Skip to main content
Aníbal Felício
A Natação do Sporting em 2015
Equipa Masculina do Sporting Tetracampeã Nacional - 2015
Heptacampeões Nacionais - 2018

A secção de Natação do Sporting Clube de Portugal foi criada em Maio de 1921 com a entrada de um grupo de atletas oriundos do Clube Naval de Lisboa, entre os quais se encontrava Joaquim Oliveira Duarte, futuro Presidente da Direcção e que muito contribuiu para o desenvolvimento da modalidade. Nesta altura, o Polo Aquático estava integrado na secção de Natação, e eram os mesmos atletas a praticar as duas modalidades.

Nessa primeira fase quando as provas se disputavam nas Docas e no Rio Tejo, alguns nadadores do Sporting marcaram uma posição de relevo nas provas individuais, com Guilherme Coopers a ser o primeiro Campeão de Natação do Sporting, ao ganhar o Campeonato Nacional de Saltos em 1922, numa altura em que Aníbal Felício foi o nadador leonino que mais se destacou. Mas depois com o crescimento da modalidade em alguns clubes, que começaram a dispor de piscinas, a Natação leonina atrasou-se e chegou a estar quase parada.

A construção do Posto Náutico do Sporting na Doca de Santo Amaro, que ficou pronto em Dezembro de 1922, foi outro marco importante destes primeiros tempos, numa altura em que a exiguidade das instalações limitava o desenvolvimento da modalidade, mas o sonho da piscina pairava na mente dos responsáveis pela Natação do Sporting. Nos anos 1920, o Sporting continuava a ter classes de natação, mergulho artístico, e introduziu o salvamento em 1925, pela primeira vez no país. Nessa altura, o Clube instalou uma jangada na Doca de Alcântara, que incluía duas pranchas de saltos a 2.5 e 5 m de altura.

Na década de 40 do século XX, o Sporting criou as primeiras Escolas de Natação em Portugal, e quando o Clube se instalou na Sede do Passadiço, voltou-se a falar com entusiasmo na possibilidade de se construir uma piscina.

Em 1952 o Sporting estabeleceu um acordo com o Clube Naval de Lisboa que permitia aos sócios leoninos a utilização do tanque no Cais da Ribeira ao Cais do Sodré, para aulas de aprendizagem e aperfeiçoamento, resultando daí que os nadadores do Sporting voltassem a aparecer nas listas de dos vencedores nos Campeonatos Regionais e Nacionais.

Nesta fase evidenciou-se o jovem nadador Daniel Velosa, que conquistou alguns títulos regionais em provas de piscina e ganhou várias travessias no mar, com destaque para a vitória em 1954 na Travessia de Lisboa a Nado, batendo o recorde da prova que pertencia a Baptista Pereira que recentemente tinha ganho a Travessia do Canal da Mancha.

Em 1956 o Sporting apostou na contratação de Mário Simas para desempenhar as funções de treinador da Natação leonina, numa fase em que também foi criada a secção de salvamento que teve um trabalho meritório na Praia de Carcavelos em consonância com o Instituto de Socorro a Náufragos.

Mas foi a partir de 1978, numa altura em que a modalidade começou a desenvolver-se no nosso País, que o Clube apostou forte nela, embora só em 1998 tenha tido uma piscina própria.

A secção de natação do Sporting tornou-se então numa das mais movimentadas e numerosas do Clube, com classes de aprendizagem e aperfeiçoamento e um grupo de competição, que ao longo dos anos contabilizou vários títulos individuais nos diversos estilos, com natural destaque para José Couto que ganhou uma Medalha de Prata e outra de Bronze nos mundiais de piscina curta em 1999.

Com a entrada no novo milénio e com as novas Piscinas no Edifício Multidesportivo o Sporting aposta forte na componente de competição e passa a lutar com regularidade pela vitória nos campeonatos nacionais de clubes.

Em 2014 a equipa de natação do Sporting conquista a Taça de Portugal de Rendimento 2013/14, competição que resulta da pontuação alcançada em todas as competições nacionais e internacionais em que participam os atletas dos clubes.

A 12 de Abril de 2015 o Sporting venceu o Tetra-campeonato Nacional da 1.ª Divisão, tendo na última prova do evento a estafeta de 4x200 metros livres verde e branca, com Guilherme Dias, Mário Bonança, Pedro Pinotes e Alexis Santos, vencido com um novo recorde nacional absoluto de 7.31,41.

A 20 de Dezembro de 2015 o Sporting conquista o Pentacampeonato Nacional de Clubes da 1.ª Divisão depois de um segundo dia verdadeiramente dramático, ficando na classificação final com um total de 134 pontos, mais quatro do que o Estrelas São João de Brito e mais 35 do que o FC Porto.

No novo milénio ao nível internacional, destaque absoluto para Alexis Santos, que a 18 de Maio de 2016 alcançou o terceiro lugar e a respetiva Medalha de Bronze nos 200 metros estilos no Campeonato da Europa de Piscina Longa, em Londres, tornando-se 31 anos, depois no segundo português de sempre a conseguir uma medalha em Europeus de piscina longa.

Em 2016 a equipa de natação conquista a 2ª Taça de Portugal de Rendimento da História do Sporting, troféu que premeia a regularidade ao longo da época considerando a pontuação obtida pelos clubes, em ambos os sexos, em várias competições como o Campeonato Nacional Absoluto de Inverno, o Open de Portugal, o Campeonato Nacional de Juniores e Seniores em Piscina Curta, os recordes nacionais batidos e as convocatórias para as Selecções Nacionais. No total o Sporting obteve 2228 pontos, mais 634 pontos que o FC Porto, sendo 1713 pontos correspondentes às competições disputadas, 200 aos recordes obtidos e 315 às convocatórias das seleções.

A 18 de Dezembro de 2016 o Sporting sagra-se Hexacampeão Campeão Nacional de Natação, obtendo um total de 152 pontos que valeram o sexto título consecutivo à natação masculina dos leões, com mais 26 pontos do que o rival Benfica, segundo classificado. Sendo de registar que equipa leonina conseguiu finalizar 18 vezes no pódio, 12 das quais no primeiro posto.

Depois das conquistas de 2013/14 e 2015/16, o Sporting conquista a sua 3ª Taça de Portugal Rendimento na temporada 2016/17, a segunda de forma consecutiva, depois de obter 2273 pontos, mais 312 pontos que o 2º classificado, o Sport Algés e Dafundo.

A 18 de Março de 2018 o Sporting conquistou em Coimbra o seu sétimo título consecutivo de Campeão Nacional no sector masculino, com um total de 713 pontos, mais 109 pontos que o SL Benfica e 128 que o FC Porto, segundo e terceiro classificados. No sector feminino, o Sporting alcançou o 3º lugar, com um total de 628 pontos.

A Natação Época a Época
Natação 1922 • Natação 1923 • Natação 1924 • Natação 1925 • Natação 1926 • Natação 1927 • Natação 1928 • Natação 1929 • Natação 1930 • Natação 1931 • Natação 1932 • Natação 1934
Ver também
Nadadores do Sporting Treinadores de Natação do Sporting Palmarés da Natação do Sporting

Palmarés


  • 3 Taças de Portugal de Rendimento
    • 2013/14, 2015/16 e 2016/17
  • 7 Campeonatos Nacionais de Clubes - Seniores Masculinos
    • 2011/12, 2012/13, 2013/14, 2014/15, 2015/16, 2016/17 e 2017/18
  • 6 Campeonatos Nacionais de Clubes - Seniores Femininos
    • 2000/01, 2001/02, 2002/03, 2003/04, 2004/05 e 2005/06
  • 3 Campeonatos Nacionais de Clubes da II Divisão - Seniores Masculinos
    • 2003/04, 2007/08 e 2010/11
  • 1 Taça de Portugal de Formação
    • 2014/15

O palmarés da formação não está verificado

Links