O Tópico de Todas as Perguntas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Acho que foi neste topico algures que tinha lido um produto que se coloca na pele quando nos cortamos para estancar o sangue. Como se chama e onde se compra ?

Pedi à minha mulher para comprar isso na farmácia e venderam-lhe nitrato de prata para queimar, eu pensava que era o que lhe tinha pedido, agora tenho a cara queimada junto ao labio. $""#"#"#

Já descobri

Cutoline Lapis Hemostatico
Stock: Disponível
€ 1.95

Entretanto a minha esposa voltou à farmacia e parece que a farmaceutica ficou um bocado aflita...

O nitrato de prata não deixa umas manchas que vão demorar muito a sair? Podes ter ai um problema lixado.

Pois dai a terem tratado nas palminhas das maos, ate lhe telefonaram à tarde.
Pois tenho uma mancha junto ao labio no sitio do corte da barba, outra na unha, mas pronto a unha vai crescer e saaparece e outra num outro dedo, mas pouco se nota.
#SPORTINGsempre
#OSportingÉoNossoGrandeAmor
Em Alvalade todos de verde!
Preciso de uma cadeira de escritório (para estudar/ler, n é preciso ser daquelas fancy de gaming), o que recomendam por menos de 100 paus? Estou a pensar em comprar pela aliexpress, tem preços bastantes sólidos.
Preciso de uma cadeira de escritório (para estudar/ler, n é preciso ser daquelas fancy de gaming), o que recomendam por menos de 100 paus? Estou a pensar em comprar pela aliexpress, tem preços bastantes sólidos.
Atenção que vais pagar impostos sobre isso...

Ikea tem umas fixes ou nas outras lojas de móveis também deve haver
Preciso de uma cadeira de escritório (para estudar/ler, n é preciso ser daquelas fancy de gaming), o que recomendam por menos de 100 paus? Estou a pensar em comprar pela aliexpress, tem preços bastantes sólidos.

Verifica primeiro os portes de envio...

Ikea, Staples, etc costumam ter umas porreiras.
Sugestões para cozinha:

Neste momento sinto que tenho pouco espaço na cozinha do meu apartamento. Desde que nasceu o meu filho, é preciso guardar mais algumas coisas e começa a faltar espaço e estar tudo a monte. Um dos problemas em pelo menos 4 divisões do apartamento é que só têm "2 paredes". Ou seja, por exemplo, na cozinha, numa lateral é a porta, na outra, há duas portas de correr que dão acesso à varanda/marquise. De um lado estão os armários, banca, fogão, forno, frigorífico... na outra parede, de momento, temos uma mesa de vidro de 6 lugares (sobredimensionada para o espaço, mas na altura a "maria" insistiu por causa de fazer uns jantares em família enquanto não tivéssemos a mobília da sala). Agora, quase nunca se usa a mesa, mas não sei que me parece tirar a mesa da cozinha. Ainda do lado da mesa, está fixado na parede a TV (pode sair sem problema), uma prateleira onde está o microondas e uma arca vertical que, sinceramente, dá muito jeito.

Estava a pensar na possibilidade de anular a mesa de cozinha e colocar um armário na parede onde está a mesa, mas não sei que me parece ficar sem um local para refeições na cozinha. Ainda pensei mandar fazer um armário com mesa a meio, mas no máximo daria para fazer uma mesa de 2 lugares o que agora também faz pouco sentido.

Andei a ver na IKEA, não me parece haver nada assim dentro do que procuro. Na Conforama existem alguns armários engraçados, mas, ainda estou muito indeciso sobre o que possa vir a fazer. Tudo isto, dentro da possibilidade mais acessível possível. O melhor arranque seria mesmo vender a mesa, mas acredito que seja grande para a maioria das pessoas.
Preciso de uma cadeira de escritório (para estudar/ler, n é preciso ser daquelas fancy de gaming), o que recomendam por menos de 100 paus? Estou a pensar em comprar pela aliexpress, tem preços bastantes sólidos.

Passa um pouco o orçamento, mas a Ikea Marcus é uma excelente cadeira.
Sugestões para cozinha:

Neste momento sinto que tenho pouco espaço na cozinha do meu apartamento. Desde que nasceu o meu filho, é preciso guardar mais algumas coisas e começa a faltar espaço e estar tudo a monte. Um dos problemas em pelo menos 4 divisões do apartamento é que só têm "2 paredes". Ou seja, por exemplo, na cozinha, numa lateral é a porta, na outra, há duas portas de correr que dão acesso à varanda/marquise. De um lado estão os armários, banca, fogão, forno, frigorífico... na outra parede, de momento, temos uma mesa de vidro de 6 lugares (sobredimensionada para o espaço, mas na altura a "maria" insistiu por causa de fazer uns jantares em família enquanto não tivéssemos a mobília da sala). Agora, quase nunca se usa a mesa, mas não sei que me parece tirar a mesa da cozinha. Ainda do lado da mesa, está fixado na parede a TV (pode sair sem problema), uma prateleira onde está o microondas e uma arca vertical que, sinceramente, dá muito jeito.

Estava a pensar na possibilidade de anular a mesa de cozinha e colocar um armário na parede onde está a mesa, mas não sei que me parece ficar sem um local para refeições na cozinha. Ainda pensei mandar fazer um armário com mesa a meio, mas no máximo daria para fazer uma mesa de 2 lugares o que agora também faz pouco sentido.

Andei a ver na IKEA, não me parece haver nada assim dentro do que procuro. Na Conforama existem alguns armários engraçados, mas, ainda estou muito indeciso sobre o que possa vir a fazer. Tudo isto, dentro da possibilidade mais acessível possível. O melhor arranque seria mesmo vender a mesa, mas acredito que seja grande para a maioria das pessoas.

tenta vender a mesa e colocar uma mesa dobravel na parede...
Tenho uma solucao dessas no nosso "escritorio".

É uma cama que se torna numa secretaria. Podes subir e baixar a cama com um dedo. E fica embutida entre dois armarios. Temos um quarto pra visistas e um escritorio a maioria do tempo. Pergunteia a maria a marca, sei que4 sao italianos, e depois ponho aqui.

A IKEA faz uma mesa embutida na parece, mas parece-me muito pequena para o que precisas. A vantagem de teres a mesa embutida na parede é que podes por umas prateleiras da IKEA por cima. Ganhas o espaco na cozinha qd nao estas a utilizar, ganhas o espaco pra as prateleiras, que parece que precisas e continuas a ter uma mesa funcional para qualquer eventualidade..


Este é o link da mesa de ikea: https://www.ikea.com/gb/en/products/tables/dining-tables/norberg-wall-mounted-drop-leaf-table-white-art-30180504/

Isto é mais o que eu estava a pensar - mas nao encontro a marca: http://makanankhas.xyz/edit/

Depois qd a maria me disser a marca da nossa cama/ mesa de escritorio edito este post e menciono o teu nome.

@Phillipric  fica aqui a marca de onde compramos a nossa mobilia de quarto / escritorio : https://www.bonbon.co.uk/ olha esta, e pensa numas prateleiras na parede: https://www.bonbon.co.uk/spacesavers/golia.htm
« Última modificação: Fevereiro 11, 2019, 11:54 am por Cisito »
#NasciLeaoNaoNasciLampiao
Sugestões para cozinha:

Neste momento sinto que tenho pouco espaço na cozinha do meu apartamento. Desde que nasceu o meu filho, é preciso guardar mais algumas coisas e começa a faltar espaço e estar tudo a monte. Um dos problemas em pelo menos 4 divisões do apartamento é que só têm "2 paredes". Ou seja, por exemplo, na cozinha, numa lateral é a porta, na outra, há duas portas de correr que dão acesso à varanda/marquise. De um lado estão os armários, banca, fogão, forno, frigorífico... na outra parede, de momento, temos uma mesa de vidro de 6 lugares (sobredimensionada para o espaço, mas na altura a "maria" insistiu por causa de fazer uns jantares em família enquanto não tivéssemos a mobília da sala). Agora, quase nunca se usa a mesa, mas não sei que me parece tirar a mesa da cozinha. Ainda do lado da mesa, está fixado na parede a TV (pode sair sem problema), uma prateleira onde está o microondas e uma arca vertical que, sinceramente, dá muito jeito.

Estava a pensar na possibilidade de anular a mesa de cozinha e colocar um armário na parede onde está a mesa, mas não sei que me parece ficar sem um local para refeições na cozinha. Ainda pensei mandar fazer um armário com mesa a meio, mas no máximo daria para fazer uma mesa de 2 lugares o que agora também faz pouco sentido.

Andei a ver na IKEA, não me parece haver nada assim dentro do que procuro. Na Conforama existem alguns armários engraçados, mas, ainda estou muito indeciso sobre o que possa vir a fazer. Tudo isto, dentro da possibilidade mais acessível possível. O melhor arranque seria mesmo vender a mesa, mas acredito que seja grande para a maioria das pessoas.

tenta vender a mesa e colocar uma mesa dobravel na parede...
Tenho uma solucao dessas no nosso "escritorio".

É uma cama que se torna numa secretaria. Podes subir e baixar a cama com um dedo. E fica embutida entre dois armarios. Temos um quarto pra visistas e um escritorio a maioria do tempo. Pergunteia a maria a marca, sei que4 sao italianos, e depois ponho aqui.

A IKEA faz uma mesa embutida na parece, mas parece-me muito pequena para o que precisas. A vantagem de teres a mesa embutida na parede é que podes por umas prateleiras da IKEA por cima. Ganhas o espaco na cozinha qd nao estas a utilizar, ganhas o espaco pra as prateleiras, que parece que precisas e continuas a ter uma mesa funcional para qualquer eventualidade..


Este é o link da mesa de ikea: https://www.ikea.com/gb/en/products/tables/dining-tables/norberg-wall-mounted-drop-leaf-table-white-art-30180504/

Isto é mais o que eu estava a pensar - mas nao encontro a marca: http://makanankhas.xyz/edit/

Depois qd a maria me disser a marca da nossa cama/ mesa de escritorio edito este post e menciono o teu nome.

@Phillipric  fica aqui a marca de onde compramos a nossa mobilia de quarto / escritorio : https://www.bonbon.co.uk/ olha esta, e pensa numas prateleiras na parede: https://www.bonbon.co.uk/spacesavers/golia.htm

É. Acho que a melhor hipótese será mesmo tirar a mesa e substituir por uma mais pequena e enquadrar uns armários ao lado. Prateleiras em cima, sou sincero, não gosto muito de ver espaços "abertos". Teria de ser algo com porta o que para pendurar ali era capaz de ficar muito pesado.
Preciso de uma cadeira de escritório (para estudar/ler, n é preciso ser daquelas fancy de gaming), o que recomendam por menos de 100 paus? Estou a pensar em comprar pela aliexpress, tem preços bastantes sólidos.

Passa um pouco o orçamento, mas a Ikea Marcus é uma excelente cadeira.

Já postaste depois da compra... Mas escolhi exatamente essa! 139 paus.

Comprei-a em Braga onde moram os meus pais e deixaram-me por no autocarro quando fui de volta para a Covilhã. Supostamente o maximo da bagagem é 20kg e aquilo pesava 21, ja estava a ver que iam implicar com isso mas tive sorte.
« Última modificação: Fevereiro 11, 2019, 19:36 pm por andrew619 »
Como são os concertos no Campo Pequeno?

Ver num camarote (2a penso) é alguma coisa de jeito?

Estou a pensar ir ver Snow Patrol e já não há muitos bilhetes, e nunca fui a essa sala.
there's someone in my head but it's not me.
Pessoal, estou à procura de casa/apartamento para Arrender na zona Norte:  Vila do Conde e Póvoa (pode ser freguesias) até 300€, t1 ou t2.

Alguém conhece ou tem conhecimentos?

Isto está difícil...
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Sempre Sporting!
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.

Vou mandar-te MP

@Nightwish76 MP enviada, se não recebeste diz-me por favor
« Última modificação: Fevereiro 19, 2019, 14:03 pm por Mayhem »
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.

Vou mandar-te MP

 :great:
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.

Vou mandar-te MP

@Nightwish76 MP enviada, se não recebeste diz-me por favor

Já vi, obrigado.
Vou imprimir e levar.  :beer:
A minha mãe recebeu esta semana uma carta duma empresa de seu nome Intrum (alguém conhece?), carta essa que trazia uma divida referente a contas da EDP no ano de 2016!!!

Foi precisamente nesse ano que o meu pai faleceu e que a minha mãe alterou o contrato para nome dela mas deixou tudo pago directamente em loja.

2 notas:

1- A minha mãe já não tem papelada nenhuma referente a isso.

2- A "conta" desta empresa ainda vinha em nome do meu pai.

Alguém já passou por uma situação do género ou isto é apenas uma burla? Porque é que a própria EDP não enviou a cobrança ? Porque é que "isto" só aparece 3 anos depois?

De qualquer das maneiras a minha mãe vai-se dirigir a um balcão da EDP para esclarecer o assunto...eu apenas quis expor aqui o caso publicamente.
A intrum é uma empresa de recuperação de dívidas.
Por exemplo, também acontece com as portagens.
Agora isso realmente é fucked.
Até pela falta de documentação.
Se tivesse sido pago por multibanco, talvez pedindo um extracto e alegando que o montante tinha sido liquidado. Só se for mesmo por aqui...


Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Epá...é muito estranho porque supostamente é relativo a 3 facturas: Uma de 0,49 centimos, uma de cerca de 9 euros e outra de cerca de 50€!!!
Ainda por cima a minha mãe fez questão de deixar tudo pago em loja, e da EDP NUNCA recebeu nada para pagar!!!

Tens aqui duas situações que te podem ajudar. Se a tua mãe souber o mês em que pagou pode pedir ao banco um extracto que comprove pagamento (caso tenha pago por multibanco) ou, em alternativa, pedir à EDP que emita a documentação relevante para cobrir a dívida. A EDP também tem que provar que tentou levar a boa cobrança qualquer valor em dívida. Relativamente a essa cobrança, o que te posso recomendar é não responderes. Se quiseres ligas para lá e declinas qualquer valor em dívida. Não digas que não sabes ou que não te lembras, apenas dizes que não deixaste valores em dívida e que queres que te enviem PROVAS que a mesma existe (facturas, recibos, contratos, etc). Depois de pedires despedes-te e desligas a chamada.

Se conheceres algum advogado que não te cobre também podes pedir que o mesmo te redija uma carta para enviar para os serviços dessa empresa.

Relativamente a essa dívida, convém saber se vem de uma data anterior ou posterior ao falecimento do teu pai.

A data é posterior ao falecimento.

Ela primeiro vai à EDP verificar o que se passa...depois logo se vê o que faremos.

Vou mandar-te MP

@Nightwish76 MP enviada, se não recebeste diz-me por favor

Já vi, obrigado.
Vou imprimir e levar.  :beer:

Uma nota, não assumas a dívida. A EDP e a INTRUM que mostrem documentação que prove a existência da mesma. Se o fizerem podes reclamar a proscrição da mesma por carta registada. Devem existir modelos online
Miúdo, não me verás a descer a teu nivel, pois é essa a vossa característica. Sou uma pessoa respeitada na sociedade, com cargos de responsabilidade, sou filiado na Juventude Popular, ala do nosso partido CDS-PP da Dr. Assunção Cristas e não vivo da internet nem recebo subsidios, para andar aqui como alguns. Portanto miudo, volta la para o teu canto pois não falo com qualquer um.