Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Figo

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Figo Figo2.jpgLuis Figo.jpg
Nome: Luís Filipe Madeira Caeiro Figo
Nascimento: 4 de Novembro de 1972
Naturalidade: Almada - Portugal
Posição: Médio
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
JUV JUN ESP BB AA Golos
Iniciados 1985/86 SPORTING
Iniciados 1986/87 SPORTING Campeonato Nacional
Juvenis 1987/88 SPORTING
Juvenis 1988/89 SPORTING Campeonato da Europa Sub-17
Juniores 1989/90 SPORTING
1ª Divisão 1989/90 SPORTING 3 0
1ª Divisão 1990/91 SPORTING 2 0 Campeonato do Mundo Sub-20
Taça de Honra
1ª Divisão 1991/92 SPORTING 38 1 7 0
1ª Divisão 1992/93 SPORTING 39 0 8 1
1ª Divisão 1993/94 SPORTING 43 11 1 0
1ª Divisão 1994/95 SPORTING 36 11 Taça de Portugal 7 3
1ª Divisão 1995/96 Barcelona 8 1
1ª Divisão 1996/97 Barcelona Supertaça Espanhola
Taça do Rei
Taça das Taças
8 2
1ª Divisão 1997/98 Barcelona Supertaça Europeia
Campeonato de Espanha
Taça do Rei
4 1
1ª Divisão 1998/99 Barcelona Campeonato de Espanha 10 1
1ª Divisão 1999/00 Barcelona 12 6
1ª Divisão 2000/01 Real Madrid Campeonato de Espanha 9 7
1ª Divisão 2001/02 Real Madrid Supertaça Espanhola
Liga dos Campeões
11 5
1ª Divisão 2002/03 Real Madrid Supertaça Europeia
Taça Intercontinental
Campeonato de Espanha
8 1
1ª Divisão 2003/04 Real Madrid Supertaça Espanhola
17 3
1ª Divisão 2004/05 Real Madrid 2 0
Serie A 2005/06 Inter Milão Supertaça Italiana
Campeonato de Itália
Taça de Itália
15 1
Serie A 2006/07 Inter Milão Supertaça Italiana
Campeonato de Itália
Serie A 2007/08 Inter Milão Campeonato de Itália
SSerie A 2008/09 Inter Milão Supertaça Italiana
Campeonato de Itália
Total = 161 23 21 33 7 1 127 ?+32

Jogador com uma extraordinária capacidade técnica, que aliada ao seu grande poder físico e à sua forte personalidade, enorme ambição e total dedicação à profissão, o tornou num dos melhores futebolistas da sua geração, com uma carreira ímpar e recheada de grandes vitórias.

Figo com a braçadeira de Capitão

Oriundo de “Os Pastilhas", um pequeno clube de bairro da zona da Cova da Piedade, Figo chegou ao Sporting Clube de Portugal com 13 anos e rapidamente passou a fazer parte das Selecções Nacionais orientadas por Carlos Queirós, somando internacionalizações em todas as categorias das camadas jovens, e sagrando-se Campeão Europeu de sub 17 em 1989, e Campeão Mundial de sub 20 em 1991.

A 1 de Abril de 1990 com apenas 17 anos, foi lançado por Raul Águas na equipa principal do Sporting, num jogo frente ao Marítimo, mas só na época de 1991/92 com Marinho Peres no comando, é que se impôs definitivamente como titular, chegando então à Selecção principal. Desse primeiro jogo, Figo recorda:

Já pensava que não ia entrar quando o mister deu ordens para que fosse aquecer. Não fiquei muito nervoso. Levantei-me do banco. Comecei a correr junto à linha lateral e, a 3 minutos do fim, entrei a substituir o meu companheiro Marlon. O meu sonho tinha-se tornado realidade. Eu que em criança saía mais cedo de casa para ver os treinos, já estava ali, a jogar com eles, diante de 15 mil espectadores.
Nascido para triunfar (2000)

Com a chegada de Carlos Queirós ao Sporting, explodiu definitivamente e tornou-se numa das maiores figuras da equipa, sendo desejado pela maioria dos grandes clubes da Europa, de tal forma que Sousa Cintra já não foi a tempo de lhe renovar o contrato e ele acabou por ir para o Barcelona, depois de ser impedido de jogar em Itália, por ter assinado ao mesmo tempo pelo Parma e pela Juventus. Tinha na altura 22 anos de idade, e totalizava 161 jogos oficiais disputados ao serviço da equipa principal do Sporting, nos quais marcou 23 golos. Curiosamente, o último jogo com a camisola verde e branca foi contra o Marítimo, que já "apadrinhara" a sua estreia: vitória por 2-0 na Final da Taça de Portugal, a 10 de Junho de 1995.

Arrancou aí para uma carreira internacional ao mais alto nível, tornando-se num ídolo na Catalunha, ao lado de jogadores como Ronaldo e Rivaldo, com quem formou uma das mais excitantes linhas avançadas da história do futebol mundial.

Em 2000 viu-se envolvido noutra polémica transferência, ao assinar pelo Real Madrid, que pagou a sua milionária cláusula de rescisão, tornando-se assim no jogador mais caro do Mundo e integrando uma equipa de estrelas, com Roberto Carlos, Zidane, Raul e Ronaldo, entre outros. Foi nessa altura que conquistou os prémios Bola de Ouro 2000 do France Football e Melhor jogador do Mundo - FIFA 2001.

O grande líder na Selecção

Ao mesmo tempo construiu uma carreira ímpar na Selecção Nacional, tornando-se no seu grande Capitão e no jogador português mais internacional de sempre, com 127 presenças e 32 golos marcados, liderando a equipa de todos nós nas brilhantes campanhas do Europeu de 2004 e do Mundial de 2006, em que Portugal conseguiu um 2º e 4º lugares respectivamente, para além das participações nos Europeus de 1996 e de 2000, onde Portugal atingiu as meias-finais, e no Mundial de 2002.

Em 2005 foi finalmente para Itália, tornando-se tetra-campeão ao serviço do Inter de Milão, onde actuou até 2009, já numa fase adiantada da sua carreira em que demonstrou continuar a ser capaz de jogar ao mais alto nível, apesar de ter abdicado da Selecção, onde passou o pesado testemunho a Cristiano Ronaldo.

Foi distinguido por três vezes com o Prémio Stromp, primeiro em 1991 na categoria Especial Mundial, depois em 1994 na categoria Futebolista e finalmente em 2002 como Sócio.

To-mane 17h50min de 4 de Fevereiro de 2009 (WET)