O Tópico de Todas as Perguntas

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.

Vou mandar-te MP

@Nightwish76 MP enviada, se não recebeste diz-me por favor

Já vi, obrigado.
Vou imprimir e levar.  :beer:

Uma nota, não assumas a dívida. A EDP e a INTRUM que mostrem documentação que prove a existência da mesma. Se o fizerem podes reclamar a proscrição da mesma por carta registada. Devem existir modelos online
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.

Vou mandar-te MP

@Nightwish76 MP enviada, se não recebeste diz-me por favor

Já vi, obrigado.
Vou imprimir e levar.  :beer:

Uma nota, não assumas a dívida. A EDP e a INTRUM que mostrem documentação que prove a existência da mesma. Se o fizerem podes reclamar a proscrição da mesma por carta registada. Devem existir modelos online

Obrigado.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.

A Intrum é uma empresa de recuperação de crédito, cuja legalidade de actuação é questionável (procuradoria ilícita). Actuam quer em nome de outras entidades, quer comprando directamente crédito e procedendo à sua recuperação.

No caso das facturas da EDP, sendo de 2016, podes sempre alegar prescrição. Não vejo grande necessidade de lhes responder, uma vez que a resposta, normalmente, resulta em 0: eles avançam para a injunção.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.

A Intrum é uma empresa de recuperação de crédito, cuja legalidade de actuação é questionável (procuradoria ilícita). Actuam quer em nome de outras entidades, quer comprando directamente crédito e procedendo à sua recuperação.

No caso das facturas da EDP, sendo de 2016, podes sempre alegar prescrição. Não vejo grande necessidade de lhes responder, uma vez que a resposta, normalmente, resulta em 0: eles avançam para a injunção.

Obrigado.  :beer:

Então o melhor a fazer é nem lhes dizer nada :question: À Intrum :question:

Outro dado é que a factura na altura estava em nome do meu pai, e agora o papel da cobrança também vem em nome dele, mas ele já faleceu.  :think:
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.

A Intrum é uma empresa de recuperação de crédito, cuja legalidade de actuação é questionável (procuradoria ilícita). Actuam quer em nome de outras entidades, quer comprando directamente crédito e procedendo à sua recuperação.

No caso das facturas da EDP, sendo de 2016, podes sempre alegar prescrição. Não vejo grande necessidade de lhes responder, uma vez que a resposta, normalmente, resulta em 0: eles avançam para a injunção.

Obrigado.  :beer:

Então o melhor a fazer é nem lhes dizer nada :question: À Intrum :question:

Outro dado é que a factura na altura estava em nome do meu pai, e agora o papel da cobrança também vem em nome dele, mas ele já faleceu.  :think:

MP
A TV do mel só está a aceitar BTC e mesmo assim não me dá as indicações necessárias para fazer o pagamento... Conhecem alternativas ?

Enviado do meu SM-G935F através do Tapatalk

Há uns tempos vi uma página daquelas m***** de petardos e potes de fumos à venda com vídeos na net e tudo.
Alguém sabe qual é e se é legal encomendar umas cenas para o carnaval?
A TV do mel só está a aceitar BTC e mesmo assim não me dá as indicações necessárias para fazer o pagamento... Conhecem alternativas ?

Enviado do meu SM-G935F através do Tapatalk
Feedback pls pls pls

Enviado do meu SM-G935F através do Tapatalk

Agora sempre que crio um cartão virtual no MB Way independentemente da validade que escolho, o cartão fica com validade até fevereiro.

Acontece a mais alguém?

Edit: apercebi-me agora que como recebi recentemente um cartão novo, tenho que alterar para esse na aplicação! Lol
« Última modificação: Fevereiro 23, 2019, 10:07 am por LuisT_76 »
"Good judgment comes from experience, and experience comes from bad judgment." - Barry LePatner
Há uns tempos vi uma página daquelas m***** de petardos e potes de fumos à venda com vídeos na net e tudo.
Alguém sabe qual é e se é legal encomendar umas cenas para o carnaval?

Pode ou não ser legal. Quem vende esses artefactos tem de ter carta de estanqueiro.

Quem os compra, face ao conhecimento limitado que tem dos produtos, deve ter em mente que necessita de autorização para o uso dos mesmos. Salvo erro, é da competência da PSP, o que não impede que o auto possa ser elaborado pela GNR.

Na prática, é raro haver chatices por isso. No que respeita à lei. No que respeita a danos físicos é muito comum haver chatices, e das grandes. De queimaduras a dedos, mãos ou braços que "vão para o galheiro", é um rol de "chatices". Muita atenção com isso...
"A mim ninguém me descarta c******!No dia em que ele me descartar, é o dia em que ele cai, é o dia em que ele leva no focinho, ele como leva qualquer um"* by Pedro "Rabini" Silveira
*Ler com sotaque de mafioso de terceira dos arrabaldes de Lisboa.
Porque é que o pessoal se queixa dos preços dos combustíveis e depois deixa o carro a trabalhar ao ralenti por tudo e por nada durante horas?
"Good judgment comes from experience, and experience comes from bad judgment." - Barry LePatner
Alguém conhece a loja "HOMYCASA"? Ando a pesquisar um Sofá... não deve ser para comprar já, mas tem modelos interessantes e preços em conta. Mas as lojas são em Lisboa e eu sou da zona norte... e comprar um sofá sem experimentar é complicado.
Já agora, se conhecerem outras lojas (pessoal de Paços de Ferreira) com preços bons, agradeço. Não estava a pensar em nada muito acima dos 400/500€.

Em termos de design, algo deste género:

https://www.homycasa.pt/chaise-longue/1863-sofaschaise-longue-esquerda-santiago.html
Bom, a pergunta anterior ainda aceita resposta... :P

Bom, a pergunta anterior ainda aceita resposta...
Comprei sofá na feira dos sofás e o serviço foi muito bom, o preço melhor ainda. A loja é em Loures, mas sei que a fábrica é para esses lados (Paços de Ferreira). Não existirá também para aí um armazém?

Enviado do meu Redmi Note 5 através do Tapatalk

Bom, a pergunta anterior ainda aceita resposta...
Comprei sofá na feira dos sofás e o serviço foi muito bom, o preço melhor ainda. A loja é em Loures, mas sei que a fábrica é para esses lados (Paços de Ferreira). Não existirá também para aí um armazém?

Enviado do meu Redmi Note 5 através do Tapatalk


Feira dos sofás, por acaso, tenho uma a 2 km de casa. Dei lá uma vista de olhos há uma semana, mas não houve nada que me puxasse a atenção ou o que puxa é acima do "plafon" disponível. Isto de não ter carteira mas ter gostos caros é lixado... :P
Acabei de receber um email da Conforama com promocao ate hoje a meia noite dia sem IVA.

https://www.conforama.pt/promo-confo?utm_source=bbdd_clientes&utm_medium=email&utm_campaign=20190301_sin_iva_act&utm_content=productos

Eu comprei o meu sofa da sala ha uns meses com uma promocao especial mas em loja fisica. Tinha ido la ver os sofas e achei um preço porreiro pelo mesmo, quando vou para ir comprar passados uns dias ainda estava mais barato.
#SPORTINGsempre
#OSportingÉoNossoGrandeAmor
Em Alvalade todos de verde!
Costumo ir ao Marshopping muitas vezes. Tem lá uma Conforama. Quando lá for, vou dar uma vista de olhos.
Bom, a pergunta anterior ainda aceita resposta...
Comprei sofá na feira dos sofás e o serviço foi muito bom, o preço melhor ainda. A loja é em Loures, mas sei que a fábrica é para esses lados (Paços de Ferreira). Não existirá também para aí um armazém?

Enviado do meu Redmi Note 5 através do Tapatalk


Feira dos sofás, por acaso, tenho uma a 2 km de casa. Dei lá uma vista de olhos há uma semana, mas não houve nada que me puxasse a atenção ou o que puxa é acima do "plafon" disponível. Isto de não ter carteira mas ter gostos caros é lixado...
Estás a falar dos sofás expostos ou dos sofás que podes planear? É que o meu escolhi a estrutura de um, tecido do outro, não sei quê do outro é ficou-me muito mais barato.

Enviado do meu Redmi Note 5 através do Tapatalk

Alguém sabe se o registo de cancelamento de uma hipoteca tem que ser feito presencialmente ou pode ser efetuado online?

Obrigado!
"Good judgment comes from experience, and experience comes from bad judgment." - Barry LePatner
Alguém sabe se o registo de cancelamento de uma hipoteca tem que ser feito presencialmente ou pode ser efetuado online?

Obrigado!

O registo de cancelamento de uma hipoteca pode ser efectuado online por quem tenha poderes para tal.