Futebol Argentino

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.




 :dance:

E já estamos 1 à frente do Independiente :twisted:
« Última modificação: Dezembro 15, 2014, 13:11 pm por Lupin »
#team29%
Estou disposto a dar o meu tempo, vida e alma ao Sporting CP, mas têm de estar comigo. Nos últimos dois anos tive duas hipóteses: ou me juntava aos interesses ou a vocês. Escolhi juntar-me a vocês, mas têm de estar comigo, porque se não os interesses acabam comigo de uma vez. - BdC
Riquelme anuncia retirada


Juan Román Riquelme, de 36 anos, anunciou este domingo o fim da sua carreira de futebolista.

«Decidi deixar de jogar futebol. Estou feliz, estou com muita vontade de desfrutar das coisas daqui para a frente, embora saiba que nenhum trabalho me vai dar a felicidade que me dava o futebol», disse o argentino citado pelo Olé.

Em vinte temporadas ao mais alto nível, Riquelme passou por Boca Juniors, Barcelona, Villarreal e Argentino Juniors. Pela seleção da Argentina disputou 51 jogos, tendo apontado 17 golos.

 :'( :'(
Pouco ou nada tenho comentado no fórum nos últimos meses. Mas não queria deixar de vir cá mandar um abraço ao @reilagarto e restantes gallinas.  :mrgreen:

Boca Juniors 5 - River Plate 0 (Mendoza 2015)
Pouco ou nada tenho comentado no fórum nos últimos meses. Mas não queria deixar de vir cá mandar um abraço ao @reilagarto e restantes gallinas.  :mrgreen:

Boca Juniors 5 - River Plate 0 (Mendoza 2015)

Uma manita  :mrgreen:
O que vale é que a SulAmericana canta cá deste lado

SL
Pouco ou nada tenho comentado no fórum nos últimos meses. Mas não queria deixar de vir cá mandar um abraço ao @reilagarto e restantes gallinas.  :mrgreen:

Boca Juniors 5 - River Plate 0 (Mendoza 2015)
Grande tareia. :lol:
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...
Tudo bem, mas toda a gente sabe que os superclássicos do verão são mais importantes que a Sudamericana  :mrgreen:

Tudo bem, mas toda a gente sabe que os superclássicos do verão são mais importantes que a Sudamericana  :mrgreen:



Sim e venceram os dois. O outro por 1-0  :inde: :inde:
O Chavez tá feito um jogadorzao.......

SL
Os onzes:

Citar
O técnico Rodolfo Arrubarena escalou o Boca da seguinte forma: Sara; Fuenzalida, Daniel Dí­az, Torsiglieri e Monzón; Pérez, Gago e Franco Cristaldo; Palacios, Emmanuel Gigliotti e Andrés Chávez. Já MArcelo Gallardo, do River, colocou em campo: Barovero; Mercado, Maidana, Funes Mori e Vangioni; Mayada, Kranevitter e Ariel Rojas; Pisculichi; Rodrigo Mora e Téo Gutiérrez

Torsi. Bom reforço se estiver ao nivel do que fazia no Velez.
Ah fala-se em Nicolas Lodeiro para o Boca.

Além do Chavez este Calleri , cheira-me que vai longe.......
É melhor nao dizer mais nada se nao paginas tantas vao parar aos lampioes  :mrgreen:

SL
Os onzes:

Citar
O técnico Rodolfo Arrubarena escalou o Boca da seguinte forma: Sara; Fuenzalida, Daniel Dí­az, Torsiglieri e Monzón; Pérez, Gago e Franco Cristaldo; Palacios, Emmanuel Gigliotti e Andrés Chávez. Já MArcelo Gallardo, do River, colocou em campo: Barovero; Mercado, Maidana, Funes Mori e Vangioni; Mayada, Kranevitter e Ariel Rojas; Pisculichi; Rodrigo Mora e Téo Gutiérrez

Torsi. Bom reforço se estiver ao nivel do que fazia no Velez.
Ah fala-se em Nicolas Lodeiro para o Boca.

Além do Chavez este Calleri , cheira-me que vai longe.......
É melhor nao dizer mais nada se nao paginas tantas vao parar aos lampioes  :mrgreen:

SL
Chavez era um belo reforço. :mrgreen:
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...
Os onzes:

Citar
O técnico Rodolfo Arrubarena escalou o Boca da seguinte forma: Sara; Fuenzalida, Daniel Dí­az, Torsiglieri e Monzón; Pérez, Gago e Franco Cristaldo; Palacios, Emmanuel Gigliotti e Andrés Chávez. Já MArcelo Gallardo, do River, colocou em campo: Barovero; Mercado, Maidana, Funes Mori e Vangioni; Mayada, Kranevitter e Ariel Rojas; Pisculichi; Rodrigo Mora e Téo Gutiérrez

Torsi. Bom reforço se estiver ao nivel do que fazia no Velez.
Ah fala-se em Nicolas Lodeiro para o Boca.

Além do Chavez este Calleri , cheira-me que vai longe.......
É melhor nao dizer mais nada se nao paginas tantas vao parar aos lampioes  :mrgreen:

SL

 :mrgreen:

Sim, tenho gostado muito, diga-se de passagem que entre estes dois sentaram nem mais nem menos que o Gigliotti e o Martínez. Se se confirmar o Lodeiro, começo a achar que se pode fazer qualquer coisa engraçada neste torneio.

O River é que me surpreendeu pela negativa, depois do nível apresentado na época passada. Já agora, onde anda o Aimar? Na Wikipedia versão inglesa aparecia no plantel de River para este ano, mas deve ser peta.
Os onzes:

Citar
O técnico Rodolfo Arrubarena escalou o Boca da seguinte forma: Sara; Fuenzalida, Daniel Dí­az, Torsiglieri e Monzón; Pérez, Gago e Franco Cristaldo; Palacios, Emmanuel Gigliotti e Andrés Chávez. Já MArcelo Gallardo, do River, colocou em campo: Barovero; Mercado, Maidana, Funes Mori e Vangioni; Mayada, Kranevitter e Ariel Rojas; Pisculichi; Rodrigo Mora e Téo Gutiérrez

Torsi. Bom reforço se estiver ao nivel do que fazia no Velez.
Ah fala-se em Nicolas Lodeiro para o Boca.

Além do Chavez este Calleri , cheira-me que vai longe.......
É melhor nao dizer mais nada se nao paginas tantas vao parar aos lampioes  :mrgreen:

SL
Chavez era um belo reforço. :mrgreen:

Tem características que gosto muito: potente, rápido, móvel. Mas não sei até que ponto é tipo para marcar 30 golos numa época. Penso que funciona melhor quando joga acompanhado no eixo do ataque, em 4-4-2.
Os onzes:

Citar
O técnico Rodolfo Arrubarena escalou o Boca da seguinte forma: Sara; Fuenzalida, Daniel Dí­az, Torsiglieri e Monzón; Pérez, Gago e Franco Cristaldo; Palacios, Emmanuel Gigliotti e Andrés Chávez. Já MArcelo Gallardo, do River, colocou em campo: Barovero; Mercado, Maidana, Funes Mori e Vangioni; Mayada, Kranevitter e Ariel Rojas; Pisculichi; Rodrigo Mora e Téo Gutiérrez

Torsi. Bom reforço se estiver ao nivel do que fazia no Velez.
Ah fala-se em Nicolas Lodeiro para o Boca.

Além do Chavez este Calleri , cheira-me que vai longe.......
É melhor nao dizer mais nada se nao paginas tantas vao parar aos lampioes  :mrgreen:

SL
Chavez era um belo reforço. :mrgreen:

Tem características que gosto muito: potente, rápido, móvel. Mas não sei até que ponto é tipo para marcar 30 golos numa época. Penso que funciona melhor quando joga acompanhado no eixo do ataque, em 4-4-2.
Também gosto de um jogador com estas características.
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...
 :ohá quanto tempo o Torsiglieri foi anunciado no Boca?aqui diz que foi ontem[url]https://www.facebook.com/BocaJuniors/photos/a.115576038607341.23756.114264528738492/412167452281530/?type=1&theater">
[/url]
 :ohá quanto tempo o Torsiglieri foi anunciado no Boca?aqui diz que foi ontem[url]https://www.facebook.com/BocaJuniors/photos/a.115576038607341.23756.114264528738492/412167452281530/?type=1&theater">
[/url]

Já chegou há algum tempo à Bombonera, praí duas semanas, mas só agora é que foi apresentado, na cerimónia conjunta. Inclusive já jogou nos últimos amigáveis.

BTW Lodeiro confirmado como o novo 10 xeneize. Boa aquisição. Agora fala-se em Osvaldo para o ataque.
 :ohá quanto tempo o Torsiglieri foi anunciado no Boca?aqui diz que foi ontem[url]https://www.facebook.com/BocaJuniors/photos/a.115576038607341.23756.114264528738492/412167452281530/?type=1&theater">
[/url]

Já chegou há algum tempo à Bombonera, praí duas semanas, mas só agora é que foi apresentado, na cerimónia conjunta. Inclusive já jogou nos últimos amigáveis.

BTW Lodeiro confirmado como o novo 10 xeneize. Boa aquisição. Agora fala-se em Osvaldo para o ataque.

Sim pelo que li Osvaldo está certo.

SL
O Boca a fazer all-in, sim senhor.
#team29%
Estou disposto a dar o meu tempo, vida e alma ao Sporting CP, mas têm de estar comigo. Nos últimos dois anos tive duas hipóteses: ou me juntava aos interesses ou a vocês. Escolhi juntar-me a vocês, mas têm de estar comigo, porque se não os interesses acabam comigo de uma vez. - BdC
Campeonato a 30 clubes?! :o :mrgreen:

Deu a louca na Argentina?! Tanto volta que vão dar para que em 2018/2019 o campeonato passe a ter 22 equipas e tornar-se num campeonato a duas voltas. Vai ser interessante esta época.
Citar
Na terra dos derbies inventados

O novo campeonato argentino vai ter uma jornada reservada às rivalidades, mesmo para os clubes que não as têm.

Ainda mal começou, mas já todos discutem o que virá a seguir: o novo campeonato argentino, deixado em herança por Julio Grondona e baptizado com o nome do dirigente – que durante 35 anos liderou a Associação de Futebol da Argentina (AFA) e que, em Julho de 2014 sucumbiu na sequência de um aneurisma –, está a provocar enormes dores de cabeça na pátria de Maradona e Messi. É um torneio mastodôntico, disputado por 30 equipas, e cujo formato contém várias originalidades. Entre elas, os derbies inventados.

Pela primeira vez desde 1991, a Argentina vai ter um campeonato único, a ser disputado ao longo do ano civil, substituindo o sistema que vigorava antes, com dois torneios (Apertura e Clausura). A prova será disputada apenas a uma volta, o que levará a disparidades absurdas no calendário dos clubes: uns vão ter de percorrer mais de 5000 quilómetros, outros pouco mais de 2000; uns defrontam o River Plate no Monumental e o Boca Juniors na Bombonera, outros vão receber os dois rivais.

Para tornar as coisas ainda mais disparatadas, a AFA decidiu introduzir uma jornada extra no calendário, que será preenchida com “clássicos”: River-Boca, Estudiantes-Gimnasia, Huracán-San Lorenzo, Rosario Central-Newell’s, Independiente-Racing, Lanús-Banfield... Só que há clubes sem rivalidades ao nível destas, que foram emparelhados de forma aleatória, em duelos “sem história nem folclore”, apontava Cristian Grosso, editor do diário La Nación. Entre os derbies inventados estão Olimpo-Sarmiento, Rafaela-Belgrano ou Aldosivi-Crucero del Norte.

Com as suas singularidades, este campeonato tem merecido críticas acesas na Argentina. “Ficará na história por ser o único da sua espécie. Uma criatura disforme, digna de ser vista em museus e jardins zoológicos. Os quadros, as esculturas, os animais e o ‘torneio de 30’”, escreveu Juan Pablo Varsky. “Ganhe quem ganhar, terá na sua vitrina um produto exótico, de edição limitada. Um exemplar simplesmente irrepetível”.


O pontapé de saída aconteceu com o Vélez Sarsfield-Aldosivi, uma partida entre um clube que detém dez títulos de campeão e outro que há quase 40 não estava no primeiro escalão do futebol argentino. Devido ao alargamento súbito do campeonato (em dois meses cresceu 50%) juntaram-se muitas realidades distintas, entre candidatos aos títulos nacionais e continentais – como por exemplo o River Plate, que acaba de conquistar a Supertaça sul-americana, o sétimo troféu internacional da história – e emblemas à beira da falência. “Só temos dinheiro para seis meses”, admitia Jorge Miadosqui, vice-presidente do San Martín (de San Juan). “Alguns vão competir, muitos apenas participar”, resumia Cristian Grosso.

Entre Agosto e Dezembro de 2014 houve um campeonato de transição com 20 participantes e agora entra em vigor o projecto idealizado por Grondona: a essas 20 equipas somaram-se mais dez e a competição vai prolongar-se até Novembro, apenas com uma interrupção de mês e meio durante a Copa América. O objectivo da AFA é reduzir gradualmente o número de equipas no primeiro escalão, ao mesmo tempo que alinha a prova com os calendários europeus. Este ano só haverá dois despromovidos e não serão necessariamente os dois últimos – aplica-se o critério da média pontual nas últimas quatro épocas. No início de 2016 realiza-se um torneio curto e depois um campeonato a 28 em 2016-17, a 26 na época seguinte, e a 24 em 2018-19.

http://www.publico.pt/desporto/noticia/na-terra-dos-derbies-inventados-1686066

Artigo interessante, as partes que coloquei a negrito estão muito boas.  :lol:

Vai ser a confusão completa...
De uma coisa não tenho duvidas quem vencer fica na história

SL
Grande Boca, largou 2 0 no River Plate. :clap:
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...