Informática - Dúvidas e Problemas

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Sendo assim chega bem uma placa integrada. Eu procurava comprar um parecido com o primeiro que puseste aí, mas com um Ryzen 3 ou Ryzen 5 se ficasse mais barato

Enviado do meu Z2 Plus através do Tapatalk

https://www.radiopopular.pt/produto/portatil-lenovo-330s-216-pack#

PORTÁTIL LENOVO 330S-216 PACK
OFERTA: AUSCULTADOR BLUETOOTH JBL T600 NC BLK
AMD Ryzen 7 2700U 2,20 GHz ( ate 3,80 GHz ) Quad-Core
AMD Radeon Vega 10
8 GB
256 GB SSD
IPS FULL HD


631€ é bom preço? Ou há melhor? É que em termos de comparações que vi o processador, já vi falarem superir que o  i5-8250U como já vi falarem que é inferior

e a gráfica, o vi encontrei foi RX Vega (não sei se será esta) é superior à Nvidia MX130 que existe no mercado..

Obrigado  :great:

@Mayhem (desc citar-te mas é mestre nestas andanças)


Comprei um para a minha filha há pouco mais de um mês.
Paguei o mesmo e não trazia os phones. (Camelos)
Nem eu nem a miúda somos "entendido" mas ela gosta bastante do computador.
Nessa faixa de preço acho que dificilmente arranjas melhor.
Pelo menos foi o que me responderam na altura.
Artigo 13 irá ser votado no final deste mês...muito preocupado com isto! :(
”Deixe-me fazer uma nota prévia, por ser o sentimento de toda a equipa: nós não temos memória curta e, independentemente das boas ou más acções das pessoas, só temos de dedicar esta vitória ao Presidente Bruno de Carvalho, que esteve sempre connosco e nos apoiou. Somos atletas, estamos sujeitos à crítica, temos de viver com elas, e resta-nos, em campo, dar tudo pelo nosso clube” - Carlos Carneiro

"O adversário pensa que vem jogar contra 7 e encontra 2600" - Hugo Canela

O meu pc está com um início muito lento. Não da parte de iniciar até chegar ao Windows, mas desde que inicia o Windows até conseguir abrir alguma pasta, ficheiro, net, etc... demora uns minutos... depois desses minutos fica com um desempenho normal.
Será necessário fazer uma instalação de base, ou há possibilidade de "safar" isto sem estar a formatar e reinstalar o windows e toda a panóplia de programas, drives e afins que tenho instalados?
Se tiver necessidade de voltar a instalar tudo, estava a pensar no Win10. Onde poderia "comprar" fiável? Vale a pena a mudança do 7 para 10?
Recomendo um SSD. É a solução para quase todos os problemas de lentidão. Que PC é?
Coloda um SSD é a resposta mais standard nos últimoe tempos. Acrescento então a informação: o que referi, sem custos financeiros...
Se tens o 7 e está lento com o 10 ainda ficará pior... :hand:
Se tens o 7 e está lento com o 10 ainda ficará pior... :hand:
Tinha ideia que o desempenho do 10 era até mais leve.
Assim por alto:
MINI_ATX MSI
Processador AMX Athlon II 3.0 GHZ (penso que equivalente a quad-core)
8GB Ram
Disco 1TB
Gráfica Nvidia 1GB
Se tens o 7 e está lento com o 10 ainda ficará pior... :hand:
Tinha ideia que o desempenho do 10 era até mais leve.
Assim por alto:
MINI_ATX MSI
Processador AMX Athlon II 3.0 GHZ (penso que equivalente a quad-core)
8GB Ram
Disco 1TB
Gráfica Nvidia 1GB

Segundo a minha experiência não.
Se tens o 7 e está lento com o 10 ainda ficará pior... :hand:
Tinha ideia que o desempenho do 10 era até mais leve.
Assim por alto:
MINI_ATX MSI
Processador AMX Athlon II 3.0 GHZ (penso que equivalente a quad-core)
8GB Ram
Disco 1TB
Gráfica Nvidia 1GB

Segundo a minha experiência não.
Ok. Mexer com 10, por acaso na altura do update grátis, o meu sogro fez update no portátil dele, mas acho que já não tinha condições para aguentar o 10, por isso fiquei na dúvida se o problema foi de algum erro no update ou se o 10 é mesmo mais pesado. Se calhar a opção é mesmo manter o 7, voltar a formatar e daqui a uns tempos pensar num SDD.

Para ter a certeza de que a formatação é bem feita, como devo proceder? Da última vez fiz a asneira de inserir o cd do windows e fazer a formatação a partir do windows e não do DOS, pelo que fez uma instalação nova e deixou os ficheiros antigos na página windows.old. Pressumo que isto também esteja a prejudicar o desempenho.
Para backup de tudo... há a vantagem de ter um disco externo.
É oficial: o artigo 13 foi aprovado... :( Adeus Internet

Enviado do meu 6045K através do Tapatalk

”Deixe-me fazer uma nota prévia, por ser o sentimento de toda a equipa: nós não temos memória curta e, independentemente das boas ou más acções das pessoas, só temos de dedicar esta vitória ao Presidente Bruno de Carvalho, que esteve sempre connosco e nos apoiou. Somos atletas, estamos sujeitos à crítica, temos de viver com elas, e resta-nos, em campo, dar tudo pelo nosso clube” - Carlos Carneiro

"O adversário pensa que vem jogar contra 7 e encontra 2600" - Hugo Canela

É oficial: o artigo 13 foi aprovado... :( Adeus Internet

Enviado do meu 6045K através do Tapatalk


Quais são as principais consequências? Não acompanhei o processo nem estou muito por dentro.
É oficial: o artigo 13 foi aprovado... :( Adeus Internet

Enviado do meu 6045K através do Tapatalk


Quais são as principais consequências? Não acompanhei o processo nem estou muito por dentro.

Citar
Afinal, o que muda?

Além da numeração diferente, estes polémicos artigos têm agora novas formulações e preveem exceções. Os principais visados serão os gigantes tecnológicos como o Facebook, Google e Youtube, que passam a ter responsabilidades para assegurar o respeito pelos direitos de autor.

Os dois artigos querem regular a forma como se partilha informação de sites noticiosos e como as plataformas digitais devem garantir que o conteúdo publicado pelos utilizadores respeita os direitos de autor.

O artigo 15 (anteriormente 11) procura obrigar as plataformas digitais e os agregadores de notícias, como o Google News, a pagar aos criadores de conteúdos pela circulação dos mesmos. Para isso, prevê que sejam celebrados acordos de licenciamento pela utilização de artigos.

De fora ficam as hiperligações para notícias, acompanhadas de “palavras isoladas ou de excertos muito curtos”, que podem continuar a ser partilhadas livremente, sem ser necessária a autorização dos seus autores. A exceção aplica-se também aos “memes” e GIFs, que não são abrangidos pela diretiva.

Já o novo artigo 17 (anteriormente 13), passa a responsabilizar as plataformas digitais, como o Youtube, pelos conteúdos carregados pelos utilizadores, devendo para isso celebrar acordos de licenciamento com os titulares dos direitos de autor. A exceção está nas “utilizações legítimas”, como a partilha de obras para efeitos de citação, crítica, análise, caricatura, paródia ou pastiche.

Para simplificar, a proposta de diretiva pretende obrigar as grandes plataformas de Internet e agregadores de notícias a pagar aos criadores de conteúdos - artistas, músicos, atores e grupos editoriais e respetivos jornalistas - o que lhes é “verdadeiramente devido”.
”Deixe-me fazer uma nota prévia, por ser o sentimento de toda a equipa: nós não temos memória curta e, independentemente das boas ou más acções das pessoas, só temos de dedicar esta vitória ao Presidente Bruno de Carvalho, que esteve sempre connosco e nos apoiou. Somos atletas, estamos sujeitos à crítica, temos de viver com elas, e resta-nos, em campo, dar tudo pelo nosso clube” - Carlos Carneiro

"O adversário pensa que vem jogar contra 7 e encontra 2600" - Hugo Canela

É oficial: o artigo 13 foi aprovado... :( Adeus Internet

Enviado do meu 6045K através do Tapatalk


Quais são as principais consequências? Não acompanhei o processo nem estou muito por dentro.

Citar
Afinal, o que muda?

Além da numeração diferente, estes polémicos artigos têm agora novas formulações e preveem exceções. Os principais visados serão os gigantes tecnológicos como o Facebook, Google e Youtube, que passam a ter responsabilidades para assegurar o respeito pelos direitos de autor.

Os dois artigos querem regular a forma como se partilha informação de sites noticiosos e como as plataformas digitais devem garantir que o conteúdo publicado pelos utilizadores respeita os direitos de autor.

O artigo 15 (anteriormente 11) procura obrigar as plataformas digitais e os agregadores de notícias, como o Google News, a pagar aos criadores de conteúdos pela circulação dos mesmos. Para isso, prevê que sejam celebrados acordos de licenciamento pela utilização de artigos.

De fora ficam as hiperligações para notícias, acompanhadas de “palavras isoladas ou de excertos muito curtos”, que podem continuar a ser partilhadas livremente, sem ser necessária a autorização dos seus autores. A exceção aplica-se também aos “memes” e GIFs, que não são abrangidos pela diretiva.

Já o novo artigo 17 (anteriormente 13), passa a responsabilizar as plataformas digitais, como o Youtube, pelos conteúdos carregados pelos utilizadores, devendo para isso celebrar acordos de licenciamento com os titulares dos direitos de autor. A exceção está nas “utilizações legítimas”, como a partilha de obras para efeitos de citação, crítica, análise, caricatura, paródia ou pastiche.

Para simplificar, a proposta de diretiva pretende obrigar as grandes plataformas de Internet e agregadores de notícias a pagar aos criadores de conteúdos - artistas, músicos, atores e grupos editoriais e respetivos jornalistas - o que lhes é “verdadeiramente devido”.

Se eu usar a expressão no forum: "Cabeça, membros e pernas", terei que pagar direitos de autor ao Doc Fiv?
Boas gente de bem.

Uma ajudinha aqui para o maçarico dos computadores s.f.f.
Ora é o seguinte.
Quem se lembra eu ´´precurei`` uns posts valentes lá para trás que queria instalar um segundo disco no lugar da drive dos dvs.
Pedi uns orçamentos mas cheguei à conclusão que poupava uns trocos fazendo eu próprio
Mandei vir o disco e o caddy da loja do senhor ali e depois de quase 2 meses há espera que chegasse tudo lá chegou.
Com as minhas mãos de fada abri o PC e toca de mudar o hardware da coisa sem que sobrassem peças. (Mesmo assim consegui perder um parafuso da carcaça.)
Até aqui tudo porreiro da vida. O caddy encaixou na perfeição e o PC até reconheceu o disco.
Fiquei todo contente da vida que o pior estava feito.
só que não...
Agora quero mudar o windows do disco rígido para o SSD e não sei muito bem como fazer.
a intenção como o SSD é só de 120 GB (111 reais, malditos chineses) é instalar o windows, office, anti-virus e pouco mais no SSDe manter o disco rigido como espaço de amamazenamento normal para tudo o resto.
O ideal era usar a ferramenta de repor o sistema operativo paraa não ter que andar a sacar drivers e essas cenas maradas todas.
já o fiz noutro PC é é muito simples.
Mas queria mudar o disco de destino.
Consigo fazer isso ou só mesmo instalando o windows de novo por uma pen USB é que dá para escolher o disco??
Clonar o disco não é opção.
Já tentei 3 vezes com programas diferentes e dá sempre um erro ou outro.
Uma ajudinha aqui ao rapaz era uma maravilha.

Edit: Já consegui.
Fiz uma instalação limpa por USB.
Há um bugzito a iniciar pois não consigo defenir o SSD como boot 1 na BIOS.
Por alguma razão que me passa ao lado o SSD aparece no Windows mas não na BIOS.
Quando ligo ele pede para escolher um de dois Windows.
Isto é outra coisa que não percebo pois no disco de origem já nem sequer tenho SO já que o formatei.
Seja como for é uma questão de 5 segundos para escolher ligar pelo Windows do SSD.
Depois de ligar o portátil está como do dia para a noite.
A máquina é fraquinha mas por pouco mais de 20€ pelo disco + caddy ficou um PC que funciona de modo completamente superior.
Realmente um SSD faz muita diferença.

Edit 2: O bug no arranque já está solucionado.
Era vestígios do Windows no disco rígido de origem que faziam com que o PC pedisse para escolher um de dois Windows para iniciar.
Foi limpar esses vestígios e já está a 100%.
Fiz um teste de velocidade de escrita e leitura e a diferença é completamente absurda.
Na leitura o SSD faz 540 MB/s o HDD faz 100.
Já na escrita o SSD faz 470 MB/s e o HDD faz cerca de 80.
Sempre pelo menos 5 vezes mais rápido.
Isto num disco que custou menos de 20€.
Sem dúvida que é um upgrade completamente recomendado.
Agora vou comprar um cabo  SATA/USB de 3 eurinhos para transformar a drive óptica que tirei do PC numa drive externa para alguma eventual necessidade de ler um CD ou DVD.

👍
« Última modificação: Março 31, 2019, 16:53 pm por coelho scp »
Em relacao ao artigo 13, so uma palavra pra dizer que no geral concordo com a ideia.
Programadores, musicos, artistas dos mais variados veem as suas fontes de rendimento constantemente roubadas por partilhas. Ninguem pensa duas vezes em criticar o roubo nao digital, mas ninguem se interessa com o roubo digital. Toda a gente se revolta com trabalho que nao tenha um salario condigno, mas ninguem quer saber dos dias de agonia de um musico, para produzir uma musica, para depois ver o fruto desse trabalho recompensado com toestoes, enquanto milhares ouvem de graca... O que me custa mais é a ideia de ser um direito ter acesso a esses conteudos de modo gratuito!

Tenho amigos artistas que teem muita dificuldade em viver da arte, nao porque nao produzem o suficiente pra viver confortavelmente, mas porque nao vendem nada. A maioria dos albuns e filmes esta disponivel para roubo digital antes de estar disponivel para compra digital! Como é que uma pessoa que viva desses produtos sobrevive? @Phillipric o que achas? Gostas que as musicas que produzas estejam por essa net fora, para as pessoas disfrutarem sem tu teres a tua devida recompensa?

No geral aceito que haja regulamentacao que tente por cobro a isso (uma luta praticamente perdida, ja que apenas a UE esta a dar este passo). Mas na pratica, uma das coisas que vai provavelmente acontecer é que os gigantes vao comecar a cobrar por contas premium, para que os uplods dos titulares dessas contas nao sejam verificados por IA, mas por humanos. Tambem os sites de pirataria, as apps de streamimg etc, que tenham servidores registados na U.E. vao ser mais facilmente desligados.

Mas nao vai haver grande diferenca na disponibilidade de conteudos piratas, vao apenas sair de servidores da UE e passar pra outros.
#NasciLeaoNaoNasciLampiao
Em relacao ao artigo 13, so uma palavra pra dizer que no geral concordo com a ideia.
Programadores, musicos, artistas dos mais variados veem as suas fontes de rendimento constantemente roubadas por partilhas. Ninguem pensa duas vezes em criticar o roubo nao digital, mas ninguem se interessa com o roubo digital. Toda a gente se revolta com trabalho que nao tenha um salario condigno, mas ninguem quer saber dos dias de agonia de um musico, para produzir uma musica, para depois ver o fruto desse trabalho recompensado com toestoes, enquanto milhares ouvem de graca... O que me custa mais é a ideia de ser um direito ter acesso a esses conteudos de modo gratuito!

Tenho amigos artistas que teem muita dificuldade em viver da arte, nao porque nao produzem o suficiente pra viver confortavelmente, mas porque nao vendem nada. A maioria dos albuns e filmes esta disponivel para roubo digital antes de estar disponivel para compra digital! Como é que uma pessoa que viva desses produtos sobrevive? @Phillipric o que achas? Gostas que as musicas que produzas estejam por essa net fora, para as pessoas disfrutarem sem tu teres a tua devida recompensa?

No geral aceito que haja regulamentacao que tente por cobro a isso (uma luta praticamente perdida, ja que apenas a UE esta a dar este passo). Mas na pratica, uma das coisas que vai provavelmente acontecer é que os gigantes vao comecar a cobrar por contas premium, para que os uplods dos titulares dessas contas nao sejam verificados por IA, mas por humanos. Tambem os sites de pirataria, as apps de streamimg etc, que tenham servidores registados na U.E. vao ser mais facilmente desligados.

Mas nao vai haver grande diferenca na disponibilidade de conteudos piratas, vao apenas sair de servidores da UE e passar pra outros.

Completamente de acordo. No entanto, no clima actual, os artistas (músicos no caso), não esperam dividendos de vendas daquilo que produzem (mal, como é claro). A divulgação é somente um guia para o que é mais importante: concertos. Claro que tudo deveria ser uma fonte de receitas e o trabalho de cada um valorizado. Claro que também é triste saíres de um estúdio com cd's produzidos a custo de 0,20/0,30€ e chegarem às lojas, após todos os intermediários a 15/20€. Ou seja, se se eliminasse algum do lucro produzido por se querer ganhar tudo de uma vez, cd's ou filmes nas lojas a um quarto do preço, provavelmente acabariam por adquirir lucro idêntico, pois a necessidade de "pirataria" tornar-se-ia infinitamente menor. Mas isso é outra batalha.
Por outro lado, essa "limitação" de acesso àquilo que são os conteúdos da arte "matariam" um problema que se criou de há anos a esta parte e que me preocupa, como músico e performance: o facilitismo e rapidez de acesso a quase tudo acaba por limitar a durabilidade daquilo que tem qualidade. Qualquer música, por exemplo, hoje em dia, é "gasta" de uma forma rápida e abusiva e passado 1 mês já se está "farto" de escutar aquilo. Não há "êxitos".

Aceito e compreendo a necessidade de limitação de acesso a certos produtos. Não irá ser tão assustador como muitos acreditam, pois a verdade é que é vontade de muitos artistas que as suas músicas sejam divulgadas rapidamente e em número massivo. Por outro lado, se este mundo fosse um "sonho", a verdade é que as pessoas fariam o que é suposto. Viam um filme ou ouviam uma música, até "sacada" da net, mas comprariam o mesmo se tal fosse do seu agrado. O que é utópico, eu sei.
Boas,

Tenho um cartão SD 32 GB da Kingston que me esta a dar alguns problemas.

Já fiz uma formatação low level mas mesmo assim parece que deve ter algo de errado.

alguma dica?

obrigado desde já
"Good judgment comes from experience, and experience comes from bad judgment." - Barry LePatner
Saca um software específico para formatar cartões SD.
Já tive o mesmo stress e consegui recuperar o cartão.
Pelo Windows não dava para recuperar.
Mas também já tive um cartão que não deu.
Muitas da vezes os cartões ou pens de memória dão o peido porque o pessoal simplesmente os tira dos PCs ou tlm sem os ejectar primeiro.
É um cuidado que se deve ter sempre.
Saca um software específico para formatar cartões SD.
Já tive o mesmo stress e consegui recuperar o cartão.
Pelo Windows não dava para recuperar.
Mas também já tive um cartão que não deu.
Muitas da vezes os cartões ou pens de memória dão o peido porque o pessoal simplesmente os tira dos PCs ou tlm sem os ejectar primeiro.
É um cuidado que se deve ter sempre.
Foi o que fiz, formatou em low level aparentemente sem erros, mas continuo a ter problemas.

Sugeres algum software específico?

Obrigado  :great:
"Good judgment comes from experience, and experience comes from bad judgment." - Barry LePatner
Saca um software específico para formatar cartões SD.
Já tive o mesmo stress e consegui recuperar o cartão.
Pelo Windows não dava para recuperar.
Mas também já tive um cartão que não deu.
Muitas da vezes os cartões ou pens de memória dão o peido porque o pessoal simplesmente os tira dos PCs ou tlm sem os ejectar primeiro.
É um cuidado que se deve ter sempre.
Foi o que fiz, formatou em low level aparentemente sem erros, mas continuo a ter problemas.

Sugeres algum software específico?

Obrigado  :great:

Já não me lembro qual foi o que usei.
@LuisT_76 experimenta o SD Memory Card Formatter
”Deixe-me fazer uma nota prévia, por ser o sentimento de toda a equipa: nós não temos memória curta e, independentemente das boas ou más acções das pessoas, só temos de dedicar esta vitória ao Presidente Bruno de Carvalho, que esteve sempre connosco e nos apoiou. Somos atletas, estamos sujeitos à crítica, temos de viver com elas, e resta-nos, em campo, dar tudo pelo nosso clube” - Carlos Carneiro

"O adversário pensa que vem jogar contra 7 e encontra 2600" - Hugo Canela