Tourada - Corrida Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Como comecei a ler para trás:

Saibam que não necessitam de carne para sobreviver, podem comer vegetais, mas lá está não tem o mesmo sabor, não tem a mesma gula, não dá o mesmo prazer a comer. E saibam que os bifes não nascem nas árvores. São bocados provenientes da desmancha de um animal, que para vos alimentar a gula sofreu SEGURAMENTE bem mais quer em vida quer na hora da morte, do que o Touro. Também saibam que a carne barata, que tanto compram, é barata por algum motivo. Menores custos de produção, menores luxos para os animais na sua criação = produto final mais barato. Vejo preocupados com isto? Zero. Só os vejo com touradas...


Concordo em parte, mas vou mais longe: mesmo os vegetarianos não-estritos acabam por, mesmo que de forma mais indirecta e mais leve, proporcionar sofrimento/inconveniencias desnecessárias aos animais (os que bebem leite de origem animal, por exemplo).

Para mim, os que têm essa moral são os VEGANS. E obviamente os que desses também adequam o seu restante estilo de vida à não-practica de qualquer abuso de animais nas restantes formas que não na alimentação.



E já agora para quem falou que os números da tourada estão a diminuir: bem, não sei quais as estatisticas, mas há apreciadores de tourada aqui em casa o que acaba por me fazer notar que.. nunca vi tantas touradas televisionadas como agora! Pelos vistos já não é só a RTP que as transmite. De relance reparo em bancadas cheias. E, como os apreciadores dde touradas aqui de casa não fazem intenção de as deixar ver, é porque a minha mensagem não passou/nem passa.
iniciativa sem piada nenhuma para mim

mas tenho de reconhecer que as touradas à portuguesa sao uma tradiçao em uma boa parte do nosso país
Para não variar e sem ter lido tudo para trás, repito a minha opinião (se calhar, polémica para alguns) que já disse noutros tópicos.

Sou contra a tourada.

Porém, não somente pelo argumento incompleto/coxo de alguns, de ser um espectáculo de tortura público (porque se ele for feito em privado, já não há problema?) etc, mas pelo simples direito básico do animal à vida/não lhes infligir sofrimento. O touro e QUALQUER OUTRO ANIMAL.

Porém, como sei que pertenço à esmagadora maioria do planeta humano (tal como, desculpem lá, a larga maioria deste fórum, mesmo quase de certeza também alguns dos mais acérrimos anti-tourada que aqui andam) que não cumpre na totalidade, de forma mais consciente ou nao (alguns legitimamente não gostam de ver sofrimento de alguns animais como o touro, mas deviam ter consciência que contribuem/ajudam indirectamente ao sofrimento/morte desnecessária de muitos outros animais), de forma mais directa ou indirecta, esse respeito á vida dos (alguns outros) animais... não posso/devo fazer juizos de opinião de quem gosta de touradas, nem criticar quem gosta.

Desde a última vez que falei nisto, e apesar de manter a visão que os únicos que têm verdadeira moral para criticar touradas/circos com animais etc são os VEGANS, recolhi mais informação que atestam a minha ideia, nomeadamente a noção que, ao contrários do que muitos pensam e muitos "cientistas" afirmam, o homem não é um ser naturalmente carnivoro (mesmo o termo omnivoro é muito discutivel, na verdade, temos quase tudo para sermos herbivoros... e gostamos de carne/peixe muito por aprendizagem/conveniencia ou se quiserem... por tradição!), portanto, logo para começar, a opção básica de se alimentar á custa da morte de outros animais é algo que pode ser recusado.

Nesta questão (no fundo, muito mais complexa) das touradas há muita incoerência/hipocrisia inconsciente. Mas isto é a minha mera opinião.  :arrow:
Onde é que está a hipocrisia e a incoerência de se ser contra a tourada porque é um espectáculo que se sustenta na humilhação da dignidade de um animal, e no seu sofrimento extremo, a todos os níveis e ao mesmo tempo se ser carnívoro e gostar de comer carne?!

Fazer sofrer ou matar para comer são coisas totalmente diferentes. Aliás muitas tribos por esse mundo fora matam os seus animais, prestando-lhes homenagem dando-lhes dignidade na hora da morte.

Muito mais hipócrita é quem diz que é contra a tourada mas depois é incapaz de defender essa posição frontalmente. Mais, isso sim é tremendamente incoerente! "Sou contra as touradas, mas não as critico nem quem as sustenta/apoia!!" RIDICULO! É mesmo a atitude de querer agradar a deus e ao diabo, sendo-se incapaz de definir uma posição. São aqueles que eu defino como os "A-tudo", acriticos, amorais, apoliticos, são os que gostam de dizer que têm uma opinião, mas que são incapazes de a sustentar, e especialmente defender. Lá está, são os que dão razões a quem diz que isto é moda!

E querem saber mais? Se há tourada que consegue ser ainda mais hipócrita é a "tourada à portuguesa", porque pelo menos em Espanha matam o bicho na arena, que sendo um espectáculo deprimente na deprimência, dá aquela gente que tem orgasmos nas bancadas a ilusão de "dignidade" na morte do animal. Cá? Bom, por cá, toda a gente sabe que o bicho dali vai para o matadoro, apenas no dia seguinte, estando ainda umas boas horas em sofrimento, poupa-se hipocritamente o povinho das bancadas ao "horror" da morte do animal (isto é para rir, de certeza). Ora, depois de meia hora ou o que seja, a espetar ferros no lombo do bicho, com sangue por todos os lados, a morte do animal na arena é que é inaceitável. Típico destas mentes tuguinhas de púdicos e hipócritas.

Onde é que está a hipocrisia e a incoerência de se ser contra a tourada porque é um espectáculo que se sustenta na humilhação da dignidade de um animal, e no seu sofrimento extremo, a todos os níveis e ao mesmo tempo se ser carnívoro e gostar de comer carne?!

Fazer sofrer ou matar para comer são coisas totalmente diferentes. Aliás muitas tribos por esse mundo fora matam os seus animais, prestando-lhes homenagem dando-lhes dignidade na hora da morte.

Muito mais hipócrita é quem diz que é contra a tourada mas depois é incapaz de defender essa posição frontalmente. Mais, isso sim é tremendamente incoerente! "Sou contra as touradas, mas não as critico nem quem as sustenta/apoia!!" RIDICULO!


É por essas e por outras que eu evito postar demasiado nestes tópicos, já que a extrapolação errada, agressividade bacoca, juntamente com a falta de tolerância contra as opiniões alheias só arrasta para isto. Mas por pontos, breves:

Para mim, sim, pode ser considerado incoerente e hipócrita. Se alguns são contra as touradas por ser «um espectáculo (público) que se sustenta na humilhação da dignidade de um animal, e no seu sofrimento extremo» então para poderem criticar-sem-esperar-serem-criticados devem ser igualmente contra os espectáculos (privados) que ocorrem neste preciso instante nas engordas/sofrimento/MORTES desnecessárias etc de milhares de animais para sustentarem uma forma de vida que foi aprendida, por conveniência e gosto. A diferença está aí: alguns considerarem que «matar para comer» é desculpável e moralmente mais aceitável. Para mim não é (embora o permita). Não abordei profundamente tudo o que pode desmentir isso, mas já aflorei o essencial: o humano não é geneticamente carnivoro (ou nem mesmo omnivoro, um termo que chega por arrasto de outros mamiferos, se calhar já em busca de sustentação para manter um estilo de vida) não precisa de delegar/inflingir sofrimento/matar outros animais para viver.

Logo, estou-me completamente a cagar para o que fazem outras tribos, aliás, olha aí está uma real incoerência: desculpar o facto de, apenas por opção e gosto, podermos matar os animais para comermos a sua carne (quando na verdade NÃO SOMOS carnivoros e o fazemos por... tradição), invocando outras culturas... Pois, por cá a "tribo portuguesa" permite e gosta tradicionalmente de touradas, né (para nem entrarmos na questão dos circos etc).... Mas essa de dar «dignidade na hora da morte» é genial, faz-me lembrar a minha vizinha que matava (desnecessáriamente) galinhas para comer e na hora as sangrar pelo pescoço era giro de a apreciar, estilo «Vou-te matar, mas peço-te desculpa Galinha»... Os animais que estão na sua paz e lhes aparece um tipo para lhes tirar a vida devem-se sentir sempre muito dignos, então se for morte rápida/sofrimento rápido acho que podemos dizer que sentem uma dignidade instantânea.....  ::)

E se não percebeste: eu sou contra touradas e defendo essa minha posição. Numa discussão destas, faço valer os meus pontos de vista, o porquê não gostar. Mas não os imponho. Não obrigo ninguém a deixar de gostar. Não censuro quem veja. Não me ponho a insultar quem é fã de touradas. Percebes a diferença? E porquê não faço isso? Pelo que já expliquei: porque um (bem informado) defensor das touradas neste momento também terá toda a legitimidade para me considerar, a mim/eu que não abdico dos prazeres da carne e certos alimentos obtidos a partir de sofrimento e morte desnecessária de outros animais quando tenho a opção viável de não ter essa alimentação e poder adoptar outra que preenche as minhas necessidades sem afectar outros seres, de também ser conivente com outro sofrimento animal (seja este menos público ou não - não deixa de ser sofrimento animal) e como tal chamar-me com razão hipócrita.
« Última modificação: Agosto 28, 2011, 16:11 pm por Hollow »
E já agora, para quem não conhecer, por exemplo, Gary Yourofsky, há vários videos disponiveis, mas deixo este, provavelmente mais divulgado (com legendas em português). Cada um absorve à sua maneira a natural forte mensagem VEGAN subjacente, valendo prestar sobretudo cuidado ao resto da argumentação. É longo (70 minutos), mas recomendo o visionamento, tendo atenção que algumas imagens usadas na conferência poderão ser perturbadoras:


[youtube=650,535]8bH-doHSY_o[/youtube]

Como é que é possível existir uma "tourada do Sporting"?  :cartao: :cartao: :cartao: :cartao: :cartao:
Os croquetes têm tolerância zero! Um falhanço e vão-se embora!
Onde é que está a hipocrisia e a incoerência de se ser contra a tourada porque é um espectáculo que se sustenta na humilhação da dignidade de um animal, e no seu sofrimento extremo, a todos os níveis e ao mesmo tempo se ser carnívoro e gostar de comer carne?!

Fazer sofrer ou matar para comer são coisas totalmente diferentes. Aliás muitas tribos por esse mundo fora matam os seus animais, prestando-lhes homenagem dando-lhes dignidade na hora da morte.

Muito mais hipócrita é quem diz que é contra a tourada mas depois é incapaz de defender essa posição frontalmente. Mais, isso sim é tremendamente incoerente! "Sou contra as touradas, mas não as critico nem quem as sustenta/apoia!!" RIDICULO!


É por essas e por outras que eu evito postar demasiado nestes tópicos, já que a extrapolação errada, agressividade bacoca, juntamente com a falta de tolerância contra as opiniões alheias só arrasta para isto. Mas por pontos, breves:

Para mim, sim, pode ser considerado incoerente e hipócrita. Se alguns são contra as touradas por ser «um espectáculo (público) que se sustenta na humilhação da dignidade de um animal, e no seu sofrimento extremo» então para poderem criticar-sem-esperar-serem-criticados devem ser igualmente contra os espectáculos (privados) que ocorrem neste preciso instante nas engordas/sofrimento/MORTES desnecessárias etc de milhares de animais para sustentarem uma forma de vida que foi aprendida, por conveniência e gosto. A diferença está aí: alguns considerarem que «matar para comer» é desculpável e moralmente mais aceitável. Para mim não é (embora o permita). Não abordei profundamente tudo o que pode desmentir isso, mas já aflorei o essencial: o humano não é geneticamente carnivoro (ou nem mesmo omnivoro, um termo que chega por arrasto de outros mamiferos, se calhar já em busca de sustentação para manter um estilo de vida) não precisa de delegar/inflingir sofrimento/matar outros animais para viver.

Logo, estou-me completamente a cagar para o que fazem outras tribos, aliás, olha aí está uma real incoerência: desculpar o facto de, apenas por opção e gosto, podermos matar os animais para comermos a sua carne (quando na verdade NÃO SOMOS carnivoros e o fazemos por... tradição), invocando outras culturas... Pois, por cá a "tribo portuguesa" permite e gosta tradicionalmente de touradas, né (para nem entrarmos na questão dos circos etc).... Mas essa de dar «dignidade na hora da morte» é genial, faz-me lembrar a minha vizinha que matava (desnecessáriamente) galinhas para comer e na hora as sangrar pelo pescoço era giro de a apreciar, estilo «Vou-te matar, mas peço-te desculpa Galinha»... Os animais que estão na sua paz e lhes aparece um tipo para lhes tirar a vida devem-se sentir sempre muito dignos, então se for morte rápida/sofrimento rápido acho que podemos dizer que sentem uma dignidade instantânea.....  ::)

E se não percebeste: eu sou contra touradas e defendo essa minha posição. Numa discussão destas, faço valer os meus pontos de vista, o porquê não gostar. Mas não os imponho. Não obrigo ninguém a deixar de gostar. Não censuro quem veja. Não me ponho a insultar quem é fã de touradas. Percebes a diferença? E porquê não faço isso? Pelo que já expliquei: porque um (bem informado) defensor das touradas neste momento também terá toda a legitimidade para me considerar, a mim/eu que não abdico dos prazeres da carne e certos alimentos obtidos a partir de sofrimento e morte desnecessária de outros animais quando tenho a opção viável de não ter essa alimentação e poder adoptar outra que preenche as minhas necessidades sem afectar outros seres, de também ser conivente com outro sofrimento animal (seja este menos público ou não - não deixa de ser sofrimento animal) e como tal chamar-me com razão hipócrita.
Pronto, já percebemos que a discussão passou de ser acerca de touradas, para os omnivoro vs vegan!

Meu caro, tu dizes que está cientificamente provado que os humanos são herbivoros. Convém que proves essa afirmação, porque tanto quanto sei na comunidade cientifica isso não está provado, e duvido que algum dia venha a estar. Comer carne não é tradição, ao contrário do que tu dizes. Comparar a necessidade de um ser vivo matar outro ser vivo para se alimentar ao facto de um ser vivo aplicar dor e sofrimento a outro ser vivo por puro divertimento é algo que eu nem consigo classificar!!! Porque desta forma tu estás a negar tudo o que a natureza é e foi ao longo de milhões de anos!

Eu também sou contra esse sofrimento desnecessário que é dado aos animais, quer na explorações intensivas, quer no transporte, quer na hora de serem mortos, e já o expuz aqui mais do que uma vez. Aliás, se estiveres atento às minhas posições, saberás que eu sou contra um paradigma de desenvolvimento da sociedade que fomenta esse tipo de exploração dos recursos e do meio - sejam explorações pecuárias intensivas, seja agricultura intensiva, seja exploração de todo o tipo de recursos, seja o que for que seja insustentável - portanto, da minha parte, nem a esse nível existe incoerência pois eu acho que o ser humano chegou a um estágio de desenvolvimento que lhe é totalmente nefasto, é insustentável para o planeta, e levará em ultima instância ao desaparecimento da própria espécie homo sapiens!

E desse ponto de vista, não há incoerência possível da minha parte. Quanto ao facto de eu comer carne, e criticar as touradas faço-o e continuarei a fazer e não aceito de forma nenhuma que me critiquem de incoerente com base em argumentos como a comparação da minha necessidade de me alimentar com carne vs provocar sofrimento fisico a um animal por puro prazer! Porque se tu afirmas com tanta base cientifica que podemos ser herbivoros, eu também já li muito e também já li o contrário, em que ficamos então?!

Para mim, até te digo, se se preocupassem mais em lutar contra a existência de explorações pecuárias intensivas, contra o mau acondicionamento dos animais em camiões e todo o tipo de abusos no tratamento de animais que utilizamos para alimentação, em vez de se demitirem desse papel e assumirem como é típico dessa tradição hippie/primitivista, uma posição passiva de conforto pessoal, ganhavam mais.

Sabes, um Vegan para mim é incoerente, porque se refugia na sua posição individualista de recusar carne, em vez de se juntar a outros e lutar pela abolição de certas actividades nefastas ao bem estar animal. É como um hippie: foge da sociedade em vez de lutar pela sua melhoria!
Lá está: os amorais, apoliticos, a-tudo... os que se demitem das suas responsabilidades enquanto parte de uma sociedade, e acham que as suas posições individuais mudam alguma coisa! Ser vegan muda alguma coisa quanto ao bem estar animal nesta sociedade de consumo e desenvolvimento desenfreado?! Não muda, e não muda porque a sociedade vive de acordo com um paradigma de desenvolvimento que não aceita essa mudança, e porque os seres humanos comem carne desde que eram macacos! Vai lá dizer a um leão para começar a comer alfaces e espinafres! No entanto um leão não faz sofrer a sua presa por prazer, e sim porque tem fome!

Quanto à questão das tribos, o que quis realçar é que enquanto uns agradecem o facto de terem animais com que se alimentar, e lhes prestarem reverência por isso, outros deleitam-se com o sofrimento de animais pelo puro prazer visual! Vai viver para uma tribo e diz-lhes para comerem bagas, cocos ou tubérculos a vida toda e para pouparem os poucos animais que têm ou caçam porque... somo herbívoros!! LOL Por eles se calhar poupavam-se ao sacrificio de ter de matar outro animal, mas se calhar não têm outra hipótese.
Eu por acaso gostava de ver um vegan perdido num ambiente inóspito... provavelmente deixava-se morrer só para não ter de caçar! Enfim, e os hipócritas são os que recusam as touradas e promovem o seu boicote!
« Última modificação: Agosto 28, 2011, 19:42 pm por 1984 »
Pronto, já percebemos que a discussão passou de ser acerca de touradas, para os omnivoro vs vegan!

Meu caro, tu dizes que está cientificamente provado que os humanos são herbivoros. Convém que proves essa afirmação, porque tanto quanto sei na comunidade cientifica isso não está provado, e duvido que algum dia venha a estar. Comer carne não é tradição, ao contrário do que tu dizes. Comparar a necessidade de um ser vivo matar outro ser vivo para se alimentar ao facto de um ser vivo aplicar dor e sofrimento a outro ser vivo por puro divertimento é algo que eu nem consigo classificar!!! Porque desta forma tu estás a negar tudo o que a natureza é e foi ao longo de milhões de anos!


Meu caro, se começamos a discordar num ponto fulcral como a definição o ser humano como ser carnivoro (engraçado, que nem isso nunca tal ouvi.... no máximo ensinaram-me na escola que eramos omnivoros, que já é algo bem diferente de carnivoro.... mas pelos vistos há aqui gente - parece que tu também- que consideram o homem um ser carnivoro!), neste caso, tu esperando que debite aqui atestados cientificos, não vamos sair daqui. As informações recolho-as de conferências e alguns sites, não colecciono revistas cientificas e não ando a guardar nada disto nos favoritos. Para simplificar, desconfiando que se calhar não (te) vai servir de nada, recomendo-te veres de fio a pavio o video que coloquei acima, porque como alguém bem mais dentro do assunto que eu, Gary Yourofsky poderá começar a esclarecer-te (há uma parte em que ele especifica como a nossa dentição ou tamanho dos intestinos são provas que atestam como o corpo humano está indicado para consumir plantas e não carne, para além da forma como o nosso metabolismo (não) funciona perante a ingestão de carne; noutra parte ele aborda que a "carne" tal como outros hábitos vigentes instalados neste planeta é quase como um lobby/dogma que é dificil de contrariar pela minoria vegetariana/vegan, mesmo que como ele admite há correntes que possuem "cientistas" que defendem os opostos neste questão, logo o lado que tem ainda hoje imensamente mais interessados e... mercado... tenderá a sair por cima). E como já expliquei, até contra mim falo isto tudo... Para já nem entrarmos na questão do leite, que por acaso, aí estou á vontade, há anos que não bebo nem tenciono beber mais...

Se tu dizes que lês outras coisas, pois, não valerá a pena, e como tal esta discussão não terá fim. Não é por ti que eu vou mudar a minha opinião, o que escrevi e que vou manter.

Não confundas é uma pessoa preocupada/que tem a sua posição/vegetariana/vegan com um activista. Por exemplo, voltando ao video, Gary Yourofsky não é dos tais vegans que classificas como incoerentes. Ele até assume que foi consumidor de carne até aos seus 25 anos, hoje, informado e esclarecido, é um activista totalmente coerente de pleno direito, e a sua luta é feita à medida dos seus meios possiveis, obviamente.

Pois, quando tocas nas tribos outra vez, esqueces duas coisas: há tribos que só se alimentam basicamente de plantas, sim, e as que hoje não se alimentam (a civilização de hoje é em si a continuação das primeiras tribos) apenas de plantas, por conveniencia/gosto/tradição. Descobrindo como a carne é saborosa (apesar de todos os contras), depois de os matar para ter roupa etc, o homem também já não vai recomendar aos seus descendentes para comerem só plantas. Até hoje...

Repito: se ainda não viste por exemplo o video que coloquei ali, recomendo-te que espreites, e depois se quiseres voltamos a falar. Até lá, garanto-te que, posso não mudar a tua opinião, mas tu a minha também já não mudas. mantenho tudo o que escrevi.  ;)
« Última modificação: Agosto 28, 2011, 21:30 pm por Hollow »
Ah, e por favor, ao menos parem com essas comparações falaciosas com leões (apesar de isto ser um fórum de sportinguistas) e outros que tais: se o homem não é (para mim não é de certeza) carnivoro, muito menos pode ser comparado a leões.

Bem, vá que não vá, ainda podia ser comparado com os macacos, mas com estes nossos ancestrais primatas para alguns já não daria jeito... Talvez porque são praticamente na sua totalidade... herbivoros.  :shhh: Aliás, nem sei o que soa mais ridiculo: pensar que os seres humanos, ao contrário dos leões (ou carnivoros em geral) não vivem perfeitamente sem carne... ou se ainda vou apanhar um tipo aí nos quintais a matar com as próprias... garras  ::), os porcos... ou nas florestas a restante animalia disponivel... e comê-los crus ! Ah, pois é! É que carnivoro que é carnivoro come perfeitamente a carninha crua, em sangue, tripas etc... ou não?  :think:
« Última modificação: Agosto 28, 2011, 22:35 pm por Hollow »
Ah, e por favor, ao menos parem com essas comparações falaciosas com leões (apesar de isto ser um fórum de sportinguistas) e outros que tais: se o homem não é (para mim não é de certeza) carnivoro, muito menos pode ser comparado a leões.

Bem, vá que não vá, ainda podia ser comparado com os macacos, mas com estes nossos ancestrais primatas para alguns já não daria jeito... Talvez porque são praticamente na sua totalidade... herbivoros.  :shhh: Aliás, nem sei o que soa mais ridiculo: pensar que os seres humanos, ao contrário dos leões (ou carnivoros em geral) não vivem perfeitamente sem carne... ou se ainda vou apanhar um tipo aí nos quintais a matar com as próprias... garras  ::), os porcos... ou nas florestas a restante animalia disponivel... e comê-los crus ! Ah, pois é! É que carnivoro que é carnivoro come perfeitamente a carninha crua, em sangue, tripas etc... ou não?  :think:
Bom, se descobrissem e fossem capazes de manipular o fogo... não sei, talvez começassem a comer essa carne cozinhada!!
A minha opinião quanto ao facto do homem comer ou não carne não mudou, e a tua também não vai mudar. Se a minha mudar entretanto eu aviso-te, mas isso só acontecerá depois de pensar e reflectir acerca do assunto, e actualmente do que já reflecti e até pelo que entendo da minha natureza, não concebo o ser humano sem consumir carne. Não sendo apenas carnivoro, a carne/peixe são uma fatia importante da alimentação do ser humano. E o ser humano também tem paladar, a sua alimentação também essa nuance importante: o paladar. Eu já comi esses substitutos todos da carne, como soja, tofu, seytan e acho-os intragáveis, por exemplo!

Mas lá está, quem trouxe essa discussão para aqui foste tu. Quiseste marcar uma posição em favor do veganismo, e para tal chamaste de incoerentes aqueles que legitimamente, mesmo consumindo carne, se insurgem contra as touradas. Eu manifestei-me contra essa tua posição, porque a acho ela própria incoerente, especialmente quando se acha que matar um animal para se alimentar é o mesmo que nos divertirmos a judiar animais!

É o mesmo que dizer que é incoerente alguém que consome carne insurgir-se contra lutas de galos, de cães ou contra aqueles sádicos que gostam de matar gatos à pedrada!! É a mesma m****, com a diferença de que a tourada por qualquer razão se tornou uma tradição... podiam ter sido as lutas de cães por exemplo!
Bom, se descobrissem e fossem capazes de manipular o fogo... não sei, talvez começassem a comer essa carne cozinhada!!

(...)

É o mesmo que dizer que é incoerente alguém que consome carne insurgir-se contra lutas de galos, de cães ou contra aqueles sádicos que gostam de matar gatos à pedrada!! É a mesma trampa, com a diferença de que a tourada por qualquer razão se tornou uma tradição... podiam ter sido as lutas de cães por exemplo!


Bem, desculpa lá que te diga, mas esse argumento do fogo é completamente ao lado. Daqui a um bocado começamos a falar das restantes descobertas humanas aplicando-as aos instintos básicos dos animais, como se a o cú tivesse a ver com as calças. Mas podias ter avançado mais um pouco na lógica: se o homem não tivesse descoberto o fogo, então ainda hoje estaria a comer a carne crua e tripas em sangue... ou não? Se não houvesse fogo (e já agora, armas - outra invenção do homem), imaginas-te a matar um porco, abri-lo á unha e a comer a suas entranhas cruas?

Parece-me por demais evidente que o homem carece de várias caracteristicas básicas dos carnivoros para ser considerado como tal. A começar pelo instinto básico de matar (e não falo de aprender a caçar ou auto-defesa, falo mesmo do instinto de um leão matar outros animais para alimento, assim como há o instinto de procriar). Gostava de ver a experiência já exemplificada de colocar uma criança de 3/4 anos afastada da sua mãe (após o periodo de amamentação, único periodo lógico onde o mamifero/humano tem vantagens em beber leite - o da sua mãe) e colocá-la sozinha num parque em que tenha coelhos, galinhas e outros animais que não ameaçem a sua integridade fisica e ao mesmo tempo árvores com frutos, plantações etc. E logo se veria o que iria a criança atacar com o seu grande instinto assassino tipco dos predadores carnivoros.......

Anyway, esta conversa parece-me escusada. Mesmo os cientistas defensores do consumo de carne certamente já não conseguem desmentir cientificamente que o humano consegue viver perfeitamente bem sem consumo de carne, peixe e leite. Penso também que não terás ainda visto o video que coloquei, e sem querer pressionar-te a nada, gostava sinceramente que espreitasses, nem que seja para vires repetir depois que não mudas mesmo de opinião.

Para terminar, continuas sem perceber e a misturar coisas: eu não proibo ninguém de não gostar/se insurgir contra touradas, lutas de galos etc. Obviamente, porque eu também sou contra. O que eu menciono é a forma como alguns (assumidamente e conscientemente apreciadores de carne, leite etc) tentam impôr essa sua opinião e vontade a quem esteja do outro lado da barricada, quiçá esperando depois não ser chamado e considerado «hipócrita» quando, desculpem lá, estão (e mais uma vez, contra mim falo, pois também estou) a dar aval e condições a que diariamente milhares de outros animais sofram e morram desnecessáriamente. Infelizmente ainda é legar e aceitável as touradas tal como é ainda legal e aceitável uns matadouros (bonito nome) onde se apinham várias espécies de animais deprimidos/a sofrer, os engordam á pressão e lhes tiram a vida desnecessáriamente. Os exterminam. Aos milhares. Para além das vacas a quem desde logo lhe são retirados os recém-nascidos, entubadas/pressionadas/humilhadas etc para dar leite (se não acreditas nisto, tal como eu não acreditava, vê o video), desnecessariamente a humanos que não precisam dele para nada. Não foi por acaso que refiro sempre: isto é mais complexo do que alguns alcançam.
« Última modificação: Agosto 29, 2011, 00:16 am por Hollow »
Boa tarde

Como já deviam ter sentido a minha falta, ou não,  :twisted:, deixei para hoje, dia da realização da TOURADA DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, a minha singela contribuição... Não vou argumentar a favor ou contra as touradas, já o fiz "alimentando" o tópico próprio e respeito quem gosta e quem não gosta. Logo só tenho a dizer que vejo no SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, muito mais do que um clube desportivo, antes uma INSTITUIÇÃO com uma componente nacional, que abarca não só o desporto mas também a cultura do país onde está inserido. Como tal embora respeitando as opiniões contrárias, a tourada faz parte da cultura portuguesa, e não é por não gostarmos que a situação muda de figura. Veja-se a titulo de exemplo as transmissões que ocorrem nas tvs e a audiência que "despertam". Se fossemos "apenas" um clube desportivo e não uma referência a todos os níveis no nosso país, não faria sentido por exemplo a atribuição de bolsas de estudo, e o acompanhamento de jovens atletas no seu crescimento enquanto HOMENS!

Portanto tenho a partilhar que cada vez tenho mais orgulho em ser do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, que não é "apenas" um clube.... É O CLUBE!!!

Para terminar, deixo apenas mais um motivo de reflexão, sendo o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, associado a uma tourada, uma afronta tão grande, porque é que não defendem, também a extinção do futebol profissional, que "associa" o nosso "nome" a uma indústria "corrupta", que envolve não só "tráfico humano", como exploração infantil, (configurada por exemplo na manufacção de equipamentos desportivos, que equipam os craques que ganham milhões!!!!) ??? Mas ai ninguém se importa de comprar a camisola oficial, venha ela de onde vier, (sejam ou não a favor das touradas!!!)  ^-^ ^-^ ^-^

 :offtopic: Desculpem, mas não queria deixar de apresentar os meus sinceros sentimentos áquela mãe que perdeu o seu filho, nosso jogador das escolinhas da Póvoa de Santa Iria, por um desvario de um ser humano, seu pai ... Sem querer fazer juízos de valor, são estes os DRAMAS que se deviam evitar.... O resto são "fait divers"...
O que eu acho mesmo piada, MAS MESMO MESMO, é a este tipo de argumentação que utiliza a especulação acerca das convicções dos outros para, supostamente enfraquecer as suas posições relativamente às touradas.

Ah e tal, vêm falar de touradas, mas nada dizem/fazem acerca da matança do porco, dos animais abandonados, e bla bla bla wishkas saquetas! ***... mas sabem lá vocês o que é que eu ou outros pensam acerca do abandono de animais! Não é disso que estamos a falar. Mas já que querem saber: eu espetaria um ferro em brasa pelo cu acima a quem abandona o seu animal! Satisfeitos?!

Depois vêm outros: ah e tal, falam muito disto mas estão-se a cagar para as criancinhas que confeccionam camisolas na China ou que morrem de fome em África. Mais uma vez, argumento ridículo: sabem lá o que eu, ou outros acham acerca do assunto, mas ainda assim se andassem atentos era só espreitar por aí uns quantos tópicos extra-futebol bem polémicos que por aí andam, e perceberiam. Mas querem a minha opinião? Quem usa trabalho infantil deveria ser proibido de vender para os países ditos civilizados, mas alguém vai gritar a pelos pulmões: SACRILÉGIO - comunista, proteccionista, inimigo do mercado livre, e mais uns quantos epítetos.

Mas o mais ridículo desta argumentação é o facto de, lá porque existem mil e um males no mundo e arredores, não significa que um em especifico não possa ser discutido e posto em causa. Ou agora se eu disser que há uns quantos miudos a coser sapatos em Amarante, alguém da terra me vai dizer: olha-me este, agora preocupado com isto, então e as crianças da Palestina, ninguém se preocupa com elas?! Brincamos?! :sleep:
Nem mais!
Boa tarde

Como já deviam ter sentido a minha falta, ou não,  :twisted:, deixei para hoje, dia da realização da TOURADA DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, a minha singela contribuição... Não vou argumentar a favor ou contra as touradas, já o fiz "alimentando" o tópico próprio e respeito quem gosta e quem não gosta. Logo só tenho a dizer que vejo no SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, muito mais do que um clube desportivo, antes uma INSTITUIÇÃO com uma componente nacional, que abarca não só o desporto mas também a cultura do país onde está inserido. Como tal embora respeitando as opiniões contrárias, a tourada faz parte da cultura portuguesa, e não é por não gostarmos que a situação muda de figura. Veja-se a titulo de exemplo as transmissões que ocorrem nas tvs e a audiência que "despertam". Se fossemos "apenas" um clube desportivo e não uma referência a todos os níveis no nosso país, não faria sentido por exemplo a atribuição de bolsas de estudo, e o acompanhamento de jovens atletas no seu crescimento enquanto HOMENS!

Portanto tenho a partilhar que cada vez tenho mais orgulho em ser do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, que não é "apenas" um clube.... É O CLUBE!!!

Para terminar, deixo apenas mais um motivo de reflexão, sendo o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, associado a uma tourada, uma afronta tão grande, porque é que não defendem, também a extinção do futebol profissional, que "associa" o nosso "nome" a uma indústria "corrupta", que envolve não só "tráfico humano", como exploração infantil, (configurada por exemplo na manufacção de equipamentos desportivos, que equipam os craques que ganham milhões!!!!) ??? Mas ai ninguém se importa de comprar a camisola oficial, venha ela de onde vier, (sejam ou não a favor das touradas!!!)  ^-^ ^-^ ^-^

 :offtopic: Desculpem, mas não queria deixar de apresentar os meus sinceros sentimentos áquela mãe que perdeu o seu filho, nosso jogador das escolinhas da Póvoa de Santa Iria, por um desvario de um ser humano, seu pai ... Sem querer fazer juízos de valor, são estes os DRAMAS que se deviam evitar.... O resto são "fait divers"...
O que eu acho mesmo piada, MAS MESMO MESMO, é a este tipo de argumentação que utiliza a especulação acerca das convicções dos outros para, supostamente enfraquecer as suas posições relativamente às touradas.

Ah e tal, vêm falar de touradas, mas nada dizem/fazem acerca da matança do porco, dos animais abandonados, e bla bla bla wishkas saquetas! ***... mas sabem lá vocês o que é que eu ou outros pensam acerca do abandono de animais! Não é disso que estamos a falar. Mas já que querem saber: eu espetaria um ferro em brasa pelo cu acima a quem abandona o seu animal! Satisfeitos?!

Depois vêm outros: ah e tal, falam muito disto mas estão-se a cagar para as criancinhas que confeccionam camisolas na China ou que morrem de fome em África. Mais uma vez, argumento ridículo: sabem lá o que eu, ou outros acham acerca do assunto, mas ainda assim se andassem atentos era só espreitar por aí uns quantos tópicos extra-futebol bem polémicos que por aí andam, e perceberiam. Mas querem a minha opinião? Quem usa trabalho infantil deveria ser proibido de vender para os países ditos civilizados, mas alguém vai gritar a pelos pulmões: SACRILÉGIO - comunista, proteccionista, inimigo do mercado livre, e mais uns quantos epítetos.

Mas o mais ridículo desta argumentação é o facto de, lá porque existem mil e um males no mundo e arredores, não significa que um em especifico não possa ser discutido e posto em causa. Ou agora se eu disser que há uns quantos miudos a coser sapatos em Amarante, alguém da terra me vai dizer: olha-me este, agora preocupado com isto, então e as crianças da Palestina, ninguém se preocupa com elas?! Brincamos?! :sleep:
Nem mais!

A quem abandona animais "espetaria um ferro em brasa pelo cu acima"  quem explora a mão de obra infantil "deveria ser proibido de vender para os países ditos civilizados"  :xock: :xock: :xock:

"Nem mais!"

 ^-^ ^-^ ^-^

"E com esta me despeço..."
"Pior do que não ver é NÃO QUERER VER!!!"

"Se o RIDICULO MATASSE...NÃO HAVIA LAMPIÕES!"
O Sporting, um clube verde, que poderia aproveitar essa situação para se posicionar como defensor de algumas causas, que estão na ordem do dia, e assim ganhar notoriedade noutras áreas e chegar a outro tipo de pessoas (visto que no campo não vai lá...), estar a associar o seu nome a uma tourada, depois da história do leão na apresentação, é por e simplesmente gestão incompetente.

Para além de tudo isso, é estar a sujar o nosso bom nome de sangue, vermelho.


Desculpem fugir à vossa discussão

MAS TOURADA DA BOA É A SUPOSTA DIRECÇÃO ELEITA

A MIM NUNCA ME ENGANARAM, NEM A UMA GRANDE MINORIA E O PIOR AINDA ESTÁ PARA VIR...

ELEGERAM-NOS AGORA AGUENTEM OU ...... REVOLTEM-SE ENQUANTO É TEMPO 
GARRA
Boa tarde

Como já deviam ter sentido a minha falta, ou não,  :twisted:, deixei para hoje, dia da realização da TOURADA DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, a minha singela contribuição... Não vou argumentar a favor ou contra as touradas, já o fiz "alimentando" o tópico próprio e respeito quem gosta e quem não gosta. Logo só tenho a dizer que vejo no SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, muito mais do que um clube desportivo, antes uma INSTITUIÇÃO com uma componente nacional, que abarca não só o desporto mas também a cultura do país onde está inserido. Como tal embora respeitando as opiniões contrárias, a tourada faz parte da cultura portuguesa, e não é por não gostarmos que a situação muda de figura. Veja-se a titulo de exemplo as transmissões que ocorrem nas tvs e a audiência que "despertam". Se fossemos "apenas" um clube desportivo e não uma referência a todos os níveis no nosso país, não faria sentido por exemplo a atribuição de bolsas de estudo, e o acompanhamento de jovens atletas no seu crescimento enquanto HOMENS!

Portanto tenho a partilhar que cada vez tenho mais orgulho em ser do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, que não é "apenas" um clube.... É O CLUBE!!!

Para terminar, deixo apenas mais um motivo de reflexão, sendo o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, associado a uma tourada, uma afronta tão grande, porque é que não defendem, também a extinção do futebol profissional, que "associa" o nosso "nome" a uma indústria "corrupta", que envolve não só "tráfico humano", como exploração infantil, (configurada por exemplo na manufacção de equipamentos desportivos, que equipam os craques que ganham milhões!!!!) ??? Mas ai ninguém se importa de comprar a camisola oficial, venha ela de onde vier, (sejam ou não a favor das touradas!!!)  ^-^ ^-^ ^-^

 :offtopic: Desculpem, mas não queria deixar de apresentar os meus sinceros sentimentos áquela mãe que perdeu o seu filho, nosso jogador das escolinhas da Póvoa de Santa Iria, por um desvario de um ser humano, seu pai ... Sem querer fazer juízos de valor, são estes os DRAMAS que se deviam evitar.... O resto são "fait divers"...
O que eu acho mesmo piada, MAS MESMO MESMO, é a este tipo de argumentação que utiliza a especulação acerca das convicções dos outros para, supostamente enfraquecer as suas posições relativamente às touradas.

Ah e tal, vêm falar de touradas, mas nada dizem/fazem acerca da matança do porco, dos animais abandonados, e bla bla bla wishkas saquetas! ***... mas sabem lá vocês o que é que eu ou outros pensam acerca do abandono de animais! Não é disso que estamos a falar. Mas já que querem saber: eu espetaria um ferro em brasa pelo cu acima a quem abandona o seu animal! Satisfeitos?!

Depois vêm outros: ah e tal, falam muito disto mas estão-se a cagar para as criancinhas que confeccionam camisolas na China ou que morrem de fome em África. Mais uma vez, argumento ridículo: sabem lá o que eu, ou outros acham acerca do assunto, mas ainda assim se andassem atentos era só espreitar por aí uns quantos tópicos extra-futebol bem polémicos que por aí andam, e perceberiam. Mas querem a minha opinião? Quem usa trabalho infantil deveria ser proibido de vender para os países ditos civilizados, mas alguém vai gritar a pelos pulmões: SACRILÉGIO - comunista, proteccionista, inimigo do mercado livre, e mais uns quantos epítetos.

Mas o mais ridículo desta argumentação é o facto de, lá porque existem mil e um males no mundo e arredores, não significa que um em especifico não possa ser discutido e posto em causa. Ou agora se eu disser que há uns quantos miudos a coser sapatos em Amarante, alguém da terra me vai dizer: olha-me este, agora preocupado com isto, então e as crianças da Palestina, ninguém se preocupa com elas?! Brincamos?! :sleep:
Nem mais!


"Nem mais!"

 ^-^ ^-^ ^-^

"E com esta me despeço..."
Sim, qual é o problema?
Boa tarde

Como já deviam ter sentido a minha falta, ou não,  :twisted:, deixei para hoje, dia da realização da TOURADA DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, a minha singela contribuição... Não vou argumentar a favor ou contra as touradas, já o fiz "alimentando" o tópico próprio e respeito quem gosta e quem não gosta. Logo só tenho a dizer que vejo no SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, muito mais do que um clube desportivo, antes uma INSTITUIÇÃO com uma componente nacional, que abarca não só o desporto mas também a cultura do país onde está inserido. Como tal embora respeitando as opiniões contrárias, a tourada faz parte da cultura portuguesa, e não é por não gostarmos que a situação muda de figura. Veja-se a titulo de exemplo as transmissões que ocorrem nas tvs e a audiência que "despertam". Se fossemos "apenas" um clube desportivo e não uma referência a todos os níveis no nosso país, não faria sentido por exemplo a atribuição de bolsas de estudo, e o acompanhamento de jovens atletas no seu crescimento enquanto HOMENS!

Portanto tenho a partilhar que cada vez tenho mais orgulho em ser do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, que não é "apenas" um clube.... É O CLUBE!!!

Para terminar, deixo apenas mais um motivo de reflexão, sendo o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, associado a uma tourada, uma afronta tão grande, porque é que não defendem, também a extinção do futebol profissional, que "associa" o nosso "nome" a uma indústria "corrupta", que envolve não só "tráfico humano", como exploração infantil, (configurada por exemplo na manufacção de equipamentos desportivos, que equipam os craques que ganham milhões!!!!) ??? Mas ai ninguém se importa de comprar a camisola oficial, venha ela de onde vier, (sejam ou não a favor das touradas!!!)  ^-^ ^-^ ^-^

 :offtopic: Desculpem, mas não queria deixar de apresentar os meus sinceros sentimentos áquela mãe que perdeu o seu filho, nosso jogador das escolinhas da Póvoa de Santa Iria, por um desvario de um ser humano, seu pai ... Sem querer fazer juízos de valor, são estes os DRAMAS que se deviam evitar.... O resto são "fait divers"...
O que eu acho mesmo piada, MAS MESMO MESMO, é a este tipo de argumentação que utiliza a especulação acerca das convicções dos outros para, supostamente enfraquecer as suas posições relativamente às touradas.

Ah e tal, vêm falar de touradas, mas nada dizem/fazem acerca da matança do porco, dos animais abandonados, e bla bla bla wishkas saquetas! ***... mas sabem lá vocês o que é que eu ou outros pensam acerca do abandono de animais! Não é disso que estamos a falar. Mas já que querem saber: eu espetaria um ferro em brasa pelo cu acima a quem abandona o seu animal! Satisfeitos?!

Depois vêm outros: ah e tal, falam muito disto mas estão-se a cagar para as criancinhas que confeccionam camisolas na China ou que morrem de fome em África. Mais uma vez, argumento ridículo: sabem lá o que eu, ou outros acham acerca do assunto, mas ainda assim se andassem atentos era só espreitar por aí uns quantos tópicos extra-futebol bem polémicos que por aí andam, e perceberiam. Mas querem a minha opinião? Quem usa trabalho infantil deveria ser proibido de vender para os países ditos civilizados, mas alguém vai gritar a pelos pulmões: SACRILÉGIO - comunista, proteccionista, inimigo do mercado livre, e mais uns quantos epítetos.

Mas o mais ridículo desta argumentação é o facto de, lá porque existem mil e um males no mundo e arredores, não significa que um em especifico não possa ser discutido e posto em causa. Ou agora se eu disser que há uns quantos miudos a coser sapatos em Amarante, alguém da terra me vai dizer: olha-me este, agora preocupado com isto, então e as crianças da Palestina, ninguém se preocupa com elas?! Brincamos?! :sleep:
Nem mais!


"Nem mais!"

 ^-^ ^-^ ^-^

"E com esta me despeço..."
Sim, qual é o problema?
Judas, o problema é o de sempre: preocuparem-se com os floreados, porque argumentos nicles batatoides! :inde: