Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Jorge Castelo

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Jorge Castelo Castelo.gif
Nome: Jorge Fernando Ferreira Castelo
Nascimento: 26 de Fevereiro de 1957
Naturalidade: Lisboa - Portugal
Posição: Treinador adjunto
Escalão Época Clube Jogos V E D Titulos
2ª Divisão 1985/86 Atlético Adjunto
1986/87
1ª Divisão 1987/88 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1988/89 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1989/90 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1990/91 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1991/92 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1992/93 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1993/94 Benfica Adjunto
1994/95
1995/96
1ª Divisão 1996/97 Benfica Adjunto
1ª Divisão 1997/98 Benfica Adjunto
2ª Divisão 1997/98 Gil Vicente Adjunto
2ª Divisão 1998/99 Felgueiras Adjunto
2ª Divisão 1999/00 Felgueiras Adjunto
1ª Divisão 2000/01 Campomaiorense Adjunto
2ª Divisão 2000/01 Felgueiras
2ª Divisão 2001/02 U.Lamas
1ª Divisão 2001/02 Farense
2002/03
2003/04
2004/05
2ª Divisão 2005/06 U.Madeira Adjunto
2ª Divisão 2005/06 Sanjoanense
2ª Divisão 2006/07 Sanjoanense
2007/08
Juniores 2008/09 Belenenses Coordenador Técnico
Juniores 2009/10 Belenenses Coordenador Técnico
Juniores 2010/11 Belenenses Coordenador Técnico
Juniores 2011/12 Belenenses Coordenador Técnico
1ª Divisão 2011/12 SPORTING Adjunto
1ª Divisão 2011/12 SPORTING Adjunto
Total =

Licenciado em Educação Física pelo ISEF da Universidade Técnica de Lisboa e doutorado em Ciências do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana da mesma Universidade, o professor Jorge Castelo fez parte de várias equipas técnicas do Benfica, clube onde trabalhou entre 1987 e 1998, numa altura em que trouxe algumas novidades ao Futebol, actuando na área do estudo dos adversários e dando um carácter mais científico ao treino, e aonde chegou pela mão do Prof. Jesualdo Ferreira quando este passou a integrar a equipa técnica do Benfica, e de quem tinha sido adjunto no Atlético, depois de se ter iniciado como treinador nas equipas de formação do Belenenses como adjunto do Prof. Carlos Queirós.

Posteriormente foi adjunto de Diamantino Miranda, e depois tentou fazer carreira como treinador principal, trabalhando em clubes como União de Lamas, Farense, União da Madeira e Sanjoanense, mas não teve sucesso.

Autor de uma vasta obra sobre a metodologia de treino no Futebol, em 2008 regressou ao Belenenses como coordenador do sector de formação.

Homem por vezes polémico e sem papas na língua, era comentador da SportTV quando em Fevereiro de 2012 passou a integrar a equipa técnica do Sporting Clube de Portugal sob o comando de Ricardo Sá Pinto, abandonando o projecto do Belenenses, alegando salários em atraso, perante o desagrado dos dirigentes do clube do Restelo.

Saiu do Sporting em Outubro de 2012, juntamente com Sá Pinto

To-mane 10h15min de 18 de Fevereiro de 2012 (WET)