Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Ivkovic

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de Ivkovic Ivkovic2.jpg
Nome: Tomislav Ivkovic
Nascimento: 11 de Agosto de 1960
Naturalidade: Zagreb - Croácia na antiga Jugoslávia
Posição: Guarda-redes
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
JUV JUN ESP OLI AA Golos
1ª Divisão 1978/79 Dinamo Zagreb
1ª Divisão 1979/80 Dinamo Zagreb Taça da Jugoslávia
1ª Divisão 1980/81 Dinamo Zagreb
1ª Divisão 1981/82 Dinamo Zagreb Campeonato jugoslavo
1ª Divisão 1982/83 Dinamo Vinkovci
1ª Divisão 1983/84 Estrela Vermelha Campeonato jugoslavo
1ª Divisão 1984/85 Estrela Vermelha Taça da Jugoslávia
1ª Divisão 1985/86 Tirol Innsbruck
1ª Divisão 1986/87 Tirol Innsbruck
1ª Divisão 1987/88 Tirol Innsbruck
1ª Divisão 1988/89 Wiener Sportclub
1ª Divisão 1988/89 Genk
1ª Divisão 1989/90 SPORTING 33 -22
1ª Divisão 1990/91 SPORTING 48 -29
1ª Divisão 1991/92 SPORTING 38 -30
1ª Divisão 1992/93 SPORTING 35 -30
1ª Divisão 1993/94 Estoril
1ª Divisão 1993/94 Vitória Setúbal
1ª Divisão 1994/95 Belenenses
1ª Divisão 1995/96 Belenenses
2ª Divisão 1996/97 Salamanca
1ª Divisão 1997/98 Est. Amadora
Total = 154 -111 38

Guarda-redes croata internacional jugoslavo, começou a sua carreira no clube da cidade onde nasceu, o Dínamo Zagreb, ao serviço do qual conquistou um Campeonato e uma Taça, feitos que repetiria no Estrela Vermelha de Belgrado, numa altura em que já era titular da Selecção da Jugoslávia, que representou por 38 vezes, tendo participado no Campeonato da Europa de 1984 e no Campeonato do Mundo de 1990, para além de ter conquistado a Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1984.

Em 1985 foi para a Áustria onde jogou no Tirol Innsbruck e no Wiener SC, antes de ter uma curta passagem pelo Genk da Bélgica.

No Verão de 1989 foi uma das primeiras contratações do recém eleito Presidente Sousa Cintra, que o anunciou como um dos melhores guarda-redes da Europa, numa altura em que o Sporting ainda procurava um sucessor para Vítor Damas.

No Sporting foi titular indiscutível durante quatro épocas, realizando 154 jogos na baliza leonina, confirmando-se como um excelente guarda-redes, embora um pouco irregular.

Viveu a sua grande tarde no dia 27 de Setembro de 1989, no San Paolo em Nápoles, quando depois de ter conseguido manter a sua baliza inviolável durante 120 minutos, ainda defendeu dois penaltis no sempre emotivo desempate através de pontapés da marca da grande penalidade, com a particularidade de ter defendido o marcado por Maradona, depois de o ter desafiado para uma aposta que assim ganhou. Infelizmente Luisinho, Marlon e Gomes também falharam, e foram os italianos a seguir em frente.

Quase um ano depois a história repetir-se-ia no Mundial de 1990, quando a Jugoslávia foi eliminada pela Argentina nos penaltis, com Ivkovic a defender novamente o remate de Maradona. que no entanto desta feita não tinha aceite um novo desafio para uma aposta.

Caminhava para os 33 anos quando depois de uma temporada menos conseguida, foi surpreendentemente dispensado por Bobby Robson, obrigando Sousa Cintra à contratação de Lemajic e Costinha, que nunca o conseguiram fazer esquecer.

Ainda jogou mais cinco temporadas, quase sempre em Portugal, com a excepção de um ano no Salamanca, encerrando a sua carreira no Estrela da Amadora com 37 anos de idade.

Em 1998, regressou ao Sporting como adjunto de Mirko Jozic e na época seguinte passou a ser o treinador principal do Lourinhanense que na altura era o clube satélite do Sporting.

Entre 2004 e 2006 integrou a equipa técnica da Selecção Croata liderada por Zlatko Kranjčar, nas funções de treinador de guarda-redes, que continuaria a desempenhar mais tarde nos Emirados Árabes Unidos e no Irão.

Depois regressou à Croácia para iniciar uma nova fase da sua carreira como treinador principal.

To-mane 20h36min de 29 de Novembro de 2009 (WET)