Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Clarisse Cruz

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Dados de Clarisse Cruz ClarisseCruz.jpg
Nome: Clarisse Maria Pinho Cruz
Nascimento: 9 de Julho de 1978
Naturalidade: Ovar - Portugal
Posição: Atleta (meio fundo e crosse)

Clarisse Cruz começou a praticar Atletismo na escola, sob a orientação de António Beça, o seu treinador de sempre, tendo inicialmente representado a Ovarense e o Clube de Atletismo de Ovar.

Em 1997 foi vice-campeã nacional júnior nos 3000m e ficou no 3º lugar nos 1500m, depois de ter feito uma boa época no crosse, o que lhe valeu a sua primeira internacionalização, participando nos Campeonatos da Europa de Corta Mato no escalão de Juniores, onde foi 37ª classificada.

Ao contrário das principais atletas do seu tempo, Clarisse nunca se dedicou por inteiro ao Atletismo, mantendo o seu emprego na Câmara Municipal de Ovar, mas mesmo assim tornou-se numa das melhores especialistas portuguesas dos 3000m obstáculos, quando esta prova foi incluída no programa do Atletismo feminino.

Em 2002 tornou-se na terceira Recordista Nacional desta nova especialidade, percorrendo a distância em 10,02,95m e no final da época passou a representar o FC Porto, tendo então conquistado o título de Campeã de Portugal nos 3000m em pista coberta.

No final do ano de 2003 transferiu-se para o Sporting Clube de Portugal, assumindo o domínio da especialidade dos 3000m obstáculos, ao conquistar até 2006, 3 títulos de Campeã de Portugal consecutivos, aos quais viria a juntar outros dois, primeiro em 2010 e finalmente em 2012.

Em 2004 conquistou a Medalha de Prata na corrida dos 3000m obstáculos dos Campeonatos Ibero Americanos que se disputaram em Huelva na Espanha, concluindo a prova no tempo de 9,55,24m.

Em 2005 durante a Taça da Europa que se disputou em Leiria, foi 2ª classificada na corrida dos 3000m obstáculos com a marca de 9,47,8m, que lhe garantiu a presença nos Campeonatos do Mundo que se disputaram Helsínquia na Finlândia, onde não passou das eliminatórias, o mesmo acontecendo quando três anos depois se estreou nos Jogos Olímpicos, que na altura se realizaram em Pequim.

Problemas pessoais chegaram a fazê-la pensar em abandonar a competição, mas em boa hora resolveu continuar e no dia 26 de Maio de 2012, durante a Taça dos Clubes Campeões Europeus de Atletismo, que disputou em Vila Real de Santo António, Clarisse Cruz venceu a prova de 3000m obstáculos, com a marca de 9,41,72m, garantindo os mínimos para os Campeonatos da Europa que se disputaram em Helsínquia na Finlândia, onde chegou à Final, obtendo um honroso 9º lugar e carimbando o passaporte para os em Jogos Olímpicos de Londres, ao fazer a marca de 9,40,30m, na meia final onde ficou no 5º lugar.

Em Londres fez história, quando na eliminatória dos 3000m obstáculos que se disputou no dia 4 de Agosto, após ter caído na transposição de um obstáculo numa altura em que comandava a corrida, levantou-se e ainda conseguiu ser 5ª classificada, batendo o seu recorde pessoal com o tempo de 9,30,06m e apurando-se para a Final, onde ficou no 11º lugar.

Em 2013 representou Portugal no Campeonato Europeu de Selecções, terminando no 4º lugar na corrida dos 3000m.

Embora o Corta Mato numa tenha sido uma variante da sua preferência, também conseguiu alguns bons resultados nesta especialidade, na qual chegou a representar Portugal nos Campeonatos do Mundo de Crosse Curto, em 2002 e 2003.

Mais tarde fez parte das equipas do Sporting que dominaram os Campeonatos Nacionais de Crosse Curto, nos quais obteve um segundo lugar em 2012 e dois terceiros em 2011 e 2013, tendo neste último ano sido 3ª também no crosse longo.

No final do ano de 2014, já com 36 anos de idade e depois de 11 temporadas ao serviço do Sporting, Clarisse Cruz abandonou o Clube e passou a representar o Boavista.

To-mane 15h57min de 26 de Maio de 2014 (WEST)