Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Direcção

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa

Índice

Introdução

Se a Assembleia Geral é considerada como o Órgão máximo do Sporting Clube de Portugal, porque é nela que devem ser discutidas e decididas todas as grandes directrizes da vida do Clube, é à Direcção que cabe colocar em prática essas decisões e fazer a gestão corrente, pelo que na verdade é este o Órgão com maior visibilidade e impacto na actividade do Clube e junto dos Sócios.

Por isso mesmo o espírito deste Órgão, que a partir da revisão estatutária de 1996, passou a ser denominado como Conselho Directivo, manteve-se praticamente inalterável ao longo dos anos, conforme se pode verificar na Secção III dos Estatutos de 2011, isto apesar do aparecimento da SAD, ter retirado à Direcção, os poderes directos da gestão corrente do futebol profissional.

O formato

Nos primeiros Estatutos do Sporting Clube de Portugal, previa-se que a Direcção fosse formada por cinco Sócios como membros efectivos e mais dois suplentes, e estabeleciam-se as normas de funcionamento deste Órgão, ao qual eram atribuídas as respectivas competências, no Artº 23, do Capitulo VIII.

Assim a primeira Direcção do Sporting Clube de Portugal foi eleita a 8 de Maio de 1906, durante a primeira Assembleia Geral do Clube, onde o Visconde de Alvalade se tornou Presidente, tendo como Vice-Presidente o seu neto José Alvalade, que seria o real impulsionador destes primeiros anos do Sporting. Os restantes elementos desta Direcção eram: Frederico Seguro Ferreira - Tesoureiro; José Gavazzo - 1º Secretário e Henrique Leite Júnior - 2º Secretário.

Ao longo dos anos as normas sobre a composição da Direcção, sofreram diversas alterações, no que diz respeito ao numero e à denominação dos cargos dos membros que a compunham, e as suas competências também foram sendo alteradas, conforme as exigências que os novos tempos iam trazendo.

Assim a partir de 1915 a Direcção passou a ter sete membros efectivos e dois suplentes, mas com a revisão estatutária de 1929 regressou-se à fórmula inicial, que se manteve até 1934, altura em que os novos Estatutos alargaram novamente o numero de membros da Direcção para sete efectivos e dois suplentes.

Os Estatutos de 1947 introduziram novas alterações no formato da Direcção, que passou a ter nove membros efectivos, com a curiosidade de dois deles serem tesoureiros, um para a caixa outro para a contabilidades, e mais dois ou três suplentes.

Em 1964 Góis Mota introduziu significativas alterações na orgânica da Direcção, que passou a ter onze membros efectivos, três dos quais como vice presidentes, com pelouros claramente definidos, tal como todos os restantes Directores.

A eleição

Inicialmente a Direcção era eleita directamente na Assembleia Geral, mas a partir de 1947, com a criação do Conselho Geral, este passou a ter a competência de indicar os Presidentes dos Órgãos Sociais do Clube, que escolhiam os restantes membros da sua equipa, que posteriormente eram ratificados pelos sócios, em reunião magna convocada para o efeito.

Esta situação manteve-se durante muitos anos, e apesar de algumas ligeiras alterações, limitou o aparecimento de listas alternativas às propostas pelo Conselho Geral, e mais tarde Conselho Leonino, embora os estatutos previssem a licitude dos sócios efectivos e maiores de 21 anos, no gozo dos seus direitos e dispondo de um mínimo de 500 votos, organizarem listas candidatas aos Órgãos Sociais do Clube, o que na verdade só aconteceu pela primeira vez em 1984.

Só em 1989 o Conselho Leonino passou a ser um Órgão meramente consultivo, deixando de ter o privilegio de indigitar as listas ou os Presidentes candidatos às eleições para os Órgãos Sociais do Clube, abrindo-se assim o caminho para uma maior democratização da vida do Sporting, que passou então a ter eleições efectivamente concorridas, com listas apresentadas aos Sócios, em que os candidatos à Presidência da Direcção, eram os verdadeiros cabeças de cartaz.

Mais de 100 anos de altos e baixos

Durante os seus mais de 100 anos de vida, o Sporting Clube de Portugal atravessou alguns períodos difíceis, em que na ausência de uma Direcção, foi gerido por Comissões Administrativas, mas muitos mais foram os momentos de grande fulgor e outros momentos decisivos, quase sempre marcados por Presidentes carismáticos, desde José Alvalade, que apesar de não ter sido o primeiro Presidente do Clube, foi quem geriu de facto o Sporting nos seus primeiros anos de vida, passando por Júlio de Araújo que nos anos vinte lançou definitivamente o Clube para uma dimensão nacional, posição que seria cimentada depois de se atravessar uma crise de crescimento, por grandes lideres como Joaquim Oliveira Duarte, Ribeiro Ferreira e Góis Mota, que tornaram o Sporting no maior Clube do País e num dos grandes da Europa.

Isto sem esquecer Brás Medeiros e principalmente João Rocha, que foram fundamentais para o relançamento do Sporting, depois de alguns momentos difíceis que se seguiram ao período áureo atrás referido, enquanto José Roquete foi um Presidente marcante, numa fase em que o Clube avançou para uma nova era, e que ficou conhecida como o "Projecto Roquete".

As Gerências

Inicialmente o período de duração de cada Gerência era de um ano, que deveria coincidir com o ano económico que terminava a 30 de Junho, pelo que a Assembleia-Geral eleitoral ordinária se deveria reunir entre Julho e Agosto.

A partir de 1946 o inicio das Gerências passou a coincidir com o inicio do ano civil, pelo que a Assembleia-Geral eleitoral ordinária passou a reunir entre Janeiro e Fevereiro.

Mais tarde por circunstâncias várias considerou-se que Março ou Abril seria a altura ideal para o arranque das novas gerências, o que passou a acontecer desde 1960.

A revisão estatutária de 1968 prolongou o período de vigência dos mandatos para dois anos, situação que se manteria até à aprovação dos Estatutos de 1996, altura em que a duração de cada Gerência passou para quatro anos.

To-mane 16h56min de 17 de Outubro de 2011 (WEST)

Sob a tutela dos Alvalade

Depois do afastamento de José Alvalade

A influência de Júlio de Araújo

Tempos de crise

O regresso do Comandante

Depois de Oliveira Duarte

Os anos de ouro

O Futebol em queda

O ciclo de Brás Medeiros

O ciclo de João Rocha

Depois de João Rocha

O Projecto Roquete

Um novo rumo

GALERIA DOS PRESIDENTES

Viscondealvalade.jpg
Visconde de Alvalade
De 08-05-1906 a 04-01-1910
CaetanoPereira.jpg
Caetano Pereira
De 04-01-1910 a 26-06-1910
Jose alvalade.jpg
José Alvalade
De 26-06-1910 a 02-11-1912
CaetanoPereira.jpg
Caetano Pereira
De 02-11-1912 a 05-10-1913
Mota marques.jpg
Mota Marques
De 05-10-1913 a 16-11-1914
Queirosdossantos.jpg
Queirós dos Santos
De 16-11-1914 a 18-04-1918
Mariopistachinni.jpg
Mário Pistacchini
De 18-04-1918 a 27-07-1918
Soaresjunior.jpg
Soares Júnior
De 27-07-1918 a 29-12-1918
Mariopistachinni.jpg
Mário Pistacchini
De 29-12-1918 a 25-07-1921
Soaresjunior.jpg
Soares Júnior
De 25-07-1921 a 21-11-1921
Garcia carabe.jpg
Garcia Cárabe
De 21-11-1921 a 14-07-1922
Julioaraujo.jpg
Júlio de Araújo
De 14-07-1922 a 21-07-1923
10º
San.jpg
Sanches Navarro
De 21-07-1923 a 29-07-1924
Julioaraujo.jpg
Júlio de Araújo
De 29-07-1924 a 19-02-1925
11º
Josesalazarc.jpg
Salazar Carreira
De 19-02-1925 a 23-02-1926
10º
San.jpg
Sanches Navarro
De 23-02-1926 a 10-05-1927
Soaresjunior.jpg
Soares Júnior
De 10-05-1927 a 05-09-1928
12º
Joliveiraduarte.jpg
Joaquim Oliveira Duarte
De 05-09-1928 a 12-03-1929
13º
Eduardocosta.jpg
Eduardo Costa
De 12-03-1929 a 03-10-1929
14º
Alvarojsousa.jpg
Álvaro José de Sousa
De 03-10-1929 a 27-07-1931
15º
ArturSilva.jpg
Artur Silva
De 27-07-1931 a 11-02-1932
16º
Carloscorreia.jpg
Carlos Correia
De 11-02-1932 a 23-03-1932
17º
Retomoza.jpg
Retamoza Dias
De 23-03-1932 a 28-07-1932
12º
Joliveiraduarte.jpg
Joaquim Oliveira Duarte
De 28-07-1932 a 02-09-1942
18º
Amadoaguilar.jpg
Amado de Aguilar
De 02-09-1942 a 26-10-1943
19º
Diogo Alves Furtado.jpg
Diogo Alves Furtado
De 26-10-1943 a 17-11-1943
20º
CunhaSilva.jpg
Cunha e Silva
De 17-11-1943 a 16-09-1944
21º
Barreiracampos.jpg
Barreira de Campos
De 16-09-1944 a 19-01-1946
22º
Ribeiroferreira.jpg
Ribeiro Ferreira
De 19-01-1946 a 13-02-1953
23º
Goismota.jpg
Góis Mota
De 13-02-1953 a 31-07-1957
24º
CazalRibeiro.jpg
Cazal Ribeiro
De 31-01-1957 a 15-12-1958
25º
Brasmedeiros.jpg
Brás Medeiros
De 15-12-1958 a 10-05-1961
26º
GaudendioCosta.jpg
Gaudêncio Costa
De 10-05-1961 a 19-03-1962
27º
Joelpascoal.jpg
Joel Pascoal
De 19-03-1962 a 10-05-1963
28º
Viana rebelo.jpg
Viana Rebelo
De 10-05-1963 a 29-05-1964
29º
Homemdefigueiredo.jpg
Homem de Figueiredo
De 29-05-1964 a 28-07-1965
25º
Brasmedeiros.jpg
Brás Medeiros
De 28-07-1965 a 04-04-1973
30º
ValadaoChagas ag.jpg
Valadão Chagas
De 04-04-1973 a 05-04-1973
31º
Manuel nazareth.jpg
Manuel Nazareth
De 05-04-1973 a 07-09-1973
32º
JoaoRocha ag.jpg
João Rocha
De 07-09-1973 a 03-10-1986
33º
AmadoFreitas.jpg
Amado de Freitas
De 03-10-1986 a 28-06-1988
34º
JorgeGolncalves ag.jpg
Jorge Gonçalves
De 28-06-1988 a 01-07-1989
35º
Scintra.jpg
Sousa Cintra
De 01-07-1989 a 02-06-1995
36º
Santanalopes.jpg
Santana Lopes
De 02-06-1995 a 10-04-1996
37º
Jos roquette.jpg
José Roquete
De 10-04-1996 a 01-08-2000
38º
Dias da Cunha.jpg
Dias da Cunha
De 01-08-2000 a 19-10-2005
39º
Filipe-Soares-Franco.jpg
Soares Franco
De 19-10-2005 a 05-06-2009
40º
JEdBet.JPG
José Eduardo Bettencourt
De 06-06-2009 a 14-02-2011
41º
Godinholopes.jpg
Godinho Lopes
De 27-03-2011 a 27-03-2013
42º
BC.png
Bruno de Carvalho
Desde 27-03-2013