Política Nacional

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Será que foi transparente? Como sabemos que esse senhor não fez uso da sua posição para obter informação previligiada e assim fazer a oferta mais alta?

Politicos deveriam estar excluidos deste tipo de iniciativas.

Que hipocrisia. Olha para o que eu digo, não para o que eu faço.

A politica portuguesa é tão ridicula que mete dó.

Pelo menos os minimos de transparencia foram cumpridos. Concordo que é sempre complicado quando alguém com ligações à camara faz negocios destes mas não me incomoda.

E impõe-se uma questão: irá o sr roblas arrendar os apaertamentos a velhinhos carenciados de modo a ganhar algum dinheiro tendo em conta o seu investimento ou vai o sr roblas vender por 5 milhões a um capitalista selvagem que vai alugar a turistas estando assim a contribuir para a gentrificação da cidade, subjugação do povo etc etc? :mrgreen:


Isto não são os minimos da transparência.

O minimo da transparência é eles serem proibidos de participar. Participando e tendo um papel de relevo, ficará para sempre a suspeita. Estamos a falar de um negócio tão bom que dificilmente não haveria alguem a pagar pelo menos o dobro à SS
Nada de novo, a esquerda sempre foi o maior antro de hipócritas filhos da p*** da história. Ao menos os neo-liberais mostram logo as suas cores.
Será que foi transparente? Como sabemos que esse senhor não fez uso da sua posição para obter informação previligiada e assim fazer a oferta mais alta?

Politicos deveriam estar excluidos deste tipo de iniciativas.

Que hipocrisia. Olha para o que eu digo, não para o que eu faço.

A politica portuguesa é tão ridicula que mete dó.

Pelo menos os minimos de transparencia foram cumpridos. Concordo que é sempre complicado quando alguém com ligações à camara faz negocios destes mas não me incomoda.

E impõe-se uma questão: irá o sr roblas arrendar os apaertamentos a velhinhos carenciados de modo a ganhar algum dinheiro tendo em conta o seu investimento ou vai o sr roblas vender por 5 milhões a um capitalista selvagem que vai alugar a turistas estando assim a contribuir para a gentrificação da cidade, subjugação do povo etc etc? :mrgreen:


Isto não são os minimos da transparência.

O minimo da transparência é eles serem proibidos de participar. Participando e tendo um papel de relevo, ficará para sempre a suspeita. Estamos a falar de um negócio tão bom que dificilmente não haveria alguem a pagar pelo menos o dobro à SS

Realmente custa-me a perceber como é que um prédio avaliado hoje em 5.7M foi vendido por aquela bagatela, nas se houve concurso e mais ninguém se chegou à frente tenho de dar o negócio como bom. Que se investigue se foi um concurso claro e com a devida publicitação.
O rapaz teve visão, fez um investimento, arriscou o dinheiro dele e da irmã e deu-se bem.
A mim o que me apraz salientar é mesmo isto ser mais uma prova da falta de moral da esquerda hoje em dia. Movem-se apenas por mesquinhez e inveja.

Quando podem, eles também gostam de ganhar bom dinheiro. O pior é quando é os outros, ai há que ser populista e querer roubá-los da sua propriedade.

E não esquecer que este senhor roblas foi o que há uns 6 ou 7 anos disse que se orgulhava das expropriações/roubos do prec. Queria ver agora se gostava que lhe expropriassem o prédio por 1,5M ou algo parecido.

Edit: ora aqui fica o orgulhoso expropriador



Edit 2 (ao bold) : e preço base 286.700 euros!
« Última modificação: Julho 27, 2018, 14:38 pm por Hayek »
Será que foi transparente? Como sabemos que esse senhor não fez uso da sua posição para obter informação previligiada e assim fazer a oferta mais alta?

Politicos deveriam estar excluidos deste tipo de iniciativas.

Que hipocrisia. Olha para o que eu digo, não para o que eu faço.

A politica portuguesa é tão ridicula que mete dó.

Ahhahah... Eu há uns anos atrás tinha um colega de casa, que concorria a concursos públicos a pedido de outro amigo dele, com o único proposito de perder o concurso. Depois o amigo dele, dava-lhe uns milhares de euros como compensação. Ficavam ambos a ganhar.

Hoje em dia, acredito que seja mais dificil fazer isto, mas arranjam-se sempre maneiras de dar a volta ao sistema.


Esta do bloco, para além de ser hipocrita, não só pelo preço de compra, mas pela rescisão dos contratos com os antigos inquilinos. Também é um negócio que objectivamente lesa o estado.


Quando se é moralista e não reflexivo, é nisto que se incorre.
É o problema desta esquerda moderna.
A especulação deve ser tratada como um crime e não como uma amoralidade, por todas as consequências que trás para o tecido social, neste caso da cidade e periferia.
Eu acho mesmo graça é a pessoal que ainda fica surpreendido e chocado com estas m*****, isto é o pão nosso de cada dia, sempre foi, sempre será, por isso é que já faz anos que deixei de ligar aos políticos e até de votar, são todos iguais, é tudo a mesma m****.
 Tramaram a venda do prédio em propriedade horizontal ao rapaz. Porque ninguém acredita que ele necessite de tantas fracções autónomas para viver e, além do mais, possui ainda mais dois apartamentos. Uma coisa há a realçar, temos um político que age contra os seus interesses pessoais. Tiro o chapéu por isso.

 Entretanto, era bom que a nossa Comunicação Social fizesse mais trabalhos de pesquisa sobre os nossos políticos. O Ricardo Robles teve azar, há que "castigar" o BE e o PS sente que é ali que pode ir buscar votos. Ainda por cima é um chato que está na Câmara Municipal de Lisboa. Estou certo que haverá muitos mais casos de incoerência política e sobretudo de falta de ética / carácter. Haja vontade em apresentar trabalho, sem medo.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Que entre em cena a filha do bombista , temos de perder a vergonha de taxar os ricos!!!

Políticas populistas e centralizadorad para o Zé , saúde privada e especulação imobiliário para os cardeais.

Qualquer semelhança entre o Bloco e um culto religioso é mera coincidência. :mrgreen:
“There seems to be this snobbery around football that everyone has to play the most entertaining football" 
Gary Neville dixit
O capitalismo beneficia todos, mesmo os que não gostam dele.

O BE é anti-capitalista o que ainda é pior.

Mas nada disto me espanta , aliás já vi um deputado do PCP dos mais novos , entrar numa loja de roupa de marca num centro comercial aqui de Lisboa.

Vocês é que estão a ser muito rígidos ou formais , porque a moda do momento , é a moda da imagem , das aparências , do instagram , do país a crescer que saíu da austeridade e depois temos a realidade escondida.

Mas hoje os lutadores ao serviço dos pobres e oprimidos são todos assim , já nenhum é como o Alvaro Cunhal e pratica aquilo que fala.

Uma coisa é a imagem deles que cultivam e propagandeiam , outra é a sua prática pessoal , até podem ser exactamente o oposto como neste caso e é tido tudo como normal , a época actual é assim , só se vive para a imagem que se quer cultivar para ganhar dinheiro.

E o BE nisso é como oos outros partidos , um meio para ganhar dinheiro.



Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
 Há muitas ideias que eu concordo com a esquerda (mais igualdade social, menos monopólios ao serviço do grande capital, anti-religiões, etc ), mas sem dúvida que uma das coisas que eu mais odeio na esquerda e nos esquerdistas é a enorme hipocrisia de muitos dos seus membros.  Por exemplo, neste caso do Ricardo Robles, fica demonstrado que, para muitos esquerdistas, o capitalismo é péssimo... exceptuando quando lhes é a favor claro está  ::).  A maior parte dos políticos, sejam de esquerda ou de direita, não passam abutres mentirosos.
« Última modificação: Julho 29, 2018, 18:26 pm por 08gole »
Realmente custa-me a perceber como é que um prédio avaliado hoje em 5.7M foi vendido por aquela bagatela, nas se houve concurso e mais ninguém se chegou à frente tenho de dar o negócio como bom. Que se investigue se foi um concurso claro e com a devida publicitação.
O rapaz teve visão, fez um investimento, arriscou o dinheiro dele e da irmã e deu-se bem.
A mim o que me apraz salientar é mesmo isto ser mais uma prova da falta de moral da esquerda hoje em dia. Movem-se apenas por mesquinhez e inveja.

Quando podem, eles também gostam de ganhar bom dinheiro. O pior é quando é os outros, ai há que ser populista e querer roubá-los da sua propriedade.

E não esquecer que este senhor roblas foi o que há uns 6 ou 7 anos disse que se orgulhava das expropriações/roubos do prec. Queria ver agora se gostava que lhe expropriassem o prédio por 1,5M ou algo parecido.

Hayek, a questão é mesmo essa. Será que o rapaz teve "visão" ou tiveram "visão" por ele? Porque nas condições em que ele concorreu eu também tinha ido lá buscar o prédio. Com os bancos a emprestarem tudo aquilo que eu precisava tendo eu um rendimento completamente desfasado do que exigem tipicamente. Se tu com 1800€ brutos fores pedir um empréstimo para uma casa de 300000€ sei bem qual a resposta que levas...

E estando o preço tão baixo e havendo já naquela altura um potencial de valorização tão grande, como é que calhou e um qualquer "miserável" ganhar o concurso??! Foi sorte de ter sido aquele que apresentou a proposta mais alto sendo, por acaso, alguém ligado à politica e que provavelmente conseguia ter acesso aos resultados da concorrência? Sabemos a que horas o senhor Robles apresentou a sua proposta, se foi antes ou depois das outras?

E há ainda um pequeno pormaior. Para concorrer, o senhor Robles teve que obter uma aprovação do crédito prévia. Porque motivo um banco aprova um crédito de 300000€ a este senhor? Com que fundamento? Quando ao tradicional português anda ali a esmifrar-se todo por quantias bem menores? Tudo isto está muito mal explicado. É apenas mais um caso onde houve certamente muitas influências por trás, onde um miserável que nem dinheiro tinha para comprar um apartamento individual acaba com um patrimonio de 5.7 milhões de euros.
Bloco a ser hipócrita. Novidades?
 O Ricardo Robles renunciou ao cargo de Vereador na CM Lisboa.

 Só peca por tardia a decisão.

 Agora, a imprensa que se agarre a outro. O que há por aí demais são políticos sem carácter.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Depois de ter tido acesso a informação privilegiada e de ter tido acesso a crédito que de outra maneira não teria e ter aumentado o património 10x... qualquer também se demitia.

O lucro que obteve dava para pagar 40 anos de renda a 100 familias...
Sei que isto é um way way back, mas alguém me consegue explicar aquilo que foi viver no tempo de António de Oliveira Salazar, e os pontos negativos e positivos do "Estado Novo". Bem sei que por norma os mais seniores terão uma ideia negativa dele, mas ainda assim gostaria de ouvir opiniões.
Um Leão
Só Baixa A Cabeça
Para Beijar O Símbolo
Que Traz Ao Peito.
           
Esforço, Dedicação,
Devoção e Glória.
Eis o Sporting
Clube de Portugal!
            Um dia serás nosso de novo.
Sei que isto é um way way back, mas alguém me consegue explicar aquilo que foi viver no tempo de António de Oliveira Salazar, e os pontos negativos e positivos do "Estado Novo". Bem sei que por norma os mais seniores terão uma ideia negativa dele, mas ainda assim gostaria de ouvir opiniões.

Tens a História de Portugal por Fernando Rosas e a Históriia de Portugal por Rui Ramos.

Lê as duas e faz uma opinião.
“There seems to be this snobbery around football that everyone has to play the most entertaining football" 
Gary Neville dixit
Sei que isto é um way way back, mas alguém me consegue explicar aquilo que foi viver no tempo de António de Oliveira Salazar, e os pontos negativos e positivos do "Estado Novo". Bem sei que por norma os mais seniores terão uma ideia negativa dele, mas ainda assim gostaria de ouvir opiniões.

Tens a História de Portugal por Fernando Rosas e a Históriia de Portugal por Rui Ramos.

Lê as duas e faz uma opinião.
Nunca li nada do rosas mas para um contraposto ao rosas talvez seja melhor ler o Jaime Nogueira Pinto.  :mrgreen:

Deixo aqui um doc em que ele teve o papel de defender o Salazar naquele concurso dos grandes portugueses:



Fica aqui tambem um artigo recente que me pareceu bom

https://eco.pt/opiniao/tera-o-estado-novo-deixado-um-pais-de-analfabetos/

O estado novo, passados já tantos anos, merece ser analisado no seu contexto histórico. ie o que se passava pela europa fora.

Nunca o Estado Novo será analisado de forma histórica neste País. A politica nunca o deixará. A imagem que passarão é sempre a de um bicho papão da pior espécie.

Eu por acaso na minha familia não tenho ninguém que fale da ditadura como se fosse um regime nazi. Para a grande maioria das pessoas acabava por lhes passar ao lado. Sabiam que não podiam falar mal do regime, mas tirando isso ninguém reporta ter vivido em medo e opressão, faziam as vidas normais mas com muito menos suporte social que agora. Não quero com isto dizer que a Ditadura foi boa, mas a realidade é que historicamente também não sabemos já que há um grande viés no seu reporte à população em geral.

Por outro lado, praticamente não se fala na forma como os comunistas delapidaram o património deixado e como a politica geriu tão bem o pós revolução que perdemos praticamente todos os esteios importantes da economia, chegando hoje a um ponto onde o Estado só é dono de empresas que dão milhões de euros de prejuizo todos os anos.
 Uma Ditadura será sempre uma Ditadura.

 A que Portugal viveu foi a mais branda das Ditaduras Europeias. Contudo, o pós-Ditadura foi dos piores da Europa, à semelhança do Comunismo na União Soviética (com as devidas excepções), aqui quase só a Alemanha é que conseguiu voltar a imergir das cinzas de uma forma notável. A Itália conseguiu sair menos mal, a Espanha também conseguiu respirar muito melhor.

 A História merece, deve, ser analisada de todos os ângulos, para que possamos perceber toda a sua expansão. Ser confrontada com várias correntes, vários testemunhos, só assim poderemos compreendê-la bem e ter uma visão crítica da mesma. Aqui recupero uma velha crítica ao ensino em Portugal, o nosso ensino está demasiado moldado à ideia que tudo é como é, como está nos livros. Ninguém evolui assim, sem contraditório.

 O António Salazar ser considerado o maior português de sempre é das coisas mais épicas que aconteceu neste País. O próximo acontecimento épico será a vitória do José Sócrates na eleição para Presidente da República.  :mrgreen:
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp