Mundial de Rubgy 2007

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Parece-me ter de voltar ao ponto de partida para frisar mais uma vez que:

1. O rugby não se promove, não pretende sequer fazê-lo, à custa do futebol.
2. Foram os próprios media, sobretudo em Portugal dada a escravidão e sujeição das políticas editoriais ao futebol, que descobriram que havia uma cambada de maduros que tinham uma dedicação especial pelo desporto que praticavam, que cantavam o hino como nunca fora visto, e que, dadas as evidentes comparaçãoes com a única coisa que desgraçadamente conhecem (ou conheciam) - o futebol,  se puseram a tecer comparações de desempenho. Ou seja, partiu de dentro dos próprios meandros do futebol a consciencialização de que esta modalidade enveredou pelo caminho do espectáculo circense e deixou, já há algum tempo, de poder ser considerado um desporto, no que toca aos conceitos humanístico-filosóficos que ele encerra.
3. A "onda" do rugby em Portugal, fruto da descoberta súbita do grande público de que há desportos que ainda preservam valores que não eram sequer idealizáveis nas mentes dos mais puristas, pode até ser considerada como nefasta pelo hábito muito frequente, especialmente nos meios da imagem, da repetição até à exaustão do "modelo" que está na moda à laia dos "Morangos com Açúcar", o Big Brother ou o caso Maddie, como se comprova pelos artigos para aqui transcritos de Sousa Tavares e do outro artista. Mas, e se conheço bem os meus compatriotas, podem os amantes do "establishment" futeboleiro descansar, porque quando a onda passar e o rugby se remeter outra vez ao tamanho do seu pezinho de princesa, os Portugueses vão voltar a vibrar com as coisas que verdadeiramente lhe dão pica - o clã Valentim e as suas tristes figuras públicas, Vieira e as suas tiradas mágicas, PdC e os "livros" da sua entourage de putéfias e chulos, os protagonismos de uns quaisquer toscos presidentes dos muitos Gil Vicentes deste país ou, ainda, o desfiar de choradinhos persistentes por arbitragens mal-intencionadas.

No fim do actual estado de graça o rugby continuará, em Portugal, a viver da carolice, do amor e sacrifício dos seus praticantes sendo que a partir de agora será acusado de ter já embarcado, ainda que de modo tímido no horroroso pecado original do profissionalismo.

A César o que é de César!!



« Última modificação: Outubro 19, 2007, 11:55 am por Luke Skywalker »
Fantástico o jogo dos terceiro e quarto lugares!

Foram memoráveis estes Pumas! Foi uma pena terem bloqueado perante o poder da Af.Sul...

 :clap:


«Deus criou o Mundo em seis dias e ao sétimo descansou. Era Domingo, havia futebol»
Muito Bom jogo! A França teve algumas falhas que nao sao normais, mas neste jogo pronto.. a motivaçao tambem nao é muita..

Amanha aposto na vitoria categorica da Africa do Sul! :victory:
Iam matando o Chabal  :o

Amanhã tou pela Inglaterra  ;)
SPORTING SEMPRE
Esta selecção argentina pode fazer mais nos próximos eventos a nível mundial. São muito fortes, grande poder. No chão não vi a França avançar, são muito difíceis de passar. Aproveitaram bem os erros da França e foram uns justos vencedores, é pena terem um feitio que não interessa a ninguém, se o árbitro tivesse pegado no jogo logo no início iam ser mais pacíficos daí para a frente e certamente que as agressões não iam ser tantas.

Sporting Clube de Portugal.
O homem do jogo foi Pichot,abertura da argentina,mas o prémio para mim devia ser dado a :

- Ou ao arrier Ignacio Corleto,que fez um jogo DO OUTRO MUNDO, a revelação do mundial para mim,a par do já referido Pichot,Juan Martin Hernandez e outros que já abandonaram o mundial;

- Ou então ao Leguizamon,que vendo Chabal acabado de entrar,lhe aplicou logo uma trouchada que acalmou logo o enfant terrible...

Um hino ao rugby este jogo!
Eu vi o jogo, foi uma placagem mas em falta.
O chabal tambem fez uma contra nova zelandia não sei quando, que meteu o all black K.O

Leguizamon vs Chabal

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=gkv89TdxJdw[/youtube]
Africa do Sul é campea do mundo! Grande jogo do nº3 C.J van der Linde e Percy Montegomery! 

O jogo fica marcado por um ensaio duvidoso que foi anulado á inglaterra, na minha opiniao mal anulado, e influenciou um pouco o resultado. De qualquer das maneiras a Africa do Sul é uma equipa muito segura a defender. :)
O homem do jogo foi Pichot,abertura da argentina,
...

Caro João, o Pichot não é abertura, é formação. Tenho de discordar sobre os melhores em campo, porque os 5 da frente argentina merecem o prémio no seu conjunto. Simplesmente fantásticos.
Os ensaios de Corletto e dos 3/4 argentinos só foram possíveis pelo desgaste provocado pelos avançados. Mas, para mim o melhor homem do "match" foiu, sem dúvida, Juan Hernandez, esse sim médio de abertura da Argentina.
E terminou o mundial em que Portugal fez história só pela participação. :victory:

Hoje o jogo foi bom. Um jogo intenso, em que havia muita pressão em campo e muitos homens logo a cairem em cima do portador da bola quando havia uma moulée [acho que é assim que se escreve]. A Inglaterra começou a perder mas o resultado nunca foi de grande vantagem para a África do Sul. Os africanos bateram-se muito bem e foram muitos duros neste jogo, que não foi um espectáculo tão bonito. O tal ensaio que foi duvidoso, para mim era ensaio, mas é complicado, aceita-se, vai fazer os jornais ingleses escreverem imenso sobre esse lance, se a Inglaterra concretizasse o ensaio passaria para a frente do marcador e a história ser outra!

Hoje em dia o Rugby é mais físico, hoje em dia as equipas são todas mais pesadas que antigamente, tirando partido dessas características, fazendo um jogo de mais contacto. Só vejo realmente espectáculo por parte da Nv. Zelândia, em que faz coisas soberbas, foi pena ter ficado para trás.

« Última modificação: Outubro 20, 2007, 23:10 pm por Sporting »
Sporting Clube de Portugal.
Concordo com a decisão da arbitragem no ensaio não validado à Inglaterra. O jogador inglês tem a perna em cima da linha lateral antes do toque para ensaio, por causa da placagem do seu oponente. Os ingleses já se estão a desculpar com esse lance para a derrota, mas a verdade é que a África do Sul foi superior, e quanto a mim, a decisão do árbitro foi acertada. Além disso, o empurrão ao Percy Montgomery merecia pelo menos falta, se não mesmo cartão amarelo... Os Springboks anularam Jonny Wilkinson, foram muitíssimo disciplinados a defender, e Percy Montgomery não deu hipótese. A "Itália" do râguebi tem tal "ratice", que até defende no limite das regras do jogo. Aquelas obstruções subtis... Foi pena a partida não ter sido mais espectacular, mas com a Inglaterra na final já se sabia que ía ser um jogo fechado, ganho por que fosse mais eficaz no jogo ao pé. E a África do Sul acabou por vencer com as armas que a Inglaterra costuma usar. Foi uma final muito parecida com a de 1995, com o mesmo vencedor. Aceita-se. Do mal o menos.
FORÇA LEÕES!!
Eu não sei se alguem costuma frequentar o EUL á tarde, mas eu quando vou treinar fut-7 nos campos de 11 ao lado parece que vai haver um concerto. São as captações de rugby (para o CDUL?) e é impressionante a afluência de pessoal!
Se disser que dentro de campo ou nas linhas estão umas 150 pessoas acho que não o estou a exagerar!
Eu não sei se alguem costuma frequentar o EUL á tarde, mas eu quando vou treinar fut-7 nos campos de 11 ao lado parece que vai haver um concerto. São as captações de rugby (para o CDUL?) e é impressionante a afluência de pessoal!
Se disser que dentro de campo ou nas linhas estão umas 150 pessoas acho que não o estou a exagerar!

Eu treino rugby lá...ás 2as( 19h) e às 5as(19.30h). Começaram muitos,mas já houve quem ficasse pelo caminho