Adiamento de Jogos (ou a queixa do Sporting...)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Meus caros,

A discussão do adiamento ou não do jogo com os lampiões marcado para dia 10 de Dezembro grassa por diversos tópicos. Parece-me pertinente centralizar a discussão num único tópico, para ter-mos a opção de conhecer e debater todos os argumentos num só local.

Antes de mais, parece-me importante conhecer a lei actual. Aqui ficam as regras aplicáveis, bem como o link para outras consultas:

Artº 22
Quando, por causa fortuita ou de força maior, não se verifiquem as condições para que um jogo se inicie ou se conclua, este realizar-se-á ou completar-se-á no mesmo estádio, dentro das 30 horas seguintes, salvo se:
a) os delegados dos dois clubes declararem no Boletim do Encontro o seu acordo para a realização ou conclusão do mesmo noutra data, respeitados os limites referidos nos n.os 2 e 3 do artigo 19.º;
b) qualquer um dos clubes em causa tiver de realizar um jogo oficial das competições da UEFA na semana seguinte, caso em que o jogo se realizará ou completará em data a estabelecer por acordo entre os clubes dentro do prazo das quatro ou duas semanas seguintes, consoante se trate, respectivamente, da 1ª e 2ª volta; na falta de acordo, a Comissão Executiva decidirá a data e a hora do jogo.

Art 23º
1. O dia e hora de realização dos jogos são estabelecidos por acordo dos clubes intervenientes em cada jornada.
2. Na falta de acordo, compete à Comissão Executiva da Liga fixar o dia e hora de realização dos jogos em cada jornada, tendo em conta as regras e condições previstas no n.º 7.
3. Sem prejuízo do disposto no n.º 1, pode, excepcionalmente, a Comissão Executiva da Liga alterar a data e hora de realização de um jogo das competições oficiais, devendo, para o efeito, ouvir previamente os clubes intervenientes no jogo em questão e qualquer outro clube que possa ser afectado pela decisão.
4. O dia e hora dos jogos relativos à 1ª volta das competições deverão estar estabelecidos até ao dia 10 de Setembro de cada época, salvo no caso dos jogos em que intervenham clubes que disputem as competições da UEFA.
5. O calendário das restantes jornadas, com excepção das duas últimas, deverá estar estabelecido até ao dia 30 de Dezembro de cada época, ressalvando-se igualmente os jogos em que intervenham clubes que disputem as competições da UEFA.
6. Os jogos da II Liga, cuja data de realização tenha sido inicialmente estabelecida num dia útil da semana, podem, por acordo escrito entre os clubes intervenientes, ser antecipadas ou adiadas para o fim de semana imediatamente anterior ou seguinte em que se verifique a paragem das competições em virtude da realização de jogos da Selecção Nacional ou da Taça de Portugal.
7. Na fixação do dia e hora dos jogos das competições oficiais, devem ser observadas as seguintes condições:
a. Salvo acordo escrito entre os clubes contendores, qualquer jogo oficial de competição nacional deverá respeitar um intervalo entre jogos de 72 horas, calculado entre o final do primeiro jogo e o início do segundo jogo da competição nacional;
b. Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à terça-feira tem direito, sem necessidade de acordo do clube adversário, à antecipação para sexta-feira do jogo da jornada anterior a essa participação internacional;
c. Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quarta-feira tem direito, sem necessidade de acordo do clube adversário, à antecipação para sábado do jogo da jornada anterior a essa participação internacional;
d. Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território estrangeiro tem direito a um intervalo de descanso de 72 horas, calculado entre o final daquele jogo internacional e o início do jogo seguinte na competição nacional;
e. Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território nacional tem direito a que o jogo seguinte na competição nacional não se realize na sexta-feira e sábado seguintes à realização daquele jogo internacional;
f. Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessas competições à quinta-feira e à terça-feira imediatamente seguinte, tem direito, sem necessidade acordo do clube adversário, salvaguardado o prazo estabelecido nas alíneas a) e d) do presente número e os n.os 2 e 3 do artigo 19.º, a adiar e ou antecipar o jogo das competições nacionais da jornada que intermedeia os referidos jogos;
g. Quando um clube dispute uma final das competições UEFA, a jornada anterior da competição em que participe será toda antecipada para o sábado anterior;
h. Os jogos correspondentes às duas últimas jornadas de qualquer competição oficial a disputar por pontos devem ser realizados no mesmo dia e à mesma hora.
i. Os horários fixos das transmissões televisivas estabelecidos no artigo 69.º do presente Regulamento.


Tendo em conta unicamente o regulamento, o Sporting não terá razão na queixa nem direito a adiamento, pois a alínea e) do ponto 7 é muito clara. Se jogando à quinta, não joga sexta nem sábado, por exclusão de partes, jogando à sexta, está dispensado de jogar Sábado e Domingo, o que se verifica.

No entanto, outras questões devem ser levantadas, pois o regulamento não é coerente, dando azo a várias interpretações.
Por exemplo faz sentido que, segundo a alínea a) qualquer jogo oficial de competição nacional tenha que respeitar um intervalo de 72 horas, a contar entre o fim do primeiro jogo e o início do segundo, mas quando inclui competições europeias, esse intervalo seja reduzido para 48 horas? Faz sentido prever um intervalo de 96 horas entre o jogo anterior a uma competição europeia e a própria competição, e reduzir para 48 horas entre a competição europeia e o jogo seguinte nacional?
Resta esperar pela comissão executiva da Liga que pode, segundo o ponto 3, "excepcionalmente, alterar a data e hora de realização de um jogo de competições oficiais devemdo, para o efeito, ouvir as partes interessadas.

Até aqui foi a parte legal, discutível, como podem ver... Agora, fará sentido o Sporting exigir o adiamento?
Físicamente, parece-me necessário. Com a falta de frescura física que esta equipa apresenta, dois dias de intervalo é muito pouco... Pensemos, no entanto, que por cada dia que o Sporting ganhe, os lampiões também o ganham. Portanto, as diferenças físicas entre as equipas continuam a existir.

Quais as vossas opiniões?
Excelente ideia a de criar um tópico para isto! Para além de análisarmos a questão da legitimidade legal parece-me também importante discutirmos responsabilides e chegarmos a conclusões sobre o Dep. Juridico, Dep.Comunicação e Direcção SAD.

Vá Srs Juristas cheguem-se à frente!  :mrgreen:
Se o Jogo está marcado para 2ª Feira, deve-se jogar 2ª feira. Ponto.

Não é a 1ª vez que jogamos esta epoca 3 dias depois das Competições Europeias e não entendo o porquê de estarem a pedir o adiamento do Jogo, quando na deslocação ao Porto, e na recepção ao Braga jogamos 3 dias depois do compromisso Europeu. Nos 2 casos 72 horas após os jogos Europeus. Contra os Orc's 2ª Feira, teremos as mesmas 72 horas de descanso.


Eu vou mais longe e até defendo que o Jogo deveria ter sido marcado e jogar-se já este Sabado ou Domingo. Quanto menos dias tivessem os Orc's de descanso, melhor para nós e pior para eles. Eles têem lesionados, tocados, vêem de um jogo desgastante para eles, e cada dia a mais de recuperação que eles tiverem, será melhor para eles. Não podemos dar-nos ao luxo de lhes dar estes trunfos.

Uma coisa era termos uma final logo á noite, outra coisa é termos um Sporting-Videoton que não serve para rigorosamente nada. Poupe-se a equipa logo, e preparem desde já o Derbie de 2ª Feira.


2ª Feira é para jogar, e Para Ganhar!

Ps: Legalmente parece-me que não temos razão nenhuma.
Obrigado Farinha Alves  :clap:
« Última modificação: Dezembro 07, 2012, 12:23 pm por Gtony »
É ridículo... o Tottenham por exemplo joga domingo às 15h, que será 65h após o jogo de ontem.

E só tínhamos vantagens em jogar na segunda, menos descanso para os lampiões, menos possibilidades de alguns dos jogadores deles tocados recuperarem. Mas pronto, o Godinho não prima pela inteligência.
O Sporting não tem pressupostos jurídicos para reivindicar o adiamento do "derby" com o Benfica, marcado para as 20h15 de segunda-feira.

Na sequência do reagendamento do desafio com o Videoton para as 20h05 desta sexta-feira, os leões argumentaram, com recurso a "regulamentos internacionais", que só aceitariam jogar 72 horas depois do final da partida com os húngaros. Ora, fazendo as contas, passam somente 70 horas entre o término do encontro desta noite e o início do "clássico" de segunda-feira.

Contudo, é o Regulamento de Competições da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) que impera, visto tratar-se de uma prova organizada pelo organismo.

O artigo 23º, ponto 1, alínea e)
O Regulamento de Competições da Liga é explícito. Na alínea e) do ponto 1 do artigo 23º, pode ler-se que, "quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território nacional tem direito a que o jogo seguinte na competição nacional não se realize na sexta-feira e sábado seguintes à realização daquele jogo internacional".

Por isso, segundo explica Pedro Miguel Branco, especialista em Direito desportivo, não há motivos para o adiamento exigido pelo Sporting.

"Será o Regulamento de Competições da Liga a imperar, sem dúvidas. O regulamento é claro, porque uma das normas diz que, havendo jogo das competições europeias à quinta-feira, a equipa não poderá jogar somente na sexta e no sábado", sustenta, em declarações a Bola Branca.

O Sporting considera, por outro lado, que este mesmo artigo é omisso quanto à possibilidade da realização de jogos da Liga Europa à sexta-feira - como é o caso do desafio com o Videoton. Assim sendo, Pedro Miguel Branco usa uma "analogia jurídica" para manter em cima da mesa o regulamento da Liga.

"Mesmo não prevendo expressamente um jogo das competições europeias à sexta-feira, fazendo uma analogia jurídica a um jogo de sexta-feira, a única coisa que o Sporting poderia alegar é que não jogaria nos dois dias seguintes. Aqui, isso não está em causa, porque o jogo [com o Benfica] está agendado para segunda-feira. Sendo que o que está em causa é o jogo ser realizado num terceiro dia, penso que não irá proceder", esclarece..

Neste cenário, há também que considerar uma outra possibilidade. Caso o Benfica aceite remarcar o "derby" com o Sporting para terça-feira, não haverá qualquer impedimento por parte da Liga, até porque essa possibilidade está igualmente prevista nos regulamentos.

"Não consigo aqui ver como é que esta pretensão do Sporting possa proceder, a não ser que - e isto também está previsto nos regulamentos - o Benfica também aceite o adiamento", ressalva.

Um exemplo recente
Curiosamente, o Sporting já passou por este mesmo problema na presente temporada. No único jogo que os verdes-e-brancos venceram desde Setembro, a equipa comandada por Franky Vercauteren entrou em campo com apenas 70 horas de intervalo face ao encontro anterior.

Aconteceu quando o Sporting recebeu o Genk, para a Liga Europa, a 8 de Novembro, jogando depois a 11 de Novembro com o Sporting de Braga. Na altura, os leões bateram os minhotos (1-0).

Nesse sentido, Pedro Miguel Branco recorda que, para o clube de Alvalade, esta "nem é uma situação 'virgem'". "O Sporting já jogou com uma antecedência às 72 horas de intervalo que agora alega e não houve problemas. A Liga também não levantou qualquer problema no que diz respeito à aplicação dos seus próprios regulamentos", conclui.


in Bola Branca

http://rr.sapo.pt/bolabranca_detalhe.aspx?fid=47&did=88148
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!

Errado. O Sporting deslocou-se à Bélgica para defrontar o Genk a uma 5ª feira às 18h e recebeu o Braga a um domingo às 20h15. Como tal, 72h15 de diferença entre os dois jogos.
Para o Sporting defrontar os lampiões às 20h15 de segunda-feira, o jogo de hoje teria de começar às 18h ou o de segunda às 22h.
Agora, como foi dito, as leis não são explicitas. Contempla 72h de intervalo numa alínea e noutra já fala que não se pode jogar à 6ª e sábado se o jogo das competições europeias for em casa. O que não vem nas regras é se o jogo das competições europeias for à 6ª. Troca-se a sexta e o sábado pelo sábado e domingo? Não sei. A lei não explica, portanto é aplicar o bom senso.
1º entendo que nenhuma das "exigências" do SCP fazem sentido
2º entendo que o Farinha Alves, o Pedro Sousa, o Godinho e o Varandas estejam a rezar para que os pássaros não queiram jogar na 3ª nem a liga imponha para, assim, terem já uma justificação para a expectável derrota

Dito isto, passemos a outra questão
Por exemplo faz sentido que, segundo a alínea a) qualquer jogo oficial de competição nacional tenha que respeitar um intervalo de 72 horas, a contar entre o fim do primeiro jogo e o início do segundo, mas quando inclui competições europeias, esse intervalo seja reduzido para 48 horas? Faz sentido prever um intervalo de 96 horas entre o jogo anterior a uma competição europeia e a própria competição, e reduzir para 48 horas entre a competição europeia e o jogo seguinte nacional?

Não! O regulamento é estúpido e feito à medida de exigências  pontuais.
Alargar para 96 horas e depois limitar para 48 é ridículo.
Mas as 96 horas correspondem às exigências do calendário champions
E as 48 horas foram impostas pelos jogos das selecções. E aqui é só, julgo, para os particulares (vide Genk-Braga-Gabão) porque os oficiais já não são às 4ªs mas às 6ªs

Portanto isto funciona assim.
São fixadas 72 horas. É o geral mas tem excepções (Portugal é o país do regime de excepções, como se sabe, e nos impostos é ainda pior)
Como a champions dá milhões: antecipem tudo para 96 ou mais horas. Sem acordo, sem nada.
Como a selecção tb dá milhões e os seleccionador choram porque gostam de começar o estágio na 2ª depois do jantar, já podem ser só 48 horas.
É contraditório? É! Mas o que interessa é criar excepções ao sabor do vento e ir actualizando à medida de novos ventos

Outra coisa:
Citar
tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território nacional tem direito a que o jogo seguinte na competição nacional não se realize na sexta-feira e sábado seguintes

Como é? É "um direito" não começar o jogo 24 horas depois? Então dão 72 e 96 e depois dizem que é um direito salvaguardar as 24?
Finalmente. Um regulamento tão detalhado (3ª, 4ª, 5ª, etc) só pode dar merd* e pode, de facto, alegar-se que nada se diz sobre a 6ª, nem sobre a 2ª, nem sobre o dia 29 de Fevereiro, etc. Ah, e a liga tudo pode fazer
Deixo-vos esta crónica a assinada por um tal de João Diogo Manteigas no Expresso-On Line, sobre este tema.

Reparam na linguagem e como trata o Sporting, ao longo de toda a crónica.

Citar
Com o adiamento, para hoje, do jogo em casa com o Videoton a contar para a última jornada da Liga Europa, o Sporting pretende a alteração do jogo da próxima 2.ª feira com o SL Benfica. Mas o motivo com que continuam a tentar a alteração deste derby-clássico junto da Liga prende-se com uma interpretação, no mínimo estranha, do artigo 23.º do Regulamento de Competições.

O mesmo será dizer que só não entende a norma quem não quer. De acordo com o seu director de comunicação, o Sporting entende que o regulamento acima referido é omisso quanto à distância temporal entre os jogos das competições europeias que se disputam à sexta-feira e os jogos das competições nacionais. Ora, é verdade que apenas se mencionam a terça, quarta e quinta-feira no Regulamento como dias para as competições da UEFA. Mas não são, exclusivamente, estes mesmos dias os únicos em que se joga para a Champions e para a Europa League (com a excepção da final da Champions e da Supertaça Europeia)?

O Sporting não pode esperar que os Regulamentos, tal como qualquer Lei, descrevam e prevejam tudo ao pormenor. Logo, há que proceder à análise do espírito da norma e fazer, quando necessário, uma interpretação extensiva do mesmo. Imbuídos neste ponto de vista, as alíneas d) e e) do artigo 23º tornam-se fáceis de interpretar: para os efeitos da primeira, se o Sporting jogar fora de casa para a UEFA, tem direito a um intervalo de descanso de 72 horas para jogar depois na Liga.

O celeuma desnecessário, no entanto, tem vindo a relacionar-se com a alínea e) do 23.º que refere que "Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território nacional tem direito a que o jogo seguinte na competição nacional não se realize na sexta-feira e sábado seguintes à realização daquele jogo internacional". Portanto, com calma e jeitinho, interpretemos a norma ao caso em concreto: se o jogo com o Videoton, que era para ter sido realizado ontem, foi adiado para hoje, então o Sporting tem direito a que o jogo seguinte com o SL Benfica não se realize no Sábado e Domingo seguintes. O mesmo será dizer 48 horas.

Em último caso, podem sempre dar trabalho à Comissão Executiva da Liga pois é esta que decide na falta de acordo para o dia e hora do jogo entre os Clubes (23.º, n.º 1 e 2 do Regulamento Competições). Aliás, pode aquela Comissão actuar oficiosamente neste sentido, desde que ouvidas as comadres zangadas e, eventualmente, outro clube que possa vir a ser afectado com tal alteração de horário (23.º, n.º 3)...

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/ha-bola-em-alvalade-na-2-feira=f772210#ixzz2EN5j2PCr
Citar
O Sporting não tem pressupostos jurídicos para reivindicar o adiamento do "derby" com o Benfica, marcado para as 20h15 de segunda-feira.

Na sequência do reagendamento do desafio com o Videoton para as 20h05 desta sexta-feira, os leões argumentaram, com recurso a "regulamentos internacionais", que só aceitariam jogar 72 horas depois do final da partida com os húngaros. Ora, fazendo as contas, passam somente 70 horas entre o término do encontro desta noite e o início do "clássico" de segunda-feira.

Contudo, é o Regulamento de Competições da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) que impera, visto tratar-se de uma prova organizada pelo organismo.

O artigo 23º, ponto 1, alínea e)
O Regulamento de Competições da Liga é explícito. Na alínea e) do ponto 1 do artigo 23º, pode ler-se que, "quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território nacional tem direito a que o jogo seguinte na competição nacional não se realize na sexta-feira e sábado seguintes à realização daquele jogo internacional".

Por isso, segundo explica Pedro Miguel Branco, especialista em Direito desportivo, não há motivos para o adiamento exigido pelo Sporting.

"Será o Regulamento de Competições da Liga a imperar, sem dúvidas. O regulamento é claro, porque uma das normas diz que, havendo jogo das competições europeias à quinta-feira, a equipa não poderá jogar somente na sexta e no sábado", sustenta, em declarações a Bola Branca.

O Sporting considera, por outro lado, que este mesmo artigo é omisso quanto à possibilidade da realização de jogos da Liga Europa à sexta-feira - como é o caso do desafio com o Videoton. Assim sendo, Pedro Miguel Branco usa uma "analogia jurídica" para manter em cima da mesa o regulamento da Liga.

"Mesmo não prevendo expressamente um jogo das competições europeias à sexta-feira, fazendo uma analogia jurídica a um jogo de sexta-feira, a única coisa que o Sporting poderia alegar é que não jogaria nos dois dias seguintes. Aqui, isso não está em causa, porque o jogo [com o Benfica] está agendado para segunda-feira. Sendo que o que está em causa é o jogo ser realizado num terceiro dia, penso que não irá proceder", esclarece..

Neste cenário, há também que considerar uma outra possibilidade. Caso o Benfica aceite remarcar o "derby" com o Sporting para terça-feira, não haverá qualquer impedimento por parte da Liga, até porque essa possibilidade está igualmente prevista nos regulamentos.

"Não consigo aqui ver como é que esta pretensão do Sporting possa proceder, a não ser que - e isto também está previsto nos regulamentos - o Benfica também aceite o adiamento", ressalva.

Um exemplo recente
Curiosamente, o Sporting já passou por este mesmo problema na presente temporada. No único jogo que os verdes-e-brancos venceram desde Setembro, a equipa comandada por Franky Vercauteren entrou em campo com apenas 70 horas de intervalo face ao encontro anterior.

Aconteceu quando o Sporting recebeu o Genk, para a Liga Europa, a 8 de Novembro, jogando depois a 11 de Novembro com o Sporting de Braga. Na altura, os leões bateram os minhotos (1-0).

Nesse sentido, Pedro Miguel Branco recorda que, para o clube de Alvalade, esta "nem é uma situação 'virgem'". "O Sporting já jogou com uma antecedência às 72 horas de intervalo que agora alega e não houve problemas. A Liga também não levantou qualquer problema no que diz respeito à aplicação dos seus próprios regulamentos", conclui.
RR

Não entrou um advogado para os quadros à pouco tempo?  :whistle:
Movimento PSN "Por um Sporting sem notáveis"

MyAnimeList
"Um em cada três lampiões é tão burro com os outros dois" Carlos Dolbeth
O que é que dizem os regulamentos da Liga?
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!

Errado. O Sporting deslocou-se à Bélgica para defrontar o Genk a uma 5ª feira às 18h e recebeu o Braga a um domingo às 20h15. Como tal, 72h15 de diferença entre os dois jogos.
Para o Sporting defrontar os lampiões às 20h15 de segunda-feira, o jogo de hoje teria de começar às 18h ou o de segunda às 22h.
Agora, como foi dito, as leis não são explicitas. Contempla 72h de intervalo numa alínea e noutra já fala que não se pode jogar à 6ª e sábado se o jogo das competições europeias for em casa. O que não vem nas regras é se o jogo das competições europeias for à 6ª. Troca-se a sexta e o sábado pelo sábado e domingo? Não sei. A lei não explica, portanto é aplicar o bom senso.

Errado meu caro.

O Sporting jogou com o braga depois de RECEBER o Genk, numa quinta-feira, ás 20:05.
Sporting Club of Portugal Dressage & Golf

Powered by: Zé Dudu & Tio Jaime
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!

Errado. O Sporting deslocou-se à Bélgica para defrontar o Genk a uma 5ª feira às 18h e recebeu o Braga a um domingo às 20h15. Como tal, 72h15 de diferença entre os dois jogos.
Para o Sporting defrontar os lampiões às 20h15 de segunda-feira, o jogo de hoje teria de começar às 18h ou o de segunda às 22h.
Agora, como foi dito, as leis não são explicitas. Contempla 72h de intervalo numa alínea e noutra já fala que não se pode jogar à 6ª e sábado se o jogo das competições europeias for em casa. O que não vem nas regras é se o jogo das competições europeias for à 6ª. Troca-se a sexta e o sábado pelo sábado e domingo? Não sei. A lei não explica, portanto é aplicar o bom senso.

Errado meu caro.

O Sporting jogou com o braga depois de RECEBER o Genk, numa quinta-feira, ás 20:05.

Lapso meu. No entanto, mantem-se o raciocinio que fiz. Foram 72h15 minutos de diferença entre os dois jogos, correcto?
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!

Errado. O Sporting deslocou-se à Bélgica para defrontar o Genk a uma 5ª feira às 18h e recebeu o Braga a um domingo às 20h15. Como tal, 72h15 de diferença entre os dois jogos.
Para o Sporting defrontar os lampiões às 20h15 de segunda-feira, o jogo de hoje teria de começar às 18h ou o de segunda às 22h.
Agora, como foi dito, as leis não são explicitas. Contempla 72h de intervalo numa alínea e noutra já fala que não se pode jogar à 6ª e sábado se o jogo das competições europeias for em casa. O que não vem nas regras é se o jogo das competições europeias for à 6ª. Troca-se a sexta e o sábado pelo sábado e domingo? Não sei. A lei não explica, portanto é aplicar o bom senso.

Errado meu caro.

O Sporting jogou com o braga depois de RECEBER o Genk, numa quinta-feira, ás 20:05.

Lapso meu. No entanto, mantem-se o raciocinio que fiz. Foram 72h15 minutos de diferença entre os dois jogos, correcto?

Salvo erro entre esses dois jogos a diferença é exactamente igual à diferença entre este jogo de hoje e o de segunda!  :great:

Sporting Club of Portugal Dressage & Golf

Powered by: Zé Dudu & Tio Jaime
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!

Errado. O Sporting deslocou-se à Bélgica para defrontar o Genk a uma 5ª feira às 18h e recebeu o Braga a um domingo às 20h15. Como tal, 72h15 de diferença entre os dois jogos.
Para o Sporting defrontar os lampiões às 20h15 de segunda-feira, o jogo de hoje teria de começar às 18h ou o de segunda às 22h.
Agora, como foi dito, as leis não são explicitas. Contempla 72h de intervalo numa alínea e noutra já fala que não se pode jogar à 6ª e sábado se o jogo das competições europeias for em casa. O que não vem nas regras é se o jogo das competições europeias for à 6ª. Troca-se a sexta e o sábado pelo sábado e domingo? Não sei. A lei não explica, portanto é aplicar o bom senso.

Errado meu caro.

O Sporting jogou com o braga depois de RECEBER o Genk, numa quinta-feira, ás 20:05.

Lapso meu. No entanto, mantem-se o raciocinio que fiz. Foram 72h15 minutos de diferença entre os dois jogos, correcto?

Salvo erro entre esses dois jogos a diferença é exactamente igual à diferença entre este jogo de hoje e o de segunda!  :great:



Para ser a mesma diferença, o jogo de segunda feira teria de começar às 22h20.  :great:
Tanto quando jogamos com os porcos como com os porcos B(raga) tivemos apenas os 2 dias. Fazer isto para o jogo com os lampiões é encher-lhes o ego!

Errado. O Sporting deslocou-se à Bélgica para defrontar o Genk a uma 5ª feira às 18h e recebeu o Braga a um domingo às 20h15. Como tal, 72h15 de diferença entre os dois jogos.
Para o Sporting defrontar os lampiões às 20h15 de segunda-feira, o jogo de hoje teria de começar às 18h ou o de segunda às 22h.
Agora, como foi dito, as leis não são explicitas. Contempla 72h de intervalo numa alínea e noutra já fala que não se pode jogar à 6ª e sábado se o jogo das competições europeias for em casa. O que não vem nas regras é se o jogo das competições europeias for à 6ª. Troca-se a sexta e o sábado pelo sábado e domingo? Não sei. A lei não explica, portanto é aplicar o bom senso.

Errado meu caro.

O Sporting jogou com o braga depois de RECEBER o Genk, numa quinta-feira, ás 20:05.

Lapso meu. No entanto, mantem-se o raciocinio que fiz. Foram 72h15 minutos de diferença entre os dois jogos, correcto?

Salvo erro entre esses dois jogos a diferença é exactamente igual à diferença entre este jogo de hoje e o de segunda!  :great:


A diferença é exactamente igual 5ª--> Domingo = 6ª-->Segunda. Mas não são 72 horas, pois estas horas contam do fim do jogo anterior até ao início do jogo seguinte.

Volto a repetir, no entanto, o que disse no primeiro post. Nada no regulamento obriga a 72h. Em relação aos regulamentos internacionais, quais são? Onde estão? é que os que consultei do IFAB não referem nada...
Este é apenas mais um episódio que demonstra o quanto andamos à deriva.

É tão ridículo que nem há grande comentários a fazer.
Eu muito sinceramente até acho melhor jogar segunda do que terça, porque a jogar terça estaríamos a dar mais um dia aos lampiões para recuperar, eles sim jogaram com a equipa titular, ou a melhor que tinham disponivel, e estão mais cansados, e têm lesionados prestes a recuperar. Nós temos é de meter uma segunda linha para o jogo de logo. Quanto a mim, isto é uma manobra de diversão do nosso clube para incendiar e unir os sócios e adeptos.
SPORTING SEMPRE !!!...20.721-0
SICNotícias, o derby será segunda, como estava marcado
Acho muito bem.... afinal, para perder, tanto serve à segunda como à terça....  >:D