Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Uma "dobradinha" com sabor a desforra

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

A 5 de Julho de 1936 o Sporting Clube de Portugal conquistou a sua segunda "dobradinha", treze anos depois da primeira, derrotando por 3-1 o Belenenses na Final do Campeonato de Portugal, depois de já ter ganho o Campeonato de Lisboa, numa Finalíssima onde despachou o Benfica com uns claros 4-1.

Para chegar à Final desta competição o Sporting afastou sucessivamente o Salgueiros - depois de uma difícil vitória por 2-1 no Estádio do Lima, os Leões venceram por 4-0 no Campo Grande; o Carcavelinhos - o Sporting ganhou por 1-0 na Tapadinha e voltou a triunfar em casa, agora por 2-1; e o Marítimo - no primeiro jogo disputado na Tapadinha o Sporting venceu por 4-2, seguindo-se nova vitória no Campo Grande por 5-2. Seguia-se como adversário na Final o poderoso Belenenses.

Durante a época os dois Clubes tinham-se defrontado quatro vezes, sempre com vitórias leoninas, mas o Belenenses tinha acabado de eliminar FC Porto e Benfica e uma Final é sempre um jogo diferente. Para além disso ainda estava na memória de todos A Grande Final de 1933 que os homens de Belém tinham ganho por 3-1.

O jogo disputou-se no Stadium de Lisboa e o Sporting orientado por Wilhelm Possak, alinhou com Azevedo; Jurado e Vianinha; Abelhinha, Rui Araújo (capitão) e Faustino; Abrantes Mendes, Pireza, Soeiro, Mourão e Francisco Lopes.

Faustino marcou o primeiro golo logo aos 12 minutos, mas o Belenenses reagiu no último quarto de hora do primeiro tempo e nem um grande Azevedo pôde evitar o empate.

A segunda parte foi totalmente dominada pelo Sporting, mas o golo tardava, até que Pireza, a fazer a sua primeira época no Sporting, marcou o segundo golo leonino aos 75 minutos. A legalidade deste segundo golo foi posta em causa, mas os protestos foram desmontados por uma fotografia do "Sports". A 3 minutos do fim, Pireza matou todas as esperanças dos azuis de Belém, fechando assim com chave de ouro uma grande época - para ele que foi o melhor marcador da equipa e para o Sporting que conquistou a sempre saborosa "dobradinha".

Felizmente os bravos rapazes do ‘team’ souberam corresponder aos desejos dos seus adeptos e alcançaram uma vitória incontestavelmente justa.
Boletim do Sporting

Estava assim também consumada a desforra da Final de 1933.

Ficha do jogo: 1936-07-05 SPORTING – Belenenses

To-mane 14h23min de 7 de Outubro de 2011 (WEST)