Separação para todo o sempre do Clube vs SAD

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Uma sugestão mais prática. Quando eu estou descontente com alguma coisa que envolva maioria de votos, voto contra ou apresento alternativas. Um conselho que dou é apresentar uma candidatura ao Vosso gosto nas próximas eleições. O nível de votantes em Varandas foi bastante baixo e muito perto do segundo candidato. Um candidato à Vossa medida tem reais hipóteses de ganhar. Basta para isso juntarem-se e trabalhar num projecto alternativo apresentando-o em eleições. Se a contestação no fórum for sinonimo da vontade dos sócios, ganham por goleada.

Isso é bonito. Quando deixam.
Da última vez parece que pelo menos dois potenciais candidatos foram impedidos de o ser. Não foi só um. Não foi só o demónio. O outro também foi impedido. O tal que até era "aceitável".
O Alzheimer é f*****.

 :lol:

Concordo contigo que foi um grande erro não ter feito umas eleições com Vieira e Carvalho. Na altura disse-o. As Urnas iriam falar a opinião dos sócios e livrávamos de mitos ou golpadas. Deixar em banho Maria a situação fracturou ainda mais o clube. O afastamento destes dois candidatos permitem os famosos sounbytes de ambas as fracções. Tudo seria muito mais claro se fossem os sócios a decidir nas urnas. Os sócios votavam sem restrições e a maioria vencia e governava.

Outro erro que aponto foi a famosa barricada de BDC e restantes membros que se aguentaram até ao final. BDC estava no seu direito de se manter na presidência mas faltou-lhe a sagacidade para tirar da situação apoio popular. Estava uma contestação visível, os restantes órgãos demissionários e o cenário estava negro. BDC podia reconhecer isso, evitando a culpabilização, sugerido publicamente que a governação do Sporting necessitava de um voto de confiança e que iria pedir para o agendamento de eleições num breve período logo após concluir as pré épocas, a recompra das VMOC e o empréstimo obrigacionista decididos anteriormente pelos sócios. Ou seja, dava um prazo em toda a situação, calava muito do ruído e candidatava-se contra quem aparece-se a votos. Não haveria portanto legitimidade para o afastar da forma como foi.

Qual é a parte que ainda não perceberam que NUNCA iriam deixar BdC ou CV candidatar-se?
Qual é a parte que ainda não perceberam que o Fivelas não se lançou a uma candidatura a eleições que não existiam na época por acaso nem foi um lapsus linguae...?
#UNIDOSCOMO1CACHO
Uma sugestão mais prática. Quando eu estou descontente com alguma coisa que envolva maioria de votos, voto contra ou apresento alternativas. Um conselho que dou é apresentar uma candidatura ao Vosso gosto nas próximas eleições. O nível de votantes em Varandas foi bastante baixo e muito perto do segundo candidato. Um candidato à Vossa medida tem reais hipóteses de ganhar. Basta para isso juntarem-se e trabalhar num projecto alternativo apresentando-o em eleições. Se a contestação no fórum for sinonimo da vontade dos sócios, ganham por goleada.

Isso é bonito. Quando deixam.
Da última vez parece que pelo menos dois potenciais candidatos foram impedidos de o ser. Não foi só um. Não foi só o demónio. O outro também foi impedido. O tal que até era "aceitável".
O Alzheimer é f*****.

 :lol:

Concordo contigo que foi um grande erro não ter feito umas eleições com Vieira e Carvalho. Na altura disse-o. As Urnas iriam falar a opinião dos sócios e livrávamos de mitos ou golpadas. Deixar em banho Maria a situação fracturou ainda mais o clube. O afastamento destes dois candidatos permitem os famosos sounbytes de ambas as fracções. Tudo seria muito mais claro se fossem os sócios a decidir nas urnas. Os sócios votavam sem restrições e a maioria vencia e governava.

Outro erro que aponto foi a famosa barricada de BDC e restantes membros que se aguentaram até ao final. BDC estava no seu direito de se manter na presidência mas faltou-lhe a sagacidade para tirar da situação apoio popular. Estava uma contestação visível, os restantes órgãos demissionários e o cenário estava negro. BDC podia reconhecer isso, evitando a culpabilização, sugerido publicamente que a governação do Sporting necessitava de um voto de confiança e que iria pedir para o agendamento de eleições num breve período logo após concluir as pré épocas, a recompra das VMOC e o empréstimo obrigacionista decididos anteriormente pelos sócios. Ou seja, dava um prazo em toda a situação, calava muito do ruído e candidatava-se contra quem aparece-se a votos. Não haveria portanto legitimidade para o afastar da forma como foi.

Qual é a parte que ainda não perceberam que NUNCA iriam deixar BdC ou CV candidatar-se?
Qual é a parte que ainda não perceberam que o Fivelas não se lançou a uma candidatura a eleições que não existiam na época por acaso nem foi um lapsus linguae...?

Isso são analises tuas. Eu por acaso acho que BDC meteu-se mesmo a jeito para o que aconteceu. O pior da situação  nem foi Madrid ou Alcochete. O pior foi mesma a luta interna após esses dois factos. Essa luta é que retirou apoio a BDC. Na minha opinião, BDC tinha capacidade para dar a volta à situação se tivesse ele próprio, sugerido publicamente marcação de eleições antecipadas. Resguardava-se dos acontecimentos seguintes pós Alcochete. Madrid era facilmente ultrapassado por uma cultura de exigência própria e que se os jogadores que não tem essa exigência podem sair. Vendia dois ou três e a situação ficava controlada. Alcochete é um acto criminoso e a ele nem ao Sporting podem colar nada, a não ser ter nas suas fileiras adeptos como em todos os clubes, radicais que estão no futebol a mais. Mas BDC geriu mal toda a situação e foi dando pólvora a quem o queria destruir. Provavelmente hoje estaríamos na champions, Varandas seria o único candidato contra Bruno de Carvalho e perderia. Bruno era novamente eleito, provavelmente com uma menor percentagem de votos mas com o caminho livre para reflectir até onde os Sportinguistas lhe davam cordas para se sustentar. Passaria apenas por um abre olhos. Esta parte é futurologia minha.
Mesmo que tivesse acontecido isso que sugeres não acredito que BdC tivesse resisido até hoje @bagoias
Uma sugestão mais prática. Quando eu estou descontente com alguma coisa que envolva maioria de votos, voto contra ou apresento alternativas. Um conselho que dou é apresentar uma candidatura ao Vosso gosto nas próximas eleições. O nível de votantes em Varandas foi bastante baixo e muito perto do segundo candidato. Um candidato à Vossa medida tem reais hipóteses de ganhar. Basta para isso juntarem-se e trabalhar num projecto alternativo apresentando-o em eleições. Se a contestação no fórum for sinonimo da vontade dos sócios, ganham por goleada.

Isso é bonito. Quando deixam.
Da última vez parece que pelo menos dois potenciais candidatos foram impedidos de o ser. Não foi só um. Não foi só o demónio. O outro também foi impedido. O tal que até era "aceitável".
O Alzheimer é f*****.

 :lol:

Concordo contigo que foi um grande erro não ter feito umas eleições com Vieira e Carvalho. Na altura disse-o. As Urnas iriam falar a opinião dos sócios e livrávamos de mitos ou golpadas. Deixar em banho Maria a situação fracturou ainda mais o clube. O afastamento destes dois candidatos permitem os famosos sounbytes de ambas as fracções. Tudo seria muito mais claro se fossem os sócios a decidir nas urnas. Os sócios votavam sem restrições e a maioria vencia e governava.

Outro erro que aponto foi a famosa barricada de BDC e restantes membros que se aguentaram até ao final. BDC estava no seu direito de se manter na presidência mas faltou-lhe a sagacidade para tirar da situação apoio popular. Estava uma contestação visível, os restantes órgãos demissionários e o cenário estava negro. BDC podia reconhecer isso, evitando a culpabilização, sugerido publicamente que a governação do Sporting necessitava de um voto de confiança e que iria pedir para o agendamento de eleições num breve período logo após concluir as pré épocas, a recompra das VMOC e o empréstimo obrigacionista decididos anteriormente pelos sócios. Ou seja, dava um prazo em toda a situação, calava muito do ruído e candidatava-se contra quem aparece-se a votos. Não haveria portanto legitimidade para o afastar da forma como foi.

Folgo que acredites que seria isso que se iria passar, caso se demitisse.
Se ele se demitisse, pensas que não lhe colocariam um qualquer processo para o suspender?
Desde que o JMS pediu a demissão dele, eu vi que o golpe estava montado. Só quem não conhecer como se movimentam certos grupos de interesse nesse país é que poderia ficar surpreso.
Ah e convém lembrar os "gurus dos estatutos" aqui do Fórum que foi JMS quem os quebrou (exactamente ao pedir a demissão do CD) e nessa altura ninguém se incomodou.
Tal como o facto de estar um país inteiro (incluindo Presidente da República, Presidente da Assembleia e Primeiro Ministro) literalmente a linchar o homem diariamente. Até gostaram e se pudessem iam lá com um pau para dar umas porradas também.
Eu viajei muito, vi e conheci muitas coisas (más e boas), mas uma cena destas nunca tinha visto. E logo no meu país. Do mal o menos, já não vivo aí vai fazer 7 anos.
Tenho vergonha do meu país. Sabia que era podre, não sabia era que havia tanta gente a gostar. É medieval, no mínimo.

Tu dizes que na altura avisaste. Eu penso que muita gente avisou, eu incluído.
Fizeram algo tão mau que não existe volta atrás. O Sporting como era antes morreu. Não tenhas dúvida disso.
E a culpa foi dos sportinguistas.


Citação de: Alguém, algures no breu.
Nunca tivemos um @Presidente com a experiência e know-how deste no futebol. Nunca. Isto é factual, por muito que me custe.
Uma sugestão mais prática. Quando eu estou descontente com alguma coisa que envolva maioria de votos, voto contra ou apresento alternativas. Um conselho que dou é apresentar uma candidatura ao Vosso gosto nas próximas eleições. O nível de votantes em Varandas foi bastante baixo e muito perto do segundo candidato. Um candidato à Vossa medida tem reais hipóteses de ganhar. Basta para isso juntarem-se e trabalhar num projecto alternativo apresentando-o em eleições. Se a contestação no fórum for sinonimo da vontade dos sócios, ganham por goleada.

Isso é bonito. Quando deixam.
Da última vez parece que pelo menos dois potenciais candidatos foram impedidos de o ser. Não foi só um. Não foi só o demónio. O outro também foi impedido. O tal que até era "aceitável".
O Alzheimer é f*****.

 :lol:

Concordo contigo que foi um grande erro não ter feito umas eleições com Vieira e Carvalho. Na altura disse-o. As Urnas iriam falar a opinião dos sócios e livrávamos de mitos ou golpadas. Deixar em banho Maria a situação fracturou ainda mais o clube. O afastamento destes dois candidatos permitem os famosos sounbytes de ambas as fracções. Tudo seria muito mais claro se fossem os sócios a decidir nas urnas. Os sócios votavam sem restrições e a maioria vencia e governava.

Outro erro que aponto foi a famosa barricada de BDC e restantes membros que se aguentaram até ao final. BDC estava no seu direito de se manter na presidência mas faltou-lhe a sagacidade para tirar da situação apoio popular. Estava uma contestação visível, os restantes órgãos demissionários e o cenário estava negro. BDC podia reconhecer isso, evitando a culpabilização, sugerido publicamente que a governação do Sporting necessitava de um voto de confiança e que iria pedir para o agendamento de eleições num breve período logo após concluir as pré épocas, a recompra das VMOC e o empréstimo obrigacionista decididos anteriormente pelos sócios. Ou seja, dava um prazo em toda a situação, calava muito do ruído e candidatava-se contra quem aparece-se a votos. Não haveria portanto legitimidade para o afastar da forma como foi.

Qual é a parte que ainda não perceberam que NUNCA iriam deixar BdC ou CV candidatar-se?
Qual é a parte que ainda não perceberam que o Fivelas não se lançou a uma candidatura a eleições que não existiam na época por acaso nem foi um lapsus linguae...?

Isso são analises tuas. Eu por acaso acho que BDC meteu-se mesmo a jeito para o que aconteceu. O pior da situação  nem foi Madrid ou Alcochete. O pior foi mesma a luta interna após esses dois factos. Essa luta é que retirou apoio a BDC. Na minha opinião, BDC tinha capacidade para dar a volta à situação se tivesse ele próprio, sugerido publicamente marcação de eleições antecipadas. Resguardava-se dos acontecimentos seguintes pós Alcochete. Madrid era facilmente ultrapassado por uma cultura de exigência própria e que se os jogadores que não tem essa exigência podem sair. Vendia dois ou três e a situação ficava controlada. Alcochete é um acto criminoso e a ele nem ao Sporting podem colar nada, a não ser ter nas suas fileiras adeptos como em todos os clubes, radicais que estão no futebol a mais. Mas BDC geriu mal toda a situação e foi dando pólvora a quem o queria destruir. Provavelmente hoje estaríamos na champions, Varandas seria o único candidato contra Bruno de Carvalho e perderia. Bruno era novamente eleito, provavelmente com uma menor percentagem de votos mas com o caminho livre para reflectir até onde os Sportinguistas lhe davam cordas para se sustentar. Passaria apenas por um abre olhos. Esta parte é futurologia minha.
concordo, tinha sim sr. maneira de dar a volta! Ceder aos interesses. Vendia o patricio ninguém rescindia DONE ;)
Uma sugestão mais prática. Quando eu estou descontente com alguma coisa que envolva maioria de votos, voto contra ou apresento alternativas. Um conselho que dou é apresentar uma candidatura ao Vosso gosto nas próximas eleições. O nível de votantes em Varandas foi bastante baixo e muito perto do segundo candidato. Um candidato à Vossa medida tem reais hipóteses de ganhar. Basta para isso juntarem-se e trabalhar num projecto alternativo apresentando-o em eleições. Se a contestação no fórum for sinonimo da vontade dos sócios, ganham por goleada.

Isso é bonito. Quando deixam.
Da última vez parece que pelo menos dois potenciais candidatos foram impedidos de o ser. Não foi só um. Não foi só o demónio. O outro também foi impedido. O tal que até era "aceitável".
O Alzheimer é f*****.

 :lol:

Concordo contigo que foi um grande erro não ter feito umas eleições com Vieira e Carvalho. Na altura disse-o. As Urnas iriam falar a opinião dos sócios e livrávamos de mitos ou golpadas. Deixar em banho Maria a situação fracturou ainda mais o clube. O afastamento destes dois candidatos permitem os famosos sounbytes de ambas as fracções. Tudo seria muito mais claro se fossem os sócios a decidir nas urnas. Os sócios votavam sem restrições e a maioria vencia e governava.

Outro erro que aponto foi a famosa barricada de BDC e restantes membros que se aguentaram até ao final. BDC estava no seu direito de se manter na presidência mas faltou-lhe a sagacidade para tirar da situação apoio popular. Estava uma contestação visível, os restantes órgãos demissionários e o cenário estava negro. BDC podia reconhecer isso, evitando a culpabilização, sugerido publicamente que a governação do Sporting necessitava de um voto de confiança e que iria pedir para o agendamento de eleições num breve período logo após concluir as pré épocas, a recompra das VMOC e o empréstimo obrigacionista decididos anteriormente pelos sócios. Ou seja, dava um prazo em toda a situação, calava muito do ruído e candidatava-se contra quem aparece-se a votos. Não haveria portanto legitimidade para o afastar da forma como foi.

Folgo que acredites que seria isso que se iria passar, caso se demitisse.
Se ele se demitisse, pensas que não lhe colocariam um qualquer processo para o suspender?
Desde que o JMS pediu a demissão dele, eu vi que o golpe estava montado. Só quem não conhecer como se movimentam certos grupos de interesse nesse país é que poderia ficar surpreso.
Ah e convém lembrar os "gurus dos estatutos" aqui do Fórum que foi JMS quem os quebrou (exactamente ao pedir a demissão do CD) e nessa altura ninguém se incomodou.
Tal como o facto de estar um país inteiro (incluindo Presidente da República, Presidente da Assembleia e Primeiro Ministro) literalmente a linchar o homem diariamente. Até gostaram e se pudessem iam lá com um pau para dar umas porradas também.
Eu viajei muito, vi e conheci muitas coisas (más e boas), mas uma cena destas nunca tinha visto. E logo no meu país. Do mal o menos, já não vivo aí vai fazer 7 anos.
Tenho vergonha do meu país. Sabia que era podre, não sabia era que havia tanta gente a gostar. É medieval, no mínimo.

Tu dizes que na altura avisaste. Eu penso que muita gente avisou, eu incluído.
Fizeram algo tão mau que não existe volta atrás. O Sporting como era antes morreu. Não tenhas dúvida disso.
E a culpa foi dos sportinguistas.

Acrescento algo que as pessoas se esquecem.. O próprio BdC disse que se demitisse após o ataque que o iam impedir de se recandidatar... Recuperem essas palavras e as explicações. O golpe estava montado e não fosse a Academia era outra coisa, os Sportinguistas deveriam estar preparados para isto. O Clube nunca mais poderá ser Grande e vencedor se não se libertar dos interesses e da podridão que existe em Portugal. Para mim enquanto sócio não aceito que existamos por existir... Isso não é ser diferente.. É ser manso, ter um falso sentido de superiodade moral.. É apenas um refúgio e uma ilusão.

Ser diferente como deveríamos ser neste lodaçal era sim não aceitarmos a corrupção e não entrar nos esquemas dos outros mas ir à luta.. Sempre! E ter a dignidade de poder dizer que se deu tudo para ganhar sem ter de pedir licença a ninguém!

E sim aí a questão do ganhar ou perder já não seria algo de vida ou de morte.. Agora dizer-se isso e ser conivente com tudo o que têm feito ao Clube interna e externamente a bem de um clima de paz podre não contem comigo!

E apesar de tudo, da burrice dos 71%, sofro com este Clube e se um dia tivermos que refundar para ter uma hipótese de ser feliz que assim seja. Nestas condições é que jamais vamos a lado nenhum... Estamos ligados às máquinas enquanto muitos que se estão completamente a cagar para o Sporting vão mamando à sua custa.. E à nossa custa! Acordem!
Uma sugestão mais prática. Quando eu estou descontente com alguma coisa que envolva maioria de votos, voto contra ou apresento alternativas. Um conselho que dou é apresentar uma candidatura ao Vosso gosto nas próximas eleições. O nível de votantes em Varandas foi bastante baixo e muito perto do segundo candidato. Um candidato à Vossa medida tem reais hipóteses de ganhar. Basta para isso juntarem-se e trabalhar num projecto alternativo apresentando-o em eleições. Se a contestação no fórum for sinonimo da vontade dos sócios, ganham por goleada.

Isso é bonito. Quando deixam.
Da última vez parece que pelo menos dois potenciais candidatos foram impedidos de o ser. Não foi só um. Não foi só o demónio. O outro também foi impedido. O tal que até era "aceitável".
O Alzheimer é f*****.

 :lol:

Concordo contigo que foi um grande erro não ter feito umas eleições com Vieira e Carvalho. Na altura disse-o. As Urnas iriam falar a opinião dos sócios e livrávamos de mitos ou golpadas. Deixar em banho Maria a situação fracturou ainda mais o clube. O afastamento destes dois candidatos permitem os famosos sounbytes de ambas as fracções. Tudo seria muito mais claro se fossem os sócios a decidir nas urnas. Os sócios votavam sem restrições e a maioria vencia e governava.

Outro erro que aponto foi a famosa barricada de BDC e restantes membros que se aguentaram até ao final. BDC estava no seu direito de se manter na presidência mas faltou-lhe a sagacidade para tirar da situação apoio popular. Estava uma contestação visível, os restantes órgãos demissionários e o cenário estava negro. BDC podia reconhecer isso, evitando a culpabilização, sugerido publicamente que a governação do Sporting necessitava de um voto de confiança e que iria pedir para o agendamento de eleições num breve período logo após concluir as pré épocas, a recompra das VMOC e o empréstimo obrigacionista decididos anteriormente pelos sócios. Ou seja, dava um prazo em toda a situação, calava muito do ruído e candidatava-se contra quem aparece-se a votos. Não haveria portanto legitimidade para o afastar da forma como foi.

Qual é a parte que ainda não perceberam que NUNCA iriam deixar BdC ou CV candidatar-se?
Qual é a parte que ainda não perceberam que o Fivelas não se lançou a uma candidatura a eleições que não existiam na época por acaso nem foi um lapsus linguae...?

Isso são analises tuas. Eu por acaso acho que BDC meteu-se mesmo a jeito para o que aconteceu. O pior da situação  nem foi Madrid ou Alcochete. O pior foi mesma a luta interna após esses dois factos. Essa luta é que retirou apoio a BDC. Na minha opinião, BDC tinha capacidade para dar a volta à situação se tivesse ele próprio, sugerido publicamente marcação de eleições antecipadas. Resguardava-se dos acontecimentos seguintes pós Alcochete. Madrid era facilmente ultrapassado por uma cultura de exigência própria e que se os jogadores que não tem essa exigência podem sair. Vendia dois ou três e a situação ficava controlada. Alcochete é um acto criminoso e a ele nem ao Sporting podem colar nada, a não ser ter nas suas fileiras adeptos como em todos os clubes, radicais que estão no futebol a mais. Mas BDC geriu mal toda a situação e foi dando pólvora a quem o queria destruir. Provavelmente hoje estaríamos na champions, Varandas seria o único candidato contra Bruno de Carvalho e perderia. Bruno era novamente eleito, provavelmente com uma menor percentagem de votos mas com o caminho livre para reflectir até onde os Sportinguistas lhe davam cordas para se sustentar. Passaria apenas por um abre olhos. Esta parte é futurologia minha.

Essas considerações são muito giras sobre o que ele podia ter feito.
Eu tb posso considerar que o BdC mesmo demitindo-se e convocando eleições, teria de lidar porventura com a demissão da MAG e do CFD e nada disso evitaria que aparecesse "o" Monteiro e a sua sanha para aplicar suspensões para as decidir em tempo record para não aceitar as candidaturas...

Poderia dar as voltas que quisesse... a intentona estava montada, a máquina em movimento que não podia ser parada...
#UNIDOSCOMO1CACHO
Não acredito que seja uma opção viável ou sequer realista a curto prazo.

A minha aposta é que dar-se-á uma cisão, seja de que forma for, se, ou quando, a maioria da SAD for vendida. Nessa altura admito que se gerará a onda com força suficiente para uma cisão.

Até lá é mera especulação e é irreal.
Campo Grande paga a traidores.
- Os sportinguistas votaram massivamente pela destituição da anterior Direcção.
- Os sportinguistas participaram massivamente na eleições marcadas por jaime marta soares, só com listas de projectos anti-BdC e deram a maioria a Varandas.
- Os sportinguistas votaram na sua maioria pela manutenção das suspensões e expulsões aos membros da anterior Direcção.

Depois o Bruno de Carvalho é que se pôs a jeito???? Porquê? Por pedir exigência e títulos aos técnicos e "meninos mimados" pagos princepescamente, por ter colocado o Sporting de novo a lutar pelos campeonatos até ao fim, por ter feito o melhor contrato de direitos televisivos, por ter efectuado as melhores vendas de sempre, por ter recuperado o clube financeiramente e sempre com lucro nos exercícios financeiros, por ter quase duplicado as modalidades, por ter voltado aos títulos europeus, por ter voltado a vencer na formação em futebol, pela Sporting TV, por ter vencido em todas as modalidades na última época menos no futebol sénior masculino, quando o rival do lado não venceu em nenhuma, é por isto que se pôs a jeito????

sportinguistas, assumam de uma vez por todas a m**** que fizeram, e, ao fazem como a avestruz e metem a cabeça na areia, ou façam-se à vida e resolvam a m**** que fizeram... Eu é que não vou mexer uma palha, porque votei contra a destituição, não participei na palhaçada que foram as eleições, votei pelo levantamento das suspensões e já estou cansado, porque já ando desde 2008 a combater o projecto Roquette, os croquettes, o pseudo-elitismo, o corno mansismo miserabilista e submisso dos sportinguistas, de exigência abaixo de zero.

Estou farto!
OU resolvem a m**** que fizeram, ou então é deixar arder para rebentar com tudo, para depois refundar já sem os abutres e parasitas.
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
- "Pior do que perder é não dar tudo para vencer"
Era disto que eu falava.

Não me importa de começar na regional

Simplesmente quero estar separado de idiotas e croquetes sff
RUA VARANDAS