Política Nacional

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Estás enganado , o BE é mais radical que o PCP.

Por exemplo o BE é anti-capitalista , coisa que o PCP não é.

O PC não é anti capitalista? lol um gajo lê cada uma...
O PC é marxista, logo é mais do que anti capitalista, o BE é trotskista.

Para mim nenhuma dessas forças políticas é radical, felizmente não temos radicalismos políticos em Portugal.
 @Southwest, tenho ideia de ter visto / lido qualquer coisa sobre isso que relatas, na imprensa. Vou tentar recuperar, falava das péssimas condições laborais, igualmente a falta de higiene das instalações onde pernoitam e nalguns casos vivem. É, de facto, uma temática que passa pelo silêncio político.   

EDIT: Encontrei!

 Autarca denuncia "trabalho escravo" no Alqueva

 Trabalho escravo em algumas propriedades agrícolas no Alentejo

 Engraçado, na Autoeuropa há uma guerra de sindicatos para controlar uma empresa que é responsável por 1% do PIB e os partidos políticos pronunciam-se sobre isto. Já o trabalho aparentemente escravo aí estão calados como ratos, o PCP nada tem a dizer? Portugal, Portugal..

O problema é que desde então, aquilo que é retratado nessas reportagens cresceu de forma avassaladora. Já não é algo que acontece apenas no interior do Alentejo, em propriedades remotas. O Litoral Alentejano, mais concretamente o concelho de Odemira e também parte do concelho de Aljezur estão repletos de novas empresas agrícolas, de estufas e de mão-de-obra escrava.

Ir a Milfontes ou à Zambujeira no final do dia, ou de manhã bem cedo é uma experiência surreal. Dezenas e dezenas de trabalhadores de países remotos em pontos estratégicos à espera da carrinhas que os irão transportar. Os trabalhadores que não ficam nos contentores das empresas ficam em casas arrendadas - e onde deveriam viver 4 vivem 15.

Como natural daquela zona é algo que me entristece por diversas razões:
1) O excesso de estufas está a produzir efeitos ambientes nefastos -  e trata-se de um Parque Natural;
2) São empresas que não produzem emprego nem riqueza para a população local;
3) Ninguém gosta de ver outros seres humanos tratados como escravos;
4) O ambiente e atmosfera típica daquela zona está a desaparecer forma vertiginosa.

Sei que vários deputados que representam a região no parlamento estão cientes da situação, mas até agora nada foi feito em concreto. As multas para as empresas são irrisórias.
Estás enganado , o BE é mais radical que o PCP.

Por exemplo o BE é anti-capitalista , coisa que o PCP não é.

O PC não é anti capitalista? lol um gajo lê cada uma...
O PC é marxista, logo é mais do que anti capitalista, o BE é trotskista.

Para mim nenhuma dessas forças políticas é radical, felizmente não temos radicalismos políticos em Portugal.

Ainda te digo mais , o PCP é dos partidos mais capitalistas que existem.  ;D
Vender a Academia de Alcochete , formação e Lei Bosman impossíveis de conciliar , chega de formar mercenários.
Fazer regressar os treinos da equipa principal para perto de Alvalade para voltarem a sentir o clube.
A bolha afastada da realidade criada pela academia só prejudicou o Sporting.
Estás enganado , o BE é mais radical que o PCP.

Por exemplo o BE é anti-capitalista , coisa que o PCP não é.

O PC não é anti capitalista? lol um gajo lê cada uma...
O PC é marxista, logo é mais do que anti capitalista, o BE é trotskista.

Para mim nenhuma dessas forças políticas é radical, felizmente não temos radicalismos políticos em Portugal.

Ainda te digo mais , o PCP é dos partidos mais capitalistas que existem.  ;D

Mas isso na prática todos acabam por o ser... a sociedade é capitalista, não há como fugir a isso.
Estás enganado , o BE é mais radical que o PCP.

Por exemplo o BE é anti-capitalista , coisa que o PCP não é.

O PC não é anti capitalista? lol um gajo lê cada uma...
O PC é marxista, logo é mais do que anti capitalista, o BE é trotskista.

Para mim nenhuma dessas forças políticas é radical, felizmente não temos radicalismos políticos em Portugal.

Ainda te digo mais , o PCP é dos partidos mais capitalistas que existem.  ;D

Mas isso na prática todos acabam por o ser... a sociedade é capitalista, não há como fugir a isso.

Não falei em termos pragmáticos , falei em termos ideológicos mesmo.

O PCP é um partido capitalista , só que de âmbito diferente , de decisão centralizada , de estado.

Já o BE pelo menos como não se vê no poder gosta de explorar vertentes anti-capitalistas de acumulação de capital e completamente descentralizadas.
Vender a Academia de Alcochete , formação e Lei Bosman impossíveis de conciliar , chega de formar mercenários.
Fazer regressar os treinos da equipa principal para perto de Alvalade para voltarem a sentir o clube.
A bolha afastada da realidade criada pela academia só prejudicou o Sporting.
Em termos ideológicos o PC diz-se marxista, ora marx era completamente contra a ideia de estado...
Em termos ideológicos o PC diz-se marxista, ora marx era completamente contra a ideia de estado...

  Anárquico? Também não me parece que o camarada Marx fosse um anarquista.
Em termos ideológicos o PC diz-se marxista, ora marx era completamente contra a ideia de estado...

  Anárquico? Também não me parece que o camarada Marx fosse um anarquista.

Não era, mas era contra a ideia de estado, o poder devia estar nas pessoas, no povo.
Em termos ideológicos o PC diz-se marxista, ora marx era completamente contra a ideia de estado...

  Anárquico? Também não me parece que o camarada Marx fosse um anarquista.

Não era, mas era contra a ideia de estado, o poder devia estar nas pessoas, no povo.

  Sim. Mas defendia algo semelhante a uma organização centralizada nos desejos e controlo pelo povo!
Obviamente que o PCP é anti-capitalista ideologico. Apesar de ser o partido mais capitalista na prática  :mrgreen:
O único partido comunista que me vem à cabeça que deu um abraço ao capitalismo foi o chinoca.

O BE utiliza mais o marxismo cultural como meio de ataque que o PCP , que quase não o utiliza. Só por ai se pode dizer que o BE é mais radical do que o PCP.

Podemos é também falar de outra coisa, que foi a previsão que alguns seguidores de marx fizeram. Previram que um dia, o capitalismo se ia transformar em "marxismo" porque as empresas gigantes se iam fundir com o estado. O que nos tempos que correm não me parece uma coisa disparatada. Não ia ser um comunismo como o de marx, nem perto, mas podiamos caminhar para um comunismo capitalista (se é que se pode falar assim, tinha isto na cabeça e passado para o ecrã soa pior  :lol: )
Mas quem é que o passos andou a roubar? O salgado?

Se estás a falar de impostos tendo a concordar, mas é engraçado de falares que os cortes deviam ter sido na despesa. Se já foi a histeria que foi imagina se o controlo orçamental tivesse ter sido todo na despesa ia ser lindo
Cortar na despesa não significa necessariamente cortar salários. Porque é que não cortou a direito nas PPPs e ainda fez mais? Porque é que andava a dar mais dinheiro por aluno a escolas privadas que a publicas enquanto fechava os serviços que já tínhamos? Porque é que privatizou a REN por meia dúzia de tostões?

Queres que continue?

Não só o Pedro Passos Coelho cortou nas ppp começando por arrumar ou ajustar os dinheiros que as de Sócrates tinham prometido, como as ppp não são uma coisa má, somente um instrumento que é diabolizado porque eventualmente tira poder ao estado, ganhado oposição dos comunas por isso, não por causa dos inúmeros casos em que é mal usado  :whistle:

Já as escolas públicas, depois do regabofe que foi a administração Sócrates haviam escolas com uma mão cheia de aluno, não só o dinheiro desperdiçado com isso mas também o espaço físico que podia ir para algo produtivo, a solução foi pagar as privadas para aceitar os alunos, porque surpresa surpresa, era mais barato e o servico era melhor, mas está última não interessa para quem vê o debate de públicos vs privados como uma questão de poder com tamanha mesquinhice que preferem rebaixar todos ao denominador comum mais baixo
Jew me, sue me - everybody do me
Kick me, kike me - don´t you black or white me
As PPPs são más porque para além dum antro de tachismo e clientelismo são um sorvedouro de dinheiros públicos, ficando sempre o estado com o prejuízo enquanto o amigo privado mete o lucro ao bolso.
As PPPs são más porque para além dum antro de tachismo e clientelismo são um sorvedouro de dinheiros públicos, ficando sempre o estado com o prejuízo enquanto o amigo privado mete o lucro ao bolso.
Por isso é que costumam ser boas para os governos: metem guito nos amigos. Engraçado é a malta da direita ser contra a ideia de estado por gastar dinheiro mas a favor de dar dinheiro do estado a privados.
Sinto-me na obrigação de vir a público dizer que enfiar uma lanterna no cú não torna ninguém num iluminado. E sim, sou formado em Luminotecnia.
As PPPs são más porque para além dum antro de tachismo e clientelismo são um sorvedouro de dinheiros públicos, ficando sempre o estado com o prejuízo enquanto o amigo privado mete o lucro ao bolso.

É como tudo na vida, se deres uma ppp a alguém com toque de Midas sai ouro se deres a alguém com toque de m***** sai m****, magicamente em Portugal vai sempre calhar ao mesmo círculo de m***** e o governo pouco ou nada que fazer para mudar isso ou dar accoubtability
Jew me, sue me - everybody do me
Kick me, kike me - don´t you black or white me
As PPPs são más porque para além dum antro de tachismo e clientelismo são um sorvedouro de dinheiros públicos, ficando sempre o estado com o prejuízo enquanto o amigo privado mete o lucro ao bolso.
Por isso é que costumam ser boas para os governos: metem guito nos amigos.

Sabem bem vocês não é? Sabem tanto que fizeram do estado uma PPP gigantesca, mediante a vossa definição. Pena é não saberem bem que chegue para por empresas públicas a competir com as privadas em termos de produtividade.
Mas isto não é sobre a produtividade e conhecimento pois não? Trata-se de poder e de doutrinar a sociedade desde que somos pequenos, que outro motivo tinham para desprezar um português com consciência cívica e vontade de ensinar os jovens para o futuro para além de ser funcionário de uma privada

Engraçado que eu achava que era a esquerda que era contra a ideia de estado e vincadamente internacionalista, sempre achei que á direita a função do estado era segurança e justiça (pic related) que de resto a sociedade tratava disso, enquanto outros preferem proteger os portugueses de problemazitos muitas vezes meramente chavões com a palavra social ou discriminação à frente
« Última modificação: Fevereiro 19, 2018, 20:34 pm por Duarte Silva »
Jew me, sue me - everybody do me
Kick me, kike me - don´t you black or white me
As PPPs são más porque para além dum antro de tachismo e clientelismo são um sorvedouro de dinheiros públicos, ficando sempre o estado com o prejuízo enquanto o amigo privado mete o lucro ao bolso.
Por isso é que costumam ser boas para os governos: metem guito nos amigos.

Sabem bem vocês não é? Sabem tanto que fizeram do estado uma PPP gigantesca, mediante a vossa definição. Pena é não saberem bem que chegue para por empresas públicas a competir com as privadas em termos de produtividade.
Mas isto não é sobre a produtividade e conhecimento pois não? Trata-se de poder e de doutrinar a sociedade desde que somos pequenos, que outro motivo tinham para desprezar um português com consciência cívica e vontade de ensinar os jovens para o futuro para além de ser funcionário de uma privada

Engraçado que eu achava que era a esquerda que era contra a ideia de estado e vincadamente internacionalista, sempre achei que á direita a função do estado era segurança e justiça (pic related) que de resto a sociedade tratava disso, enquanto outros preferem proteger os portugueses de problemazitos muitas vezes meramente chavões com a palavra social ou discriminação à frente
Esquecestes-te de tomar os comprimidos, decerto. Eu nunca votei num partido do arco da governação.

Edit: nós nao temos em Portugal (ou na Irlanda, onde estou) um partido que tenha uma ideologia com a qual eu concorde actualmente. Tanto que me arrependi do meu último voto.
« Última modificação: Fevereiro 19, 2018, 20:55 pm por Mayhem »
Sinto-me na obrigação de vir a público dizer que enfiar uma lanterna no cú não torna ninguém num iluminado. E sim, sou formado em Luminotecnia.
As PPPs são más porque para além dum antro de tachismo e clientelismo são um sorvedouro de dinheiros públicos, ficando sempre o estado com o prejuízo enquanto o amigo privado mete o lucro ao bolso.
Por isso é que costumam ser boas para os governos: metem guito nos amigos.

Sabem bem vocês não é? Sabem tanto que fizeram do estado uma PPP gigantesca, mediante a vossa definição. Pena é não saberem bem que chegue para por empresas públicas a competir com as privadas em termos de produtividade.
Mas isto não é sobre a produtividade e conhecimento pois não? Trata-se de poder e de doutrinar a sociedade desde que somos pequenos, que outro motivo tinham para desprezar um português com consciência cívica e vontade de ensinar os jovens para o futuro para além de ser funcionário de uma privada

Engraçado que eu achava que era a esquerda que era contra a ideia de estado e vincadamente internacionalista, sempre achei que á direita a função do estado era segurança e justiça (pic related) que de resto a sociedade tratava disso, enquanto outros preferem proteger os portugueses de problemazitos muitas vezes meramente chavões com a palavra social ou discriminação à frente
Esquecestes-te de tomar os comprimidos, decerto. Eu nunca votei num partido do arco da governação.

Esqueceste-te dos teus óculos de certeza que eu não falei nada em votar

Edit: Está bem, mas não precisas de um partido em quem votar para ter ideia próprias, não te preocupes também me arrependi do meu voto  :-[
Jew me, sue me - everybody do me
Kick me, kike me - don´t you black or white me
Por iniciativa do PCP, o acordo ortográfico vai ser discutido na AR, hoje.
E esta, hein? O Chev deseja a aprovação de um objectivo do PCP.
Por iniciativa do PCP, o acordo ortográfico vai ser discutido na AR, hoje.
E esta, hein? O Chev deseja a aprovação de um objectivo do PCP.

Até um relógio parado dá horas certas duas vezes ao dia.  :mrgreen:
 Aposto que vai ser chumbado.

 A subserviência manter-se-à, na esperança que a aproximação linguística nos traga benefícios económicos. O mesmo se passará na justiça, que até temos mantido a integridade da mesma e que deverá mudar quando a Procuradora-Geral for substituído, por força de uma tradição de inviabilizar a renovação. Adoro estas tradições.

 Ainda vamos assistir a uma inversão dos papéis, em nome de uma política económica de sobrevivência.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp