Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Milorad Pavic

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de Milorad Pavic Pavic.jpg
Nome: Milorad Pavic
Nascimento: 11 de Novembro de 1921
Naturalidade: Valjevo - Jugoslávia
Posição: Treinador
Escalão Época Clube Jogos V E D Titulos
1ª Divisão 1957/58 Estrela Vermelha Taça da Jugoslávia
1ª Divisão 1958/59 Estrela Vermelha Campeonato da Jugoslávia
Taça da Jugoslávia
1ª Divisão 1959/60 Estrela Vermelha Campeonato da Jugoslávia
1ª Divisão 1960/61 Estrela Vermelha
1ª Divisão 1961/62 Estrela Vermelha
1ª Divisão 1962/63 Estrela Vermelha
1ª Divisão 1963/64 Estrela Vermelha Campeonato da Jugoslávia
Taça da Jugoslávia
1ª Divisão 1964/65 Standard Liège
1ª Divisão 1965/66 Standard Liège Taça da Bélgica
1ª Divisão 1966/67 Standard Liège Taça da Bélgica
1ª Divisão 1967/68 Club Brugge
1ª Divisão 1968/69 Club Brugge
1ª Divisão 1969/70 FC Liège
1ª Divisão 1970/71 FC Liège
1971/72
1ª Divisão 1972/73 Athletic Bilbao Taça de Espanha
1ª Divisão 1973/74 Athletic Bilbao
1ª Divisão 1974/75 Benfica Campeonato Nacional
2ª Divisão 1975/76 Málaga
1ª Divisão 1976/77 Málaga
1ª Divisão 1977/78 Rouen
1ª Divisão 1977/78 Vojvodina
1ª Divisão 1978/79 SPORTING 42 24 9 9
1979/80
2ª Divisão 1980/81 Celta de Vigo
2ª Divisão 1981/82 Celta de Vigo Campeonato de Espanha
1ª Divisão 1982/83 Celta de Vigo
1ª Divisão 1983/84 Espanhol
1984/85
1ª Divisão 1985/86 Standard Liège
1986/87
1ª Divisão 1987/88 Standard Liège
Total = 42 24 9 9

Pavic começou a jogar futebol no clube da sua terra, o Valjevo SK, tendo posteriormente representado o Estrela Vermelha de Belgrado, clube onde iniciou a sua brilhante carreira de treinador, vencendo três Campeonatos e três Taças da Jugoslávia em sete temporadas, entre 1957 e 1964.

Foi com essa aura de treinador vencedor que chegou à Bélgica, onde começou por ganhar duas Taças ao serviço do Standard de Liège, transferindo-se depois para o FC Brugge onde não foi feliz, e mais tarde para o FC Liége.

Depois de sete anos na Bélgica seguiu para Espanha, onde em 1973 voltou a ganhar uma competição, agora no Atlético de Bilbau, conquistando a na altura denominada Taça Generalíssimo Franco.

Em 1974 atravessou a fronteira para vir trabalhar no Benfica, onde foi Campeão Nacional na temporada de 1974/75, perdendo a Final da Taça de Portugal para o Boavista.

Regressou então a Espanha para levar o Málaga à 1ª Divisão espanhola, e logo de seguida teve uma experiência mal sucedida em França, voltando ao seu país a meio da temporada para orientar o Vojvodina.

Decorria o ano de 1978 e o Sporting tinha acabado de ganhar a Taça de Portugal sob o comando do Professor Rodrigues Dias, que durante a época tinha substituído interinamente o técnico brasileiro Paulo Emílio, quando João Rocha decidiu contratar "o cavalheiro de luvas de ferro" como era conhecido na altura Milorad Pavic pela imprensa europeia.

Em Alvalade Pavic não conseguiu repetir o sucesso que tinha tido na Luz. O Sporting começou mal a época e nunca conseguiu recuperar, acabando no 3º lugar do Campeonato e perdendo a Final da Taça de Portugal, que para o técnico jugoslavo era a segunda, e outra vez com o Boavista.

Voltou para Espanha onde foi Campeão da 2ª Divisão com o Celta de Vigo e treinou o Espanhol de Barcelona. Mais tarde ainda trabalhou novamente no Standard Liège, em duas ocasiões distintas, encerrando a sua carreira quando já ia a caminho dos 70 anos de idade.

To-mane 10h05min de 4 de Fevereiro de 2010 (WET)