Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Cherbakov

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de Cherbakov Cherbakov.jpg
Nome: Serguei Cherbakov
Nascimento: 15 de Agosto de 1971
Naturalidade: Donetsk - Ucrânia
Posição: Médio e avançado
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
JUV JUN ESP OLI AA Golos
1ª Divisão 1988/89 Shakhtar Donetsk
1ª Divisão 1989/90 Shakhtar Donetsk Europeu de Juniores
1ª Divisão 1990/91 Shakhtar Donetsk
1ª Divisão 1991/92 Shakhtar Donetsk
1ª Divisão 1992/93 SPORTING 21 4
1ª Divisão 1993/94 SPORTING 17 3
Total = 38 7 2 0

Médio de ataque, ou avançado ucraniano oriundo do Shakhtar Donetsk, começou por se destacar nas selecções jovens da antiga URSS, ao serviço das quais foi Campeão Europeu de Juniores em 1989, e esteve presente no Mundial da mesma categoria disputado no ano seguinte em Portugal, onde foi o melhor marcador do torneio, com 5 golos.

Sousa Cintra não se esqueceu das prestações daquele jovem e fogoso avançado soviético, dotado de boa técnica e de um forte pontapé, e no Verão de 1992 foi buscá-lo à Ucrânia.

Cherba, como é conhecido entre os Sportinguistas, chegou ao Sporting para integrar uma equipa comandada por Bobby Robson, onde se destacava o internacional búlgaro Balakov, e despontavam outros jovens promissores como Figo e Peixe, mas apesar da forte concorrência, confirmou-se como um jogador de largo futuro, chegando então à recém formada Selecção da Ucrânia, que representou em duas ocasiões.

Se a sua primeira temporada em Alvalade foi prometedora, na segunda estava a confirmar as melhores expectativas nele depositadas, quando a sua carreira foi tragicamente interrompida, numa altura em que já tinha realizado 38 jogos oficiais ao serviço da equipa principal do Sporting, nos quais marcou 7 golos, com destaque para o apontado frente ao Beira Mar a 8 de Maio de 1993, no Estádio José Alvalade, na sequência de um pontapé de canto executado por Balakov, e que será recordado para sempre como um dos seus melhores momentos.

A tragédia aconteceu na madrugada de 15 de Dezembro de 1993, na ressaca de um jantar de despedida do treinador inglês Bobby Robson que tinha acabado de ser demitido na sequência da eliminação do Sporting pelos austríacos do Casino de Salzburgo. Cherbakov não respeitou um sinal vermelho quando seguia a grande velocidade no seu carro em plena Avenida da Liberdade. A violência do acidente empurrou-o para uma cadeira de rodas, interrompendo abruptamente uma carreira que se antevia muito promissora.

Serguei Cherbakov nunca baixou os braços perante a adversidade, acreditando sempre que poderia voltar a andar, e assim entregou-se com dedicação a um plano de recuperação numa clínica de reabilitação, onde conheceu Natalia, uma trapezista com quem casou e teve um filho.

Apesar de reclamar o pagamento das verbas que lhe seriam devidas se tivesse completado o seu contrato com o Clube português, Cherbakov nunca esqueceu o Sporting, que continua considerar como o seu clube do coração, tendo sido já homenageado em Alvalade, e aparecendo frequentemente nos confrontos dos Leões com clubes russos ou ucranianos.

O fantástico golo de Cherbakov frente ao Beira Mar
Tributo a Cherbakov com passagens de variados momentos da carreira, a maioria dos quais ao serviço do SCP. (música dos Queen - Don't Stop Me Now)