Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Soeiro

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Soeiro Manuel soeiro cromo.jpg
Nome: Manuel Soeiro Esteves Vasques
Nascimento: 17 de Março de 1909
Naturalidade: Barreiro - Portugal
Posição: Avançado
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
JUV JUN ESP BB AA Golos
1928/29 Luso
1929/30 Luso
1930/31 Luso
1931/32 Luso 1 1
1932/33 Luso
1ª Categoria 1933/34 SPORTING 12 14 Campeonato de Lisboa
Campeonato de Portugal
1ª Divisão 1934/35 SPORTING 33 34 Campeonato de Lisboa 1 1
1ª Divisão 1935/36 SPORTING 29 22 Campeonato de Lisboa
Campeonato de Portugal
2 1
1ª Divisão 1936/37 SPORTING 27 42 Campeonato de Lisboa
1ª Divisão 1937/38 SPORTING 25 16 Campeonato de Lisboa
Campeonato de Portugal
5 1
1ª Divisão 1938/39 SPORTING 28 24 Campeonato de Lisboa 2 1
1ª Divisão 1939/40 SPORTING 12 6
1ª Divisão 1940/41 SPORTING 17 28 Campeonato de Lisboa
Campeonato Nacional
Taça de Portugal
1 0
1ª Divisão 1941/42 SPORTING 23 16 Campeonato de Lisboa
1ª Divisão 1942/43 SPORTING 12 4 Campeonato de Lisboa
1ª Divisão 1943/44 SPORTING 0 0
1ª Divisão 1944/45 SPORTING 1 0
Total = 219 208 12 5
Manuel Soeiro

Manuel Soeiro principiou a sua carreira de futebolista no Luso do Barreiro, chegando então à Selecção Nacional, onde se estreou no dia 3 de Maio de 1932, num jogo disputado em Lisboa, em que Portugal derrotou a Jugoslávia por 3-2, com um golo seu.

Transferiu-se para o Sporting em 1933, para logo se sagrar Campeão de Portugal, marcando os quatro golos com que os Leões derrotaram o Barreirense na final desse campeonato, naquela que foi a sua tarde de glória e que ficou para a história como o Poker de Soeiro.

Tornou-se então num dos maiores goleadores de sempre do Clube, totalizando 208 golos marcados em 219 jogos oficiais, e voltou a ser decisivo na Final do último Campeonato de Portugal em 1937/38, ao marcar dois dos três golos com que o Sporting derrotou o Benfica.

Ficou também para a história como o primeiro melhor marcador do Campeonato da Liga, em 1934/35, época em que marcou 14 golos. Repetiu a proeza em 1936/37 ao apontar 24 golos.

Ao longo das doze temporadas que jogou no Sporting, ganhou um Campeonato Nacional, três Campeonatos de Portugal, uma Taça de Portugal e nove Campeonatos de Lisboa, integrando a grande linha avançada que antecedeu os Cinco Violinos, ao lado de Mourão, Pireza, Peyroteo e João Cruz.

Representou por 12 vezes a Selecção Nacional, ao serviço da qual marcou 5 golos.

Mais tarde, encaminhou para o Sporting o seu sobrinho Manuel Vasques, que viria a ser um dos Cinco Violinos.

Foi também treinador, levando o Torres Novas pela primeira vez à segunda divisão nacional, na época de 1949/50.


Em 1975 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Saudade.

Faleceu em Fevereiro de 1977 com 67 anos de idade.


To-mane 21h20min de 10 de Abril de 2009 (WEST)