Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Campeões Europeus de Corta-Mato (M) - 1993

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Campeão Europeu de Corta-Mato pela 12ª vez em 1992 e tendo perdido nesse mesmo ano o Campeonato Nacional para o Maratona, o Sporting Clube de Portugal iria participar em 1993 mais uma vez na Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato e desta vez com “assuntos a resolver” com o Maratona.

Assim, no dia 7 de Fevereiro de 1993 os atletas do Sporting estavam à partida da prova nas Açoteias no Algarve com mais 22 equipas.

A Equipa do Sporting comandada por Bernardo Manuel, pela primeira vez no papel de treinador nestas andanças, controlou a corrida desde o seu início e à medida que as voltas iam passando era cada vez mais evidente que o Sporting iria vencer com enorme facilidade, acabando por colocar 4 elementos nos sete primeiros lugares.

Nesta prova, destaque para um magistral Domingos Castro que se limitou a impor o seu ritmo não permitindo veleidades ao consagrado Panetta, vencendo com enorme à-vontade o seu quarto Título de Campeão Europeu de Clubes de Corta Mato em termos individuais.

Registo ainda para um Abílio Fernandes, vice-presidente para as modalidades, a desdobrar-se em entrevistas, expressando a sua alegria juntos dos jornalistas persentes.

Toda a Equipa no Pódio


O Sporting sagrou-se então Campeão Europeu de Corta-Mato pela 13ª vez, tendo a classificação para os três primeiros ficado assim ordenada:

  • 2º Maratona Clube de Portugal (Portugal) - 33 pts
  • 3º PAF Verona (Itália) - 49 pts


Destaques da classificação individual:

  • 2º Francesco Panetta - PAF Verona (Itália)


Os “assuntos a resolver” com o Maratona tinham ficado bem resolvidos!