Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Sanches Navarro

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Sanches Navarro San.jpg
Nome: Pedro Sanches Navarro
Nascimento:
Naturalidade:
Posição: Presidente

Pedro Sanches Navarro era um grande apaixonado pelo desporto, e foi um dos fundadores do Real Ginásio, onde jogou Futebol ainda no Século XIX, e do Clube Naval de Lisboa, onde praticou Remo, modalidade em que foi júri de regatas internacionais.

Desempenhou também os cargos de Vice-Presidente da Associação de Futebol de Lisboa e Presidente do Congresso da Federação Portuguesa de Futebol.

Foi admitido como sócio do Sporting Clube de Portugal em Março de 1909, tornando-se num dos principais dirigentes do Clube que serviu durante cerca de 20 anos, ocupando diversas funções, com destaque para a Presidência da Assembleia Geral, cargo que desempenhou com elevada distinção em quatro períodos diferentes.

Começou por ser Vice-Presidente da Direcção, na Gerência de 1910 sob a Presidência de Caetano Pereira, continuando a desempenhar as mesmas funções nas Gerências de José Alvalade, até ao dia 2 de Novembro de 1912, altura em que assumiu a Presidência do Conselho Fiscal, cargo que desempenhou até 5 de Outubro de 1913.

A 28 de Julho de 1917 coube-lhe a honra de substituir o Visconde de Alvalade na Presidência da Assembleia Geral, de que era Vice-Presidente há quatro anos, tornando-se assim no segundo Presidente do mais representativo Órgão Social do Clube, cargo que ocupou até 27 de Julho de 1918.

Regressou à Presidência da Assembleia Geral em 6 de Novembro de 1920, função que desempenhou durante três anos, até 21 de Julho de 1923, altura em que foi pela primeira vez eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, cumprindo a Gerência 1923/24, que terminou em 29 de Julho de 1924, período durante o qual o Clube se tornou proprietário das instalações do Campo Grande, ao pagar a Mário Pistacchini a elevada quantia que este tinha adiantado para viabilizar a construção daquelas instalações.

Concluída essa Gerência, voltou à Presidência da Mesa da Assembleia Geral para cumprir mais dois mandatos o segundo dos quais foi interrompido em 23 de Fevereiro de 1926, altura em que a Direcção de Salazar Carreira se demitiu, cabendo a Sanches Navarro a responsabilidade de liderar a terceira Comissão Administrativa do Sporting Clube de Portugal, que era constituída por praticamente todos os grandes nomes do dirigismo leonino desse tempo.

Nessa altura estava em cima da mesa o projecto da construção de novas instalações desportivas para o Clube e, a Comissão Administrativa liderada por Sanches Navarro, decidiu lançar um empréstimo interno, que rapidamente atingiu os 41 contos, cerca de metade dos quais saíram dos bolsos dos seus membros.

Na fase final do mandato da Comissão Administrativa, entre 24 de Julho de 1926 e 3 de Março de 1927, Sanches Navarro acumulou a Presidência desta, com a Presidência da Mesa da Assembleia Geral, num período em que o Sporting atravessava uma crise de crescimento que culminou na eleição de uma nova Direcção, ainda liderada por Sanches Navarro, que foi empossada em 3 de Março de 1927, concluindo o seu mandato em 10 de Maio do mesmo ano..

Sanches Navarro foi também Presidente do Agrupamento Leonino, e em 1927 foi considerado Sócio Benemérito do Sporting Clube de Portugal, e em 1930 recebeu a Medalha de Mérito e Dedicação.

To-mane 22h29min de 28 de Setembro de 2008 (UTC)