Futebol do Resto do Mundo (Américas, África, Ásia, Oceânia)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Não sei se alguém tem acompanhado este "caso", mas long story short o Heung-Min Son, do Tottenham, joga a carreira a alto nível neste sábado de manhã (12h30), na final dos Jogos Asiáticos contra o Japão.

E sim, é mesmo "joga a carreira". Ele e outros naquela selecção, mas o caso dele é, por todos os motivos e mais alguns, o mais urgente/mediático. Todos os jogadores Sul-Coreanos têm de cumprir serviço militar obrigatório no máximo até aos 28 anos de idade (normalmente antes), e o Son já tem 26. As únicas formas de conseguirem dispensa desse serviço militar são ou ao ganhar uma medalha (qualquer) nos Jogos Olímpicos, ou a medalha de Ouro nos Jogos Asiáticos. E esta será quase certamente a última oportunidade dele de o fazer, pois os próximos JO são em 2020 e por essa altura já ele deverá estar a cumprir serviço militar, que tem a duração de... 2 anos. Ainda por cima ele não pode jogar na equipa militar coreana (há uma na 1ª e 2ª divisão), por ter saído do país aos 16 anos (logo, sem concluir o ensino secundário), por isso ficaria esses 2 anos basicamente com trabalho de escritório das 9 às 6 e a jogar numa equipa amadora lá.

Um interregno desses assassinava-lhe a carreira ao alto nível quase de certeza, daí estes Jogos Asiáticos estarem a chamar um bocado à atenção na discussão futebolística. De qualquer modo, em teoria o mais difícil já está feito, visto que isto é uma competição com as regras dos JO: sub-23 com 3 wild cards, sem restrição de idade. A Coreia levou o Son, o GR deles que se destacou imenso no Mundial, e um avançado cuja chamada até foi um pouco criticada (por terem já bastante talento no sector e por terem ligado a sua chamada ao facto de o selecionador sub-23 coreano ter sido o gajo que o lançou no futebol profissional), mas que tem calado toda a gente e leva 9 golos em 6 jogos. Já o Japão tem uma selecção exclusivamente sub-21, com vista a prepararem-se para os JO em Tóquio (daqui a 2 anos, quando este pessoal estiver todo perto dos tais 23 anos), e é até surpreendente terem chegado tão longe. A Coreia do Sul é claramente favorita, e para bem do Futebol espero mesmo que ganhem...

Se quiserem ler mais sobre o caso, vão aqui.

E lá venceram. O Son está assim livre do serviço militar. :great:
Grande Son! :venia:

@Vylela lembras-te de termos falado sobre o Hwang In-Beom? Fiquei muito impressionado com os vídeos que aqui meteste na altura (até cheguei a tentar falar com uma pessoa para ver se dava para o meter em Portugal, sem sucesso na altura), mas depois nem o segui muito mais... até hoje, em que bastaram 5 minutos para ficar muitíssimo impressionado com o #10 da Coreia... era ele, pois claro :mrgreen: Começou por jogar a 10 e, quando entrou o Lee Seung-Woo (não sei como não foi titular), recuou para 2º médio, e em ambos os lugares esteve soberbo. Controla o jogo com uma facilidade enorme. E também ficou isento do serviço militar hoje (ficaram os 23 que foram), o que o vai ajudar muito na perspectiva de uma carreira futura na Europa.
"Se uma equipa de futebol fosse uma empresa de construção civil e o adepto comum um empreiteiro, os trabalhadores não construiriam segundo um projecto, mas trabalhariam incessantemente, colocando tijolos em tudo o que era sítio. Não haveria casa, mas ninguém os poderia acusar de não terem trabalhado." - Nuno Amado; Entredez
Grande Son! :venia:

@Vylela lembras-te de termos falado sobre o Hwang In-Beom? Fiquei muito impressionado com os vídeos que aqui meteste na altura (até cheguei a tentar falar com uma pessoa para ver se dava para o meter em Portugal, sem sucesso na altura), mas depois nem o segui muito mais... até hoje, em que bastaram 5 minutos para ficar muitíssimo impressionado com o #10 da Coreia... era ele, pois claro :mrgreen: Começou por jogar a 10 e, quando entrou o Lee Seung-Woo (não sei como não foi titular), recuou para 2º médio, e em ambos os lugares esteve soberbo. Controla o jogo com uma facilidade enorme. E também ficou isento do serviço militar hoje (ficaram os 23 que foram), o que o vai ajudar muito na perspectiva de uma carreira futura na Europa.
Lembro-me pois! Eu perdi-lhe um bocado o rasto, aliás dele além dos vídeos só vi parte de um jogo qualquer dele por causa das apostas (ficou 4-3 ou 5-4, tive sorte lol), portanto fico com pena de não ter visto estes jogos. Daqui a uma semana a ver se encontro no reddit para ver em diferido.

Por sinal tinham-me contado isso de o quererem meter em Portugal  :mrgreen: . Sem querer cometer nenhuma inconfidência, o In-Beom foi oferecido ao Sporting (salvo erro por 3M€) e foi rejeitado, acharam caro. Sendo que a única razão porque anda na K2 é por causa de um empresário que o tem "retido" lá até que lhe untem bem as mãos... Pena. Eu curtia vê-lo cá, e era maluco para dar 3M por ele. É muito craque, daqueles gajos que é um regalo ver jogar.

Não sei se viste mas entretanto meti um post nas sugestões de uma fotocópia japonesa do In-Beom: Taro Sugimoto. Inclusive joga na J2 :lol: Vá, igual igual não é, este é mais um jogador de furar com bola em iniciativas individuais e que vê mais baliza, mas o perfil técnico está lá.
« Última modificação: Setembro 01, 2018, 18:52 pm por Vylela »
Grande Son! :venia:

@Vylela lembras-te de termos falado sobre o Hwang In-Beom? Fiquei muito impressionado com os vídeos que aqui meteste na altura (até cheguei a tentar falar com uma pessoa para ver se dava para o meter em Portugal, sem sucesso na altura), mas depois nem o segui muito mais... até hoje, em que bastaram 5 minutos para ficar muitíssimo impressionado com o #10 da Coreia... era ele, pois claro :mrgreen: Começou por jogar a 10 e, quando entrou o Lee Seung-Woo (não sei como não foi titular), recuou para 2º médio, e em ambos os lugares esteve soberbo. Controla o jogo com uma facilidade enorme. E também ficou isento do serviço militar hoje (ficaram os 23 que foram), o que o vai ajudar muito na perspectiva de uma carreira futura na Europa.
Lembro-me pois! Eu perdi-lhe um bocado o rasto, aliás dele além dos vídeos só vi parte de um jogo qualquer dele por causa das apostas (ficou 4-3 ou 5-4, tive sorte lol), portanto fico com pena de não ter visto estes jogos. Daqui a uma semana a ver se encontro no reddit para ver em diferido.

Por sinal tinham-me contado isso de o quererem meter em Portugal  :mrgreen: . Sem querer cometer nenhuma inconfidência, o In-Beom foi oferecido ao Sporting (salvo erro por 3M€) e foi rejeitado, acharam caro. Sendo que a única razão porque anda na K2 é por causa de um empresário que o tem "retido" lá até que lhe untem bem as mãos... Pena. Eu curtia vê-lo cá, e era maluco para dar 3M por ele. É muito craque, daqueles gajos que é um regalo ver jogar.

Não sei se viste mas entretanto meti um post nas sugestões de uma fotocópia japonesa do In-Beom: Taro Sugimoto. Inclusive joga na J2 :lol: Vá, igual igual não é, este é mais um jogador de furar com bola em iniciativas individuais e que vê mais baliza, mas o perfil técnico está lá.

Fui ver agora (tinha visto a tag na altura mas estava a meio de outra coisa e depois passou-me :mrgreen: ), parece um regen do Kagawa, até pelo número :lol: Muito interessante, de facto.

Edit:



Ao que parece já estava a cumprir serviço militar o In-Beom, até foi para a equipa militar da 2ª divisão. Também deve ter complicado a saída dele para a Europa, para além do tal empresário.
« Última modificação: Setembro 01, 2018, 19:12 pm por andredesterro »
"Se uma equipa de futebol fosse uma empresa de construção civil e o adepto comum um empreiteiro, os trabalhadores não construiriam segundo um projecto, mas trabalhariam incessantemente, colocando tijolos em tudo o que era sítio. Não haveria casa, mas ninguém os poderia acusar de não terem trabalhado." - Nuno Amado; Entredez
A p*** de golo que o Ibra acaba de marcar!!!!

A p*** de golo que o Ibra acaba de marcar!!!!


Que golão!! :venia: :venia: :venia: Não é mesmo para todos.
Que raio. O Cruzeiro está a jogar uns quartos-de-final da Libertadores com o Barcos a titular.
Pensei que já estivesse na pré-reforma.
Cruzeiro x Boca Juniors daqui a 40 minutos.

Depois do que se passou na 1ª mão, e do ambiente que se prevê no estádio, vou ficar surpreendido se não houver confusão

Passe quem passar estas meias-finais da Libertadores prometem apesar da edição estar a ser marcada pela habitual incompetência não europeia e pelo favorecimento aos clubes argentinos enquanto prejudicam os brasileiros.
Brunecos = piores que lampiões

23/06/18 O Sporting é nosso outra vez
Meto aqui para não dar spam no tópico das sugestões, mas f***-**... o Junya Ito joga tanto. Velocidade, técnica, e instinto predador para ser um jogador de topo. Muito acima do que habitualmente se vê em avançados japoneses.

Para quem não conhece aconselho que vejam os highlights do ultimo jogo vs Sanfrecce.



Custa um saco de caramelos...