Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Lima

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Esta página é sobre o futebolista José Lima. Se procura o atleta José Lima, consulte José Carlos Lima.
Dados de Lima Lima.jpg Joselima.jpg
Nome: José António Ramalho de Lima
Nascimento: 16 de Outubro de 1966
Naturalidade: Lisboa - Portugal
Posição: Extremo esquerdo, Treinador dos Juniores e Adjunto
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
S17 S19 S21 BB AA Golos
1ª Divisão 1985/86 SPORTING 3 0
1ª Divisão 1986/87 SPORTING 3 0
1ª Divisão 1987/88 SPORTING 10 2
1ª Divisão 1988/89 SPORTING 22 5
1ª Divisão 1989/90 SPORTING 15 0 2 0
1ª Divisão 1990/91 SPORTING 12 1 Taça de Honra
1ª Divisão 1991/92 SPORTING 15 1 Taça de Honra
1ª Divisão 1992/93 V.Guimarães
2ª B 1993/94 Atlético
2ª B 1994/95 Atlético
2ª B 1995/96 Atlético
2ª B 1996/97 Atlético
Honra 1997/98 Alverca
1ª Divisão 1998/99 Alverca
Total = 80 9 4 6 5 1 2 0
Escalão Época Clube Jogos V E D Titulos
1ª Liga 1999/00 Alverca (adjunto)
Juniores 2000/01 Alverca
Juniores 2001/02 Alverca Campeonato Nacional
2ª Liga 2002/03 Alverca (adjunto)
1ª Liga 2003/04 Alverca (adjunto)
2ª Liga 2004/05 Alverca
1ª Liga 2005/06 Belenenses (adjunto)
Juniores 2006/07 SPORTING
Juniores 2007/08 SPORTING Campeonato Nacional
Juniores 2008/09 SPORTING Campeonato Nacional
Juniores 2009/10 SPORTING Campeonato Nacional
1º Liga 2009/10 SPORTING (adjunto)
Juniores 2010/11 SPORTING
1º Liga 2010/11 SPORTING (adjunto)
Juvenis 2011/12 SPORTING 34 25 5 4
Coordenador 2012/13 SPORTING
Juniores 2013/14 SPORTING
Juniores 2014/15 SPORTING
Total =

Lima começou a jogar futebol no Mira de Sintra, mas fez quase toda a sua formação como extremo esquerdo no Sporting, onde chegou quando ainda era iniciado, tornando-se internacional em todos os escalões jovens.

Era um extremo à moda antiga, cuja principal arma era a velocidade, jogando encostado à linha sempre à procura de espaços para cruzar para a área, e apareceu no Sporting logo a seguir a Futre, estreando-se na equipa principal pela mão de Manuel José na época de 1985/86, mas acabou por ser prejudicado pelas inevitáveis comparações com o jovem prodígio do Montijo.

Jogou no Sporting durante 7 temporadas, mas nunca se conseguiu afirmar como titular, realizando 80 jogos oficiais realizados pela equipa principal do Clube, nos quais marcou 9 golos. Mesmo assim foi 2 vezes internacional A no inicio da temporada de 1989/90.

À medida que os anos iam passando, Lima ia sendo cada vez mais identificado como uma eterna esperança do futebol leonino, e acabou por ficar marcado por dois lances em que falhou de forma incrível um golo certo na pequena área, num jogo em que o Sporting ganhou 1-0 ao FC Porto, no Estádio José Alvalade.

No final da temporada de 1991/92 foi dispensado, seguindo para o Vitória de Guimarães onde também não foi feliz, regressando então a Lisboa para se dedicar aos estudos, ao mesmo tempo que ia jogando na 2ª Divisão B ao serviço do Atlético.

Licenciado em Educação Física e Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana e com o curso de Treinadores de Futebol de Nível IV, ainda voltou a jogar no futebol profissional quando em 1997 foi para o Alverca, participando na histórica subida à 1ª Divisão do clube ribatejano, e foi lá que encerrou a sua carreira de futebolista com 32 anos de idade.

No entanto a sua ligação ao Alverca não ficaria por aí, pois na época seguinte foi integrado na equipa técnica de José Romão, antes de passar a ser o treinador do Juniores, conseguindo então um feito ímpar, ao ganhar o Campeonato Nacional daquele escalão, na temporada de 2001/02.

Na época seguinte voltou à condição de adjunto, agora sob o comando de José Couceiro, com quem viveu a alegria de uma nova subida de divisão e a tristeza da descida logo a seguir.

Subiu então a treinador principal, numa altura em que o Alverca já vivia em grande agonia, mas mesmo assim conseguiu evitar uma nova descida de divisão, que no entanto se viria a consumar por decisão administrativa, que o deixou no desemprego, pois o Alverca fechou as portas ao futebol sénior.

Retomou a actividade a meio da temporada de 2005/06, como adjunto de José Couceiro no Belenenses, até que no inicio da época seguinte regressou ao Sporting, para ser o treinador dos Juniores, substituindo Luís Martins.

Em Alcochete conseguiu um inédito tri Campeonato Nacional de Juniores, embora não tenha completado o ultimo titulo, pois no decorrer da temporada de 2009/10 foi escolhido para ser o adjunto de Carlos Carvalhal, após saída de Paulo Bento.

Em 2010 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Técnico.

Na temporada de 2010/11 regressou ao comando dos Juniores do Sporting, que temporariamente tinham ficado sob a orientação do seu adjunto Telmo Costa, o que voltou a acontecer em Fevereiro de 2011, quando Lima foi outra vez "promovido" à equipa principal, novamente na condição de adjunto, agora sob o comando de José Couceiro.

Concluída essa temporada, regressou à Academia Sporting para orientar a equipa de Juvenis, seguindo-se um ano em que recolheu ao gabinete para desempenhar as funções de Coordenador Técnico.

Com a entrada da nova Direcção, na época de 2013/14 regressou ao terreno para o comando da equipa de Juniores.

To-mane 09h58min de 30 de Dezembro de 2009 (WET)