Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

John Toshack

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de John Toshack Jtoshack.jpg
Nome: John Benjamin Toshack
Nascimento: 22 de Março de 1949
Naturalidade: Cardiff - País de Gales
Posição: Treinador
Escalão Época Clube Jogos V E D Titulos
3ª Divisão 1978/79 Swansea City
2ª Divisão 1979/80 Swansea City
2ª Divisão 1980/81 Swansea City Taça de Gales
1ª Divisão 1981/82 Swansea City Taça de Gales
1ª Divisão 1982/83 Swansea City Taça de Gales
2ª Divisão 1983/84 Swansea City
1ª Divisão 1984/85 SPORTING 38 23 12 3
1ª Divisão 1985/86 Real Sociedad
1ª Divisão 1986/87 Real Sociedad Taça do Rei
1ª Divisão 1987/88 Real Sociedad
1ª Divisão 1988/89 Real Sociedad
1ª Divisão 1989/90 Real Madrid Campeonato de Espanha
1ª Divisão 1990/91 Real Madrid
1ª Divisão 1991/92 Real Sociedad
1ª Divisão 1992/93 Real Sociedad
1ª Divisão 1993/94 Real Sociedad
Selecção A 1994/95 País de Gales
1ª Divisão 1995/96 Deportivo La Coruña Supertaça de Espanha
1ª Divisão 1996/97 Deportivo La Coruña
1ª Divisão 1997/98 Besiktas Taça da Turquia
1ª Divisão 1998/99 Besiktas
1ª Divisão 1999/00 Real Madrid
1ª Divisão 2000/01 Saint-Étienne
1ª Divisão 2001/02 Real Sociedad
Serie B 2002/03 Catania
1ª Divisão 2003/04 Real Murcia
Selecção A 2004/05 País de Gales
Selecção A 2005/06 País de Gales
Selecção A 2008/07 País de Gales
Selecção A 2007/08 País de Gales
Selecção A 2008/09 País de Gales
Selecção A 2008/09 País de Gales
Selecção A 2009/10 País de Gales
Selecção A 2010/11 País de Gales
Selecção A 2011/12 Macedónia
1ª Divisão 2012/13 Khazar
1ª Divisão 2013/14 Khazar
Total = 38 23 12 3

Avançado internacional galês, marcou mais de duzentos golos na sua carreira que se iniciou no Cardiff, mas foi no Liverpool que se notabilizou, fazendo parte das grandes equipas que dominaram o futebol europeu na década de 70, altura em que formou com Kevin Keagan uma dupla de avançados temível, conquistando uma Taça dos Campeões, duas Taças UEFA, uma Supertaça, três Campeonatos de Inglaterra, uma Taça de Inglaterra e uma Charity Shield.

Em 1978 regressou a Gales para ser treinador-jogador do Swansea, que levou da 4ª à 1ª divisão inglesa, ao mesmo tempo que ganhava três Taças de Gales, tantas quantas já tinha ganho enquanto jogador no Cardiff City.

John Toshack (de pé), com Pedro Gomes (sentado) no banco de suplentes

Foram estes sucessos que levaram João Rocha a contratá-lo para orientar o Sporting na temporada de 1984/85, mas o Clube vivia um período de grande instabilidade e John Toshack não resistiu aos maus resultados, acabando por ser despedido a duas jornadas do fim do Campeonato, sendo então substituído pelo seu adjunto Pedro Gomes.

No entanto a época não tinha sido assim tão má, pois na verdade com Toshack o Sporting apenas perdeu três jogos, um em cada competição, sendo que a derrota em casa com o Rio Ave, em jogo a contar para a Taça, foi a que teve maior impacto pelas suas consequências imediatas.

John Toshack introduziu no Sporting a novidade de jogar com três centrais, que nunca foi bem compreendida, e muitas vezes confundiu-se aquilo que era uma linha de três defesas, com uma defesa com cinco jogadores. O futebol português não estava preparado para esse sistema que viria a ser implementado com sucesso um pouco por toda a Europa, mas principalmente na Alemanha.

Foi neste âmbito que Toshack lançou o jovem Oceano, que se tornou na grande revelação da temporada, e transformou Carlos Xavier em lateral ou ala direito. Mais tarde levaria ambos para a Real Sociedad.

O futuro encarregar-se-ia de confirmar que João Rocha se tinha precipitado ao despedir o jovem técnico galês, que prosseguiu a sua carreira em Espanha, onde ganhou uma Taça do Rei na sua primeira passagem pela Real Sociedad, antes de chegar ao Real Madrid para ser Campeão na época de 1989/90.

Mais tarde voltou a San Sebastián, e ainda ganhou uma Supertaça espanhola no Deportivo e voltou a treinar o Real Madrid, depois de ter estado na Turquia, onde também ganhou uma Taça no Besiktas.

O restante da sua carreira foi dividido entre Espanha, França e Itália, até que em 2004 passou a ser Seleccionador do País de Gales, lugar que já tinha ocupado em 1994. Apesar de não ter conseguido apurar a sua Selecção para nenhum grande torneio, tornou-a competitiva e capaz de discutir a desejada qualificação, que nunca aconteceu.

Em Setembro de 2010 abandonou o cargo de Seleccionador Nacional do seu País e cerca de um ano depois aceitou um novo desafio, passando a comandar a Selecção da Macedónia, uma experiência que durou apenas até Agosto de 2012.

Em Março de 2013 John Toshack foi anunciado como o novo treinador do Khazar Lankaran um clube do Campeonato azeri, que conseguiu salvar da descida de divisão e levar à Final da Taça do Arzebeijão, que viria a perder por penaltis, frente ao Campeão daquele país, garantindo assim a presença nas competições europeias de 2013/14.

To-mane 14h46min de 8 de Janeiro de 2010 (WET)