Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Francisco Stromp

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de Francisco Stromp Francisco stromp.jpg
Nome: Francisco Stromp
Nascimento: 21 de Maio de 1892
Naturalidade: Lisboa - Portugal
Posição: Médio e Avançado
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
JUV JUN ESP BB AA Golos
1ª Categoria 1908/09 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1909/10 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1910/11 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1911/12 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1912/13 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1913/14 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1914/15 SPORTING ? ? Campeonato de Lisboa
1ª Categoria 1915/16 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1916/17 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1917/18 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1918/19 SPORTING ? ? Campeonato de Lisboa
1ª Categoria 1919/20 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1920/21 SPORTING ? ?
1ª Categoria 1921/22 SPORTING ? ? Campeonato de Lisboa
1ª Categoria 1922/23 SPORTING ? ? Campeonato de Lisboa
Campeonato de Portugal
1ª Categoria 1923/24 SPORTING ? ?
Total = ? ?
Com Cosme Damião

Francisco Stromp nasceu no dia 21 de Maio de 1892, no Largo do Intendente em Lisboa, e foi o primeiro grande símbolo do Sporting.

Com três anos Francisco adoeceu e os médicos amigos e colegas de profissão do pai, aconselharam a família a sair de Lisboa, pois o menino precisava de ar livre. Mudaram-se para o Lumiar, que nessa época ficava fora da cidade. Foi lá que conheceu José Alvalade com o qual fundaria o Sporting Clube de Portugal em 1906, sendo um dos dissidentes do Campo Grande Football Club.

Em 1908, Francisco Stromp tinha 16 anos quando se estreou na equipa principal do Sporting, na qual se manteve até à época de 1923/24. Ao longo da sua carreira disputou mais de cem jogos na categoria de honra, e capitaneou a equipa dez anos, durante os quais foi Campeão de Portugal na temporada de 1922/23 e quatro vezes Campeão de Lisboa.

Numa altura em que a figura do treinador ainda não existia, era o Capitão que orientava a equipa e tomava as decisões necessárias dentro do campo. Pode-se pois dizer que Francisco Stromp foi o primeiro treinador Campeão no Sporting, sendo o responsável pelo primeiro Campeonato de Lisboa conquistado na época de 1914/15.

Dentro de campo ocupou as posições de médio-direito e avançado-centro, tendo representado as diversas Selecções de Lisboa desse tempo, incluindo a primeira a jogar no estrangeiro, que no dia 27 de Agosto de 1910, ganhou em Espanha ao Huelva por 4-0, com 2 golos de sua autoria, e a que se deslocou ao Brasil em 1913.

Apesar de não ser um atleta ecléctico como o seu irmão António, foi campeão no Lançamento de Disco e na estafeta dos 3x100m, tendo também praticado Ténis e Cricket.

Assistindo a um pontapé de saída simbólico

Francisco Stromp viveu quase exclusivamente para o Sporting, nem namoradas, nem política, nem estudos, nem nada, o clube era a sua grande e única paixão, chegando ao ponto de chorar nas prelecções, ou no intervalo dos jogos, quando se dirigia aos colegas de equipa, apelando ao seu sportinguismo para chegarem às vitórias. Para além disso era um cavalheiro, sendo respeitado e admirado por adversários e rivais.

Desempenhou também várias funções como dirigente do Clube, começando por integrar a Mesa da Assembleia Geral presidida pelo Visconde de Alvalade. Mais tarde fez parte das Gerências de Queirós dos Santos, e da Direcção de Soares Júnior na Gerência de 1918, chegando a ocupar a Vice-presidência da Direcção, entre 19 de Fevereiro de 1925 e 23 de Fevereiro de 1926.

Também fez parte da primeira e da terceira Comissão Administrativa do Sporting Clube de Portugal, assumindo as suas responsabilidades nos momentos difíceis da vida do Clube, e terminou a sua participação nas lides directivas, como Vogal da Direcção presidida por Sanches Navarro, na Gerência de 1927.

A 1 de Julho de 1930 faleceu por vontade própria, na agonia de uma doença grave, escolhendo o dia em que o Sporting festejava o seu 24º aniversário, e ficou perpetuadamente como o sócio nº. 3, número que possuía na altura.

A 18 de Dezembro de 1962 um grupo de ilustres sportinguistas decidiu constituir-se de forma a promover iniciativas que dentro do "espírito leonino", servissem para engrandecer e prestigiar o Sporting. Francisco Silva, um dos promotores do movimento, sugeriu perante a aceitação unânime, que o nome de Francisco Stromp servisse de patrono ao grupo.

Foi assim que nasceu o Grupo Stromp, considerado a "reserva moral do Sporting", cuja mais significativa das iniciativas, é a atribuição anual dos Prémios Stromp, que visam distinguir todos os que mais se destacam anualmente, ao serviço do Clube nas suas diversas áreas.

A 26 de Outubro de 1990 foi-lhe concedida, a título póstumo, a Medalha de Mérito Desportivo.

A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu o seu nome a uma rua na zona do Estádio José Alvalade, onde foi colocado um busto evocativo deste símbolo eterno do Sporting Clube de Portugal.

to-mane 19h07min de 21 de Dezembro de 2007 (CET)