Frederico Varandas - Presidente do Sporting Clube de Portugal

Ninja_Verde, NeganDeAlvalade (+ 2 Escondidos) e 20 Visitantes estão a ver este tópico.

Estava a ver o canal Sporting...e ia começar o pré jogo...e lá estava manel fernandes e fernandes mendes...desculpem mas não dá para ver mais o canal Sporting.

tenho que repensar bem as minhas quotas e da minha familia
Na minha modesta opinião a direção não está certa que consiga vencer os casos em tribunal, daí andar a ver se consegue chegar a acordo com os atuais clubes dos jogadores que rescindiram. Convenhamos que mesmo que o SCP ganhe os casos em tribunal (eu acredito) muito dificilmente somos compensados pelos valores das clausulas mas sim pelo valor do jogador no mercado de 2018, este valor deve ser dificil de apurar de forma justa, por isso acredito em valores bem abaixo das clausulas de rescisão. Por outro lado, os julgamentos vão demorar imenso tempo e depois ainda há a possibilidade dos jogadores/clubes recorrerem das decisões... ou seja, só daqui a uns bons anos poderemos ver a cor do dinheiro!
Ora, nesta fase tumultuosa das nossas finanças, percebo perfeitamente que a direção queira chegar a um acordo com os clubes para encaixar valores que nos coloquem a cabeça mais fora de água, agora estes acordos não podem ser por tuta e meia, quando falo em acordos estes têm de ser justos, o SCP tem de ser devidamente compensado pelos prejuizos que estes bandidos nos causaram. Posto isto, 20M por Gelson não acho que seja o valor justo, para mim 30M seria o valor mais adequado.

Vamos ser pragmáticos, queremos chegar a acordo porque somos um clube de mansos e não gostamos disto de processos e de lutar pelo que quer que seja. O Sporting serve como uma agremiação para jogar ao chinquilho e às cartas. Importante é existir, ver uns coxos a dar pontapés na bola ao fim de semana, não chatear muito nas notícias e está bom. Os outros que ganhem em toda a linha, nós servimos para ser o bombo da festa.
Eu neste caso em específico não estou de acordo com essa ideia. Para mim o que está em causa é uma tentativa de desafogar financeiramente o clube numa fase (ao que dizem) complicada. Estou de acordo, noutros casos, que somos um clube de mansos e que temos a mania de nos querer-mos dar bem com tudo e com todos mesmo que isso nos prejudique.

É só isto ...

Como diz o outro “Parei de ler aqui”
O que está em causa é o Sporting, quero lá saber se é o Varandas, o Manuel ou o Zé o presidente. É o Sporting. Que está numa situação difícil, com dívidas a clubes e fornecedores, que tem um plantel e um orçamento para gerir, que precisa de toda e qualquer folga negocial e tudo que seja poder ter como garantido x ou y é sempre de ponderar.

No Verão venderia o Gelson por 30M. Porque fazendo o balanço entre prós(velocidade, capacidade de desequilíbrio, ginga) e contras(definição, remate, inteligência) acho que era um valor justo.

Mas muita m**** aconteceu, os m***** invadiram Alcochete e deram cabo do Sporting. Que agora vai levar anos a levantar-se.

Se realmente derem 20M, se forem limpos e sem comissões, eu aceitaria. E porquê? Porque imaginando aqui um cenário negro, o tribunal não nos dá razão, não só não vemos euro nenhum como temos de indemnizar o Gelson, que vai chupar o que puder chupar. E não se esqueçam que nós accionamos uma renovação para aumentar a cláusula, renovação essa que também aumentou o ordenado. Entre anos restantes, ordenado, prémios e indemnização por danos, no pior dos casos tínhamos de dar uns 10M ao gajo. O melhor dos cenários era o tribunal nos dar razão, e aí vejo muita gente a falar em 100M e afins esquecendo-se que essa probabilidade deve rondar os 1%. E porquê? Porque mesmo um tribunal dando-nos razão, será praticamente impossível que nos seja dado o valor da cláusula e não o valor do jogador. E que valor seria esse? 20? 30? 40?

Pesando tudo na balança, entre a diferença da vitória no caso, o prejuízo de perder, o valor garantido, a situação actual e a força que mais um acordo daria para a situação do Rafael Leão(aquela que é para levar até ao fim sem sequer duvidar), não vou criticar em nada a direcção se aceitar.

Mil vezes isso do que antecipar mais o contrato da NOS.

PS-Talvez por não ter o Gelson num patamar tão alto como muitos, tenha esta visão, admito.


Post pragmático, realista e sem pentilhices de azedume na apreciação, muito bem, subscrevo na íntegra...


A sua contabilidade mensal está em falta ...

84% de perda ???

A confiança dos mercados no rumo Varandas está na rua da amargura ...



O que quer que o "presidente" ilegítimo saiba não tem valor porque, entre ser um mentiroso e um Desleal ao Sporting (que precisou de fazer uma aliança tácita com o estado lampião para se fazer eleger numas eleições fantoche), não sobra nada que interesse do que ele saiba.

É para queimar por quem manda nele e para ser escorraçado do Sporting como um cão no Dia da Verdade.
Com Frederico varandas na presidência, nenhum caso dos jogadores que rescindiram vai ser julgado em tribunal, ou chegar a uma decisão transitada em julgado. Este senhor também não vai mexer uma palha para que o Benfica seja condenado por causa do caso e-toupeira, o caso dos emails, ou o caso "mala ciao" com o inigualável César Boaventura no papel de correio de risco. Não vai fazer nada, porque, em caso de sucesso, Bruno de Carvalho é oficialmente campeão nacional de futebol na época 2015-2016, enquanto presidente do Sporting clube de Portugal, e isso seria no mínimo irónico, pois destruiria a base da argumentação que fundamentou a assembleia geral de 23 de junho para a sua destituição.
« Última modificação: Março 15, 2019, 01:03 am por setaverde »
Meu amigo Sporting, nas boas e nas más horas, obrigado por me acompanhares ao longo da vida.
O melhor dos cenários era o tribunal nos dar razão, e aí vejo muita gente a falar em 100M e afins esquecendo-se que essa probabilidade deve rondar os 1%. E porquê? Porque mesmo um tribunal dando-nos razão, será praticamente impossível que nos seja dado o valor da cláusula e não o valor do jogador. E que valor seria esse? 20? 30? 40?

Vejo muita gente a não perceber o significado de cláusula de rescisão. Mas hei, se quisermos um jogador que só sai pela clausula, bora lá dizer a ele pa rescindir que depois ressarcimos num valor que o clube nunca o venderia. Makes sense.
Agora so falta oferecer o nosso capitão a um dos rivais para que sejas o melhor de todos os tempos!
Vamos vatangas tu consegues.
Como é possível alguém não entender o que é uma cláusula de rescisão.


Allo  :o

RESCISÃO

CLÁUSULA

Que desenho será necessário para que entendam.

Com Frederico varandas na presidência, nenhum caso dos jogadores que rescindiram vai ser julgado em tribunal, ou chegar a uma decisão transitada em julgado. Este senhor também não vai mexer uma palha para que o Benfica seja condenado por causa do caso e-toupeira, o caso dos emails, ou o caso "mala ciao" com o inigualável César Boaventura no papel de correio de risco. Não vai fazer nada, porque, em caso de sucesso, Bruno de Carvalho é oficialmente campeão nacional de futebol na época 2015-2016, enquanto presidente do Sporting clube de Portugal, e isso seria no mínimo irónico, pois destruiria a base da argumentação que fundamentou a assembleia geral de 23 de junho para a sua destituição.

É o que me mete mais nojo neste indivíduo! Nem é tanto por ser ele o Presidente que está a fazer isto, mas sim pelo fantoche que está a ser de quem realmente está no controlo de toda esta situação!!! Asco!
" Não era propriamente um tabu, mas há muito que os sportinguistas aguardavam por um esclarecimento cabal quanto ao número de sócios pagantes, até porque o desafio já tinha sido lançado, em diversos momentos, pelo ex-presidente, Bruno de Carvalho. Pois bem, em artigo publicado na edição desta semana do jornal ‘Sporting’, o administrador da SAD, Miguel Cal, revela que o clube tem, neste momento, "mais de 98 mil sócios [98,4] que não têm as quotas em dia", sendo que um total de 24 mil deixaram de cumprir há menos de um ano, portanto, no período de crise que coincidiu com o final da última época e o início desta, marcado pela realização de eleições, em setembro.

Ainda assim, de junho, data da destituição de Bruno de Carvalho, para a frente, a tendência foi ligeiramente contrariada. "O Sporting tinha em junho 78,9 mil sócios pagantes. Nesta temporada, a média foi de 80,5 mil. Mas o potencial de crescimento é enorme", defende Miguel Cal, responsável do pelouro estratégico e operacional da SAD, antes de recordar que "mais de 20 mil pagaram quotas ainda em 2018".

"Comissão de Gestão (?)"

O artigo de Miguel Cal, sob o título "A resiliência do Sporting começa nos sócios", destaca precisamente a capacidade de regeneração do clube e a fidelidade dos associados nos últimos nove conturbados meses. "Ultras invadem a Academia e agridem jogadores; presidente é destituído; Comissão de Gestão (?) e eleições", descreve em retrospetiva Miguel Cal, que recorre ironicamente ao ponto de interrogação para questionar o papel do órgão transitório, presidido por Artur Torres Pereira (clube) e Sousa Cintra (SAD). Na mesma análise telegráfica, o administrador alimenta a apreensão em redor das finanças. "Situação de tesouraria do clube é crítica e compromete fair play financeiro", constata. 

Curiosidades

Perfil. A maior fatia de sócios não pagantes tem mais de 5 anos de quotas em atraso (39,1 mil). Com dívidas entre um e três anos e entre três e cinco anos existem, respetivamente, 23,5 mil e 11,8 mil sócios. Com menos de um ano de quotas por pagar são 24 mil associados.

Dois anos. Leões prometem aumentar vantagens dos sócios nos primeiros dois anos, considerados críticos.
plano. A direçãovai "premiar a antiguidade" com maior frequência, dar "acesso exclusivo ao que nunca foi visto" e "melhorar a rede de parceiros".

Num minuto. Entre quem adere ao ‘Sócio Num Minuto’, há 23% que paga apenas a primeira quota. "São três mil sócios por ano", revela Miguel Cal.

Mil. Todos os distritos de Portugal "exceto Bragança" têm mais de mil sócios do Sporting, mas Lisboa e Setúbal "representam mais de metade".

No feminino. Apenas 1/4 dos sócios são mulheres. O Sporting considera que a "percentagem é muito baixa".
crianças. Os sócios entre os 0 e os 10 anos são metade dos sócios nos intervalos dos 10 aos 20 e dos 20 aos 30 anos. Estão anunciadas "iniciativas familiares" e uma "Gamebox modalidades criança".

Renumerar. 2020 será ano de renumeração "passando a inativos os sócios com mais de 18 quotas em atraso", garante Miguel Cal. Os associados "perderão o seu número para o próximo ciclo de cinco anos".

RECORD
Citação de: desconfiado em Hoje às 22:55
"O jogo de hoje mostra claramente o porquê de o sporting não ganhar um campeonato há 16 anos e ter estado outros 18 sem o ganhar. Jogo completamente encomendado. Bastou o sporting ter 1 hipótese em 100 de roubar a champions ao foculporto que logo a "fruta" entrou em acção. Expulsão completamente exagerada e propositada. Mas atenção a culpa não é só do "sistema".Também é nossa. Somos um clube "sem tomates". Um clube de "varandetes". Qualquer "pressãozita" ou qualquer "roubo" que nos façam que abrimos logo as p**** das pernas e o foculporto.Hoje fomos completamente sodomizados em Alvalade e nós deixamos porque não temos espinha.É por isto que nunca seremos campeões."
Tanto choro... pois é  ::)
Não deixa de ser irónico que o chavão muitas vezes utilizado por quem votou a destituição "o Sporting acima de qualquer um" se tenha evaporado nesta questão do roubo do título de 15/16...

Para defender este asno, que por acaso é presidente do Sporting, para alimentar narrativas favoráveis,  deixam de defender o clube numa questão que não devia merecer qualquer hesitação.  O Sporting, o tal que está acima de qualquer um, foi expoliado de forma nojenta, vergonhosa de algo que é seu com todo o mérito e direito.

Isto diz bem do tipo de sportinguismo que representam, uns m*****, gente que devia ser posta numa sanita seguido de adequado puxar de autoclismo.

Não existem meias palavras, o vosso silêncio é representativo do que não valem,  partilhar clube com excrementos assim é a maior desilusão que o meu sportinguismo teve e terá.

Viva o Sporting, viva aqueles que lhe são realmente leais. Independentemente de quem o governe.

Enviado do telele

« Última modificação: Março 15, 2019, 09:43 am por Zambrot »
"Ele não é estúpido" Mãe de Fgedegico Vagandas


Sporting "muito atento" ao caso Lionn Leões falam em "importante caso para a Verdade Desportiva"

Atentos só se for para ajudarem o dono (LFV)...
" Não era propriamente um tabu, mas há muito que os sportinguistas aguardavam por um esclarecimento cabal quanto ao número de sócios pagantes, até porque o desafio já tinha sido lançado, em diversos momentos, pelo ex-presidente, Bruno de Carvalho. Pois bem, em artigo publicado na edição desta semana do jornal ‘Sporting’, o administrador da SAD, Miguel Cal, revela que o clube tem, neste momento, "mais de 98 mil sócios [98,4] que não têm as quotas em dia", sendo que um total de 24 mil deixaram de cumprir há menos de um ano, portanto, no período de crise que coincidiu com o final da última época e o início desta, marcado pela realização de eleições, em setembro.

Ainda assim, de junho, data da destituição de Bruno de Carvalho, para a frente, a tendência foi ligeiramente contrariada. "O Sporting tinha em junho 78,9 mil sócios pagantes. Nesta temporada, a média foi de 80,5 mil. Mas o potencial de crescimento é enorme", defende Miguel Cal, responsável do pelouro estratégico e operacional da SAD, antes de recordar que "mais de 20 mil pagaram quotas ainda em 2018".

"Comissão de Gestão (?)"

O artigo de Miguel Cal, sob o título "A resiliência do Sporting começa nos sócios", destaca precisamente a capacidade de regeneração do clube e a fidelidade dos associados nos últimos nove conturbados meses. "Ultras invadem a Academia e agridem jogadores; presidente é destituído; Comissão de Gestão (?) e eleições", descreve em retrospetiva Miguel Cal, que recorre ironicamente ao ponto de interrogação para questionar o papel do órgão transitório, presidido por Artur Torres Pereira (clube) e Sousa Cintra (SAD). Na mesma análise telegráfica, o administrador alimenta a apreensão em redor das finanças. "Situação de tesouraria do clube é crítica e compromete fair play financeiro", constata.

Curiosidades

Perfil. A maior fatia de sócios não pagantes tem mais de 5 anos de quotas em atraso (39,1 mil). Com dívidas entre um e três anos e entre três e cinco anos existem, respetivamente, 23,5 mil e 11,8 mil sócios. Com menos de um ano de quotas por pagar são 24 mil associados.

Dois anos. Leões prometem aumentar vantagens dos sócios nos primeiros dois anos, considerados críticos.
plano. A direçãovai "premiar a antiguidade" com maior frequência, dar "acesso exclusivo ao que nunca foi visto" e "melhorar a rede de parceiros".

Num minuto. Entre quem adere ao ‘Sócio Num Minuto’, há 23% que paga apenas a primeira quota. "São três mil sócios por ano", revela Miguel Cal.

Mil. Todos os distritos de Portugal "exceto Bragança" têm mais de mil sócios do Sporting, mas Lisboa e Setúbal "representam mais de metade".

No feminino. Apenas 1/4 dos sócios são mulheres. O Sporting considera que a "percentagem é muito baixa".
crianças. Os sócios entre os 0 e os 10 anos são metade dos sócios nos intervalos dos 10 aos 20 e dos 20 aos 30 anos. Estão anunciadas "iniciativas familiares" e uma "Gamebox modalidades criança".

Renumerar. 2020 será ano de renumeração "passando a inativos os sócios com mais de 18 quotas em atraso", garante Miguel Cal. Os associados "perderão o seu número para o próximo ciclo de cinco anos".

RECORD

Duvido muito da veracidade destes números, a aldrabice começa na média de sócios pagantes nesta temporada. Se tem acesso aos números sabe exactamente quantos sócios pagantes temos actualmente. O que é grave? Quase 25 mil pessoas deixaram de se rever neste Sporting e isto é tratado como algo "normal", tal como Alvalade só ter 15 mil a 20 mil espectadores nos últimos jogos. Quotizações e bilheteira vão continuar a cair precisamente por causa das mentiras e da incompetência desta gente que não tem o mínimo de respeito pelo Sporting.
Não é 100 milhões ou nada, o Sporting já teve rondas de negociações com o Atlético, na altura não se chega a acordo porque eles não cedem nem um bocado.... agora já querem negociar porque o Gelson está a mostrar a sua qualidade no Mónaco.

Após a primeira quebra nas negociações com este CD só  se volta à mesa para discutir valores a sério. 20 milhões é uma brincadeira, que para efeito legal o valor atribuído é o da altura do acto. Querem dar 50/40 milhões, falamos, com uma base negocial de 20....tribunal.

 Até 20M€. O que é bem pior.

 Eu por 20M€ limpos fazia o negócio e fechava já o dossier. É um valor menos mau.

É preferível não ganhar dinheiro nenhum e levar este caso até às últimas instâncias do que dizer aos actuais e futuros jogadores do Sporting que podem (e vão) sair quando lhes der na real gana. A mensagem interna que isto passa é brutal, e a acontecer vai provocar (ainda maior) debandada em massa do verdadeiro património do Sporting, que são os sócios e adeptos. Gelsons há muitos, já pessoas com amor ao clube não há. E não venham com a conversa de que "quem ama realmente o Sporting não se vai embora nunca", toda a gente tem um limite para a quantidade de patadas que se leva, e este clube insiste em tratar muito mal os seus sócios e adeptos.

Não só isso. O nosso poder negocial pelo gelson é muito superior a todos os outros casos. Gelson renovou depois do ataque à academia. Recebeu dinheiro por isso.
E ainda outra coisa, temos medo do quê? Quem tem de ter o cu a abanar é o atlético e o próprio jogador. Não é só valores monetários, o castigo de perderem este caso involve suspensão de competições. Eles é que deviam estar borradinhos.

O problema desta direção é que tem o rabo todo entalado neste processo porque estiveram directamente envolvidos na figura do presidente. E depois há a relação Jorge Mendes-Atletico.

 :arrow:

Por 20Mendilhões, podem ir apanhar onde o sol não brilha. Podemos esperar anos até haver uma decisão do tribunal? Espere-se. Até lá temos o Atlético com este "problema", porque claramente já se percebeu que os espanhóis estão com isto atravessado: jogador que não pegou/flop + investimento pendurado (e quem já leu o livro "Football Leaks" sabe que o Atlético, graças ás suas negociatas com fundos, está entalado e desesperado para fazer dinheiro.)
A capacidade de mobilização desta direcção está bem à vista.

Depois das mentiras descaradas sobre as receitas em merchandising, eis que, pasmem-se, perdemos 25 mil sócios pagantes nos últimos 12 meses. Coisa pouca. Acredito mesmo que os sócios também tenham "rescindido" com o clube porque os ultras lhes entraram em casa e lhes enfiaram uma fivela na cabeça...

O trabalho desta direcção, arrisco-me a dizer, estará lado a lado com o do mandato de GL. Mais nojo do que o Varandas tenho nos *** que o meteram lá dentro. Os palermas avençados que polulam neste fórum a defender este monte de m*rda são exemplo maior do que é este clube. Depois do golpe palaciano e a eleição deste atrasado, fiz uma promessa a mim mesmo e fui capaz de cumprir: Nem mais 1 euro no clube. Nem mais uma presença em Alvalade.

Têm o SCP que merecem.
#NasciLeaoNaoLampiao
Mas, mas...não havia sócios, era tudo inventado pelo Maluco...

https://desporto.sapo.pt/futebol/primeira-liga/artigos/ha-98-mil-socios-do-sporting-com-quotas-em-atraso

Cada tiro, cada melro! Enfim...
E o Sporting é o nosso Grande Amor!!! Mas não o do Varandas!!!