Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

História e Factos Relevantes

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Idioma: Português  • english

Índice

A fundação e os primeiros passos

O futebol foi introduzido em Portugal pelos irmãos Pinto Basto quando regressaram dos seus estudos em Inglaterra, lançando a modalidade junto da aristocracia da época. Reza a história que o primeiro jogo foi realizado em Cascais em Outubro de 1888, e daí para a frente a moda alastrou por todo o País.

Em Lisboa a aristocracia tinha o Clube Lisbonense, jogando em Cascais no Verão, em Belas e Sintra em Setembro, e na Capital no resto do ano, mas não deixavam jogar os mais novos.

Emblema do Sport Club de Belas. Faixa azul orlada a ouro sobre campo branco com as iniciais SCB bordadas também a ouro.

Foi assim que, a 26 de Agosto de 1902, os irmãos Gavazzo resolveram fundar o Sport Clube de Belas cuja existência foi curta, realizando apenas um jogo que ganhou por 3-0 a uma equipa de Sintra. Contudo, este jogo teve a honra da presença do Rei e, consequentemente, destaque na imprensa da época, relatando que ao evento assistiram mais de quatro mil pessoas, cheias de animação e de interesse, e qualificando o Belas como um grupo de jovens de boas famílias.

Com o fim do Verão e o regresso a Lisboa de quase todos os participantes desse jogo, o Belas morreu. Dois anos depois a ideia foi reactivada numa tertúlia na Pastelaria Bijou, e como quase todos residiam na zona do Campo Grande, decidiram refazer o clube, agora com o nome de Campo Grande Football Club.

Sede do Campo Grande Football Club no Solar dos Pinto da Cunha, situado no Campo Grande. A janela do 2º andar da esquina com frente para a Alameda das Linhas de Torres, era a do quarto de Francisco Gavazzo que funcionou como Sede.

Durante dois anos este Clube desenvolveu intensa actividade não apenas desportiva, com as modalidades de Futebol, Ténis e Corridas e Saltos, mas principalmente bailes e festas, o que motivou a cisão, pois havia um grupo que defendia que deveriam dedicar-se exclusivamente ao desporto.

A polémica atingiu o seu ponto alto durante um piquenique realizado na Quinta do Correio Mor em Loures a 12 de Abril de 1906, o que motivou a marcação de uma Assembleia Geral do Clube, para o dia seguinte.

Nessa histórica reunião José Gavazzo que também representava o seu irmão Francisco, ausente no estrangeiro, demite-se seguido de um grupo que ficou conhecido como "os dissidentes", entre os quais José Alvalade, que logo prometeu: "Vou ter com o meu avô e ele me dará dinheiro para fazer outro Clube".

Dito e feito, no dia 15 de Abril os dissidentes juntam-se pela primeira vez para fundar o novo Clube, cuja primeira sede funcionou provisoriamente na Mansão dos Alvalade.

A este grupo juntaram-se outros elementos, alguns dos quais também oriundos do Campo Grande Football Club, de tal forma que a primeira lista de sócios, que poderão ser considerados como os Fundadores, conta com 36 nomes, que no final do ano ascenderiam a 45.

A 8 de Maio de 1906 reúne-se a primeira Assembleia Geral, onde o Visconde de Alvalade é eleito Presidente de uma Direcção que tem como Vice-Presidente o seu neto José, que seria o real impulsionador destes primeiros anos do Sporting. Os restantes elementos desta Direcção eram: Frederico Seguro Ferreira - Tesoureiro; José Gavazzo - 1º Secretário; Henrique Leite Júnior - 2º Secretário; Mais tarde José Stromp substituiria José Gavazzo, quando este se ausentou para Paris.

É nessa Assembleia Geral que são estabelecidas as primeiras normas clubísticas, atribuídos privilégios aos dez sócios fundadores principais, e formulado o histórico voto "Queremos um Clube tão grande como os maiores da Europa". Nessa altura a sede é transferida para o 2º andar do Palácio dos Cunhas, na Alameda das Linhas de Torres.

Inicialmente o Clube era para se chamar Campo Grande Sporting Clube, mas na Assembleia Geral de 1 de Julho de 1906, por sugestão de António da Costa Júnior, tomou o nome de Sporting Clube de Portugal.

O Ténis seria a modalidade prioritária, mas a popularidade do Futebol depressa mudou essa intenção e no ano do arranque, para além dessas duas modalidades, praticava-se também Corridas e Saltos, Ginástica e Luta de Tracção à Corda.

O primeiro equipamento era todo branco, "herdado" do Campo Grande FC, mas a partir de 1908 adoptou-se o verde e branco bipartido, estreado a 25 de Outubro num jogo contra o Benfica. As camisas bipartidas eram fabricadas em Inglaterra e daí expedidas para Lisboa. Os calções foram brancos até 1915, ano em que se adoptaram os calções pretos, por sugestão de Raul Barros, um dos jogadores da equipa de futebol.

O 1º emblema do Sporting Clube de Portugal

Em 1907 foi criado o primeiro emblema, com base no Leão rampante (por vezes descrito como "rompante") do brasão da família de D. Fernando Castelo Branco, e surge a primeira bandeira verde com as iniciais do Clube a branco e o referido Leão. D. Fernando aceitara "emprestar" o seu leão ao Sporting, sob condição que não se usasse também a cor do fundo do brasão, que era o azul, optou-se então pelo verde por ser a cor da esperança.

A 3 de Fevereiro de 1907 realiza-se em Alcântara, o primeiro jogo de futebol do Sporting, que terminou com uma derrota por 5-1 frente ao Cruz Negra, com D. João de Vila Franca a marcar o primeiro golo da história do futebol do Clube. Na segunda mão, o Sporting ganhou por 3-1 e no desempate nova vitória agora por 2-0. Infelizmente o troféu, uma peça de arte, perdeu-se, pelo que oficialmente o primeiro troféu foi conquistado contra o Estefânia, ainda nesse mesmo ano.

A 4 de Julho de 1907 são inauguradas, no Sítio das Mouras, as melhores instalações desportivas da época em Portugal, com um amplo pavilhão, vestiários, chuveiros e banhos de imersão, salão de jogos e estar, cozinha, duas quadras de ténis, campo de futebol e pista de atletismo. Localizavam-se na Alameda do Lumiar, hoje Alameda das Linhas de Torres, em terrenos disponibilizados pelo Visconde de Alvalade e que tinham começado a ser utilizados ainda em Maio de 1906. Custaram 550 mil réis, uma fortuna para a época, que foi angariada graças à generosidade da família Alvalade, e ás contribuições dos outros sócios. No período das obras, o Sporting chegou a utilizar as instalações do Campo Grande Football Club, que entretanto se extinguira.

A 19 de Julho de 1907 são entregues no Governo Civil de Lisboa os primeiros Estatutos do Sporting Clube de Portugal, que seriam aprovados no dia 22 de Agosto do mesmo ano.

No dia 1 de Dezembro de 1907 dá-se o primeiro capítulo de uma rivalidade que perdura até aos nossos dias, com o Sporting a ganhar por 2-1 o Primeiro Derby, derrotando o então Sport Lisboa, que mais tarde passaria a ser Benfica.

A 25 de Outubro de 1908 o Sporting estreou o equipamento verde e branco bipartido no Campo da Feiteira, naquele que foi o primeiro jogo oficial contra o S.L.Benfica, no qual o Sporting saiu derrotado por 0-2.

No inicio de 1910 foram aprovados os segundos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, com a introdução de um Conselho Fiscal e a criação da categoria de Sócio de Mérito.

A 4 de Janeiro de 1910 o Visconde de Alvalade cessa funções como Presidente da Direcção do Sporting, cedendo o lugar a Luís Caetano Pereira, cujo mandato é curto, pois demitiu-se em 26 de Junho, sendo substituído por José Holtreman Roquete (José Alvalade), que ocupava até aí o cargo de Secretário no Conselho Fiscal.

Foi também a 4 de Janeiro de 1910, que o Visconde de Alvalade passou a presidir à Mesa da Assembleia-Geral, enquanto Januário Barreto se tornava no primeiro Presidente de um Conselho Fiscal do Sporting Clube de Portugal, cargo que devido à sua morte, seria ocupado pouco tempo depois por José Cruz Viegas.

No dia 27 de Fevereiro de 1910 o Sporting organiza no Lumiar, o primeiro jogo de futebol com entradas pagas realizado em Portugal, no qual foi derrotado pelo Benfica por 0-4.

A 10 de Março de 1910 realiza-se o primeiro jogo internacional do Sporting, frente aos espanhóis do Huelva, que termina com uma vitória por 2-0.

Em 1910 António Stromp no Salto com Vara, Gabriel Ribeiro no Salto em Cumprimento e Alfredo Camecelha no lançamento de Peso, são os primeiros Campeões Nacionais do Sporting Clube de Portugal, dando inicio a um conjunto de conquistas que tornaram o Atletismo na modalidade mais rica do Clube em termos de palmarés.

A 27 de Agosto de 1910 realiza-se aquele que poderá ser considerado o primeiro jogo internacional de uma selecção portuguesa, quando um misto de jogadores das equipas de Lisboa, se deslocou a Espanha para jogar com o Huelva. João Bentes capitaneou essa equipa, que ganhou por 4-0, com dois golos de Francisco Stromp e outros dois de António Rosa Rodrigues. Jogaram ainda os Leões Augusto de Freitas, Francisco dos Santos, António Stromp e António Couto. O equipamento utilizado foi o do Sporting, por ser considerado o mais bonito.

Houve quem pensasse que sendo o Sporting um clube criado por um grupo de aristocratas, poderia afundar-se com a implantação da Republica, mas não. José Alvalade fizera questão de não meter politica no Clube, e curiosamente seria reeleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, quatro dias antes da queda da Monarquia, só se afastando do Clube em 1914 depois de uma polémica decisão de demolir a tribuna do Campo do Sítio das Mouras, para utilizar materiais na construção do Stadium de Lisboa, outro projecto pessoal também ambicioso, o que não agradou a muitos sportinguistas, isto numa altura em que apesar de já não ser Presidente do Sporting, continuava a integrar a Direcção.

Os primeiros títulos no futebol acontecem em 1912, quando o Sporting ganha os campeonatos de Lisboa da 4ª categoria, uma espécie de juvenis da altura, com 21 vitórias em 22 jogos, feito que repetiria no ano seguinte.

Nessa altura, António Stromp torna-se o primeiro atleta Olímpico do Sporting, participando nas provas de velocidade dos Jogos de 1912, em Estocolmo, e destacando-se como um atleta de eleição, com um palmarés notável não só no Atletismo, mas também no Futebol.

Em 14 de Setembro de 1912 Laranjeira Guerra vence o Porto-Lisboa em Ciclismo, feito assinalável, já que foi o primeiro português a vencer a prova.

A 2 de Novembro de 1912 Caetano Pereira regressa à presidência do Sporting.

No dia 13 de Março de 1913 o Presidente da Republica Manuel Arriaga, acompanhado por Afonso Costa, visitou as instalações do Sporting Clube de Portugal, no decorrer da Semana Desportiva de "O Mundo", competição que o Sporting ganhou, com 8 vitórias, 5 segundos lugares e 4 terceiros.

A 1 de Abril de 1913 chegaram ao Sporting os novos emblemas, feitos na Alemanha por influência de Morais Sarmento

Seis jogadores da equipa de futebol do Sporting são escolhidos para irem ao Brasil em representação da Selecção da Associação de Futebol de Lisboa (AFL), numa digressão realizada no Verão de 1913.

A 5 de Outubro de 1913 Mota Marques é eleito Presidente do Sporting.

Foi também em 1913 que o Sporting inaugurou a sua nova sede no Chiado.

No dia 26 de Abril de 1914 realiza-se o primeiro jogo de futebol entre as Selecções do Porto e Lisboa. Hans Schoebel e António Stromp são os representantes do Sporting nesse confronto, que terminou com a vitória dos lisboetas por 7-0.

Em 28 de Junho de 1914 é inaugurado o Stadium de Lisboa, obra idealizada por José Alvalade. António Stromp ganha a corrida dos 100m, naquela que foi a primeira competição realizada nesse recinto, que só seria oficialmente inaugurado a 20 de Dezembro do mesmo ano.

To-mane 11:55, 7 Julho 2008 (WEST)

O hábito de ganhar

No início da temporada de 1914/15 o Sporting assegura o contributo de Artur José Pereira, para muitos o melhor jogador destes tempos, e que assim se tornou no primeiro futebolista pago da história do futebol português.

Foi também nessa temporada que por sugestão de Raul Barros, se adoptaram os calções pretos, em vez dos brancos até aí utilizados.

A 16 de Novembro de 1914 Daniel Queirós dos Santos é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1914/15 o Sporting sagra-se Campeão de Lisboa em futebol, na primeira das 18 vitórias em 37 edições desta prova. No mesmo ano vence a primeira edição da Taça de Honra.

No dia 12 de Junho de 1915 são aprovados em Assembleia-Geral, os terceiros Estatutos do Sporting Clube de Portugal.

Em 1916 como consequência do afastamento do Clube de José Alvalade a sede do Sporting volta provisoriamente para a Alameda das Linhas de Torres.

Em 29 de Julho de 1916 Queirós dos Santos é reeleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

O Sporting muda-se para o Campo Grande, arrendando uns terrenos pertencentes à família Pinto da Cunha, onde a 1 de Abril de 1917 se inauguram novas instalações que continuavam a ser as melhores do País e onde passou a funcionar também a Sede Social. Estas instalações, que ficaram popularmente conhecidas como a “Estância de Madeira” e que foram a casa do Sporting durante 30 anos, só se tornaram possíveis graças a Mário Pistacchini que financiou a obra projectada pelo Arquitecto António Couto.

A 18 de Abril de 1918 Mário Pistacchini passa a presidir a uma Comissão Administrativa que toma conta dos destinos do Sporting. Poucos meses depois seria eleito Presidente após a saída de Soares Júnior.

A 27 de Julho de 1918 António Soares Júnior é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

A 19 de Outubro de 1918 José Alvalade morre vítima de pneumónica.

Em 29 de Dezembro de 1918 Mário Pistacchini voltou a ocupar a cadeira presidencial, novamente à frente de uma Comissão Administrativa, até ser definitivamente eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em 20 de Julho de 1919 o Sporting sagra-se Campeão Regional de futebol pela segunda vez, depois de uma Finalíssima disputada com o Benfica.

No dia 1 de Maio de 1920, por proposta do Sócio Nuno Soares Júnior, é adoptada como data oficial da fundação, o dia 1 de Julho de 1906, por ter sido nessa altura que o Clube se passou a chamar Sporting Clube de Portugal.

Na Assembleia-Geral de Outubro de 1920 são aprovados os quartos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, onde é autorizada a constituição de Filiais e Delegações por todo o País, e são criados o Conselho Técnico e o Agrupamento Leonino.

Em Maio 1921 é criado o Posto Náutico do Sporting, e instituída a secção de Natação, por um grupo de dissidentes do Clube Naval de Lisboa.

A 6 de Julho de 1921 morre António Stromp.

A 25 de Julho de 1921 António Soares Júnior é eleito pela segunda vez Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em 10 de Outubro de 1921 Jorge Vieira torna-se no primeiro árbitro de futebol internacional português, ao arbitrar um Espanha-Bélgica disputado em Bilbau.

A 21 de Novembro de 1921 Manoel Garcia Cárabe substitui Soares Júnior na Presidência do Sporting Clube de Portugal.

No dia 18 de Dezembro de 1921 realiza-se em Madrid o primeiro jogo da Selecção Nacional. Portugal perde por 3-1 com a Espanha, com a presença Jorge Vieira e João Francisco, que assim se tornam nos primeiros futebolistas internacionais do Sporting.

Na Assembleia-Geral de 4 de Fevereiro de 1922 é tomada a decisão de se construir um Posto Médico e um tanque para a prática de Natação, obra realizada na Doca de Alcântara, que ficaria concluída em Dezembro desse ano.

Em 31 de Março de 1922, partindo de uma ideia de José Serrano e Mendes Leal, aproveitada por Júlio de Araújo, publica-se o primeiro Boletim do Sporting, que antecede o actual Jornal do Sporting, sendo a mais antiga publicação do género no mundo.

A 9 de Abril 1922 o Sporting Clube de Tomar torna-se a primeira Filial, seguindo-se pouco depois as de Faro e Luanda, num movimento interminável, que em 2007 atingiu o nº 186.

Na época de 1921/22 o Sporting sagra-se Campeão de Lisboa em futebol pela 3ª vez, disputando assim a Final da 1ª edição dos Campeonatos de Portugal, que perdeu numa Finalíssima com o FC Porto.

A 14 de Julho de 1922 Júlio de Araújo é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em 1922 Salazar Carreira introduz o Râguebi no Sporting, que logo conquista as primeiras competições desta modalidade, disputadas em Portugal.

Um ano depois é a vez do Hóquei em Patins, com o Sporting a estrear-se logo a ganhar por 5-0 ao Benfica.

Em 24 de Junho de 1923 o Sporting ganha o seu primeiro Campeonato de Portugal, a primeira competição de índole nacional que ia na sua 2ª edição, e na qual o Clube lidera o ranking geral com quatro títulos e dez presenças na final, em dezassete edições, nas quais fez 73 jogos, com 49 vitórias e 249 golos marcados. Nesta mesma época o Sporting ganha também o Campeonato Regional, conquistando assim a sua primeira "dobradinha".

A 21 de Julho de 1923 Sanches Navarro é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal e durante o seu mandato o Clube torna-se proprietário das instalações do Campo Grande, reembolsando Mário Pistacchini das verbas por ele adiantadas para a realização das obras feitas em 1917.

Em Agosto de 1923 o S.L. Benfica põe os seus campos à disposição do Sporting, numa altura em que o proprietário dos terrenos onde o Sporting tinha as suas instalações, movera uma acção de despejo aos seus rendeiros, situação que entretanto seria ultrapassada, mas a Direcção do Sporting Clube de Portugal registou a nobreza do gesto do clube rival.

Em Maio de 1924 o Sporting desloca-se pela primeira vez à Madeira, concluindo a digressão com quatro jogos e quatro vitórias.

No dia 6 de Junho de 1924, Jorge Vieira é agraciado em Madrid pelo Rei Afonso XIII de Espanha, com a Cruz de Prata da Ordem de Mérito.

A 29 de Julho de 1924 Júlio de Araújo é eleito pela segunda vez Presidente do Sporting Clube de Portugal, na sua gerência o Sporting passa de cerca de 300 sócios para mais de 3000.

A 19 de Fevereiro de 1925 Salazar Carreira substitui Júlio de Araújo no lugar de Presidente do Sporting Clube de Portugal, seria reconduzido no cargo poucos meses depois.

Na época de 1924/25 o Sporting sagra-se Campeão de Lisboa em futebol pela 5ª vez.

Em 18 de Junho de 1925 João Francisco marca o golo da primeira vitória da Selecção Nacional de futebol, que derrota a Itália por 1-0.

No dia 21 de Junho de 1925 o Presidente da República Dr. Teixeira Gomes visita as instalações do Sporting Clube de Portugal a convite da Direcção presidida por Salazar Carreira.

A 13 de Junho de 1926 a Câmara Municipal de Lisboa atribui o nome de António Stromp à Rua onde o Sporting se encontrava instalado, no Campo Grande.

A 3 de Março de 1927 Sanches Navarro é eleito pela segunda vez Presidente do Sporting Clube de Portugal, lugar que já ocupava desde 23 de Fevereiro de 1926, altura em que passou a presidir a uma Comissão administrativa, que substitui a Direcção até aí presidida por Salazar Carreira.

Entre Abril e Maio de 1927, o Sporting participa com três corredores na primeira volta a Portugal em Bicicleta, e nesse mesmo ano Acácio Campos introduz o Basquetebol no Clube, que se estreia logo a ganhar o Campeonato de Lisboa.

A 10 de Maio de 1927 António Soares Júnior é eleito pela terceira vez Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em 1927 é criada a secção de Tiro, por acção de Francisco Rafael Rodrigues Júnior.

Em Maio de 1928 os futebolistas Jorge Vieira e José Manuel Martins fazem parte da equipa Olímpica que esteve nos Jogos de Amesterdão. José Palhares Costa foi outro atleta do Sporting presente nestes Jogos, correndo os 110m barreiras.

Na época de 1927/28 o Sporting sagra-se Campeão de Lisboa em futebol pela 6ª vez, e estabelece a maior goleada da história dos Campeonatos de Portugal, ao derrotar o Torres Novas por 18-0. A 6 de Novembro de 1927, acontece a Estreia das camisolas listadas, num jogo particular frente ao Casa Pia.

Em Julho de 1928 durante uma deslocação ao Brasil, a equipa de futebol é obrigada a recorrer ao equipamento que o Râguebi tinha adoptado um ano antes e que era mais leve e fresco, é aí que as camisolas listadas se popularizam. No regresso do Brasil a equipa de futebol voltou a utilizar as camisolas habituais, mas em 5 Outubro de 1928, num jogo frente ao Benfica disputado sob temporal, os jogadores mudaram de equipamento ao intervalo e regressaram para a segunda parte outra vez com as camisolas do râguebi. O Sporting ganhou o jogo por 3-1, conquistando a na altura tradicional Taça Benfica Sporting e o novo equipamento passou a ser o principal.

A 5 de Setembro de 1928 Joaquim Oliveira Duarte é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Nessa altura o Sporting atravessava uma grande crise financeira e desportiva, que se traduziu também na chamada "Questão Jorge Vieira", resultante do facto daquele grande jogador e Capitão da equipa da 1ª categoria de futebol, defender que se deveria assumir o profissionalismo na principal modalidade do Clube, o que perante as cedências do Presidente, motivou uma forte contestação de outros dirigentes, que resultaram na demissão de Joaquim Oliveira Duarte.

A 12 de Março de 1929 Eduardo Costa assume a Presidência do Sporting Clube de Portugal, liderando uma Comissão Administrativa constituída pelos membros do Conselho Fiscal, que defendiam que o Sporting deveria continuar a ser um Clube de desporto amador.

Em 1929 o Sporting instala a sua sede na Calçada de São Francisco, dispunha de uma sala de convívio, duas salas de jogos, um gabinete para a direcção e outro para a secretaria.

Em Agosto de 1929 são aprovados os quintos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, onde se determina que a camisola às listas passe a ser utilizada em todas as modalidades.

A 3 de Outubro de 1929 Álvaro José de Sousa é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em 1930 o Sporting adopta o seu terceiro emblema.

No dia 1 de Julho de 1930, data em que o Sporting festejava o seu 24º aniversário, Francisco Stromp suicidou-se, esgotado na agonia da doença fatal de que padecia e que já tinha ceifado a vida ao seu irmão António. Era na altura o sócio nº 3 e a Direcção decidiu nunca mais atribuir esse número a ninguém.

Na época de 1930/31 o Sporting sagra-se Campeão de Lisboa em futebol pela 7ª vez.

Em 1931 sentido a necessidade de ocupar um espaço mais central na Cidade de Lisboa, o Sporting passa a ter a sua sede na Praça dos Restauradores, ocupando duas salas alugadas no 5º andar do nº 13. Três anos depois o Clube muda-se para o Palácio da Foz na mesma Praça.

No dia 1 de Julho de 1931 o Sporting festeja as suas Bodas de Prata, sendo então atribuídas as primeiras Medalhas de Mérito e Dedicação, numa altura em que o Clube e os seus atletas já tinham conquistado mais de 1000 competições nacionais e regionais.

A 27 de Julho de 1931 Artur Silva foi eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, no entanto devido aos seus afazeres profissionais foi um líder pouco presente, pelo na realidade foi o seu vice-presidente Carlos Correia que comandou os destinos do clube durante a sua gerência, assumindo de facto a Presidência em 11 de Fevereiro de 1932, quando Artur Silva se demitiu.

A 23 de Março de 1932 Retamoza Dias é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em 1932 é criada a secção de Andebol por acção de Salazar Carreira. Logo na primeira época de actividade, o Sporting ganha o Campeonato Regional na variante de 11.

A 28 de Julho de 1932 Joaquim Oliveira Duarte é eleito pela segunda vez Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em Agosto de 1932 Rafael Afonso de Sousa participou nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, onde obteve o 7º lugar no Tiro de Pistola a 25 metros e o 22º lugar no Pentatlo Moderno.

Em 1933 Alfredo Trindade venceu a Volta a Portugal em bicicleta, era a primeira vitória individual e colectiva do Sporting na mais importante prova do Ciclismo nacional.

Nesse mesmo ano são aprovados os sextos Estatutos do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1933/34 o Sporting conquista o seu 8º Campeonato de Lisboa de futebol e ganha o Campeonato de Portugal pela 2ª vez.

Na época de 1934/35 o Sporting conquista o seu 9º Campeonato de Lisboa, e Soeiro sagra-se o melhor marcador do primeiro Campeonato Nacional de futebol, com 14 golos apontados.

Em 9 de Agosto de 1935 a Câmara Municipal de Lisboa é declarada Sócio Honorário do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1935/36 o Sporting conquista o seu 10º Campeonato de Lisboa de futebol, e ganha o Campeonato de Portugal pela 3ª vez.

Na época de 1936/37 o Sporting conquista o seu 11º Campeonato de Lisboa de futebol, tornando-se no primeiro Clube a ganhar quatro vezes seguidas esta competição.

Em 1937 o Sporting arrenda o Stadium de Lisboa no Lumiar, mas continua a utilizar as instalações do Campo Grande que viria mais tarde a ceder ao Benfica por sugestão do Ministro Duarte Pacheco Pereira.

A 12 de Setembro de 1937 Fernando Peyroteo estreia-se pelo Sporting, e logo a marcar dois golos ao Benfica numa vitória por 5-3 em jogo englobado num torneio triangular. Era apenas o início da brilhante carreira do maior goleador de todos os tempos do futebol português.

Na época de 1937/38 o Sporting volta a ganhar o Campeonato de Portugal e o Campeonato de Lisboa, aos quais soma ainda o Campeonato de Reservas. Na competição nacional era a 6ª Final consecutiva na última edição da prova, e na competição regional era um inédito penta campeonato, e a 12ª vitoria nesta prova.

Fernando Peyroteo na época da sua estreia marca 71 golos, 57 dos quais em jogos oficiais, e sagra-se o melhor marcador do Campeonato Nacional, estabelecendo um recorde de 34 golos nesta competição.

Na época de 1938/39 o Sporting estabelece um novo recorde, ao ganhar o seu 6º título regional consecutivo, 13º de sempre.

Em 1939 o Sporting ganhou o primeiro Campeonato Nacional de Juniores de Futebol, e o primeiro Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.

De 24 a 26 de Maio de 1940 realiza-se o primeiro Congresso de Filiais e Delegações Leoninas.

Por essa altura o Presidente da Republica concede ao Sporting Clube de Portugal a Comenda da Ordem Militar de Cristo.

No dia 8 de Setembro de 1940 José Albuquerque "Faísca" ganha a 9ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta.

Neste período o Sporting já dominava esmagadormente no Atletismo, enquanto o Râguebi vivia os seus melhores momentos no Clube, mas outras modalidades como Hóquei em Patins e o Ciclismo já vão dando a sua contribuição para o rico palmarés dos Leões.

To-mane 12:04, 7 Julho 2008 (WEST)

Os anos de ouro do futebol

O Sporting instala a sua sede na Rua Rosa Araújo em 1941, este imóvel seria vendido dois anos depois, ficando o Clube provisoriamente a funcionar na Rua de São José, até que em 1947 foi inaugurada nova sede na Rua do Passadiço.

No dia 24 de Agosto de 1941 Francisco Inácio ganha a 10ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta.

Na época 1940/41 o Sporting conquista os seus primeiros título na nova era do futebol português, ao ganhar o Campeonato Nacional e Taça de Portugal, aos quais somou ainda o Campeonato de Lisboa, que na ocasião era o seu 14º, conseguindo assim um inédito pleno.

É aqui que começa a chamada época de ouro do Sporting, marcada por duas grandes linhas avançadas, ambas lideradas por Peyroteo. A primeira com Mourão, Pireza, Soeiro e João Cruz, e logo depois os famosos Cinco Violinos, com Jesus Correia, Travassos, Vasques e Albano, sem esquecer João Martins que acabou por ser o herdeiro de Peyroteo quando este inesperadamente resolveu pendurar as botas.

Neste período o Sporting conquistou 3 dobradinhas (1940/41, 1947/48 e 1953/54) entre 9 Campeonatos e 4 Taças de Portugal, estabelecendo vários recordes provavelmente imbatíveis, como a maior goleada da história do Campeonato em 1941/42, 14-0 ao Leça com 9 golos de Peyroteo, os 123 golos marcados na temporada de 1946/47, o que dá uma média de quase 5 golos por jogo, com Peyroteo a marcar 43 golos nessa prova, um recorde que só seria batido por Yazalde 27 anos depois, e os sete títulos ganhos em oito temporadas (de 1946 a 54), que valeram duas Taças “O Século”, o monumental troféu que assinalava um tri-campeonato.

Na época 1941/42 o Sporting conquista o seu 15º Campeonato de Lisboa de futebol.

Nessa altura o Sporting inaugura a "Vila de Estágio", o primeiro centro de estágios de Portugal, idealizado por Retamoza Dias e construído na antiga sede que ficava junto ao estádio. A equipa de Ciclismo foi a primeira a utiliza-lo, mas também serviu para alijar os jogadores de futebol.

A 2 de Setembro de 1942 Augusto Augusto Amado de Aguilar é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época 1942/43 o Sporting conquista o seu 16º Campeonato de Lisboa de futebol.

Em Junho de 1943 o Sporting realiza um festival desportivo no âmbito das comemorações do seu 37º aniversario, assinalando a ocasião com a inauguração de um bronze com a efígie de Francisco Stromp.

A 26 de Outubro de 1943 tomou posse a Comissão Administrativa que esteve em funções no Sporting até 17 de Novembro de 1943, depois do Presidente Amado de Aguilar se ter demitido, após um conflito com a D.G.D e o Ministro da Educação Nacional, que nomeou o Dr. Diogo Alves Furtado para liderar essa Comissão.

A 17 de Novembro de 1943 Alberto da Alberto da Cunha e Silva é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época 1943/44 o Sporting conquista o seu 2º Campeonato Nacional de futebol.

No dia 10 de Junho de 1944 o Sporting derrota o Benfica por 3-2 no jogo da inauguração do Estádio Nacional, conquistando as Taças Estádio e Império. Peyroteo é o autor do primeiro golo da longa história do Jamor.

A 16 de Setembro de 1944 Augusto Barreira de Campos é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época 1944/45 o Sporting conquista a sua 2ª Taça de Portugal e o seu 17º Campeonato de Lisboa de futebol.

Em 1945 o Sporting adopta o seu quarto emblema e funda as primeiras escolas de natação em Portugal, numa altura em que já tem mais de 9 mil sócios.

A 19 de Janeiro de 1946 António Ribeiro Ferreira é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época 1945/46 o Sporting conquista a sua 3ª Taça de Portugal, e Peyroteo volta a sagrar-se como o melhor marcador do Campeonato Nacional, com 39 golos, estabelecendo um novo recorde na prova.

Na época 1946/47 o Sporting conquista o seu 18º e último Campeonato de Lisboa de futebol na categoria de honra, e o seu 3ª Campeonato Nacional, e Peyroteo volta a sagrar-se o melhor marcador da competição, estabelecendo um novo recorde na prova com 43 golos marcados.

Em 1947 o Sporting promove importantes obras no Stadium de Lisboa no Lumiar e compra a Sede da Rua do Passadiço onde constrói campos para as modalidades. A sede seria inaugurada em Junho durante as comemorações do 41º aniversário do Clube, enquanto as renovadas instalações desportivas, que por essa altura começaram a ser conhecidas por Estádio José Alvalade, foram inauguradas no dia 14 de Setembro, num jogo frente ao Atlético de Bilbau.

Ainda nesse ano são elaborados os sétimos Estatutos do Clube, que seriam aprovados no dia 29 de Outubro, por despacho ministerial, e de onde se destaca a introdução do Conselho Geral, para além da criação da Comissão da Sede, Campo e Propaganda, e de um fundo de seguro e garantia de assistência médica para os atletas. São ainda criados emblemas para distinguir os sócios com 25 e 50 anos de filiação.

Na época 1947/48 o Sporting conquista o Campeonato Nacional e a Taça de Portugal, somando assim a sua 2ª "dobradinha" no futebol.

De 29 de Julho a 14 de Agosto de 1948 os atletas do Sporting, Álvaro Dias, Nuno Morais e João Vieira estiveram presente nos Jogos Olímpicos de Londres.

Na época 1948/49 o Sporting conquista o seu 5º Campeonato Nacional, tornando-se assim no primeiro clube tri-Campeão Nacional da história do futebol português.

Entre 1949 e 1953 o Sporting representa Portugal em quatro das oito edições da Taça Latina, infelizmente não conseguiria melhor do que uma presença na Final.

Em Julho de 1949, a equipa de futebol do Sporting desloca-se à Suécia, onde realiza 4 jogos, com o saldo de 3 derrotas e 1 vitória.

No dia 5 de Outubro de 1949, Peyroteo faz a sua festa de despedida em jogo frente ao Atlético de Madrid. Para trás ficavam 694 golos marcados em 432 jogos, sendo que pelo Sporting foram 635 golos em 393 jogos, que o tonaram no maior goleador do futebol mundial, tendo em conta a média de golos por jogo.

Na época 1950/51 o Sporting conquista o seu 6º Campeonato Nacional de futebol, e Vasques é o melhor marcador da competição, com 29 golos.

A 28 de Abril de 1951 a Cruz Vermelha Portuguesa atribui ao Sporting o Diploma da Cruz Vermelha de Benemerência.

Na época 1951/52 o Sporting conquista o seu 7º Campeonato Nacional de futebol e sagra-se pela 1ª vez Campeão Nacional de Andebol.

Em Junho de 1952 o Boletim do Sporting passa a chamar-se Jornal do Sporting.

Em Julho de 1952 o Sporting faz uma digressão ao Estado de Pernambuco no Brasil, onde defrontou os três grandes clubes locais, com o saldo de uma vitória, um empate e uma derrota.

Nesse mesmo mês, o atleta do Sporting Rui Maia esteve presente nos Jogos Olímpicos de Helsínquia.

A 29 de Janeiro de 1953 Carlos Góis Mota é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

A 13 de Fevereiro de 1953 António Ribeiro Ferreira morre 15 dias depois de ter abandonado a Presidência do Sporting, uma das mais brilhantes e profícuas da história do Clube.

Na época 1952/53 o Sporting conquista o seu 8º Campeonato Nacional de futebol, que é simultaneamente o seu 2º tri-campeonato.

Em Junho de 1953 o Sporting desloca-se ao Brasil a convite da Confederação Brasileira dos Desportos. A digressão salda-se por 3 derrotas e 1 empate. O Presidente do Sporting é condecorado com a Ordem do Cruzeiro do Sul pelo Presidente da Republica do Brasil e é oferecido ao Clube por sócios lá residentes, um Leão em bronze com base de mármore.

Na época 1953/54 o Sporting conquista o seu 9º Campeonato Nacional, que é simultaneamente o primeiro tetra campeonato da história do futebol português, ao qual junta a sua 5ª Taça de Portugal, conseguindo assim a sua 3ª "dobradinha".

Nessa mesma época o Sporting sagra-se pela primeira vez Campeão Nacional de Basquetebol e de Voleibol.

Em 1954 é aprovado o projecto de construção do Estádio José Alvalade e constituem-se comissões para angariação de fundos e concretização desse sonho de todos os sportinguistas.

Em Julho e Agosto de 1954 realiza-se a primeira digressão do Sporting a África, com paragens em Moçambique, Angola e África do Sul.

Em 13 de Agosto de 1955 Travassos torna-se no primeiro jogador português a integrar uma Selecção Europeia, que na ocasião defrontou a Inglaterra em jogo integrado nas comemorações do Centenário da introdução oficial do Futebol nas Ilhas Britânicas, o que lhe valeu o cognome de “Zé da Europa” e grandes elogios pela sua actuação.

Nesta altura o prestígio do clube era tal que, apesar de não ser o campeão nacional em título, o Clube foi convidado para participar na primeira edição da Taça dos Clubes Campeões Europeus em 1955-56. Para a História fica ainda o facto de o Sporting ter inaugurado aquela prova num jogo com o Partizan de Belgrado realizado no Estádio Nacional e que terminou com um empate a três golos, com João Martins a marcar o primeiro golo desta histórica competição.

Em 1956 é criado um emblema para a comemoração do 50ª aniversário do Sporting Clube de Portugal,constituído por um laurel dourado com cercadura de esmalte verde e a legenda "50 anos ao serviço do Desporto e da Pátria" e é composto o Hino do Sporting com letra de Ramiro Guedes Campos e música do Maestro Flaviano Rodrigues.

Nessa altura foi também publicado o livro "50 anos ao serviço do Desporto e da Pátria", que constitui um documento único sobre a história do primeiro meio século de vida do Sporting Clube de Portugal e adoptado o lema do Clube "Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!"

Na época de 1955/56 o Sporting conquista os Campeonatos Nacionais de Andebol, Basquetebol e Voleibol, era a segunda vez nas três modalidades.

A 7 de Junho de 1956 o Presidente da Republica atribuiu ao Sporting Clube de Portugal a Medalha de Mérito Desportivo.

A 10 de Junho de 1956 é inaugurado o Estádio José Alvalade com capacidade para 50 mil espectadores, numa festa que envolve um desfile de 1500 atletas do Sporting, e que conta com a presença de representantes de 31 Federações e Associações Desportivas, 200 Clubes e 71 Filiais.

A 13 de Junho de 1956 realiza-se no Estádio José Alvalade o primeiro jogo com iluminação artificial disputado em Portugal.

A 1 de Julho de 1956 o Sporting comemora 50 anos de existência, numa altura em que já era sem dúvida a maior força desportiva do País, e contava com mais de 22 mil sócios.

Em Agosto de 1956 o Sporting compra um autocarro para transportar os seus atletas.

Neste período o Sporting continua a dominar de forma esmagadora no Atletismo.


To-mane 12:25, 7 Julho 2008 (WEST)

O futebol em queda e o crescimento das modalidades

A 1 de Janeiro de 1957 Manuel Faria vence a clássica Corrida de São Silvestre em São Paulo no Brasil, estabelecendo um novo recorde da prova, feito que repetiria no ano seguinte.

A 31 de Janeiro de 1957 Francisco Cazal Ribeiro é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

A 9 de Fevereiro de 1958 a equipa de futebol do Sporting Clube de Portugal defrontou o FK Aústria, no Estádio José Alvalade, em jogo particular. Para além das duas equipas em campo a disputar a bola, uma terceira estava igualmente no jogo, a transmiti-lo para os espectadores em suas casas ou nos cafés - era A primeira transmissão televisiva em directo de um jogo de futebol.

Na época de 1957/58 o Sporting sagra-se Campeão Nacional de futebol pela 10ª vez.

A 15 de Dezembro de 1958 Guilherme Brás Medeiros é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1959/60, o Sporting ganha pela 3ª vez o Campeonato Nacional de Basquetebol.

Em Julho de 1960 a equipa de futebol do Sporting desloca-se aos Estados Unidos onde participa num torneio em Nova York.

Entre 25 de Agosto e 11 de Setembro de 1960, seis atletas do Sporting marcam presença nos Jogos Olímpicos de Roma.

A 6 de Setembro de 1960 o Sporting Clube de Portugal é proclamado como Instituição de Utilidade Pública.

A 20 de Abril de 1961 Gaudêncio Costa é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1960/61, o Sporting ganha pela 3ª vez o Campeonato Nacional de Andebol.

A 29 de Junho de 1961 o Sporting ganha o prestigiado troféu Tereza Herrera, disputado na Corunha, derrotando na Final os franceses do Stade Reims por 3-2.

A 26 de Fevereiro de 1962 Joel Pascoal é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1961/62 o Sporting sagra-se Campeão Nacional de futebol pela 11ª vez, sob o comando de Juca, que aos 33 anos se torna no treinador mais jovem de sempre a conquistar um Campeonato.

Em Dezembro de 1962 é fundado o Grupo Stromp cujos prémios seriam instituídos no ano seguinte, com o objectivo de distinguir anualmente aqueles que mais se tinham destacado nas diversas áreas da vida do Clube.

A 30 de Abril de 1963 Horácio Viana Rebelo é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Na época de 1962/63 o Sporting ganha pela 6ª vez a Taça de Portugal e conquista o seu 1º Campeonato Nacional de Juvenis em futebol.

Em Agosto de 1963 João Roque ganha a 26ª Volta a Portugal em Bicicleta.

A 3 de Janeiro de 1964 são aprovados em Assembleia Geral os oitavos estatutos do Sporting Clube de Portugal, que consagram a criação do Conselho dos Presidentes.

Nesta altura o Clube e os seus atletas já tinham conquistado mais de 3 mil troféus.

A 20 de Fevereiro de 1964 o Sporting inaugura um Centro de Estágio sediado em Alvalade.

A 28 de Abril de 1964 Homem de Figueiredo é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, mas só tomaria posse a 29 de Maio de 1964, para que Viana Rebelo fosse o Presidente da histórica conquista da Taça das Taças.

Em 15 de Maio de 1964 o Sporting conquista a Taça das Taças depois de eliminar sucessivamente o Atalanta de Itália, o Apoel do Chipre, frente ao qual conseguiu a maior goleada da história das Competições Europeias 16-1, o Manchester United de Inglaterra com uma virada histórica goleando 5-0 depois duma derrota por 4-1, o Olimpique de Lyon de França e na Final o MTK de Budapeste da Hungria, com uma Finalíssima disputada em Antuérpia que terminou com vitória por 1-0 materializada pelo célebre Cantinho do Morais, depois dum empate 3-3 no primeiro jogo realizado em Bruxelas.

Na sequência desta histórica conquista o Sporting é agraciado pela Câmara Municipal de Lisboa com a Medalha de Ouro da Cidade.

Em Outubro de 1964 oito atletas do Sporting marcam presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Manuel de Oliveira é 4º classificado na corrida dos 3.000m obstáculos e no Tiro Armando Marques fica no 8º lugar no Fosso Olímpico.

A 2 de Julho de 1965 Guilherme Brás Medeiros é eleito pela segunda vez Presidente do Sporting Clube de Portugal, numa Assembleia Geral onde foram aprovadas todas as condições que impôs para aceitar o cargo, entre as quais se destacava a necessidade de obter uma quotização extra, mensal, de 300.000$00 para fazer face à amortização das responsabilidades do Clube.

Em 1965 por iniciativa de Jorge Planas Almasqué, é criado o "Núcleo dos Mil", um grupo de mil sócios que pagava uma cota mínima de 500$, e que se reúne pela primeira vez no dia 6 de Julho desse ano.

Na época de 1965/66 o Sporting sagra-se Campeão Nacional de futebol pela 12ª vez, sob o comando da dupla Otto Glória e Juca.

No dia 5 de Julho de 1966 o Sporting Clube de Portugal comemora o seu 60º aniversario no Pavilhão dos Desportos, com a distribuição de emblemas aos sócios com 25 e 50 anos de filiação. Nessa altura o Clube conta com mais de 38 mil associados.

Em 1966 Portugal apura-se pela primeira vez para a fase final de um Campeonato Mundial de Futebol, o torneio realiza-se em Inglaterra e a Selecção Nacional termina num brilhante 3º lugar. O Sporting é o Clube com mais jogadores jogadores seleccionados com oito elementos. Hilário é um dos totalistas, realizando os seis jogos em que Portugal participou.

Em Outubro de 1966 realiza-se em Lisboa o II Congresso Leonino.

Em 1967 Carlos Lopes chega ao Sporting pela mão do Professor Moniz Pereira. Viria a tornar-se no melhor atleta português de todos os tempos.

Em Junho de 1968 o Sporting ganha o Grupo 3 da Taça Internacional de Futebol.

Em 1968 Joaquim Agostinho inicia a sua longa carreira ao serviço do Sporting e é logo Campeão Nacional de Fundo e vencedor da Volta a São Paulo. Tornar-se-ia no melhor ciclista português de todos os tempos com três vitórias na Volta a Portugal, e num dos melhores do mundo, obtendo excelentes resultados na Volta à França, onde fez parte durante muitos anos da elite do Ciclismo mundial.

Em Outubro de 1968 os lutadores Leonel Duarte e Luís Grilo e o atleta Manuel de Oliveira, participam nos Jogos Olímpicos da Cidade do México.

Em 1968 foram aprovados novos estatutos onde se extinguiram o Conselho Geral e Conselho dos Presidentes e foi criado o Conselho Leonino. Nestes estatutos foi também criado um regime de diferenciação entre os sócios efectivos, em função do tipo de quota que pagavam, ao mesmo tempo que se admitia a licitude de sócios efectivos e maiores de 21 anos, no gozo dos seus direitos e dispondo de um mínimo de 500 votos, organizarem listas candidatas aos Órgãos Sociais do Clube.

Em 1969 Fernando Mamede inicia uma brilhante carreira de 20 anos ao serviço do Sporting e do Atletismo português.

A 10 de Abril de 1969 o Presidente do Conselho Marcelo Caetano recebe do Sporting Clube de Portugal a Medalha de Mérito e Dedicação e o Leão de Ouro com Palma.

Na época de 1968/69, o Sporting ganha pela 4ª vez o Campeonato Nacional de Basquetebol.

Em Agosto de 1969 as equipas de futebol do Sporting e Benfica, fazem uma digressão em conjunto a África, que termina com duas vitórias dos Leões, 1-0 em Moçambique, 5-2 em Luanda.

Na época de 1969/70 o Sporting sagra-se Campeão Nacional de futebol pela 13ª vez.

Em Agosto de 1970 Joaquim Agostinho ganha a Volta a Portugal em Bicicleta, competição que o Sporting também vence por equipas.

Em 1971 o Sporting abandona a sua Sede histórica na Rua do Passadiço e instala-se no Estádio José Alvalade.

Em Janeiro de 1971 a equipa de futebol do Sporting desloca-se em digressão ao México.

No dia 25 de Janeiro de 1971 o Sporting contrata por mais de 2000 contos o avançado internacional argentino Hector Yazalde, que se estreia um mês depois, num jogo de apresentação em que o Sporting derrota o Red Star por 3-0. Viria a tornar-se numa das maiores figuras da história do Clube.

No dia 12 de Abril de 1971 o Sporting ganha a Taça do Emigrante, derrotando o Benfica por 3-1 em Paris.

A 23 de Maio de 1971 o Sporting arrasa o Mindelense de Cabo Verde por 21-0, estabelecendo a maior goleada da história da Taça de Portugal.

Na época de 1970/71 o Sporting conquista a sua 7ª Taça de Portugal de futebol.

Em Julho de 1971 Joaquim Agostinho termina no 5º lugar da Volta à França em Bicicleta, e no mês seguinte ganha a Volta a Portugal, competição que o Sporting também vence por equipas.

Em Agosto de 1971 as equipas de futebol do Sporting e FC Porto, fazem uma digressão em conjunto a África, que termina com duas vitórias para os portistas e uma para os Leões.

Em Julho de 1972 as equipas de futebol do Sporting e Benfica, fazem uma digressão em conjunto aos Estados Unidos, que termina para os Leões com um empate e uma derrota.

Em Agosto de 1972 Joaquim Agostinho ganha a Volta a Portugal em Bicicleta, competição que o Sporting também vence por equipas, o que em ambos os casos acontece pela 3ª vez consecutiva.

Entre Agosto e Setembro de 1972, nove atletas do Sporting participam nos Jogos Olímpicos de Munique.

A 29 de Março de 1973 Orlando Valadão Chagas é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, mas nessa altura é convidado por Marcelo Caetano para integrar o Governo do País, e a 5 de Abril, um dia depois de tomar posse, renuncia à Presidência do Clube, sendo substituído interinamente por Manuel Nazareth.

Na época de 1972/73 o Sporting conquista a sua 8ª Taça de Portugal de futebol.

Em 1973 o Sporting ganhou pela 5ª vez consecutiva o Campeonato Nacional de Andebol, num período em que Clube dominou esta modalidade, conquistando 7 Campeonatos e 3 Taças de Portugal, entre 1965 e 1975.

Nesse mesmo ano Joaquim Agostinho conquista pela 6ª vez consecutiva o Campeonato Nacional de Fundo em Ciclismo, e termina a Volta à França no 8º lugar.

Neste período o domínio do Sporting no Atletismo era verdadeiramente avassalador. Para além dos inúmeros títulos, muitos recordes, e várias presenças nos Jogos Olímpicos, conseguidos pelos atletas leoninos, o Clube foi Campeão Nacional de Pista em masculinos, 11 vezes seguidas entre 1956 e 1966 e mais 12 vezes consecutivas entre 1968 e 1979, enquanto em femininos o recorde chegou aos 18 títulos consecutivos, obtidos entre 1959 e 1976. No corta-mato foram 15 títulos 10 dos quais seguidos, entre 1959 e 1974, com Manuel Faria e Manuel de Oliveira a conseguirem 5 vitórias cada um, na competição individual, sendo que para o primeiro foram consecutivas.

O ciclo de João Rocha no auge do ecletismo

A 7 de Setembro de 1973 João Rocha é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, apresentando um ambicioso plano para garantir a sustentabilidade do Clube, pondo fim assim na crise despoletada pela renuncia de Valadão Chagas e Manuel Nazareth, que foi substituído no cargo de vice presidente por José Roquete.

Em Novembro de 1973 é aprovada em Assembleia Geral a Sociedade de Construções e Planeamento, o primeiro projecto de Clube-Empresa em Portugal.

Em Março de 1974 o Governo autoriza a Sociedade de Construções e Planeamento e a emissão de 2,5 milhões de acções de valor nominal de 100 escudos cada, mas a Revolução de Abril deitaria por terra este projecto.

Na época 1973/74 o Sporting conquista o seu 14º Campeonato Nacional de futebol, ao qual junta a sua 8ª Taça de Portugal, conseguindo assim a 4ª "dobradinha" do seu historial. Faltou apenas a Taça da Taças na qual o Sporting atingiu pela 2ª vez as meias-finais.

Em 1974 Hector Yazalde o ponta-de-lança argentino do Sporting, conquistou a Bota de Ouro dos goleadores europeus, com 46 golos marcados no Campeonato Nacional, um recorde ainda hoje se mantém.

No dia 27 de Julho de 1974, o Presidente João Rocha anuncia que Alfredo Di Stefano será o novo treinador da equipa de futebol do Sporting.

Em 1974 Joaquim Agostinho fica em 2º lugar na Volta à Espanha em Bicicleta, e termina a Volta à França no 6º lugar.

No dia 6 de Dezembro de 1974 João Rocha é reconduzido na Presidência do Sporting Clube de Portugal.

Em 1975 a secção de Ginástica do Sporting movimenta mais de 600 atletas e o Clube atinge os 40 mil sócios.

Desde o inicio da década de 70 até aos Jogos Olímpicos de Montreal, que Carlos Lopes bate sucessivos recordes, e ganha inúmeras provas em Portugal e no estrangeiro, iniciando um percurso que o levaria ao topo do Atletismo mundial.

Em 28 de Fevereiro de 1976 Carlos Lopes sagrou-se pela primeira vez Campeão do Mundo de Corta-Mato, confirmando uma serie impressionante de vitórias que vinha averbando desde o inicio da temporada desta especialidade.

A 30 de Maio de 1976 o Sporting completa 1000 jogos no Campeonato Nacional de Futebol, ocasião que fica tristemente assinalada por uma derrota frente ao Boavista, que implica que pela primeira vez desde que o formato de três Taças fora adoptado pela UEFA em 1960, o Clube ficava fora dos lugares que davam acesso às competições europeias.

Nesse mesmo dia em Munique, Carlos Lopes faz a melhor marca do ano nos 10.000m, que passa a ser o 8º melhor tempo de sempre naquela distância. Definitivamente o futebol tinha sido ultrapassado pelas modalidades, na altura ainda consideradas amadoras.

Na época de 1975/76 o Sporting ganha pela 5ª vez o Campeonato Nacional de Basquetebol.

A 9 de Julho de 1976, Carlos Lopes recebe do Ministro da Educação, a Medalha de Mérito Desportivo.

Em Julho de 1976, seis atletas do Sporting participam nos Jogos Olímpicos de Montreal. Carlos Lopes nos 10 mil metros e Armando Marques no Tiro, são os dois primeiros atletas olímpicos do Sporting a conquistarem Medalhas (ambas de prata).

A 14 de Outubro de 1976 o Sporting inaugura o seu Pavilhão com um jogo de Basquetebol frente ao Real Madrid.

A 6 de Fevereiro de 1977 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, com Carlos Lopes a ganhar também na competição individual. Era a a primeira das suas 14 vitórias, numa especialidade que o Clube dominou durante quase vinte anos.

Em 20 de Março de 1977 Carlos Lopes falha a renovação do título de Campeão do Mundo de Corta-Mato, classificando-se no 2º lugar, numa competição realizada na Alemanha.

Em 1977 o Sporting torna-se no primeiro Clube português a ganhar a Taça do Campeões Europeus de Hóquei Patins, numa época em que essa equipa que ficou conhecida como "Equipa Maravilha do Hóquei em Patins" ganhou tudo o que havia para ganhar, numa altura em que o Sporting dominava a modalidade, tendo conquistado um tetra campeonato entre 1974 e 1978.

Em 1977 a secção de Ginástica do Sporting ultrapassa os 2 mil atletas em actividade.

Na época de 1977/78 o Sporting conquista a sua 10ª Taça de Portugal de futebol e ganha pela 6ª vez o Campeonato Nacional de Basquetebol.

Em 1978 o Sporting desloca-se à China por iniciativa do Presidente João Rocha.

No dia 28 de Novembro de 1978 morre Fernando Peyroteo, o maior goleador da história do futebol português.

Em 1979 Jorge Vieira recebe a Medalha de Mérito Desportivo atribuída pela Direcção Geral dos Desportos.

A 4 de Fevereiro de 1979 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 2ª vez.

A 10 de Novembro de 1979, o Sporting é o primeiro clube nacional a actuar na República Popular de Angola, derrotando em Luanda o 1º de Agosto por 3-0, num jogo integrado nas comemorações do 4º ano da independência daquele país.

Em 1979 a secção de Ginástica do Sporting movimenta mais de 3.500 atletas.

Na época de 1979/80 o Sporting conquista o seu 15º Campeonato Nacional de futebol. Jordão é o melhor marcador da competição com 31 golos apontados

Desde o final dos anos 70, até ao inicio da década seguinte, que Fernando Mamede bate sucessivos recordes, e ganha inúmeras provas em Portugal e no estrangeiro, iniciando um percurso que o levaria ao topo do Atletismo mundial.

Em Junho de 1980 a equipa de futebol do Sporting desloca-se em digressão aos Estados Unidos, que se salda em 4 vitórias e 1 empate.

Em Julho de 1980 a ginasta Avelina Alvarez, o pugilista Paquito e o fundista Bernardo Manuel, este integrado na equipa de Angola, são os únicos representantes do Sporting nos Jogos Olímpicos de Moscovo, em virtude do boicote que vários atletas fizeram a essa competição.

Em 1980 Moniz Pereira é agraciado com a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique.

A 1 de Fevereiro de 1981 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 3ª vez e Fernando Mamede vence a competição individual.

A 28 de Março de 1981 Fernando Mamede conquista a Medalha de Bronze dos Mundiais de Corta Mato disputados em Madrid.

Em 1981 o Sporting ganha a Taça das Taças em Hóquei em Patins.

Na época de 1980/81 o Sporting fecha um tetra-campeonato em Andebol e ganha pela 7ª vez o Campeonato Nacional de Basquetebol.

A 30 de Maio de 1981 Fernando Mamede bate o recorde da Europa dos 10 mil metros, em prova disputada no Estádio José Alvalade, com a marca de 27,27,7.

De 19 a 21 de Junho de 1981 realiza-se em Lisboa o III Congresso Leonino.

A 1 de Julho de 1981 o Sporting Clube de Portugal comemora o seu 75º aniversario com um festival nocturno no Estádio José Alvalade.

Na Assembleia-Geral de 11 de Setembro de 1981, foi aprovada uma alteração estatutária que implicava que para além dos candidatos à Presidência dos Órgãos Sociais do Clube, indigitados pelo Conselho Leonino, todos os outros membros propostos para integrarem esses Órgãos, fossem sujeitos individualmente à aprovação dos sócios, que passaram a ter 3 votos a mais, por cada 10 anos de filiação, sendo que as referidas atribuições do Conselho Leonino, continuavam a não ser impeditivas de que sócios efectivos e agora maiores de 18 anos, no gozo dos seus direitos e dispondo de um mínimo de 1000 votos, organizassem listas diferentes para submeter à Assembleia-Geral.

A 25 de Setembro de 1981, ainda durante as comemorações do seu 75º aniversário, o Sporting é agraciado pelo Governo Português com o colar de Membro Honorário da Ordem do Infante D. Henrique e Jorge Vieira é agraciado com o grau de Cavaleiro da Ordem do Infante.

A 30 de Janeiro de 1982 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 4ª vez e Carlos Lopes vence a competição individual.

Em Fevereiro de 1982 iniciam-se as obras da construção da nova bancada do Estádio José Alvalade.

A 26 de Fevereiro de 1982 os sócios do Sporting Clube de Portugal elegem pela primeira vez directamente os órgãos sociais do Clube, de acordo com a revisão estatutária aprovada no ano anterior, e que atribui aos sócios 3 votos a mais, por cada 10 anos de filiação. O Presidente João Rocha é reeleito enquanto candidato único.

Na época 1981/82 o Sporting conquista o seu 16º Campeonato Nacional de futebol, ao qual junta a sua 11ª Taça de Portugal, conseguindo assim a 5ª "dobradinha" do seu historial.

Ainda nessa temporada o Sporting ganha pela 8ª vez o Campeonato Nacional de Basquetebol e pela 6ª vez o Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.

A 27 de Junho de 1982 Carlos Lopes bate o recorde da Europa dos 10 mil metros, que era pertença de Fernando Mamede, estabelecendo a marca de 27, 24, 39, numa prova disputada em Oslo.

A 9 de Julho de 1982 Fernando Mamede bate o recorde da Europa dos 10 mil metros, que era pertença de Carlos Lopes, numa prova disputada em Paris, ficando a 48 centésimos de segundo, do recorde mundial, com a marca de 27,22,95.

Em Julho de 1982 o Sporting perde para o FC Porto, a Final da Taça das Taças de Hóquei em Patins.

De 31 de Julho a 2 de Agosto de 1982 realiza-se no Rio de Janeiro o IV Congresso Leonino.

No dia 1 de Dezembro de 1982 o Sporting conquista a sua primeira Supertaça de futebol, goleando o Sp. Braga por 6-1, depois de ter perdido por 2-1, o primeiro jogo disputado no Minho.

A 1 de Janeiro de 1983 Carlos Lopes ganha 58º edição da Corrida de São Silvestre em São Paulo.

A 30 de Janeiro de 1983 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 5ª vez, é a 3ª vitoria consecutiva e Fernando Mamede e Carlos Lopes são respectivamente 1º e 2º classificados na competição individual.

No dia 20 de Março de 1983 Carlos Lopes fica em 2º lugar no Campeonato do Mundo de Corta Mato disputado em Gateshead.

A 10 de de Abril de 1983 Carlos Lopes fica em 2º lugar na Maratona de Roterdão, estabelecendo a melhor marca europeia de sempre.

Em 1983 por acção da presidência de João Rocha, concretizou-se o fecho do Estádio com a construção da chamada Bancada Nova, que substituiu o peão herdado do recinto anterior, numa obra iniciada em Fevereiro de 1982.

De 27 de Julho a 12 de Agosto de 1983 realiza-se em Toronto no Canadá o V Congresso Leonino.

A 5 de Fevereiro de 1984 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 6ª vez, é a 4ª vitoria consecutiva.

A 9 de Março de 1984 são aprovados os décimos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, onde se criam os Núcleos, se definem três categorias de sócios, se estabelecem vários galardões e distinções e se autoriza a exploração do Bingo.

Em 25 de Março de 1984 em New Jersey, Carlos Lopes sagra-se Campeão do Mundo de Corta-Mato pela 2ª vez.

No dia 6 de Abril de 1984 Carlos Lopes é condecorado pelo Primeiro Ministro Mário Soares, com a Medalha de Honra de Mérito Desportivo.

Em 1984 o Sporting retoma a pratica do Ciclismo, num ano marcante na história do Clube, que no entanto ficou manchado pela morte de Joaquim Agostinho no dia 10 de Maio. Ele tinha acabado de regressar a Portugal e ao Sporting já com 40 anos. No dia 30 de Abril disputava-se a Volta ao Algarve, quando Agostinho sofreu uma fractura craniana, num acidente provocado por um cão que se atravessou no seu caminho. Mas mesmo assim voltou a montar a bicicleta e cortou a meta com a ajuda de dois colegas do Sporting. Seria operado em Lisboa, dez horas após do acidente, tarde de mais, morreu dez dias depois. 50 mil pessoas passaram pelo seu velório na Basílica da Estrela em Lisboa.

Na época de 1983/84 o Sporting ganha pela 15ª vez o Campeonato Nacional de Andebol.

Em Junho em 1984 o Sporting tornou-se no primeiro Clube a ganhar as três competições europeias de Hóquei em Patins, ao conquistar a Taça CERS, derrotando o Voltregá de Espanha nos dois jogos da Final.

Em 1984 Portugal apura-se pela primeira vez para a fase final de um Campeonato Europeu de Futebol, o torneio realiza-se em França e a Selecção Nacional chega às meias-finais. Jordão é o único jogador do Sporting seleccionado, e o melhor marcador de Portugal na prova com 2 golos.

A 29 de Junho de 1984 pela primeira vez há mais do que uma lista a concorrer às eleições para os órgãos sociais do Sporting Clube de Portugal. O Presidente João Rocha é reeleito, derrotando de forma clara o candidato Marcelino Brito.

Em 2 de Julho de 1984 Fernando Mamede bate o Recorde Mundial dos 10 mil metros com a marca de 27,13,48, numa corrida em que Carlos Lopes faz a segunda melhor marca de sempre.

No dia seguinte Paulo Ferreira vence a 5ª etapa da Volta à França desse ano.

No dia 6 de Agosto de 1984, Fernando Mamede desiste durante a Final dos 10.000m dos Jogos Olímpicos de Los Angeles, na qual era o grande favorito. Foi um momento trágico que marcaria toda a sua carreira.

Em 12 de Agosto 1984 Carlos Lopes depois de se sagrar Campeão do Mundo de Corta-Mato pela 2ª vez e apesar do grande susto que foi o atropelamento de que sofreu quando se treinava nas ruas de Lisboa, torna-se no primeiro português a ganhar uma Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos. ao vencer a Maratona em Los Angeles, estabelecendo um novo Recorde Olímpico.

Para além de Lopes e Mamede outros 6 atletas sportinguistas estiveram presentes nos Jogos Olímpicos de Los Angeles.

A 29 de Agosto de 1984 o Presidente da Republica Mário Soares, atribui o Colar de Mérito Desportivo a Carlos Lopes e a Medalha de Mérito Desportivo a Moniz Pereira.

No dia 18 de Outubro de 1984 Carlos Lopes é recebido na Casa Branca, pelo Presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan. Três dias depois seria 2º classificado na Maratona de Chicago.

A 1 de Janeiro de 1985 Carlos Lopes ganha pela 2ª vez a Corrida de São Silvestre em São Paulo.

A 3 de Fevereiro de 1985 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 7ª vez, é a 5ª vitoria consecutiva. Carlos Lopes, Ezequiel Canário e Fernando Mamede ocupam os três primeiros lugares na competição individual.

A 6 de Fevereiro de 1985, o Presidente da Republica Mário Soares, atribui a Medalha de Honra e Mérito Desportivo a Fernando Mamede.

A 24 de Março de 1985 Carlos Lopes sagrou-se pela terceira vez Campeão do Mundo de Corta-Mato.

De 29 de Março a 7 de Abril de 1985 realiza-se o VI Congresso Leonino dividido entre a Madeira onde sucedeu a abertura, e os Açores onde se realizou o encerramento.

A 20 de Abril de 1985 Carlos Lopes estabelece a melhor marca mundial da Maratona com a marca de 2h7m11s numa prova disputada em Roterdão.

Em Julho de 1985 o Sporting ganha pela segunda vez a Taça das Taças em Hóquei em Patins.

Em Agosto de 1985 Marco Chagas ganha pela 3ª vez a Volta a Portugal e Bicicleta, é a primeira ao serviço do Sporting que também ganha a competição por equipas.

Em Fevereiro de 1986 o Sporting ganha a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, pela 8ª vez, é a 6ª vitoria consecutiva.

Em Junho de 1986 Portugal marca presença pela 2ª vez num Campeonato do Mundo de futebol. Vítor Damas, Morato, Sousa e Jaime Pacheco são os quatro representantes do Sporting na Selecção Nacional que esteve no Mundial do México.

Na época de 1985/86 o Sporting ganha pela 16ª vez o Campeonato Nacional de Andebol.

A 27 de Junho de 1986 Mário Serafim é Campeão da Europa de Juniores, em Tiro, na especialidade Carabina posição Deitado. Portugal também vence por equipas.

Em Junho de 1986 o Sporting falha a revalidação da Taça das Taças em Hóquei em Patins, ao ser derrotado na Final pela Sanjoanense.

Na véspera das comemorações do 80º aniversário do Sporting Clube de Portugal, o Presidente João Rocha anuncia que por motivos de saúde irá abandonar o Clube que deixa com mais de 100 mil sócios.

A 6 de Agosto de 1986 morre Jorge Vieira, um dos primeiros grandes jogadores do Sporting, que na triste ocasião era o sócio nº 1 do Clube.

Em Agosto de 1986 Marco Chagas ganha pela 4ª vez a Volta a Portugal e Bicicleta, tonando-se no ciclista com mais triunfos na prova rainha do Ciclismo nacional.

A 26 de Agosto de 1986 o Governo português atribui a titulo póstumo a Medalha de Mérito Desportivo, a Fernando Vaz que tinha falecido no dia anterior.

A 17 de Setembro de 1986 o Sporting ganha por 9-0 ao Akranes na Finlândia, em jogo a contar para a Taça UEFA, estabelecendo a maior goleada em jogos fora de casa, da história das competições europeias.

Em 20 de Setembro de 1986 Rita Vilas Boas conquista a Medalha de Bronze no Campeonato da Europa de Trampolim. Poucos meses depois ficaria no 4º lugar no Campeonato de Mundo da mesma especialidade da Ginástica Desportiva.

A 26 de Setembro de 1986 Amado de Freitas é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, tomaria posse no dia 3 do mês seguinte.

A 14 de Dezembro de 1986 o Sporting esmaga o Benfica em Alvalade, com uma goleada histórica de 7–1, com 4 golos de Manuel Fernandes.

Em Dezembro de 1987 o Sporting conquista a sua segunda Supertaça de futebol, derrotando o Benfica nos dois jogos da competição.

Na época de 1987/88 o Sporting ganha pela 7ª vez o Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.

Nestes quinze anos o Sporting para além das grandes vitórias já atrás referenciadas, conquistou centenas de títulos nas modalidades verdadeiramente amadoras e chegou a ter milhares de atletas em acção.

To-mane 12:04, 7 Julho 2008 (WEST)

Um desvio para o populismo

A 24 de Junho de 1988 Jorge Gonçalves é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Em Setembro de 1988, 11 atletas do Sporting estiveram presente nos Jogos Olímpicos de Seul. Domingos Castro terminou a prova dos 5000m num ingrato 4º lugar e Mário Silva foi 9º nos 1500m.

Em 1988 o bilharista Jorge Theriaga ganhou a Taça do Mundo de Triatlo, para no ano seguinte ser Campeão do Mundo na modalidade de Três Tabelas, o que lhe valeu a Medalha de Bons Serviços Desportivos atribuída pelo Governo Português em 1989.

Em Fevereiro de 1989 os Estatutos do Clube são revistos, com o objectivo de transformar o Conselho Leonino num órgão consultivo, retirando-lhe poderes e diminuindo para trinta o número de sócios que o compunham.

Em 1989 Portugal sagrou-se Campeão Mundial de Juniores em futebol. Amaral foi o único representante do Sporting nesse Campeonato do Mundo realizado na Arábia Saudita.

A 18 de Maio de 1989 a Direcção do Sporting Clube de Portugal demite-se em bloco, no meio de uma das maiores crises da existência do Clube, e são marcadas eleições para o mês seguinte.

A 23 de Junho de 1989 Sousa Cintra é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal numa altura em que o Sporting atravessava a maior crise de toda a sua existência, assistindo-se à debandada geral de atletas das várias modalidades, perante a falta de dinheiro para o cumprimento dos compromissos assumidos pelo Clube e os ataques oportunistas da concorrência.

Em 1991 o jovem Emílio Peixe foi considerado o melhor jogador do Mundial de Juniores disputado no nosso País e ganho por Portugal, com a participação de outros dois jogadores do Sporting, Paulo Torres e Luís Figo, que se viria a tornar num dos melhores jogadores do mundo.

Foi também neste ano que o Sporting ganhou pela terceira vez a Taça das Taças em Hóquei em Patins, derrotando o Novara de Itália nos dois jogos da Final.

Entre 1989 e 1994 o Sporting ganhou pela segunda vez seis Taças dos Campeões Europeus de Corta-Mato, consecutivas, numa altura em que os Gémeos Castro passaram a ser as grandes figuras da equipa, especialmente Domingos que ganhou por cinco vezes a competição individual, deixando a outra para o seu irmão Dionísio.

Entre 1991 e 1994 o Sporting conquistou um tri-campeonato de Voleibol, numa equipa onde se destacava Miguel Maia.

Entre 25 de Julho e 8 de Agosto de 1992, 12 atletas do Sporting estiveram presente nos Jogos Olímpicos de Barcelona.

To-mane 17h25min de 3 de Outubro de 2008 (UTC)

O Projecto Roquete

A 2 de Junho de 1995 Pedro Santana Lopes é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, numas eleições em que votaram 8856 sócios, iniciando-se assim um novo ciclo de vida do Clube, idealizado pelo neto de José Alvalade, José Roquete, que passou a presidir ao Conselho Fiscal.

Com a intenção de devolver o Sporting às suas origens, José Roquete apostou na modernidade e na luta pela credibilização do futebol português, iniciando o processo de idealização e construção de um estádio de nova geração, ao nível dos melhores do mundo. Foram lançadas igualmente as bases de um grupo empresarial, a Sociedade Desportiva de Futebol - SAD, constituída perante o Notário do 6ª Cartório Notarial de Lisboa a 28 de Outubro de 1997 e admitida na Bolsa em 1998, numa altura em que ele já ocupava a Presidência do Clube, que tinha assumido a 11 de Abril de 1996, por cooptação após a renuncia de Santana Lopes.

No dia 10 de Junho de 1995 o Sporting ganha pela 12ª vez a Taça de Portugal em futebol, quebrando um jejum de 13 anos, ao bater o Marítimo por 2-0, na Final disputada no Jamor.

A 30 de Abril de 1996 o Sporting conquista a sua 3ª Supertaça de futebol, ao derrotar o FC Porto por 3-0, numa Finalíssima disputada em Paris.

Entre 19 de Julho e 4 de Agosto de 1996, 23 atletas do Sporting estiveram presentes nos Jogos Olímpicos de Atlanta nos Estados Unidos, 10 dos quais integrando a equipa de futebol que terminou no 4º lugar do torneio, que foi ganho pela Nigéria onde jogava Amunike. Manuela Machado no 7º lugar da Maratona e Teresa Machado no 10º no Disco, também tiveram prestações relevantes.

De 28 a 30 de Junho de 1996 realiza-se em Lisboa o VII Congresso Leonino.

A 26 de Julho de 1996 são aprovados novos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, onde são reconhecidas as organizações Os Cinquentenários, Grupo Stromp e Leões de Portugal, enquanto o Conselho Leonino é alargado e são lhe devolvidas algumas competências. É ainda autorizada a participação do Clube em Sociedades comerciais e desportivas.

A 25 de Outubro de 1996 José Roquete foi reconduzido na Presidência do Clube, após umas eleições em que não teve oposição, e nas quais participaram 4432 sócios.

A 17 de Setembro de 1997 o Sporting estreia-se na Liga dos Campeões, recebendo e vencendo o Mónaco por 3-0, depois de ter garantido o apuramento numa pré-eliminatória, em que defrontou os israelitas do Beitar Jerusalém.

A 5 de Novembro de 1999 José Roquete foi reconduzido na Presidência do Clube, após umas eleições em que não teve oposição, e nas quais participaram 6436 sócios.

A 14 de Maio de 2000 o Sporting ao ganhar por 4-0 no Campo do Salgueiros sagra-se Campeão Nacional de futebol pela 17ª vez, quebrando assim finalmente um longo jejum de 18 anos, o maior da sua história. Viveram-se então horas de grande euforia, numa festa que alastrou por todo o País, demonstrando a enorme vitalidade do Sporting Clube de Portugal.

Em 2000 o Sporting sagra-se Campeão Europeu de Pista em Atletismo, concretizando assim o grande sonho do Prof. Moniz Pereira.

A 2 de Agosto de 2000 António Dias da Cunha sobe à Presidência do Sporting Clube de Portugal, após a demissão de José Roquete, do qual era vice-presidente.

Em Setembro de 2000, 17 atletas do Sporting estiveram presentes nos Jogos Olímpicos de Sidney na Austrália. Carlos Calado obteve o 10º no Salto em Comprimento.

Em 2001 o Sporting adopta o seu sexto emblema.

A 16 de Maio de 2001 o Sporting ganha a sua 4ª Supertaça de futebol.

Na temporada 2001/02 o Sporting conquista o seu 18º Campeonato Nacional de futebol, ao qual junta a sua 13ª Taça de Portugal, conseguindo assim a 6ª "dobradinha" do seu historial. Mário Jardel com 42 golos marcados é o "artilheiro" do Campeonato, totalizando a impressionante marca de 55 golos apontados em toda a época.

Em Junho de 2002, é inaugurada a Academia Sporting em Alcochete, complexo desportivo com 250 mil metros quadrados ao serviço da preparação e dos estágios da equipa profissional de futebol e de todos os escalões de formação a partir dos 13 anos de idade, que constitui outra trave mestra do "Projecto Roquete".

A 12 de Julho de 2002 António Dias da Cunha foi reconduzido na Presidência do Clube, após umas eleições em que não teve oposição, e nas quais participaram 2456 sócios.

A 18 de Agosto de 2002 o Sporting ganha a sua 5ª Supertaça de futebol.

A 6 de Agosto de 2003 foi inaugurado o novo Estádio que se continuou a chamar José Alvalade, estando envolvido no Complexo Alvalade XXI, que inclui: O Edifício Visconde de Alvalade, que alberga a maioria dos serviços do Clube e respectivas empresas; O Edifício Multidesportivo; O Alvaláxia, Centro Comercial; Uma Clínica Médica; Um Health Club; Um Centro de Dia e o Mundo Sporting, o novo museu do Clube.

Nesse dia de grande festa que encheu de orgulho todos os sportinguistas, o Sporting derrotou por 3-1 o Manchester United, com o jovem Cristiano Ronaldo a realizar uma grande exibição, ao ponto de convencer logo ali os responsáveis pelo clube inglês a pagarem os 15 milhões € constantes na sua cláusula de rescisão.

Em Agosto de 2004, quinze atletas do Sporting estiveram presentes nos Jogos Olímpicos de Atenas, tendo o Clube assim ultrapassado a centena de atletas olímpicos, durante toda a sua história. O ucraniano Yuri Bilonog conquistou a Medalha de Ouro no lançamento do Peso, a romena Ionela Târlea ganhou a Medalha de Prata nos 400 m Barreiras, e os portugueses Francis Obikwelu nos 100 metros e Rui Silva nos 1500 metros, conquistaram respectivamente as Medalhas de Prata e de Bronze.

A 18 de Maio de 2005 disputa-se pela primeira vez uma final duma competição europeia no Complexo Alvalade XXI, e logo com a presença do Sporting, que depois de ter conseguido atingir pela primeira vez o jogo decisivo da Taça UEFA, foi derrotado ingloriamente pelo CSKA de Moscovo por 1-3, naquele que foi um dos momentos mais tristes da história do Clube.

A 19 de Outubro de 2005 Filipe Soares Franco sobe à Presidência do Sporting Clube de Portugal, após a demissão de Dias da Cunha.

A 1 de Junho de 2006 o Sporting Clube de Portugal completou um século de existência, após um ano de intensa actividade comemorativa da feliz ocasião.

A 28 de Abril de 2006 Filipe Soares Franco foi reconduzido na Presidência do Sporting Clube de Portugal ao ganhar as eleições realizadas nesse dia, nas quais participaram 8100 sócios, recolhendo 74,2% dos votos, derrotando assim de forma clara Sérgio Abrantes Mendes e Guilherme Lemos.

Em Janeiro de 2007 Soares Franco concretizou a polémica venda do património não desportivo do Clube (Edifício Visconde de Alvalade, Alvaláxia, Holmes Place e Clínica CUF), por cerca de 50 milhões €.

No dia 27 de Maio de 2007 o Sporting ganha pela 14ª vez a Taça de Portugal em futebol, derrotando o Belenenses por 1-0, na Final disputada no Jamor.

Na época de 2007/08 o Sporting conquista pela 6ª vez a Supertaça e pela 15ª vez a Taça de Portugal de futebol, em ambos os casos derrotando o FC Porto na Final.

Em Agosto de 2008, oito atletas do Sporting estiveram presentes nos Jogos Olímpicos de Pequim

A 15 de Agosto de 2008 o Sporting ganha a sua 7ª Supertaça de futebol.

Em Fevereiro de 2009 foi oficialmente lançada a Academia Sporting África, que resulta de uma parceria entre o Bloemfontein Celtic da África do Sul e a Sporting SAD, sendo o primeiro passo para a internacionalização da prestigiada marca Academia Sporting.

De 27 a 29 de Março de 2009 realizou-se em Santarém o VIII Congresso Leonino.

A 5 de Junho de 2009 José Eduardo Bettencourt é eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, derrotando de forma clara o candidato Paulo Pereira Cristóvão, ao recolher 89,4% dos votos, dos 11360 sócios que marcaram presença nessa Assembleia-Geral eleitoral.

Em 2010 a Academia Sporting é a primeira na Europa a receber o certificado de qualidade ISO9001:2008, atribuído pela EIC (Empresa Internacional de Certificação e Reconhecimento do Modelo de Excelência, da European Foundation for Quality Management), um feito histórico assinalado numa cerimónia a 19 de Janeiro desse ano.

A 23 de Abril de 2010 o judoca João Pina sagrou-se campeão europeu da categoria de -73 kg, numa competição disputada em Viena.

A 24 de Abril de 2010 José Eduardo Bettencourt inaugurou em Toronto, Canadá, a primeira Escola Academia Sporting fora de território nacional, numa parceria com o Sporting Clube Português de Toronto.

A 28 de Maio de 2010 o Sporting conquista a Taça Challenge de Andebol, ao derrotar em Almada por 27-26 os polacos do MMTS Kwidzyn, depois de já ter ganho na Polónia por 27-25, tornando-se assim no primeiro Clube português a ganhar uma competição europeia da referida modalidade.

No dia 27 de Outubro de 2010, o Sporting Clube de Portugal foi galardoado na sessão comemorativa do 101.º aniversário do Comité Olímpico de Portugal, com o Troféu Olímpico, prémio que distingue o contributo para o fomento e desenvolvimento desportivo em modalidades olímpicas. Este prémio é atribuído de quatro em quatro anos, distinguiu o Sporting por ser o clube português com o maior número de atletas em Jogos Olímpicos, num total de 109 em 17 presenças nas 21 edições já realizadas, representando o País em 10 modalidades diferentes e conquistando 9 medalhas olímpicas. O prémio foi entregue ao Presidente do Clube, José Eduardo Bettencourt e ao sócio número 2 do Sporting Clube de Portugal, Mário Moniz Pereira que já esteve presente em diversas edições dos Jogos Olímpicos, principalmente como treinador de Atletismo.

No dia 15 de Janeiro de 2011, após mais uma derrota da equipa de futebol, desta vez no Estádio José Alvalade, por 2-3 frente ao modesto Paços de Ferreira, José Eduardo Bettencourt anunciou ter apresentado a sua demissão da Presidência do Clube, por entender que isso era o melhor para a vida do Sporting, numa altura em que era alvo de crescente contestação da parte dos sócios e adeptos sportinguistas, devido aos repetidos maus resultados do futebol profissional leonino.

Esta decisão só produziu efeitos um mês depois, quando a partir do dia 14 de Fevereiro o vice-presidente Nobre Guedes assumiu interinamente a Presidência do Clube, até à realização das eleições que ocorreram no dia 26 de Março de 2011, nas quais Godinho Lopes foi eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal.

No entanto o facto de Godinho Lopes ter ganho com apenas com 36,5% dos votos dos 14619 sócios que marcaram presença nessa Assembleia-Geral eleitoral, e com uma vantagem mínima sobre o candidato Bruno de Carvalho, que chegou a ser anunciado como o vencedor da noite, originou uma enorme polémica e grande contestação da parte de algumas centenas sócios que estavam reunidos no Complexo Alvalade XXI, e que impediram o tradicional discurso de vitória e a sua aclamação, que se viria a realizar à porta fechada no Auditório do Estádio.

Em Março de 2011 o Sporting participou no 1º Mundialito de Clubes de Futebol de Praia, sagrando-se vice-campeão, ao perder na Final por 4-2, frente aos brasileiros do Vasco da Gama.

A 22 de Abril de 2011 o judoca João Pina revalidou o titulo de Campeão Europeu da categoria de -73 kg, numa competição disputada em Istambul, no dia anterior Joana Ramos tinha conquistado a Medalha de Prata na categoria de -52 Kg.

No dia 1 de Maio de 2011, o Sporting perdeu por 5-2 a Final da UEFA Futsal Cup, frente aos italianos do Cittá di Montesilvano, depois de dois dias antes ter derrotado por 3-2 o Kairat Almaty, que jogava em casa a fase final desta competição, que se disputou no Cazaquistão. Foi a única falha numa temporada brilhante, em que o Sporting ganhou, a Supertaça, a Taça e o Campeonato, desta popular modalidade.

Em 2011 o dia 7 de Maio foi oficialmente instituído como o Dia do Leão, uma homenagem aos adeptos falecidos com a camisola do Clube, nomeadamente os sócios Paulo Jorge e José Gonçalves, que caíram mortalmente do varandim do antigo Estádio José Alvalade em 7 de Maio de 1995, Rui Mendes, vítima do "very-light" na final da Taça de Portugal de 1996 e os adeptos Joaquim Pedro e José Freitas, que faleceram durante um jogo com o Marítimo, disputado no Complexo Alvalade XXI em Janeiro de 2009

No dia 23 de Julho de 2011 foram aprovados em Assembleia-Geral efectuada para o efeito, novos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, que introduziram importantes alterações, com destaque para o facto dos eleitos para o Conselho Fiscal passarem a ser apurados segundo o método de Hondt, e para a descentralização do voto, a introdução do voto electrónico e por correspondência, a criação de novas categorias de sócios, o alargamento do direito de voto a todos os sócios e a alteração do número de votos de cada sócio consoante a sua antiguidade.

Entre 25 e 29 de Janeiro de 2012, esteve em cena no Teatro Tivoli em Lisboa, o Musical Sporting (1906 - O Nosso Grande Amor), a história dos quase 106 anos de vida do Sporting Clube de Portugal, contada num espectáculo grandioso, da autoria de Paulo Madeira Rodrigues, com encenação de Matilde Trocado, e cujas receitas reverteram a favor dos Leões de Portugal.

No dia 1 de Fevereiro de 2012, Godinho Lopes cumpriu uma das suas promessas eleitorais, apresentando os resultados de uma auditoria externa efectuada às contas do Grupo Sporting, no período que ficou conhecido como Projecto Roquete, cujos resultados apontaram para um passivo consolidado à volta dos 375 milhões de Euros. Segundo esta auditoria as contas consolidadas do Grupo Sporting reportadas à data de 30/06/2010, apresentam capitais próprios negativos de 183 milhões de euros, e uma situação estruturalmente desequilibrada, usualmente denominada como de falência técnica. No período analisado (1999-2010) registou-se um agravamento de 194 milhões de euros, atingindo as dívidas de financiamento o valor de 263 milhões de euros, tendo o endividamento subido para 276 milhões de euros.

Em Abril de 2012, o Sporting Clube de Portugal marcou presença nas meias-finais de competições europeias, em três modalidades diferentes, mas não se conseguiu qualificar para nenhuma das Finais, tendo sido eliminado da Liga Europa de Futebol pelo Atlhetic Bilbau, da Taça Challenge de Andebol pelo Wacker Thum da Suíça, e da UEFA Futsal Cup pelo Barcelona.

Em Agosto de 2012 foi assinado um protocolo entre o Sporting Clube de Portugal e a Câmara Municipal de Odivelas, que envolvia a cedência ao Sporting do Pavilhão Multiusos local, para prática de diversas modalidades desportivas, particularmente o Andebol e o Futsal.

No dia 30 de Setembro de 2012 foi inaugurada a Sala de Sócios do Sporting Clube de Portugal, que ficou situada nas imediações do hall VIP e do Museu Mundo Sporting.

No dia 6 de Janeiro de 2013, na sequencia de uma grave crise institucional e desportiva, foi entregue à Mesa da Assembleia Geral um requerimento para a concretização de uma Assembleia Geral Extraordinária deliberativa, com o objectivo único de discutir e votar a destituição do Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal, numa acção patrocinada pelo movimento Dar Rumo ao Sporting, liderado pelos sócios André Patrão e Miguel Paim.

No dia 4 de Fevereiro de 2013 os Órgãos Sociais do Sporting Clube de Portugal reuniram em plenário e renunciaram aos seus mandatos, com efeitos a partir do dia 6, provocando assim eleições antecipadas, que foram marcadas para o dia 23 de Março de 2013, o que naturalmente significou o cancelamento da Assembleia Geral solicitada pelo movimento Dar Rumo ao Sporting, que estava marcada para o dia 9 de Fevereiro.

To-mane 18h30min de 24 de Março de 2013 (WET)

Um novo Ciclo

No dia 23 de Março de 2013, realizou-se uma Assembleia Geral eleitoral extraordinária na qual Bruno de Carvalho foi eleito Presidente do Sporting Clube de Portugal, vindo a tomar posse no dia 27.

Em 28 de Abril de 2013, durante o intervalo de um jogo com o Nacional da Madeira, Cristiano Ronaldo foi anunciado como o sócio nº 100000 do Sporting Clube de Portugal, na sequência de uma campanha de angariação de associados, cujo objectivo era atingir os 200000 sócios.