Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Fernando Argila

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Fernando Argila Argila.jpg
Nome: Fernando Argila Pazzaglia
Nascimento: 22 de Dezembro de 1922
Naturalidade: Barcelona - Espanha
Posição: Treinador
Escalão Época Clube Obs. Jogos V E D Titulos
2ª Divisão 1956/57 Oviedo
1957/58
1958/59
1ª Divisão 1959/60 Oviedo
1ª Divisão 1960/61 Oviedo
1ª Divisão 1960/61 Granada
1961/62
1962/63
2ª Divisão 1963/64 Santander
1ª Divisão 1964/65
1ª Divisão 1965/66 Espanhol
1ª Divisão 1966/67 SPORTING 22 5 7 10
1ª Divisão 1967/68 Córdoba
1ª Divisão 1968/69 Córdoba
Total = 22 5 7 10

Argila foi um guarda-redes internacional formado nas escolas do Barcelona, clube onde ganhou uma Taça de Espanha em 1942, mas fez quase toda a sua carreira no Oviedo, embora tenha jogado uma época no Atlético de Madrid, chegando mesmo a representar a sua Selecção, num jogo em que a Espanha ganhou por 4-1 à Turquia.

Foi também no Oviedo que iniciou a sua carreira de treinador, no decorrer da época de 1956/57, que tinha começado ainda como jogador.

Posteriormente treinou o Granada, o Santander e o Espanhol de Barcelona, ao serviço do qual se cruzou pela primeira vez com o Sporting, numa eliminatória da Taça das Cidades com Feira da época de 1965/66, que só foi decidida a favor dos espanhóis com um jogo de desempate.

No final dessa temporada o Sporting não conseguiu renovar o contrato como treinador Otto Glória, elegendo Fernando Argila como seu substituto, quando todos esperavam que fosse Juca a herdar o comando de uma equipa, que tinha acabado de ajudar a ganhar o Campeonato, como adjunto do técnico brasileiro.

Os resultados não poderiam ter sido piores, Argila mexeu demasiado na equipa, e o Sporting nunca atinou, sendo afastado na 1ª eliminatória da Taça dos Campeões Europeus pelo Vasas de Budapeste com duas derrotas, uma das quais uma humilhante goleada por 5-0 na Hungria.

No Campeonato a equipa não saía do meio da tabela, e até a Taça acabou logo na 1ª eliminatória, de tal forma que em Fevereiro de 1967 Argila foi despedido, regressando a Espanha sem deixar saudades a ninguém, uma semana depois de ter promovido a estreia de Vítor Damas na equipa principal do Sporting, ou não fosse ele um ex guarda-redes. Tinha conseguido apenas 5 vitórias em 22 jogos, números intoleráveis para um Clube como o Sporting.

De regresso a Espanha Fernando Argila ainda treinou o Córdoba na 1ª Divisão espanhola, mas daí para a frente desconhece-se o seu percurso.

To-mane 14h45min de 11 de Março de 2010 (WET)