos mesmos. Não faz sentido nenhum termos 7 escalões de IRS efectivos e progressivos anualmente e depois ter meia centena de pequenos escalões de retenção mensais. Porque não simplificar e aplicar isso ao cálculo do salário directamente, como na Irlanda?
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
Sim, porque tu até ficaste em Portugal e tudo

Simplesmente pelo dinheiro se calhar até me compensava mais ficar em Portugal. Mas as pessoas não se movem só pelo dinheiro ;D
Já metade dos ministros foram trocados.



Spoiler: mostrar


Na realidade não interessa quem são os ministros, desde que sejam amigalhaços e preguem a cartilha. A cartilha é a do status quo. Não se altera nada, não se reforma nada, não se faz nada por Portugal.

E distribuem-se uns guitos para a populaça saber em quem votar

Claro que uns são mais iguais que outros, os FP a receber salário minimo levam um aumento de 55€!! - eles vão saber em quem votar.

https://tvi24.iol.pt/economia/salario-minimo/governo-aprova-aumento-do-salario-dos-funcionarios-publicos-para-635-euros
O Kosta vai perder as eleições outra vez, mas vai fazer outra geringonça 8)

Subir o salário mínimo no Publico por decreto, quando já trabalham só 35 horas é um  roubo descarado ao contribuinte do Privado. :cartao:
“There seems to be this snobbery around football that everyone has to play the most entertaining football" 
Gary Neville dixit
O Kosta vai perder as eleições outra vez, mas vai fazer outra geringonça 8)

Subir o salário mínimo no Publico por decreto, quando já trabalham só 35 horas é um  roubo descarado ao contribuinte do Privado. :cartao:

E depois não querem que os professores não lhes f**** o juizo..
Em 1º sempre o grande Sporting!!
O Kosta vai perder as eleições outra vez, mas vai fazer outra geringonça 8)

Subir o salário mínimo no Publico por decreto, quando já trabalham só 35 horas é um  roubo descarado ao contribuinte do Privado. :cartao:

Não existe maneira mais fácil de ganhar votos, basta aumentar o vencimento da FP que são aproximadamente 700 000 votos.A isto junta-se o aumento das reformas. Como o outro dizia "Fácil, Fácil"
Em relação, aos privados ou como os partidos que apoiam este governo gostam de dizer, "O grande capital", continuam à margem. Por falar em "O grande Capital", simplesmente não existe em Portugal, pois a maioria das empresas que constituem o nosso "tecido" empresarial, são micro e pequenas empresas com um numero reduzido de colaboradores, muitas destas empresas são empresas familiares, em que sim são elas que geram emprego, são elas que tem a iniciativa de produzir riqueza.
Mas, como temos uns partidos que tentam derrubar a todo o custo essa iniciativa, porque sim é perigoso, para estes partidos existirem pessoas que pensem por si mesmo que não dependem do Estado para nada. São um alvo a abater...
« Última modificação: Fevereiro 19, 2019, 22:45 pm por SCI »
Acima de tudo e de todos está o Sporting Clube de Portugal
O Kosta vai perder as eleições outra vez, mas vai fazer outra geringonça 8)

Subir o salário mínimo no Publico por decreto, quando já trabalham só 35 horas é um  roubo descarado ao contribuinte do Privado. :cartao:

Em 2015 tinha só uns 3 ou 4 partidos de Direita para votar, este ano vou ter para aí o dobro.  :lol:
De resto, uma pessoa da "classe média" que ganhe 2000€ brutos por mês (que parece muito, mas em termos liquidos acaba por ser bastante menos), larga uns 600-700€ entre IRS e SS, se tiver casa própria ainda paga IMI todos os anos, se tiver um veiculo paga IUC além do IVA que paga em todos os produtos e serviços. Depois se precisa de utilizar serviços de saúde tem co-pagamentos para tudo, se quer andar nas Autoestradas paga portagens, qualquer serviço que precise do estado tem de pagar, paga impostos absurdos na conta da luz, gás e água...

Isso é diferente nos outros sítios? Em que país é que é radicalmente diferente para eu ver se vale a pena ir pra lá viver... ;D

no meu ultimo salario descontei 810 libras... e nao me pagaram as milhas, por isso teria sido mais, mas isso de impostos e despesas tens em todo o lado. Chama-se viver.

Em terra de olho, quem tem cego... Errei!