AG da SAD - 3 de Agosto

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Caros foristas, não alimentando mais discussões, respondam-me a uma coisa:

O Sr. FSF disse que não se candidataria à presidência do clube por falta de tempo e de paciência. Agora pergunto eu, porque é que continua ligado à SAD do Sporting se já não tinha paciência? Será que agora já tem paciência? E tempo? Agora já o tem?

Parece que anda tudo a dormir com palas nos olhos...

os anos passam, o clube afunda-se cada vez mais financeiramente e desportivamente mas os sócios reagem como se nada acontecesse e como se tivesse tudo bem. Sinceramente, não percebo! É preciso mudar, é preciso... LIMPEZA!

ACORDEM!

Dani,

O FSF é accionista e portanto tem o direito de ser proposto para um Comissão de Accionistas, onde as responsabilidades, tempo e paciência não são exigíveis em igual grau às que se exigem para o cargo de Presidente.

Se não concordas e queres lutar contra isso, compra acções, pede a palavra na AG da SAD e depois vota contra a eleição daquela Comissão.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
É que já enjoa a cassete dos 90%. Que trauma!

esssa ligeireza do pensamento o que  passou passou tambem enjoa como tambem enjoa  ver esta gentalha a dar cabo do clube e ter tudo a bater palminhas e a dar pulinhos de contente.....tendo de vos gramar  gramem tambem com o descontentamento dos 10% e nao só......
gostam de varrer o lixo para debaixo do tapete como se nada fosse mas ha muita gente que nao.
 
Falar sem não fazer nada torna-se quase tão inócuo e contraproducente como bater palminhas e dar pulinhos de contente.

Só se mudam as coisas participando activamente no clube. E formalmente só se consegue participar activamente no clube se se fizer a inscrição de sócio para ir às Assembleias.

 :arrow:
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
Falar sem não fazer nada torna-se quase tão inócuo e contraproducente como bater palminhas e dar pulinhos de contente.

Só se mudam as coisas participando activamente no clube. E formalmente só se consegue participar activamente no clube se se fizer a inscrição de sócio para ir às Assembleias.

 :arrow:

ja nao chega.....tem paciencia mas ja nao chega. estou de acordo contigo que as coisas so mudam com activismo mas ja nao chega ir ás assembleias.
no meu caso o meu activismo tem andado a ser feito por ca...pelos nucleos, por passa a palavra e muitos outros meios....por isso estou á vontade para dizer que sou dos tais que nao me limito a mandar larachas no forum....que as pessoas nao saibam ou nao vejam é outra coisa.se é eeficaz? talvez nao seja o que deveria ser....mas nao fico parado... mas convido vos a vir a Aveiro....para eu vos explicar o que é activismo. sim porque activismo nao é uma graça divina so concedida a socios ou residentes na regiao de Lisboa. o Activismo Sportinguista faz se em todo o lado e por toda a gente. socios e nao socios.
 
O FSF é accionista e portanto tem o direito de ser proposto para um Comissão de Accionistas, onde as responsabilidades, tempo e paciência não são exigíveis em igual grau às que se exigem para o cargo de Presidente.

Eddie, eu sei que disse que não voltava, pelo menos enquanto for para manter esta questão dos 90/10 (e de ambos os lados, diga-se), mas neste caso, que é desde logo o que mais confusão me faz, deve dizer-se que FSF é "indigitado" pelo Sporting, e não por um outro grupo qualquer de accionistas.

Sendo uma "nomeação" feita pelo clube, devo dizer que não a entendo e muito menos concordo com ela, porque não faz sentido nenhum que o Sporting vá buscar associados que não estão inseridos nos órgãos sociais para desempenharem cargos que, mesmo não executivos, implicam tratamento de matérias altamente sigilosas do clube.

Como já alguns afirmaram, e nisso estou completamente de acordo, esta "movimentação" mais não é que um exemplo do poder efectivo que outras instituições que não o Sporting têm sobre a SAD para o futebol. Tal como perspectivado, JEB vem colmatar uma falha ao nível da imagem, sendo que o núcleo de poder continua o mesmo e os objectivos, mesmo maquilhados, são hoje os que eram há 1 ano.

E contra isso vou lutar sempre, é certo!  :naughty: :hand:
Rui, evidentemente. Mas isso já é outra questão: todo este processo de ser o Conselho Directivo a propôr uma Comissão de Accionistas a qual vai estabelecer as remunerações da SAD, quando o Presidente desse Conselho Directivo será ele próprio Presidente da SAD, tem o seu quê de surreal. Além disso a Comissão proposta só é formalmente constituída depois de ser eleita em AG da SAD; ora se o clube detém a maioria dos votos da SAD e se é o clube que propõe aquela Comissão, qual o sentido de a Comissão ser eleita em AG da SAD?  ;D

Mas se tem que se constituir uma Comissão de Accionistas e se FSF é accionista, por muito que nos custe ele tem o direito de fazer parte dela. A falha está nos estatutos da SAD, que deixam que seja o CD do clube a "propôr" os elementos que constituirão essa Comissão.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
A AG é hoje.

Esqueci-me de delegar os meus direitos de voto na AAS, pelo que gostaria de estar presente nesta AG (até porque nunca fui a uma AG da SAD).

Sabem como se processa a admissão na AG? Como é que eu demonstro que sou accionista? Tenho que apresentar alguma declaração do banco onde tenho a carteira de acções?
A AG é hoje.

Esqueci-me de delegar os meus direitos de voto na AAS, pelo que gostaria de estar presente nesta AG (até porque nunca fui a uma AG da SAD).

Sabem como se processa a admissão na AG? Como é que eu demonstro que sou accionista? Tenho que apresentar alguma declaração do banco onde tenho a carteira de acções?

Bigfoot, é isto:

Nos termos do disposto no artigo 9.º dos Estatutos da Sociedade, apenas poderão participar na Assembleia e exercer o direito de voto aqueles que comprovem ser titulares ou representantes de titulares de acções que confiram direito, incluindo a
hipótese de agrupamento, a pelo menos um voto e desde que o sejam pelo menos no quinto dos dias úteis que precedem a data da Assembleia, isto é, no dia 27 de Julho de 2009. Nos termos estatutários, a cada cem acções corresponde um
voto, só sendo consideradas para efeitos de voto as acções já detidas à data acima referida.

Os accionistas possuidores de menos de cem acções poderão agrupar-se de forma a completarem aquele número ou um número superior e fazer-se representar por um dos agrupados. Os accionistas sem direito a voto apenas poderão assistir à Assembleia. Para comprovarem a sua qualidade e o número de acções detidas, devem os Senhores Accionistas solicitar ao intermediário financeiro (Banco ou outra Instituição) onde as suas acções se encontrem inscritas, dando-lhe conhecimento da presente convocação, que remeta à sociedade o certificado para exercício de direitos previsto no art.º 78º do Código dos Valores Mobiliários. As declarações podem referir-se a data anterior ao quinto dia útil que precede a assembleia, visto que as acções que dela sejam objecto ficam bloqueadas até à data de realização da assembleia, nos termos legais.

O certificado para o exercício de direitos ou o documento de agrupamento de acções para efeitos de voto acima mencionados devem ser recebidos na sociedade até ao segundo dia útil que antecede a data marcada para a Assembleia Geral, ou seja, até 30
de Julho de 2009.
Bigfoot, é isto:

Nos termos do disposto no artigo 9.º dos Estatutos da Sociedade, apenas poderão participar na Assembleia e exercer o direito de voto aqueles que comprovem ser titulares ou representantes de titulares de acções que confiram direito, incluindo a
hipótese de agrupamento, a pelo menos um voto e desde que o sejam pelo menos no quinto dos dias úteis que precedem a data da Assembleia, isto é, no dia 27 de Julho de 2009. Nos termos estatutários, a cada cem acções corresponde um
voto, só sendo consideradas para efeitos de voto as acções já detidas à data acima referida.

Os accionistas possuidores de menos de cem acções poderão agrupar-se de forma a completarem aquele número ou um número superior e fazer-se representar por um dos agrupados. Os accionistas sem direito a voto apenas poderão assistir à Assembleia. Para comprovarem a sua qualidade e o número de acções detidas, devem os Senhores Accionistas solicitar ao intermediário financeiro (Banco ou outra Instituição) onde as suas acções se encontrem inscritas, dando-lhe conhecimento da presente convocação, que remeta à sociedade o certificado para exercício de direitos previsto no art.º 78º do Código dos Valores Mobiliários. As declarações podem referir-se a data anterior ao quinto dia útil que precede a assembleia, visto que as acções que dela sejam objecto ficam bloqueadas até à data de realização da assembleia, nos termos legais.

O certificado para o exercício de direitos ou o documento de agrupamento de acções para efeitos de voto acima mencionados devem ser recebidos na sociedade até ao segundo dia útil que antecede a data marcada para a Assembleia Geral, ou seja, até 30
de Julho de 2009.


Obrigado Soldevi,

Já perdi a oportunidade de poder participar e votar nesta AG.  :wall:

No futuro vou pedir à AAS que me represente.

Alguém que vá poderia deixar aqui um resumo?
03-08-2009
Assembleia-Geral da SAD aprova alterações

Os accionistas da sociedade anónima desportiva responsável pelo futebol «leonino» reuniram-se, no final da tarde de segunda-feira, para aprovar os quatro pontos em discussão.

Mais de 90 por cento do capital da SAD representado, que, durante mais de duas horas, discutiram e aprovaram os quatro pontos apresentados a votação: ratificação da cooptação de José Eduardo Bettencourt, eleição de José Maria Ricciardi para o Conselho Fiscal, a criação de uma comissão de accionistas que proponha uma política de renumeração dos Órgão Sociais e a designação de um revisor oficial de contas.

No final da reunião, Rogério Alves, presidente da Assembleia -Geral da SAD, falou aos jornalistas, declarando que "todos os pontos foram aprovados por maioria esmagadora. A comissão de accionistas que apresentará à assembleia uma política de remunerações para os órgãos sociais é composta por Filipe Soares Franco, Diogo Vaz Guedes e Filipe de Button. Quando será apresentada? Acredito que logo após as férias, ou seja, em Setembro. Quando à designação de um Revisor Oficial de Contas, vem de acordo com o exigido pelo artigo 28.º do Código das Sociedades Comerciais e é um acto preparatório para uma futura passagem da Academia e dos direitos televisivos para a SAD. A eleição de José Maria Ricciardi? Foi eleito por maioria esmagadora e designado não pela sua posição no banco A ou B, mas sim pelo seu sportinguismo."

Rogério Alves terminou as suas declarações, revelando a convicção de que "o Sporting irá trazer a eliminatória da Holanda. Gostaria que fosse com uma vitória, mas um empate com golos já chegará, frente um adversário que não conhecia, mas com o estatuto de qualidade de ter sido segundo classificado no campeonato do seu país".

Texto: Jorge Vicente

A entidade (clube) que apresentou as propostas, viu as mesmas aprovadas em Assembleia onde aquela mesma entidade detém a maioria dos votos. Por esta é que eu não estava à espera.  :think:

E já agora, pelo timing da coisa, parece que o melro vai estar 3 meses sem receber salário.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
E já agora, pelo timing da coisa, parece que o melro vai estar 3 meses sem receber salário.

Há uma coisa chamada retroactivos. Mas se não for o Sporting a pagar devem ser terceiros ::)

E entretanto está consumada mais uma promessa eleitoral de Bettencourt: renovação do dirigismo. Volta assim Soares Franco e com ele a passagem da Academia e da SCS para a SAD.

A continuidade é mesmo lixada :'(
Então ainda não foi desta que ficámos sem estádio e sem academia  :question:
24/06/2018 Para mim acabou-se!
Então ainda não foi desta que ficámos sem estádio e sem academia  :question:

A passagem da academia e outros activos será votada am AG do clube, não da SAD!
(...)

Quando à designação de um Revisor Oficial de Contas, vem de acordo com o exigido pelo artigo 28.º do Código das Sociedades Comerciais e é um acto preparatório para uma futura passagem da Academia e dos direitos televisivos para a SAD.

(...)

Não deixa de ser algo cómico falarem à boca cheia de um processo que já foi chumbado 2 vezes em Assembleia Geral dos Sócios como se fosse acontecer já amanhã. No tempo de FSF equacionou-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD; no tempo de JEB equaciona-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD... há quem chame a isto de ruptura. :-\
Não deixa de ser algo cómico falarem à boca cheia de um processo que já foi chumbado 2 vezes em Assembleia Geral dos Sócios como se fosse acontecer já amanhã. No tempo de FSF equacionou-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD; no tempo de JEB equaciona-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD... há quem chame a isto de ruptura. :-\

Mas há que reconhecer que se JEB anunciar pelo Twitter a passagem da Academia e direitos televisivos para a SAD e desatar a agitar o cachecol em plena AG, a coisa torna-se muito mais apaixonante.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
(...)

Quando à designação de um Revisor Oficial de Contas, vem de acordo com o exigido pelo artigo 28.º do Código das Sociedades Comerciais e é um acto preparatório para uma futura passagem da Academia e dos direitos televisivos para a SAD.

(...)

Não deixa de ser algo cómico falarem à boca cheia de um processo que já foi chumbado 2 vezes em Assembleia Geral dos Sócios como se fosse acontecer já amanhã. No tempo de FSF equacionou-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD; no tempo de JEB equaciona-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD... há quem chame a isto de ruptura. :-\

Ainda durante a campanha eleitoral alertei para o perigo que constituia a vitória de JEB neste capitulo. É que enquanto FSF tinha uma imagem distante dos sócios e pouco cativante, JEB com o seu estilo decalcado dos ditadores populistas, é muito melhor vendedor da banha da cobra. E enquanto FSF, com todos os defeitos que tem, nas poucas entrevistas que dava, punha o acento tónico na situação financeira, e no que representavam os actos que se propunha efectuar, JEB em contraponto nem fala do assunto.

Temo que facilmente JEB consiga a maioria de 2/3 necessária para passar esta medida, até porque já está em marcha o processo de lavagem cerebral. A medida já anda desde as eleições a ser anunciada, não como uma probabilidade, mas como um dado adquirido. Já é falada como uma inevitabilidade, e isto vai-se entranhar na mente de muita gente. A própria nomeação de um TOC, de forma a apurar de forma independente o valor da Academia, numa tentativa de afastamente da ideia de FSF que propunha um valor pré-definido para a Academia, não é mais que um fait-diverts, porque até estar construído o Aeroporto, e até se apurarem as alterações ao PDM da área limitrofe, será impossível determinar de forma eficaz o real valor daqueles terrenos.

Aporoveito para afirmar desde já que não vejo qualquer inconveniente numa venda futura da Academia no intuito de gerar mais valias. Como dizia PPC, o importante são as pessoas, e a Academia pode estar noutro sitio qualquer. Agora, eu quero é garantir que essas mais-valias geradas são do Sporting Clube de Portugal, e não a dividir pelos accionistas da SAD, onde o clube tem apenas uma parte.
Vuk10Bala ©
Aporoveito para afirmar desde já que não vejo qualquer inconveniente numa venda futura da Academia no intuito de gerar mais valias. Como dizia PPC, o importante são as pessoas, e a Academia pode estar noutro sitio qualquer. Agora, eu quero é garantir que essas mais-valias geradas são do Sporting Clube de Portugal, e não a dividir pelos accionistas da SAD, onde o clube tem apenas uma parte.

Nem mais :arrow: A tónica sempre se colocou no destino das mais valias, Sporting Clube vs Sporting SAD e não na venda ou não da Academia em si.

E já que vão fazer uma avaliação independente à Sporting Comércio e Serviços, rejeito totalmente qualquer valor abaixo dos 65M€, já que foi por esse valor que o Sporting Clube comprou, na altura a Desportos e Espectáculos, à Sporting SAD.
Não deixa de ser algo cómico falarem à boca cheia de um processo que já foi chumbado 2 vezes em Assembleia Geral dos Sócios como se fosse acontecer já amanhã. No tempo de FSF equacionou-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD; no tempo de JEB equaciona-se a passagem da Academia + direitos TV para a SAD... há quem chame a isto de ruptura. :-\

Mas há que reconhecer que se JEB anunciar pelo Twitter a passagem da Academia e direitos televisivos para a SAD e desatar a agitar o cachecol em plena AG, a coisa torna-se muito mais apaixonante.

E se entoar uma música da claque pelo meio até muitos já consideram a decisão acertada, enfim...
Sporting Clube de Portugal, somos diferentes, somos melhores.
Aporoveito para afirmar desde já que não vejo qualquer inconveniente numa venda futura da Academia no intuito de gerar mais valias. Como dizia PPC, o importante são as pessoas, e a Academia pode estar noutro sitio qualquer. Agora, eu quero é garantir que essas mais-valias geradas são do Sporting Clube de Portugal, e não a dividir pelos accionistas da SAD, onde o clube tem apenas uma parte.

Nem mais :arrow: A tónica sempre se colocou no destino das mais valias, Sporting Clube vs Sporting SAD e não na venda ou não da Academia em si.

E já que vão fazer uma avaliação independente à Sporting Comércio e Serviços, rejeito totalmente qualquer valor abaixo dos 65M€, já que foi por esse valor que o Sporting Clube comprou, na altura a Desportos e Espectáculos, à Sporting SAD.

Não era o Vasco Lourenço, da lista do JEB para o Conselho Leonino, que dizia que entrava na lista porque não acreditava que JEB passasse a Academia para a SAD?

O que eu já ouvi dizer de JEB é que rejeita que o clube perca a posição maioritária na SAD.

Teremos que esperar para ver. Mas mesmo num cenário em que o clube mantenha a maioria da SAD, mantém-se a questão: se os terrenos da Academia pertencerem à SAD e forem vendidos, a verba resultante da venda será da SAD e o clube ficará a ver navios. O clube só conseguirá algum proveito directo dessa venda se se fizer distribuição de dividendos, mas nesse caso não terá direito à totalidade da verba, porque parte irá para os restantes accionistas como a Sportinveste do Jaquim Oliveira e a Nova Expressão do Pedro Baltazar.

Penso que, grosso modo, é isto.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.