SAD / Clube

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Peço desculpa abrir um tópico com este título quando já existem muitas outras discussões semelhantes, mas o que eu queria saber, de forma directa e clara é:

  • o que é que ainda pertence ao clube
  • o que é que pertence à SAD

Penso que é uma coisa que faz confusão a muita gente, e que em meio a tanta discussão e troca de argumentos acabamos por perder-nos.

A relevância de sabê-lo também há-de ser contestada, mas se a distinção existe, penso que deve estar clarificada na mente de todos.
« Última modificação: Dezembro 21, 2009, 12:31 pm por Paracelsus »
"If you can't dazzle them with brilliance, baffle them with bullshit"
A SAD pertence ao Clube e é isso que muitos não percebem, confundem e deturpam.


SAUDAÇÕES LEONINAS
CARLOS ALMEIDA
16.126
SPORTING SEMPRE 10RGULH0
A SAD pertence ao Clube e é isso que muitos não percebem, confundem e deturpam.


Então aqui a SAD já não é "pertença" dos seus sócios, ie, dos accionistas e sim do Clube? Mas o Clube já "pertence" aos seus sócios mas não a todos os Sportinguistas... :lol: É giro ver estas voltas ao bico do prego.
A SAD pertence ao Clube e é isso que muitos não percebem, confundem e deturpam.

Carlinhos, diz a verdade uma vez na vida: qual foi o teu sentido de voto:

-quando foi proposta a passagem da Academia para a SAD?

-quando foi proposta a reestruturação de Soares Franco (VMOCs e demais camandros)?

-quando foi proposta a passagem da SCS para a SAD?

E...

-quando seja proposta a passagem do estádio para a SAD?



A SAD pertence ao Clube e é isso que muitos não percebem, confundem e deturpam.

Pode-se até aceitar o que dizes, mas não é só com essa linha que vais esclarecer ninguém e contribuir para desmistificar essa percepção, confusão e deturpação :inde:
"If you can't dazzle them with brilliance, baffle them with bullshit"
Vamos lá ver se não me esqueço de nada:

Atenção que a Sporting Comércio e Serviços (SCS) já está na SAD

Sporting CLUBE:
- Estádio (recebe 5M€/ano da SAD pela sua utilização)
- Academia (se bem que esteja em regime de leasing ao banco; recebe 1M€/ano da SAD pela sua utilização)
- 25% da quotização dos sócios
- Modalidades
- Cerca de 76% da Sporting SAD
- 9 empresas de cariz imobiliário

Sporting SAD:
- Sporting Comércio e Serviços (que detém os direitos de transmissão televisiva e os direitos de utilização da marca Sporting, ou seja, em teoria, o Clube para usar o seu nome tem que pedir autorização à SAD)
- 75% da quotização dos sócios
- Futebol e todas as receitas daí decorrentes


Se faltar alguma coisa podem sempre adicionar
Partindo do pressuposto que te referes a "património" e direitos, desportivo ou imobiliário:

Resumidamente é mais ou menos assim:

o que é que ainda pertence ao clube

Estádio
Academia
25% das Quotas
Terrenos do antigo estádio
Edifício Visconde de Alvalade
Alvaláxia
Health Club
Clínica Cuf
Bombas de gasolina
Direitos de construção no Vale de S. António
Direitos de TV

o que é que pertence à SAD

Passes dos jogadores
Direitos de TV
75% das Quotas
Partindo do pressuposto que te referes a "património" e direitos, desportivo ou imobiliário:

Resumidamente é mais ou menos assim:

o que é que ainda pertence ao clube

Estádio
Academia
25% das Quotas
Terrenos do antigo estádio
Edifício Visconde de Alvalade
Alvaláxia
Health Club
Clínica Cuf
Bombas de gasolina
Direitos de construção no Vale de S. António
Direitos de TV

o que é que pertence à SAD

Passes dos jogadores
Direitos de TV
75% das Quotas

A Academia é uma questão de tempo até estar também riscada...
Muito obrigado, MRG e Parecelsus :arrow:
"If you can't dazzle them with brilliance, baffle them with bullshit"
Tinha entendido que a Academia já era da SAD.
Tinha entendido que a Academia já era da SAD.

Acho que o JEB ia contratar um "avaliador" para "avaliar" (lógico não é? ;D) o valor real da Academia antes de a fazer passar... mas não sei como isso está, se em águas de bacalhau, se não... :inde:
A minha concepção mais romântica gostaria de ter uma SAD detida a 100% pelo Clube e posteriormente retira-la da bolsa.

Numa concepção mais realista sei que tal não vai acontecer, e não funcionaria. Assim fazendo uma adaptação do que seria o grupo Sporting POSTERIORMENTE À CONSTRUÇÃO DO PAVILHÃO

Sporting Clube:
-Detentor a 100% da Marca Sporting
-Detentor de 10% das futuras transferências dos jogadores formados em Alvalade (+ solidariedade FIFA)
-Mínimo de 50% (ideal 100%) quotização
-Detentor dos direitos de transmissão das modalidades;
-Detentor da facturação de bilheteira e material referente às modalidades;
-Detentor das receitas das modalidades "pagas" tipo Natação
-Detentor da publicidade das modalidades
-Detentor a 100% do Multidesportivo e do pavilhão
-Mínimo de 50% do Canal Sporting
-Ideal 50,1% da SAD do futebol, mas com os requisitos anteriores verificados, admitiria a perda da maioria

Sporting SAD
-Detentor do Estádio, bem como a rentabilização da sua exploração: bilhetes, naming, publicidade e eventos
-Todas as receitas referentes à exploração directa do futebol (excepto jogadores formados no Clube)
-Detentor da exploração do merchadising referente ao futebol
-Detentor dos direitos televisivos do futebol em canal externo ou canal/site clube
-Direito de utilização da marca Sporting (sem ser seu proprietário)
-No limite 50% da quotização;
-No limite 50% do Canal do Clube.

Sporting SAD teria de assumir todo o passivo do Grupo Sporting, quer os bancários quer as dividas intra-grupo existentes (exceptuando o custo de constituição do canal Sporting, e o custo de construção do novo pavilhão)
A Sporting SAD seria obrigada a ceder ser qualquer custo, instalações e infra-estruturas ao Clube, desde que para sua utilização própria (ex. saraus).

A ideia seria começar todo o percurso do zero, em que a SAD "pagaria" em forma de compensação um Nome que levou mais de 100 anos a construir. . Até porque sendo justos, a quase totalidade do passivo do Clube se deve a passivo do futebol e/ou construção do Estádio!!!
Desta forma retiraria do clube toda a divida deste, garantindo-lhe a sua existência de forma perfeitamente tranquila

Para o bem ou para o mal, separaríamos de uma vez o que é do futebol, e o que é do clube. Cada um teria que viver com o que é seu.

Isto permitia dar alguma autonomia à SAD mas com responsabilização, pois implicaria que o seu "dinheiro" respondesse pelos seus erros (e não os do clube como acontece actualmente);

O Clube teria também desafogo pois podia gerir a sua vida com os seus, e com aquilo que estes achassem que seria melhor para o seu futuro. O Clube teria sempre opção e preferência numa eventual Opa sobre a SAD, e desta forma não seria apenas no papel.

O sucesso da SAD e do Clube dependeria da forma como gerisse as suas receitas. Claro está com administrações diferentes!

Esta era a forma como algum dia ponderaria aceitar a "perda" do futebol.
PRIMEIRO ARRUMAVA-SE A CASA!!! PRIMEIRO GARANTÍAMOS A SOBREVIVÊNCIA DO SPORTING!!!
"Se as coisas correrem mal, essa despesa ficará por minha conta!"- a respeito da contratação de José Peseiro- Sousa Cintra 01/07/2018
« Última modificação: Janeiro 12, 2010, 17:32 pm por Pedro Damas »
Miguel ´Silveira´ Martins

39 anos de amor incondicional pelo Sporting Clube de Portugal
O problema é um dia chegarem ao pé de ti e dizerem-te: "Olha, temos que vender a posição maioritária na SAD, se não, fechamos portas."

E lá se vai a SAD e o património...
Pretendo ficar amarrado àquilo que foi o sonho de um fundador do Clube.

"Quando se afirma que o mal está no Clube porque a SAD funciona lindamente, estamos chegados a um nível de despudor e de falta de vergonha poucas vezes visto desde que Édipo matou o pai e casou com a mãe."

O problema é um dia chegarem ao pé de ti e dizerem-te: "Olha, temos que vender a posição maioritária na SAD, se não, fechamos portas."

E lá se vai a SAD e o património...
 :arrow:
bem miudos !
"Parece que os lagartos nos deram um baile do caraças pela conversa no forum deles."  By an orc in Serorc.com
« Última modificação: Janeiro 12, 2010, 17:32 pm por Pedro Damas »
Miguel ´Silveira´ Martins

39 anos de amor incondicional pelo Sporting Clube de Portugal
SE o mundo tivesse acabado ontem, hoje não estavas a ler o forumscp

Acabaram os argumentos de "defesa"  :-\ ?
Se o Sporting (Clube) tem larga maioria da SAD, qual é o grande problema ou a grande vantagem em se passar patrimonio para a SAD?

Porque o clube apenas é dono de 60% ou 70% da SAD, ou seja se o clube tem algo que vale 100 e o passa para a SAD, passa a ter apenas 70, pelo que a SAD deveria pagar 30 ao clube, o que não vai acontecer nunca.
O problema é um dia chegarem ao pé de ti e dizerem-te: "Olha, temos que vender a posição maioritária na SAD, se não, fechamos portas."

E lá se vai a SAD e o património...

SE o mundo tivesse acabado ontem, hoje não estavas a ler o forumscp

Não é uma questão de adivinhar o futuro, é uma questão de perceber a tendência dos últimos anos e aprender com o passado recente do Clube.

Tenho que presumir que não conheces as contas da SAD e do Clube e a evolução da situação economico-financeira do Clube nos últimos anos, caso contrário não dirias essas barbaridades.

SL
Vamos lá ver se não me esqueço de nada:

Atenção que a Sporting Comércio e Serviços (SCS) já está na SAD


A quem pertencem os restantes 2% da SGPS??