Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Hélder Ornelas

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de Hélder Ornelas HelderOrnelas.jpg
Nome: Hélder Mendes Abreu Ornelas
Nascimento: 6 de Maio de 1974
Naturalidade: Huambo - Angola
Posição: Atleta (fundo, crosse e maratona)

Nascido em Angola, Hélder Ornelas começou por jogar futebol como defesa central nos escalões jovens do Cascais, até que em 1993 por brincadeira, decidiu participar na Meia Maratona de Lisboa e ganhou a prova no escalão dos Juniores, sendo logo convidado para representar o Maratona Clube de Portugal, onde esteve até 1999, integrando uma equipa que conseguiu várias vitórias no Corta Mato e na Estrada.

No final do ano de 1999 transferiu-se para o Sporting Clube de Portugal e foi um dos heróis que em 2000 fez parte da equipa que ganhou a Taça dos Campeões Europeus de Atletismo, contribuindo com uma importante vitória na corrida dos 5000m.

Representou o Sporting durante três temporadas e nesse período esteve presente nos Jogos Olímpicos de 2000, realizados em Sidney, onde correu os 5000m, a sua distância de eleição, na qual tem como recorde pessoal o tempo de 13,18,56m, uma marca obtida precisamente nesse ano.

Em 2001 foi vice Campeão Nacional de Corta Mato nas duas variantes em disputa, sendo apenas superado pelos grandes especialistas da altura que eram Rui Silva e Paulo Guerra, ajudando o Sporting a conquistar mais um título no Crosse Curto.

Depois de abandonar o Sporting passou a representar a equipa dos Gémeos Castro onde esteve duas épocas e, em 2004 foi Campeão de Portugal nos 5000m.

No ano seguinte apostou na Maratona, estreando-se em Milão, onde não só ganhou a prova, como fez uma marca de grande nível (2,10,10h), um resultado que nunca conseguiu melhorar, apesar de ainda ter ganho a Maratona de Praga, em 2007.

Ainda na Maratona, esteve presente nos Campeonatos da Europa de Gotemburg em 2006, onde foi 15º classificado, nos Mundiais de 2007 que se disputaram em Osaka, onde desistiu, e em 2008 nos Jogos Olímpicos de Pequim, onde terminou no 46º lugar.

Neste período, entre 2006 e 2008 voltou a correr pelo Maratona Clube de Portugal, tendo depois representado o Conforlimpa até ao fim da sua carreira.

No Corta Mato participou em 9 edições dos Campeonatos Mundiais, obtendo como melhor classificação um 8º lugar em 2001, quando ainda era atleta do Sporting, e em duas edições dos Europeus, contribuindo para a conquista por parte de Portugal de duas Medalhas de Bronze. Em 2001 classificando-se no 21º lugar e no ano seguinte terminando a prova na 5ª posição, uma boa classificação, que poderia ter sido melhor se não tivesse tropeçado num tapete que protegia os cabos de televisão, quando seguia destacado no segundo lugar, com a Medalha de Prata à vista.

Representou Portugal nos Campeonatos Ibero Americanos de 1998, onde foi 4º classificado nos 5000m, na Taça da Europa de 2000, onde ficou em 2º lugar na corrida dos 5000m e em duas edições do Challenge Europeu dos 10000m, conquistando a Medalha de Prata em 2001 e o 6º lugar em 2003, contribuindo assim para um 2º lugar e uma vitória da Selecção Nacional nessa competição.

Em 2012, Hélder Ornelas foi suspenso por quatro anos devido a uma violação do passaporte biológico, tornando-se no primeiro atleta da modalidade a ser penalizado ao abrigo deste programa.

To-mane 15h56min de 6 de Junho de 2013 (WEST)