José Peseiro - A Entrevista (Abola).

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tenho mais po a este palhaco que ao dentista romeno, este gajo nao e treinador que se apresente, ainda por cima continua a fazer os mesmos erros por onde passa...
Adoro a justificacao do estivemos  a 6 minutos de ser campeoes e depois a estoria de como o Bahrein lhes espetou um golo em descontos que os afastou do Mundial...

ONCE A LOSER, ALWAYS A LOSER, LAMPIAO NOJENTO!!! :naughty: :boohoo:
"Recordo o que disse numa AG no mandato anterior. Estou disposto a dar o meu tempo, vida e alma ao Sporting, mas têm de estar comigo. Nos últimos dois anos tive duas hipóteses: ou me juntava aos interesses ou a vocês. Escolhi juntar-me a vocês."
Bruno de Carvalho, 17 de Fevereiro de 2018
Foi um campeonato anormal, como anormal foi aquela semana para nós. Tivemos muito azar...

De qualquer das formas foi a época em que mais vibrei a ver o SPorting, podíamos ter ganho troféus muito importantes mas infelizmente não o conseguimos.

Prefiro estar no quase que no nunca.

Acho que foi o ano em que mais vibrei com o nosso Sporting e quero voltar a este caminho.
Boa entrevista de um excelente treinador que nos levou à final de uma competição europeia 40 anos depois numa época em que jogámos excelente futebol

 :arrow:

 :arrow: Isto.
Foi um campeonato anormal, como anormal foi aquela semana para nós. Tivemos muito azar...

De qualquer das formas foi a época em que mais vibrei a ver o SPorting, podíamos ter ganho troféus muito importantes mas infelizmente não o conseguimos.

Prefiro estar no quase que no nunca.

Acho que foi o ano em que mais vibrei com o nosso Sporting e quero voltar a este caminho.
Boa entrevista de um excelente treinador que nos levou à final de uma competição europeia 40 anos depois numa época em que jogámos excelente futebol

 :arrow:

 :arrow: Isto.

Mais vale o quase do que o nunca...como alguém disse.. :arrow:

Futebol no seu expoente máximo.
No jogo com o Glórias houve gamanço, é verdade, mas o que houve essencialmente foi medo de Peseiro de jogar para ganhar na Luz contra um Glórias que jogava muito pouco. Houve a lesão do Pinilla (que tinha feito "hat trick" na jornada anterior no jogo contra o Braga), não havia Liedson (penso lembrar-me), mas lembro-me que fez um erro crasso na constituição da linha de ataque que mostrou o seu medo. Aconteceu o que frequentemente acontece a quem joga para empatar: perde. E sim, a equipa do ano de completo de Peseiro é certamente a equipa do Sporting que melhor futebol vi jogar, e tenho 20 e tal anos de idas ao Estádio.

Porque o menino levou o 5º amarelo na jornada anterior por... chutar uma bola para fora de campo já quase no fim do jogo. Atribuo mais ao Liedson a perda desse campeonato para os lampiosos do que ao Peseiro.
"Alianças só na mão esquerda da minha mulher"