Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Jorge Theriaga

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Jorge Theriaga Jorge Theriaga.jpg
Nome: Jorge Tenreiro Theriaga
Nascimento: 08 de Março de 1954
Naturalidade: Lisboa - Portugal
Posição: Bilharista

Jorge Theriaga tornou-se sócio do Sporting Clube de Portugal logo aos oito dias de vida.

Médico de profissão, começou a jogar Bilhar no Sporting em 1972 sagrando-se de imediato Campeão de Juniores. Era o inicio da brilhante carreira do melhor bilharista português de todos os tempos, detentor de um palmarés impressionante, tendo conquistado em termos individuais 19 Campeonatos Nacionais e uma Taça de Portugal, e em termos colectivos 11 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal e 5 Supertaças.

O seu palmarés internacional também é notável e valeu-lhe a Medalha de Bons Serviços Desportivos atribuída pelo Governo Português em 1989.

Em Fevereiro de 1986 Jorge Theriaga é 3º no Campeonato da Europa Individual às 3 Tabelas, disputado em Ban Mondorf no Luxemburgo, onde só perdeu para o campeão europeu em título Torbjorn Blomdhal, tendo derrotado sucessivamente o campeão suiço Niederlander, o vice-campeão sueco Leonnard Blomdahl, o campeão do Luxemburgo Fonsy Grethen, o campeão da RFA Hans Kühl e o campeão italiano Marco Zanetti.

Em 1989 Jorge Theriaga sagra-se Campeão do Mundo de Triatlo e vence o Grande Prémio da Áustria.

No Campeonato do Mundo de Triatlo, na impossibiliddae de Portugal formar uma equipa, Jorge Theriaga foi seleccionado pela Confederação Europeia de Bilhar para integrar uma equipa da Confederação para o campeonato, que se disputou em Essen na antiga RFA, onde jogou as 3 tabelas enquanto os seus companheiros de equipa, Fonsy Grethen do Luxemburgo e António Oddo de Itália jogariam quadro 71/2 e uma tabela respectivamente. A equipa da CEB enfrentou as mais importantes selecções do mundo, Áustria (com duas equipas), RFA (com duas equipas), Bélgica (com duas equipas, Holanda, Suíça e Japão. Derrotado na primeira partida por 2-1 pelo japonês Mano, Jorge Theriaga vence sucessivamente o holandês Jaspers com uma média de 1,250, o alemão Kühl com 0,918 e finalmente Siebert, também da RFA, com 1,523. Para a história ficou a classificação: 1º CEB (Theriaga, Grethen e Oddo), 2º RFA I (Siebert, Wildförster e Zenkner), 3º Bégica II (Gijsels, Caudron e Wesenbeek) e 4º RFA II (Kühl, Ohagen, Blondeel). Esta vitória no Campeonato do Mundo de Triatlo representou o segundo título mundial da história do bilhar nacional, exactamente 50 anos depois do alcançado em Lausanne na Suíça por Alfredo Ferraz no mundial de partida livre.

No Grande Prémio da Áustria depois de ter passado a 1ª eliminatória Jorge Theriaga derrota nos 1/4 de final o bi-campeão do mundo em título, Torbjorn Blomdhal com a média de 1,186, elimina na 1/2 final o vice-campeão austríaco Pils com 1,166 e na final vence o dinamarquês Lieberkind, profissional da BWA, por 3-1 com a média de 1,208.

A partir destes triunfos, a carreira internacional de Jorge Theriaga não mais parou, tendo registado inúmeros sucessos de onde se destacam:

  • Campeonato do Mundo às 3 Tabelas para Selecção Nacionais
    • 1992 - Viersen (Alemanha) - Medalha de Bronze
    • 1994 - Viersen (Alemanha) - Medalha de Prata
    • 1995 - Viersen (Alemanha) - Medalha de Bronze
  • Campeonato da Europa Individual às 3 Tabelas
    • 1995 - Praga (República Checa) - Medalha de Bronze
    • 1999 - Porto (Portugal) - Medalha de Bronze
  • Taça do Mundo às 3 Tabelas
    • 1994 - Grande Prémio da Holanda em Dongen - Medalha de Ouro
    • 1995 - Grande Prémio da Grécia em Atenas - Medalha de Prata
    • 1996 - Grande Prémio da Turquia em Antalya - Medalha de Ouro
    • 1996 - Grande Prémio da Grécia em Atenas - Medalha de Bronze
    • 1997 - Grande Prémio da Coreia do Sul em Seoul - Medalha de Prata
    • 1998 - Grande Prémio da Grécia em Korfu - Medalha de Prata
    • 1999 - Grande Prémio da Holanda em Oosterhout - Medalha de Prata

Na sua brilhante carreira internacional, destacam-se ainda como não podia deixar de ser, a sua presença nas Equipas que sagraram o Sporting como Vice-Campeão da Taça dos Campeões Europeus de Bilhar às 3 Tabelas em 1996, 2002 e 2005.

Foi desde sempre um dos principais dinamizadores da Secção de Bilhar do Sporting Clube de Portugal, tendo apenas não competido pelo Sporting em 1994, competindo como individual, pois o Clube suspendeu a modalidade nesse ano.

Em 1982 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Atleta de Amador.