Corrupção, Apostas ilegais, e o Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.



O Benfica foi apanhado no esquema de apostas ilegais!

Não há outra forma de colocar o assunto.

Curiosamente, a generalidade da CS está a tentar "abafar" este assunto, no mínimo escaldante.


A Federbet, entidade que investiga o sub-mundo das apostas ilegais, apresentou hoje uma lista ao parlamento Europeu, onde está referenciado o jogo Benfica 4-0 Penafiel, como um dos jogos sob forte suspeita de estar envolvido no esquema.

O motivo é simples: verificou-se um movimento anormalmente grande de apostas num só handicap - que definia uma vitória por 4 golos. O mesmo tipo de movimento que se tem verificado quando os jogos estão manipulados.

Este caso acontece na sequência de uma série de operações muito suspeitas, entre Luis Filipe Orelhas e Peter Lim, um dos maiores mafiosos das apostas ilegais de Singapura, que envolvem a compra, por parte deste último de jogadores da formação vermelha, sem qualquer experiência de 1ª Liga, à razão de... pasme-se... 15M€ a peça.


Peter Lim, Magnata das apostas ilegais

Um cenário destes já fazia muitos suspeitar do que se estaria a passar.
Agora, juntando 2+2, a suspeição é legítima e evidente.

  • A LUSA, que foi quem obteve a notícia, apressou-se a dirigir perguntas ao responsável da Federbet intoleravelmente orientadas para estabelecer uma base de desculpabilização dos lampiões, como por exemplo a pergunta de se o Benfica pode ter sido vítima neste caso;
  • Uma parte considerável da CS, nomeadamente as TV's em prime-time ignoraram ou tentam abafar olimpicamente o assunto - não surpreende, uma vez que é conhecido o seu alinhamento lampião. As evidências cruzadas (Peter Lim) seriam "um doce", para o jornalismo sério. Aqui, tentam construir a vitimização de quem facturou 4, sem investigação, sem qualquer base: o objectivo é orientadamante tentar desconstruir o assunto e "ilibar" os seus donos.
  • A Liga, como era de esperar... disparou sobre o mensageiro: vai meter um processo "à notícia"! Se Luis Duque não fosse estruturalmente patético e conivente com os interesses ínvios que envolvem o futebol, teria agora ganho o atestado!
    Pior: o relatório deixa claro, com evidências, que a II Liga portuguesa é o lugar onde mais tem crescido o fenómeno da viciação de resultados a favor das apostas ilegais. Esta conclusão é corroborada pelas declarações dos investigadores, que classificam esta competição como uma competição "doente".
    Perante este acumular de evidências e declarações, qualquer dirigente sério, no mínimo, levantava um inquérito às competições e exigia de imediato uma investigação criminal.
    Que fez Duque, espécie de Blatter português?
    Atirou-se a quem deu a notícia e a quem expôs os factos!
  • A PGR, a PJ e o DIAP, perante um caso tão evidente e grave de forte suspeição, estão em silêncio. Ignoraram coniventemente ou cobardemente? Estão a investigar na surra? Inclino-me mais para a primeira hipótese.


Após décadas de corrupção e resultados viciados, no âmbito do nortenho Apito Dourado, envolvendo uma máfia que se percebeu que tinha tentáculos até às instituições judiciais;

Após a evidência do ressurgimento do Apito Vermelho, cujo étimo "colinho" só torna mais desprezível e só é motivo de regozijo para todos aqueles que, sofrendo de mal formação e entorse de carácter, são capazes de se orgulhar com vitórias obtidas com cartas tiradas da manga, vulgo batota;

Agora temos este caso da viciação de resultados pelo submundo das apostas ilegais.
Não nos iludamos: este fenómeno não, por natureza, é uma coisa de um "eles" lá de longe: obriga a ums incontornável participação e envolvimento de equipas envolvidas nesses jogos, de jogadores, de árbitros, de dirigentes, etc, etc.
É corrupção à séria, da mais imunda!


O Sporting, como é sabido, tem sido prejudicado fortemente, anos atrás de anos, pela sua não participação nestes esquemas, neste submundo. Com consequências trágicas a nível desportivo e financeiro.

É hora de dizer basta!
É hora de exigir que se investigue, forte e feio, doa a quem doer!
É hora de exigir que as instituições judiciais façam o trabalho que lhes é devido!
É hora de não deixar "abafar" este assunto: porque é imundo, porque é crime grave!

Como sportinguista, como cidadão da República Portuguesa...

...EXIJO QUE SE INVESTIGUE
ATÉ ÀS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS!

Se Blatter e a FIFA caíram, também esta imundice tem que acabar!
Ou será preciso pedirmos a intervenção do FBI?
Vergonha!




Este tópico servirá para que se discutam estes fenómenos criminosos de corrupção, mas também para ser um espaço de voz para toda a gente que se sente indignada e revoltada com a corrupção existente.
Deixem o vosso grito de revolta, as vossas exigências a que se investigue, exponham os casos que conhecem ou suspeitam.
O autor que me desculpe, mas releva um enorme desconhecimento relativamente ao que aqui acabou de escrever. Colocar o Peter Lim no meio disto tudo é elucidativo relativamente à pertinência (ou ausência dela) deste tópico.

Que o carnide é um clube sujo que se serve de artimanhas como a colocação de jogadores em 50% dos clubes da Liga para os conseguir condicionar e enfraquecer todos sabemos, mas neste caso é fácil perceber as lacunas da alegação da Federbet.

Vamos por pontos:

1. A Federbet não tem qualquer cariz oficial. É uma entidade que já falhou no passado e que continuará a falhar, muito devido à sua forma de operar;
2. A análise do volume de apostas está longe de ser uma forma infalível de identificar jogos "comprados" - existirão sempre falhas, principalmente quando não é feita uma análise contextual;
3. O grande volume de transações no handicap referido é facilmente explicado: jogava o primeiro contra o último, numa altura em que os lampiões estavam eufóricos;
4. Mesmo que houvessem intervenientes comprados neste jogo, não há qualquer motivo lógico para apontares as baterias ao carnide. Nestas situações o interveniente comprado está quase sempre do lado do clube mais pobre e mal remunerado.

O que importa verdadeiramente perceber é que por muito que detestemos o carnide, até podíamos ser nós os mencionados pela Federbet, entidade que é pródiga em tiros ao lado e por isso é necessária alguma cautela antes de entrar em considerações como as que aqui foram tecidas.
SE, sublinho o se, vivêssemos num país minimamente sério, este caso já estaria a ser investigado pela Liga e provavelmente pelo DIAP. Como vivemos em Portugal, onde o organismo que tutela o futebol profissional é uma coutada vermelha e azul dirigida por um testa de ferra convenientemente colocado... da Liga nada espero. Aliás, o facto de quererem processar quem se limitou a transmitir a notícia é prova provada das reais intenções da Liga. Do sua embaraçosa subserviência às nadegas que poluem e corrompem o futebol em Portugal.
Luis Duque, esse indivíduo, está a pagar os favores que o colocaram no poleiro. Nem poderia ser de outra forma. Espero que haja alguém em Portugal com dignidade suficiente para abrir uma investigação e apurar responsabilidades.

Entretanto, isto seria uma mina de ouro para a Imprensa. Principalmente a desportiva.
Mas logicamente que não querem hostilizar o polvo vermelho e pouco ou nada se fala desta situação e da investigação efectuada lá fora. É o jornalismo que temos. Sério, factual e assertivamente inquiridor e comprometido com a ética e deontologia que rege a profissão.  ::)

Se isto se tivesse passado noutro clube, bem perto de Carnide, não haveria tinta que chegasse para dar vazão à sede de sangue dos "jornalistas" deste país, relativamente ao nosso clube.

 
"Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida."
Francisco Stromp
A CS está tão minada, que pouco ou nada se aproveita, mas a todos os níveis.
Esta época só não abriu a pestana para o que se passa no futebol português, quem "não quis".
Se fosse com o SPORTING a CS até esquecia o Marco Silva.
23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
Li aqui no forum acho eu, que havia 2 jogos da nossa equipa B, confirmam?
«Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida.» - Francisco Stromp
Li aqui no forum acho eu, que havia 2 jogos da nossa equipa B, confirmam?

Vi de relance ontem, naqueles videos em que mostram a capa do rec ... mostraram as páginas interiores que falam deste assunto, e tava lá o Sporting B num pequeno destaque, mas não consegui ler nada da notícia.

Edit: entretanto ... são estes os 2 jogos:

Não percebo patavina de apostas portanto não sei qual o sentido da desconfiança em ambos os jogos...


« Última modificação: Junho 03, 2015, 18:19 pm por EM1N3M »
Li aqui no forum acho eu, que havia 2 jogos da nossa equipa B, confirmam?

Vi de relance ontem, naqueles videos em que mostram a capa do rec ... mostraram as páginas interiores que falam deste assunto, e tava lá o Sporting B num pequeno destaque, mas não consegui ler nada da notícia.

Edit: entretanto ... são estes os 2 jogos:

Não percebo patavina de apostas portanto não sei qual o sentido da desconfiança em ambos os jogos...


Até que gostava que o Bruno dissesse algo, só para ficar mais descansado, é que pensando bem, até faz sentido. Quantos jogos nós nos ultimos 10 minutos, não sofremos 2 3 golos?
«Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida.» - Francisco Stromp
O Apagão da Amoreira

Sexta-Feira, 22 de Fevereiro de 2013.

Vivia-se o mandato de Godinho Lopes e a equipa do Sporting estava agora no anedotário do futebol nacional. Com o plantel mergulhado no caos, dizia José Maria Espírito Santo Ricciardi que o seu sipaio estava ainda a aprender. Godinho Lopes defendia-se da contestação dos sócios com fantasias e confabulações,

A dura realidade era de que com 63% do campeonato cumprido, o Sporting estava mais próximo da linha de água que do acesso à Europa. Tendo ainda pela frente os jogos com os 3 primeiros classificados, os leões vinham de uma vitória moralizadora em Barcelos, onde teriam ganho uma preciosa almofada sobre os perigosos lugares do fundo da tabela.

A jornada era a 20ª e o Sporting estava em igualdade pontual com o Estoril no 8º/9º lugar. Uma vitória poderia deixar qualquer das equipas mais próxima da manutenção e dar até a esperança de uma boa recta final e de sonhar com um acesso à Liga Europa.

Apesar das diversas baixas no plantel e dos salários em atraso (sabe-se agora que eram de vários meses), o Sporting entra bem no jogo e Volfswinkel abre o activo aos 5'. O Sporting continuava por cima e estava mais próximo de marcar o segundo do que sofrer o empate.

Contudo aos 20 minutos de jogo dá-se um apagão e o jogo é interrompido.

A explicação terá sido encontrada num relâmpago que atingiu a região.

Era já a segunda vez que nessa época havia apagão na Amoreira e, por coincidência, o árbitro também era Hugo Miguel.

Após outros tantos 20 minutos de interrupção as equipas regressam dos balneários e o jogo a que se assistiu foi completamente diferente, com as equipas em toadas invertidas, o Sporting encolhido na sua área e o Estoril a carregar. Jefferson marca aos 32 minutos para os canarinhos e, aos 40, Rui Patrício comete uma grande penalidade infantil que Steven Vitória converteu.

Na 2ª parte a toada foi morna. Aos 75 minutos é assinalada uma grande penalidade a favor do Sporting e Volfswinkel atira para defesa fácil de Vágner, no lance seguinte, Carlos Eduardo faz o 3-1 e sela a vitória para o Estoril. O Sporting não mais esboçou reacção.

Na semana seguinte vários rumores circulavam que quando o jogo foi retomado, logo após o apagão, teriam entrado muitos milhares de euros em várias casas de apostas... contra a vitória do Sporting, um investimento que estava nesse momento cotado em 12 vezes o valor investido.

Terá vindo a lume a tese de que Godinho Lopes teria chegado a acordo com investidores das bolsas de apostas, que se propunham a pagar ordenados em atraso com uma percentagem dos ganhos na aposta contra o Sporting. Vários nomes circularam, os denominadores comuns: Estoril, Traffic, o mesmo árbitro.

Apenas suspeitas e boatos ou a toca de Godinho Lopes e Amigos é mais funda do que se pensa?