Como reagir nas bancadas?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Mauras: Não discordo do que dizes, no entanto penso que tal está desfasado da realidade existente por este tipo de empresas específicas como é o futebol. O futebol não é futuro para ninguém a nivel dirigente. Penso que ninguém pensa que um lugar no Sporting terá um futuro maior do que 4 a 5 anos. Normalmente dedicar-se ao sporting a 100% implica cortar-se com o trabalho que se tem actualmente. Quem se pode dar a esses luxos? Advogados ou Patrões, como é o caso das pessoas que representam o Sporting. Ou são pessoas já de vida feita, ou com profissões flexíveis. Aquilo que tu defendes é que venha o zé povinho, trabalhar ao desbarato no Sporting. A competencia tem um preço(não tenho em posse o material para saber se são ou não competentes) e portanto às vezes tem de se  pagar. Penso que esses quadros médios devem-se referir a profissionais da área do marketing, estadio, etc etc.
Não defendo ordenados principescos mas que ordenados se praticam noutras empresas? É preciso especificar de que pessoas e posições estamos a falar.

Eu não tenho essa informação, mas alguém do Conselho Directivo do Sporting recebe? Na Sad é justo serem remunerados.
Estás enganado schlag. O mais giro é que quem comeu à grande no Sporting estes últimos dois anos não foi:

- Nem os Roquettes, Dias da Cunha e outros que, mal ou bem, estão lá por amor à causa (podem é não saber fazer melhor)

- Nem os coitados dos funcionários de secretaria.

O segredo está no meio da sandwiche. Aí sim existiu e existe quem comeu e come à grande, apesar da situação do clube. Uns sportinguistas, outros nem tanto e uns terceiros sportinguistas de pacotilha, daqueles que dizem que os sócios são uns animais que não são para ser tidos em conta (mais uma vez não estou a falar do DC claro).

Mais não digo, não posso nem vale a pena. Qd chegar as eleições se Deus quiser terei uma opção para votar, é só isso que peço que estou farto de chulos finos.
A resposta que dás, já eu sabia. Alguém pensou que o dias da cunha precisaria do dinheiro do Sporting? Eu pelo menos nunca.

Quero é que sejas mais explícito. Essa sandwich é o que? É pessoas que comandam a Sporting Comércio e Serviços? Empresa do Estádio?
Porque se é a folha salarial, são pessoas que estão a servir o sporting durante 12 meses, retiro daí empresários.
não serei mais específico. O que sei guardo comigo, é-me útil para formar as minhas opiniões e decidir para onde vão os meus 20 votos.

Há muito aprendi que o que revelo ou não no fórum não tem absolutamente utilidade nenhuma, pois aqui estamos todos demasiado agarrados às nossas opiniões para sequer pensar bem pq as temos.

Limita-te a ver o que vai acontecendo no Sporting e vais vendo que o que alguns foram dizendo afinal não era assim tão errado.

Se há dois anos te dissessem aqui que JEB e MRT um dia bateriam com a porta desta forma cais da cadeira tu e mais uns quantos.

Mais duas semanitas e o MRT já é o demónio na terra. É tudo uma questão de tempo... e de facciosismo.
A minha posiçao nesta demissão é neutra. Não sei as razões da demissão.
Se tu as sabes, obviamente estas em vantangem. Não me coloco do lado de nenhum.
JEB e MRT são duas pessoas que por acaso sempre pensei que fossem sair sem duvida alguma. O 1º porque claramente o Sporting era pequeno para a sua competencia e tem mais do que fazer do que andar a enxovalhar-se nestas andanças do mundo da bola. Quanto ao MRT esperemos.