As nossas viagens

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O que é que aconselham perto da "Avenida da Andalucia" em Madrid?
Mais propriamente "Barrio de las Letras"

E eu estava a falar em actividades  :P

16 anos Madrid no Bairro? uiii é f***** olha que aquilo não é loft nem o lux
Como assim?

Bairro das Letras tem bastantes barezinhos e tascas, mas tas a ver o papel na parede dos bares que diz que não é permitida a permanencia a menores de 18 anos nos bares?
Lá e para cumprir e entrar em discos com identificação apenas
Vão para onde na viagem de finalistas (quem for) ?  :mrgreen:

Vou pa Ibiza com a Megafinalistas  :victory: :victory:
O que é que aconselham perto da "Avenida da Andalucia" em Madrid?
Mais propriamente "Barrio de las Letras"

E eu estava a falar em actividades  :P

16 anos Madrid no Bairro? uiii é f***** olha que aquilo não é loft nem o lux
Como assim?

Bairro das Letras tem bastantes barezinhos e tascas, mas tas a ver o papel na parede dos bares que diz que não é permitida a permanencia a menores de 18 anos nos bares?
Lá e para cumprir e entrar em discos com identificação apenas
:'(
Por um Sporting construído de baixo para cima, e não de cima para baixo.
Portugal: Conheço profundamente todos as regiões, excepto os Açores e Trás-os-Montes
Espanha: Muito bem a zona de Marbella, Torremolinos, Fuengirola. Já estive 3 vezes em Madrid. Passei em Saragoça a caminho de Andorra.
Andorra: Uma semana em Pas de La Casa a fazer snowboard e duas descidas a La Vella para ir ao spa.  :P
Inglaterra: Estive em Londres um dia e uma noite, antes de ir para a Escócia. O caminho para Glasgow foi feito de comboio - uma viagem lindíssima.Também passei inúmeras vezes pelo aeroporto de Heathrow para fazer escalas no caminho para Timor.
Escócia: Um dos países mais bonitos que visitei. Fiquei alojado nos arredores de Glasgow. Visitei a capital Edimburgo que me pareceu uma cidade saída de um conto de fadas. Apesar de lá ter ido num dia de Inverno rigoroso, vi uma cidade lindíssima cheia de jardins e edifícios muito bem conservados. Também fiz uma viagem de 3 ou 4 horas de comboio para ir a Inverness, a cidade que fica no topo do Loch Ness. Não, não vi o monstro, mas o lago tem um formato estranhíssimo. É quase uma linha recta ao longo de 30kms, como se de um rio se tratasse. A viagem até Inverness é uma viagem de sonho: passar pela terras altas, no meio da neve nos vales de montanhas altíssimas, onde se houvesse uma avalanche o comboio seria engolido - viagem fabulosa.
Holanda: Duas vezes no aeroporto de Amsterdão em escala. Não deu para sair.  :'(
Alemanha: Uma vez parado no aeroporto de Frankfurt, sem poder sair do avião: tinha morrido um passageiro dentro do avião e parámos nesse aeroporto para o retirarem. Vinha de Singapura em direcção a Londres.
Angola: 15 dias em 2001 em trabalho. Uma semana em Luanda e uma semana no Lobito e em Benguela (dormia em Benguela e ia todos os dias dar formação ao Lobito que fica a cerca de 30kms)
Cabo Verde: 15 dias na cidade do Mindelo na ilha de São Vicente para dar formação a professores de uma escola técnica. O Mindelo é uma cidade hiper-cultural, com montes de cultura espalha pelos restaurantes, bares, cafés, hoteis, praças da cidade, etc. Quase todos os restaurantes têm música ao vivo ao jantar, numa das principais praças da cidade, o coreto tem bandas a tocas vários dias da semana, os próprios hotéis têm música ao vivo, em Agosto existe o espectáculo internacional de música na Baía das Gatas. Para quem gosta de férias com algo mais do que apenas praia, aconselho vivamente a ilha de São Vicente, onde também tem óptimas praias. Durante esse tempo também estive na ilha de Santo Antão (lindíssima e espantosamente verde ao contrário do resto das ilhas) e na ilha do Sal (que é praticamente desértica e só vale pelas praias) porque o avião vindo de Lisboa foi para lá.
Singapura e Tailândia (Bangkok): Em transito nas diversas vezes que fui a Timor. Nunca saí dos aeroportos, pois o tempo de paragem nunca ultrapassou as 3 horas. No caso de Singapura, é um aeroporto imenso. Parece uma cidade. O de Bangkok é bem mais pequeno.
Indonésia - Uma semana de férias na ilha de Bali, aproveitando uma das vezes que fui a Timor, marquei a viagem de regresso por Bali de forma a poder lá ficar essa semana. Uma vez que ia a Timor em trabalho, significa que fiquei uma semana de férias em Bali com as viagens pagas. Os hotéis são de excelente qualidade e com preços muito baixos para a qualidade que tinham (cerca de 40€ por noite em hoteis que para mim eram de 5 estrelas com praias privativas, vários restaurantes de diferentes cozinhas do mundo, etc). É uma ilha à parte dentro da Indonésia (a Indonésia é o maior arquipélago do mundo com 13000 ilhas): etnia e costumes diferentes do povo javanês (a maioria dos indonésios), religião diferente (hindu ao contrário da maioria dos indonésios que são muçulmanos), tem belas praias, mas também belas florestas e uma diversidade animal grande. Sendo um destino conhecido dos surfistas, é um sítio com turistas por tudo o que é parte. Existem restaurantes nas praias, com as mesas e cadeiras enfiadas na areia e a água a 2 ou 3 metros dos nossos pés. Se ao almoço era impossível almoçar em sítios destes devido ao calor, à hora de jantar era absolutamente excepcional estar a jantar peixinho ou marisco nestas condições.
Uma vida nocturna fabulosa, com os grandes destinos a serem o Hard Rock Café (o de Lisboa é minúsculo em comparação a este que até tem hotel) e o Club Sari. Infelizmente, o mesmo Club Sari que foi alvo do atentado de Outubro de 2002 (eu estive lá exactamente um mês antes).
Austrália: Um país imenso mas onde só estive em 2 cidades. Darwin onde fiz várias escalas e onde cheguei a dormir uma noite. Como as escalas (sobretudo à vinda para cá) eram muito longas, saí sempre do aeroporto e conheço bem a cidade. Muito quente apesar de ser uma cidade costeira. Não tem muito para ver e é algo parada. O movimento dela é sobretudo por causa das escalas que são feitas no aeroporto.
Sidney é a minha cidade preferida. Lindíssima construída à volta de braços de mar que entraram terra a dentro. Uma cidade multicultural - vemos literalmente pessoas de todas as raças, credos e nacionalidades naquela cidade em perfeita harmonia. Esta é uma cidade obrigatória para qualquer pessoa que goste de viajar. É difícil de descrever: procurem na net e vejam fotografias. É mesmo uma cidade deslumbrante - de dia e de noite.
Timor: Sou um orgulhoso português, mas se algum dia pedir a dupla nacionalidade, será a Timor que a pedirei. Este sempre foi o país que mais quis visitar, apesar de não ter nenhuma ascendência timorense nem nenhum antepassado que lá tenha estado. Felizmente, tive a oportunidade de ir a Timor 4 vezes totalizando perto de 6 meses o tempo que lá estive. Estive lá em Novembro e princípio de Dezembro de 2000 (um ano e três meses depois dos massacres de Setembro de 2009) na 1ª vez, em Fevereiro e Março de 2002 na 2ª vez, em Julho e Agosto de 2002 na 3ª vez e em Julho, Agosto e Setembro de 2003.
Conheço todos os distritos de Timor, excepto o enclave de Oecussi (não tem ligação com Timor-Leste e fica dentro do território de Timor-Oeste, ou seja só faz fronteira com a Indonésia e com o mar). Fui às ilhas de Jaco e Ataúro que pertencem a Timor. Da 1ª vez que lá estive, vivi em Aileu no meio das montanhas onde estive a dar formação aos guerrilheiros das FALINTIL, hoje Forças de Defesa de Timor-Leste (FALINTIL-FDTL), e só ia para a capital à sexta feira passar o fim de semana. Apesar de Aileu só ficar a 40kms de Dili, o caminho era tão sinuoso que demorava 1h30m a fazer o caminho e tínhamos de ir a abrir, coisa que era impossível quando estava a chover que era quase sempre naquela altura do ano.
Das outras vezes, já tinha casa em Dili e os projectos de educação em que estava envolvido tb já eram em Dili.
Timor tem praias como aquelas que vemos na série "Perdidos", tem cascatas, tem umas montanhas lindíssimas que nalguns sítios fazem lembrar o Gerês ou Sintra, no lado sul da ilha tem paisagens que lembram a savana africana e tudo isto numa ilha que é pouco maior que o Algarve. A última vez que lá fui foi há 8 anos e estou cheio de saudades. Infelizmente, os projectos de trabalho que tinha para lá acabaram e a viagem é muito cara. é uma viagem cansativa que chega a durar mais de 2 dias.


Se não me falham as contas, todas estas viagens implicaram 51 viagens de avião (só as idas a Timor eram 4 [ou 5 nos casos que tive de passar por Sidney] voos para cada lado), incluindo voos domésticos em Angola e Cabo Verde e numa passagem de ano na Madeira.
« Última modificação: Março 30, 2011, 23:55 pm por Liurai »
Bem, o AKi vai para Madrid!

Até segunda!
Por um Sporting construído de baixo para cima, e não de cima para baixo.
Vão para onde na viagem de finalistas (quem for) ?  :mrgreen:

Vou pa Ibiza com a Megafinalistas  :victory: :victory:

Juizinho ;)  LOL
Vão para onde na viagem de finalistas (quem for) ?  :mrgreen:

Vou pa Ibiza com a Megafinalistas  :victory: :victory:
 :great: :great: :mrgreen: :mrgreen:
@dmalmeida: Grande report e grandes aventuras! :beer:

Pena que não tenhas uma noção melhor da Tailândia, ou que não tenhas passado pelas Filipinas.

Estou de malas feitas para ir para o Sudeste Asiático (parto a 24 de Abril para Bangkok), no entanto vou "à deriva" passando em várias capelinhas. Tenho é que definir prioridades porque o tempo não vai dar para tudo.

Tenho em mente estes destinos e precisava de uma comparação, ou sugestões, porque não vou ter tempo para tudo:

Bangkok, Tailândia
Phuket, Tailândia
Boracay, Filipinas
Bali, Indonésia
Kuala Lumpur, Malásia
Macau
Hong Kong
Gabriel

Realmente, foi pena não ter saído na Tailândia. Gostava de ter ido a Phuket (já alguns amigos foram lá [antes do tsunami de 2005] e disseram-me maravilhas. E gostava imenso de visitar grande parte da Ásia, principalmente o Vietname.

Se vais a Bali, recomendo-te o Grand Mirage em Nusa Dua (não fica muito longe de Dempasar). Excepcional hotel a preços baixos (pelo menos foi o que aconteceu em 2002)
Vê aqui fotos desse hotel: http://www.booking.com/hotel/id/grand-mirage-resort.pt.html?aid=311098;label=slhp_hotel-28461-id-UD_H_7MezLJMgYSrBh7%2ArQS2096680427;sid=c0830acbaa69577477fdd445a4cd70ea;gclid=CKbsuezq-acCFYsSfAodQAcbsw

Em Bali, tb aconselho a que não fiques apenas pelas praias. Vai à floresta dos macacos (são milhares) e andas no meio deles (cuidado para não se agarrarem a ti como me aconteceu), ou ao parque dos repteis. Visita a ilha das tartarugas e não te pode passar uma visita ao norte da ilha para passares pelos arrozais que como são na montanha, são em socalcos. São imagens inesquecíveis. Para isto, convém contratares um guia. É preciso ter estômago porque eles são condutores um pouquinho mais acelerados que nós e quando tu vês que não há espaço para passar, eles acabam por descobrir.
Na próxima terça-feira vou para Estocolmo, volto no Domingo.


Onde é que me aconselham a ir...

...à noite? :mrgreen:

Viper Room e Café Opera são boas discotecas
Kaj Place em Hammarby é fixe para ires beber um copo.

Vai também ao bar do gelo da Absolute. É caro mas vale a pena.
Diverte-te e aproveita, Estocolmo é muito giro mesmo
Floresta dos macacos (não, não sou eu na foto - encontrei no google..... não tenho aqui comigo as fotos de lá)



Parque dos Repteis




Templo num lago vulcânico no topo da montanha


Campos de Arroz em Bali



Hotel Grand Mirage







ai Liurai não metas essas fotos :S indonesia é o meu destino de sonho mas €€€ impende-me
Vão para onde na viagem de finalistas (quem for) ?  :mrgreen:

Vou pa Ibiza com a Megafinalistas  :victory: :victory:
Também fui para Ibiza na viagem de finalistas do secundário, bons tempos aproveita  :)
ai Liurai não metas essas fotos :S indonesia é o meu destino de sonho mas €€€ impende-me
pois, esse também é o meu problema para lá voltar..... é muito longe e a viagem é cara, até porque a estadia por lá não é cara..... o problema é mesmo a viagem.
Viajar é capaz de ser das coisas que mais gosto. Nem que seja apenas uma escapadinha a algum lugar próximo, tento sempre convencer quem manda cá em casa a fazer alguma coisa desse género, sempre que o dinheiro e o tempo permite.

Fazendo uma lista:


Portugal- Conheço praticamente o país todo, tendo até já repetido alguns destinos. Faltam-me apenas algumas ilhas dos Açores que gostava de conhecer, sobretudo São Jorge e o Pico!

Espanha- Conheço, sem exagerar, tudo o que é localidade de referência nas províncias da raia que vai de Bragança à Faro. Nesse aspecto, falta-me apenas conhecer a Galiza, que também gostava muito de visitar. No que está depois, conheço mais a Sul do que a Norte. Conheço Madrid, Sevilla, Córdoba, Granada, Cádiz, Jerez de la Frontera, Zaragoza, Burgos e Palma de Mallorca. Uma falha incrível é não conhecer Barcelona!  :wall:

França- Paris e Córsega (ilha fantástica, sobretudo a parte sul)

Itália- Roma (2 vezes), Veneza e Sardenha.

Inglaterra- Londres (no total 5 vezes, uma pessoa nunca se cansa daquele mundo, há sempre alguma coisa para ver), Brighton, Southampton, Leicester, Nottingham, Sheffield, Rye (pequena vila na costa sul).

Holanda- Amsterdão, embora gostasse de conhecer o resto.

Dinamarca- Copenhaga

Suíça- Genéve e Lausanne

Croácia- Split e ilhas da costa da Dalmácia (Sul)

Grécia- Atenas, Creta e Santorini (lindo!)

Turquia- Istanbul, Bodrum.

Malta- Só estive na ilha principal, mas adorava lá voltar um dia.

Marrocos- Tetouan, Chefchaoen (Norte), Fés, Méknes, Marrakech e Rabat.

Cabo Verde- Ilha do Sal, pelo que conheço muito pouco, segundo me dizem.

Moçambique- Maputo

África do Sul- Joanesburgo e Parque Nacional do Kruger. Gostava muito de ir à Cidade do Cabo.

Brasil- Salvador.

Cuba- Varadero e Havana (Furacão incluído).

EUA- Los Angeles.

Nova Zelândia- Ilhas do Norte e Sul praticamente todas. Até ao momento, a melhor viagem que já fiz, é um país lindo.

Tahiti- Ilha principal (com o mesmo nome) e Bora Bora.

Hong Kong.

Penso que não me esqueci de nada, não querendo ser presunçoso :mrgreen:

What do you wanna hear first: bad news, or the worst?
Los Angeles é a minha próxima viagem. Farnas, seu sortudo! >:D
Porra ó Farnas

E eu a pensar que já conhecia quase tudo...  :mrgreen:
Este forista recusa aplicar nos seus posts o novo Acordo Ortográfico
« Última modificação: Abril 02, 2011, 19:27 pm por AKi9 »
Por um Sporting construído de baixo para cima, e não de cima para baixo.