Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Vojislav Kraljic

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Vojislav Kraljic Kraljic.jpg
Nome: Vojislav Kraljic
Nascimento: 25 de Setembro de 1972
Naturalidade: Nis (Sérvia)
Posição: Lateral esquerdo

Vojislav Kraljic ingressou no Sporting Clube de Portugal pela primeira vez na época 1994/95 oriundo do Zelznicar.

Deepois de ter sido observado pelo professor António Cunha ao serviço da selecção universitária da Jugoslávia, Vojislav Kraljic foi sugerido ao então vice-presidente para as modalidades, Júlio Santos, que em declarações ao Jornal Sporting declarou que o Sporting fez "uma boa aposta, com a vantagem de Kraljic ter custado ao Sporting uma verba muito mais baixa de que aquela que, hoje em dia, se aplica na aquisição de qualquer jogador internacional português".

Entre 1994 e 1996, apesar de alguma irregularidade, alternando entre jogos de preponderância e capacidade com outras partidas de menor fulgor, Kraljic deixou boas indicações pela sua elevada estatura, impulsão e poder de remate.

No final de 1995/96, rumaria ao Chapela de Vigo (1996-1997) para nas épocas seguintes representar a conceituada formação do Ademar Leon, onde conquistaria a Copa Asobal e a Taça das Taças.

Apesar de rumar a Espanha, Kraljic manteve a sua residência em Portugal, facto que lhe permitiu mais tarde obter a nacionalidade portuguesa e vir a representar a selecção nacional, principalmente no auge do despique entre a Liga e a Federação Portuguesa de Andebol.

Em 1999/00, depois de uma época sem contar com qualquer estrangeiro durante a maioria do campeonato, o Sporting fazia regressar Vojislav Kraljic a Alvalade, agora com 27 anos e três importantes anos de experiência no campeonato espanhol.

Permaneceria em Alvalade até ao final da época de 2003/04, assumindo-se como um dos esteios na vitória do campeonato de 2000/01, onde foi o melhor marcador pelo Sporting apenas suplantado por Ricardo Andorinho, vencendo ainda três edições da Taça de Portugal (2000-2001, 2002-2003 e 2003-2004). A sua última partida foi exactamente a final de 2003/04, num jogo frente ao Belenenses, rumando depois novamente para Espanha, desta vez para o JD Arrate.

Depois de representar o JD Arrate, ruma ao Keymare Almeria onde foi notícia em meados de 2008, dando conta de dificuldades associadas a salários em atraso. Regressaria depois à sua terra natal, terminando a carreira no RK Naissus onde passou a desempenhar funções diretivas.

Em Dezembro de 2011, assume o cargo de diretor desportivo da sua antiga equipa RK Zelznicar de Nis.